terça-feira, 5 de janeiro de 2010

365 dias de propósito! Dia 168/365

Minha LBH: estou no Salmos 35. Quanto ao livro CRIAÇÃO E CONSUMAÇÃO - Volume 1 – O Reino, a Aliança e o Mediador, de Gerard Van Groningen (título do original em inglês: FROM CREATION TO CONSUMMATION). Editora Cultura Cristã – estou na página 1152/656. Quanto às Institutas de João Calvino, parte III, que estou ouvindo (utilizo o TextAloud 2.303, da www.nextup.com, com voz Loquendo Felipe – Brasilian  Portuguese) em meu Nokia - N95, geralmente em meu UNO: estou em 23h53m23s/25h56m37s.

 

Os missionários (Testemunhas) de Deus – parte 3!

 

Nós já vimos três importantes missionários ou testemunhas de Deus que ele deixou ao homem, mas tem mais. Nossa quarta testemunha é o ESPÍRITO SANTO. É ele quem convence o homem do pecado, da justiça e do juízo. É ele quem ficou no lugar da nossa terceira testemunha, o Filho do Homem, Jesus Cristo, homem, pois foi nos preparar lugar e breve voltará para que onde estivermos lá estará ele também.

 

"Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei. E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo. Do pecado, porque não crêem em mim; Da justiça, porque vou para meu Pai, e não me vereis mais; E do juízo, porque já o príncipe deste mundo está julgado." (Jo 16: 7-11). Reparem que o texto do Evangelho de João é bem claro: ele foi para que o Consolador, o Espírito Santo, viesse, como prometido.

 

É esta testemunha que abre o nosso entendimento para compreendermos as coisas do Reino de Deus e de sua Justiça. Ele é o mesmo, sempre foi e sempre será o mesmo. Jamais mudará. Nós os vasos que ele usa os quais devem estar vazios é que muda. Ontem, foi Paulo, Pedro, Tiago, João, Elias, Moisés e hoje sou eu, você e tantos homens de Deus que ele tem escolhido e levantado para falar o evangelho.

 

Como disse um pregador, tempos atrás, não existe dois ou mais Espírito Santo, mas somente um. Ele é único. Ele é Deus, a terceira pessoa da Trindade. Podemos orar a ele, adorá-lo, cantar-lhe louvores, invocá-lo. Nós, diz-nos Ele, somos seu templo, lugar de sua habitação e morada sua. Se somos sua casa, devemos tomar mais cuidado e mantê-la limpa para que ele fique à vontade, pois onde habita o pecado, ele não pode estar devido a sua santidade.

 

Os Atos dos Apóstolos na Bíblia nem devia se chamar assim, mas Atos do Espírito Santo. Nada do que foi feito se fez, no Reino de Deus, sem ser por seu intermédio. Ele foi quem inspirou e trabalhou nos homens para nos dar e entregar as Escrituras, principalmente a nova parte, o Novo Testamento. Sem ele, o pregador não tem o que pregar que vá gerar vida, conversão, cura, transformação que redunde em glórias a Deus. É ele quem realiza curas, sinais, maravilhas, prodígios que resultem em glórias ao Senhor.

 

Continuaremos a falar das testemunhas de Deus no nosso próximo encontro. A Deus toda a glória!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.