quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Faltam 884/1000 dias! Meu propósito de 1000 dias: Começou: 31/07/2010. Acaba: 26/04/2013.

TEMA:  Empregado de Cristo! Quem de fato somos em Cristo? 13 - Cl 3:3
Até que essa série seja concluída, eu irei insistir em repetir: “Eu sou empregado de Cristo! Eu sou cidadão celeste, dos céus! Eu sou estudante de Cristo! Eu sou vizinho de Cristo! Eu sou de Cristo! Eu tenho a mente de Cristo! .... “. Ainda reforçando: “Estando eu em Cristo, já não sou mais eu, mas Cristo vive em mim. Cristo é tudo em todos, logo Cristo é tudo em mim! Cristo vivem em mim! Eu tenho a mente de Cristo! Oh Espírito Santo nos ajuda a entender e a viver a realidade de Cristo em nossas vidas! Quem de fato somos em Cristo
Continuando com a meditação em Cl 3, no vs 17 é como se Paulo pretendesse resumir tudo o que queria dizer. E diz que tudo quanto fizerdes, tanto por palavras quanto por obras, (isso envolve, certamente, todo nosso ser e toda a nossa vida!) é para fazermos em nome do Senhor Jesus e ainda dando por ele, graças a Deus.
Será que tudo o que fazemos por palavras e por obras é feito:
  • Em nome do Senhor Jesus?
  • Dando por ele, graças a Deus Pai?
  • Para a honra e a glória do Senhor?
Se eu sou empregado de Cristo, meu trabalho, minhas funções laborais são feitas em nome do Senhor? Se eu sou estudante de Cristo, meus estudos são feitos em nome do Senhor? Se sou prisioneiro de Cristo, sirvo a Cristo em nome do Senhor? Se sou servo, sou servo em nome do Senhor?
A palavra de Deus nos exorta a tudo fazermos em nome do Senhor dando por ele graças a Deus Pai. Quando tudo fazemos desse modo estaremos fazendo o nosso melhor para Deus. É diferente daquele melhor que muitos de nós fazemos mas para superarmos alguém.
Quando nosso alvo é superarmos alguém podem brotar em nós invejas, ciúmes, medo e coisas do gênero, mas quando fazemos o nosso melhor para Deus, pode até não ser o melhor dos melhores, mas Deus nos honrará.
Eu sempre vi em José e em Daniel servos abnegados de Deus que sempre se dedicaram a fazer o seu melhor. O destaque deles é que faziam o seu melhor no contexto em que viviam. O de José numa prisão o de Daniel como cativo.
Eu também sou convidado a fazer o meu melhor sempre! Ser empregado de Cristo é ser destaque entre os incrédulos, entre os patrões, entre os da sociedade, entre os inimigos. Daniel foi chamado de chefe dos magos e encantadores por aqueles que viviam naquele mundo.
Não estou advogando prática que Deus reprova, mas estou dizendo que podemos ser os melhores na indústria, no comércio, nas artes, na história, na educação, no governo ou onde Deus no colocar.
Prosseguiremos amanhã...
Acompanhamento de minhas leituras/áudios:
  • Estou lendo I Tm da Bíblia de Estudo de Genebra – segunda edição revisada e ampliada, The Spirit os the Reformation Study Bible, ed. Cultura Cristã, Sociedade Bíblica do Brasil, 2009 - texto bíblico: Almeida Revista e Atualizada.
  • Estou na pág. 495/545 (89%), do livro HÁ UM SIGNIFICADO NESTE TEXTO – Interpretação Bíblica: os enfoques contemporÂneos (Is There a Meaning in This Text?), de Kevin Vanhoozer, ed. Vida. A leitura deste livro está sendo obrigatória na matéria de Metodologia Exegética, ministrada no Seminário Presiteriano de Brasília, professor, Rev. Ricardo Almeida.
  • Estou na página 85/214 (35%) de Crítica Textual do Novo Testamento, de Wilson Paroschi. Ed. Vida Nova.
Registro das leituras/áudios Terminados:
  • Terminei as 302 páginas do livro No Crepúsculo do Pensamento – Estudos sobre a pretensa autonomia do pensamento filosófico (In the twilight os western though: studies in the pretended autonomy of philosophical thought), de Herman Dooyeweerd, ed. Hagnos, 2010. [Gostei e recomendo. Autores tão ilustres no campo intelectual e tão fervorosos no espírito, com uma fé tão profunda e tremendamente arraidada, reformada, fortalecem a nossa fé. No entanto, terei de lê-lo novamente para melhor compreender as suas idéias].
  • Terminei as 274 (100%) de Introdução à Hermenêutica Bíblica – Como ouvir a Palavra de Deus apesar dos ruídos de nossa época (An Introduduction to Biblical Hermeneutics)de Walter C. Kaiser, Jr. E Moisés Silva. Ed. Cultura Cristã. 1ª ed. 2002.
  • Terminei as 435/438 (100%) de Ele nos deu Histórias – Um guia completo para a interpretação de histórias do Antigo Testamento (He Gave Us Stories), de Richard L. Pratt, Jr. Ed. Mundo Cristão.
  • Já li: Gn, Rm, I Co, II Co, Gl, Ef, Fp, Cl, I Ts, II Ts.
A Deus toda a glória!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.