terça-feira, 27 de outubro de 2009

365 dias de propósito! Dia 98/365

LBH: avancei até I Re 1:53. Hoje estou comemorando 4 anos da morte de meu querido papai terrestre. Ele faleceu no exato dia de aniversário de seu casamento, vítima de tumor cerebral: gliobastoma multiforme... eta nome feio... Feio mesmo é o estado em que a vítima desse câncer maligno fica.
 
Meu pai era forte, saudável e creio que se não fosse isso, sua jornada nesta terra teria sido mais longa. Em seis meses a doença o afetou de tal maneira que até banho, comida e outras coisas tive que fazer por ele. Agradeço a Deus a oportunidade que me deu de cuidar de quem sempre cuidou de mim. Quando me lembro de meu pai, a palavra que me vem à tona é a honestidade, a sinceridade.
 
Se estivesse vivo, hoje comemoraríamos 51 anos de matrimônio. Minha mãe apesar da idade, 70 anos, está ainda muito vigorosa e esperta. Eu a vivo incomodando, brincando com ela para arranjar um namorado. Minha mãe é uma bênção. Pretendo, o mais breve quanto possível, gravar seus testemunhos e publicá-los no http://www.jamaisdesista.com.br para servir de incentivo aos que estão no Caminho.
 
Houve momentos difíceis em nossa vida de família e o mais grave deles envolveu meu pai (agressor), minha mãe e meu outro irmão (vítimas) que hoje é o Dirigente Local, Pastor Teotinio - http://www.ieadsjoao.com.br/. Eu não irei contar a história aqui, mas a relatarei e a publicarei porque o testemunho é forte, mas o final surpreendente. Tinha tudo para ser o fim, mas Deus não o permitiu. Somente direi que meu pai estava doente.
 
Toda a história se desenvolveu com 15 dias que minha mãe tinha confessado Jesus Cristo como seu único e suficiente salvador. Meu pai ainda não era crente e estava vivendo momentos muito difíceis em sua vida. Chegou a emagrecer em uma semana mais de 20 kilos por conta de depressão e associação de seus sintomas ao quadro de suspeita de AIDS.
 
Na cabeça dele tudo estava perdido. O seu problema era psicose maníaco-depressiva (hoje, a classificação dessa doença mudou para Transtorno Afetivo Bipolar – TAB ou Distúrbio Afetivo Bipolar – DAB, chamada de Mania ou Hipomania). O susto foi grande! Um terror! Mas Deus nos sustentou e nos deu sabedoria para enfrentar o mal e prevalecer. Se o terror foi grande, maior foi o livramento. Espero, em breve, publicar a história.
 
Eu tenho experiências de grandes lutas e grandes vitórias. Deus jamais nos abandonou, pelo contrário nos deu força e amor para permanecermos unidos e mais firmes no Senhor. Desistir? JAMAIS! É por isso que estamos escrevendo todos os dias uma mensagem de incentivo e estímulo que durará enquanto Deus nos conceder o fôlego de vida.
 
Aqui neste blog você encontrará SEMPRE uma palavra de ânimo para que você JAMAIS DESISTA, jamais desista, principalmente da tua fé em Deus. Eu tenho muitas saudades de meu pai e sei que hoje ele está nos braços do Senhor e portanto vivo, pois Deus não é Deus de mortos, mas de vivos, pois para ele todos vivem. (Mc 12:27; Lc 20:38). Sou grato a Deus por ter sido testemunha tanto de sua pública confissão de fé quanto de seu batismo. A Deus toda a glória. Amém!
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.