Vamos conhecer o Caminho do Senhor?

Saiba que "O caminho do SENHOR é fortaleza para os íntegros, mas ruína aos que praticam a iniqüidade." (Pv 10:29). Saiba também que aqui no 'JAMAIS DESISTA do Caminho do Senhor' você encontrará, todos os dias uma mensagem baseada na Bíblia que representa o pensamento do autor na sua contínua busca das coisas pertencentes ao reino de Deus e a sua justiça.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Bebel na cantada de natal! Vamos lá!

Aconselhamento Bíblico e Sexualidade Humana



Os irmãos desejosos de participarem da Jornada sobre Aconselhamento Bíblico e Sexualidade Humana e ainda não fizeram sua pré-inscrição, solicitamos aos irmãos que o possam fazer durante toda essa semana, para um melhor controle nosso.

Os irmãos poderão fazer respondendo a este e-mail ou pelo telefone 3257.8596.
Solicitamos aos irmãos que puderem, possam estar divulgando em suas igreja e contatos de email.

domingo, 2 de dezembro de 2012

Pedido de oração!

"... e nada tendes porque não pedis" Tg 4:2
http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=TYFauU0w2-A


quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Seu casamento tem jeito sim!

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

REFLEXÕES SOBRE A MORTE DE MEU IRMÃO


Meu irmão, Pastor Teotínio A Barreto Junior, faleceu aos 40 anos, com 14.717 dias! “Ensina-nos, Senhor, a contar os nossos dias a fim de alcançarmos corações sábios” (Sl 90:12). Deixou esposa e dois filhos.
Em primeiro lugar meu irmão não morreu! O título forte falando que ele morreu foi somente para chamar a sua atenção para a leitura abaixo. Estive a noite toda de ontem velando o corpo de meu irmão que ali estava, mas ali não estava.
Afinal de contas, morreu ou não morreu? Estava ali ou não estava ali? Ao mesmo tempo, tudo o que foi dito até agora é verdade: ele morreu, mas não morreu. Ele estava ali, mas não estava ali. Os crentes são cheios de paradoxos! Mas, explico, ou pelo menos tentarei:
Primeiro sobre a morte: Eu não creio na morte, mas na vida! A morte é apenas uma passagem, por isso dizemos que passou para o Senhor. A nossa crença é de que ao deixarmos este corpo, entraremos, vivos, conscientes, na presença do Pai. Logo, meu irmão não morreu! Ele sempre foi espertinho e dessa vez, passou a perna na gente, indo primeiro... rs...
Segundo sobre seu corpo: cremos, como Jesus nos ensinou na ressurreição de nosso corpo! Eu sou pessoa! Como pessoa tenho minha individualidade que me faz gente e ser o que sou que Deus me fez para ser. Então, por causa de seu corpo, ele também estava ali.
Meu objetivo, aqui e agora, não é divagar filosoficamente sobre tais paradoxos, o que seria muito interessante, mas minha finalidade é outra. Vamos então a ela?
Enquanto estava ali velando o corpo de meu irmão durante toda uma noite, no Cemitério Vertical, em Guarulhos/SP, em uma noite gelada e com fortes ventos e vendo as pessoas se aproximando do corpo do mano e fazendo suas reflexões, eu comecei a anotar tudo o que vinha a minha mente sobre tudo aquilo procurando assim extrair conteúdo e significado.
1.    Que não vale a pena aborrecermo-nos facilmente... melhor é o perdão!
2.    Que devemos estar, SEMPRE, preparados para irmos para a glória!
3.    Que o que estamos fazendo e valorizando para o Senhor, demonstra o quanto somos sábios ou tolos.
4.    Que as demais coisas passam e não vale a pena desgastarmo-nos muito nelas.
5.    Que nada levaremos conosco, se não o que está dentro de nosso coração: ódio? Amor? Rancor? Amizade? Perdão? salvação?...
6.    Que tudo passa tão rápido que é melhor permanecermos fiéis àquele que nos tem chamado.
7.    Que chorar depois não traz a vida de volta... melhor é o perdão!
8.    Que a vida é um mistério!
9.    Que tudo está nas mãos de Deus...
10. Que é muito bom termos amigos que conosco choram e riem; que conosco se enlutam e que conosco vibram...
11. Que não morre primeiro o mais velho, mas aqueles a quem Deus chamar... pequeno, grande, velho, novo, recém-nascido, criança, rico, pobre, ...
12. Que Deus usa quem ele quiser.
13. Que nosso corpo sem o espírito vindo da parte de Deus é pó e cinza, mas ressuscitaremos para a glória de Deus.
14. Que a obra de Deus é sempre completa, embora pensemos e vejamos como incompleta, como foi o caso de meu irmão que partiu no meio do auge de sua vida, cheio de planos, sonhos, projetos, tarefas, compromissos, ...
15. Que eu preciso visitar mais meus irmãos, amigos, parentes, vizinhos e até... meus inimigos!
16. Que a morte é gelada, sem graça, dura, cruel, tão horrível, por isso que Deus é o Deus da vida e TUDO FARÁ NOVO para a sua glória!
17. Que não é o infarto fulminante, nem o câncer, nem o disparo de arma de fogo que tiram a vida, mas é Deus quem dá e é Deus quem tira!
