domingo, 18 de outubro de 2009

365 dias de propósito! Dia 89/365

Já terminei minha LBH que foi até I Sm 29:11. Saul, Saul, totalmente perdido. Consultou ao Senhor, mas Deus não lhe falou nem por Urim e Tumim – revelação sacerdotal; nem por sonhos – revelação pessoal; nem por profetas – revelação inspiracional por parte de Deus. Desesperado, procurou orientação e queria uma direção divina, mas Deus já o tinha rejeitado, então o que fez? Foi consultar uma necromante! Ora se Deus já o havia rejeitado e não lhe falara, seria loucura procurar outras falas mas, insano, fez o que fez.

 

Como a ruína de Saul foi se avolumando a cada dia. Há muitos que aproveitando essa história gostam de ficarem discutindo as questões envolvidas na necromância, espiritismo, fala com os mortos, mas para que perdermos esse tempo e energia discutindo futilidades? Afinal de contas, Deus rejeitou ou não a Saul? Se rejeitou, e rejeitou, o restante da história é a própria insanidade. Vamos, pois, fugir de tais coisas e seguirmos ao Senhor. Como dizem as Escrituras, "conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor" (Os 6:3a).

 

Todos os dias dessa campanha aqui estou buscando uma palavra diferente e inspiradora da parte de Deus e já amanhã farei 90 dias de campanha. Até o presente, não tive nenhum problema em cumprir meu propósito. Pelo contrário, brevemente estarei mudando o design do JAMAIS DESISTA para lhe dar melhor visual, facilitar a comunicação e a interabilidade com os leitores, possibilitar aos que estiverem online uma rápida troca de saudações, abrir um canal de assistência psicológica com uma psicóloga. Estou cheio de idéias e propósitos e Deus está me dando a graça de buscar melhorias.

 

Apesar de meus 50, estou buscando aperfeiçoamento (formação e aprimoramento) em WebDesigner, PHP, Java, pois quero ir adiante, sempre avante apostando na idéia de deixar uma mensagem aos que iniciaram sua carreira ou aos que irão iniciar, para jamais desistirem.

 

Meus sonhos e propósitos não param por ai. Meu desejo, depois de muitas reflexões, não é a prosperidade (retorno financeiro), nem a fama (sucesso, status, números e mais números), tudo isso (não sou hipócrita) é desejável, mas não é nem deve ser o foco principal, mas sim gastar-me e me deixar gastar, queimar-me e me deixar ser queimado, como uma luz no meio das trevas, de forma intensa, plena e total aonde Deus quiser, sendo eu o que Deus quiser e tendo eu o que Deus quiser que eu tenha.

 

Quando Salomão pediu sabedoria ao Senhor e não pediu riquezas, nem fama, nem a morte de seus adversários, qual era o seu foco? A sabedoria, em si? Eu digo a vocês que não! Ele tinha uma missão difícil e uma preocupação: administrar o povo de Deus de forma eficaz e justa, por isso pediu sabedoria. Deus gostou e aprovou o seu pedido e ainda mais, Deus lhe deu sabedoria, riquezas, fama e sucesso.

 

No que você está focando meu amado irmão? Cuidado para não perder o rumo das coisas e tropeçar nas pedras no caminho. Com Deus, você sempre dará o passo certo; sem ele, lamentavelmente, estará desfocado indo atrás de coisas que não convêm, que não foram aprovadas por Deus. Saul é o nosso exemplo do que não devemos fazer. A Deus toda a glória!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.