18. Que eu preciso dedicar-me mais à missão que Deus nos deu de anunciarmos o evangelho de sua glória!
Foi tão incrível e misteriosa esta morte de meu querido irmão... Na verdade não vim para Guarulhos porque meu irmão morreu, mas para conversar e ter comunhão com todos, minha mãe e irmãos. Tivemos até no sábado um jantar delicioso em que inaugurei o fogão a lenha de meu irmão. Conheci seu lindo filhinho de apenas 5 meses, o Arthur Cohen...
Nos alegramos, conversamos muito, tiramos fotos, assistimos filme, falamos sobre o Apocalípse e depois, ele, meu irmão, veio me deixar em casa de mãe e somente no dia seguinte foi que Deus o chamou para si.
Para mim, foi um privilégio Deus me dar esta oportunidade de despedir-me dele. Obrigado Senhor! Eu não mereço!
Vou finalizar esta reflexão tomando a liberdade de citar uma reflexão do amado Rev. Hernandes Dias Lopez:
Por que o céu é melhor?
O céu é um lugar preparado para pessoas preparadas. O céu é um lugar de bem aventurança eterna e um estado de felicidade eterna. O céu é a casa do Pai, o paraíso, o seio de Abraão, a Nova Jerusalém. O céu é o lugar onde está o trono de Deus e onde os salvos reinarão com Cristo pelos séculos sem fim. Destacaremos, agora, algumas razões pelas quais podemos afirmar categoricamente que o céu é melhor.
Em primeiro lugar, o céu é melhor porque lá não entrará pecado. O pecado que entrou no mundo trazendo a morte não entrará no céu. Nada contaminado entrará na Cidade Santa. No céu não haverá tristeza nem dor; não haverá choro nem pranto; não haverá doença nem luto. O pecado que tenazmente nos assedia agora, não desfilará mais no paraíso. Se fomos libertos da condenação do pecado na justificação e se estamos sendo libertos do poder do pecado na santificação, seremos libertos da presença do pecado na glorificação. O corpo de glória que receberemos, não estará mais poluído pelo pecado nem sujeito a ele.
Em segundo lugar, o céu é melhor porque lá não haverá mais despedida. A vida neste mundo é marcada por encontros e desencontros, alegrias e tristezas. Aqui celebramos o nascimento e choramos pela morte. Aqui, vemos nossos amigos e familiares sendo ceifados, deixando em nosso coração uma dor avassaladora. Aqui, choramos à beira da sepultura. Aqui, temos o coração rasgado pela saudade. Porém, no céu, não haverá mais despedida; não haverá mais adeus. Estaremos sempre juntos, sem rusgas nem mágoas, sem conflitos nem separações. Nossa comunhão será perfeita. Seremos uma só família, um só rebanho, uma só igreja.
Em terceiro lugar, o céu é melhor porque lá Deus vai enxugar dos nossos olhos toda lágrima. A vida aqui é marcada pela dor. O pecado trouxe sofrimento ao mundo. Choramos a dor das perdas, a dor da enfermidade e a dor do luto. Aqui, a mulher dá à luz com dores e o homem granjeia seu pão com o suor do rosto. Aqui, a terra produz espinhos que acicatam nossos pés. Aqui, choramos pelas nossas fraquezas e pelos nossos pecados. Choramos porque os homens escarnecem de Deus e zombam de sua lei. Choramos porque o mundo jaz no maligno. Porém, no céu, Deus vai enxugar dos nossos olhos toda a lágrima. O dor que nos assola o peito vai ser banida para sempre. O céu é lugar de gozo e paz, alegria e celebração.
Em quarto lugar, o céu é melhor porque lá veremos a Jesus face a face. No céu entraremos para a festa das bodas do Cordeiro. Essa festa será no melhor lugar, com as melhores companhias, com a melhor música, com as melhores roupas e com a melhores iguarias. Essa festa nunca vai acabar. Exaltaremos pelos séculos dos séculos aquele que nos remiu com seu sangue. Proclamaremos para sempre sua graça. Ergueremos nossa voz para dizer que nosso Deus é digno de receber a honra, a glória e o poder. Lá veremos a Jesus em toda a sua glória e fulgor. Contemplaremos sua face. Prostrar-nos-emos aos seus pés e depositaremos diante dele as nossas coroas!
Em quinto lugar, o céu é melhor porque lá serviremos a Deus com perfeição. O céu não será lugar de ócio. O céu será dinâmico e vibrante. Os servos de Deus o servirão. O céu será lugar de trabalho e realização. Aqui, nosso trabalho para Deus é imperfeito e incompleto. Aqui, nossas obras são maculadas pelo pecado e nossas justiças não passam de trapos. Porém, no céu nossas obras serão deleitosas ao Senhor. Nosso serviço será completo, perfeito e digno daquele nos amou e enviou-nos seu Filho para nos libertar do império das trevas e nos levar para o seu reino de luz. Diante do exposto, faço-lhe uma pergunta importante e urgente: Você já é um cidadão do céu? Está caminhando para o céu? Anseia pelo céu? Lembre-se: Jesus é a porta do céu e o caminho para o céu. Renda-se a ele, agora. Arrependa-se de seus pecados e creia no Filho de Deus. Então, venha e faça parte conosco dessa bendita família que vai morar no céu.
Por Daniel Deusdete, www.jamaisdesista.com.br

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Jesus teve esposa, filhos?


Jesus Cristo nunca foi casado nem jamais teve filhos naturais – entenda o plano de Deus!
Jesus Cristo, na carne, não teve pai natural, mas celestial. Na terra, teve pai adotivo dentre os humanos. A sua mãe não foi adotiva, mas natural. Nós temos pai natural, na terra e temos pai adotivo que é Deus, no céu. José não gerou a Jesus. Jesus não gerou a ninguém. Teotínio, meu pai, gerou Daniel, eu. Daniel gerou Gabriel e outros. Daniel é filho de Deus, irmão de Jesus, filho de Deus, nós somos filhos de Deus, mas não filhos de Teotínio. Somente eu sou filho de Teotínio, no entanto, Teotínio, Daniel e Gabriel são filhos de Deus, irmãos de Jesus. (G.N. http://www.jamaisdesista.com.br/2011/10/tema-deus-existe-e-nos-deixou-um-livro_11.html).
Jesus Cristo não gerou filhos
Sobre as genealogias de Lucas e de Mateus: em Lc 3:23-38, de Adão a Cristo são 77 (7 x 11) gerações. Em Mt 1:1-17, de Abraão a Cristo são 42 (2x3x7) gerações. 77 – 42 = 35 (5 x 7) gerações. Cristo não gerou filhos, logo a descendência messiânica cessou, parou, acabou!
Ela somente vai de Adão a Cristo (Adão – Noé – Sem – Abraão – Judá - Davi – Cristo – somente relacionei 7 deles, mas são 77). Sabem porque parou , acabou? Por que Cristo vive eternamente. Ele já não mais morre. Não precisa de descendente. Ele é eterno.
Somos todos nós filhos, segundo a carne (não confunda “carne” com “carne pecaminosa”), de Adão, filhos de Noé e talvez filhos ou de Cam, ou de Sem ou de Jafé, mas segundo Cristo, filhos de Deus, da família de Deus, adotados por Deus.
Ainda, "Com relação à filiação: Jesus Cristo, filho segundo a carne (não por coabitação, mas pelo Espírito Santo, Mt: 1:18) de Deus e de Maria, filho adotivo de José. Cada um de nós, os crentes: filhos segundo a carne, de Noé e ou de Cam, ou de Sem, ou de Jafé e filhos adotivos de Deus. repetindo: Jesus Cristo teve Pai e mãe segundo a carne (não por coabitação, mas pelo Espírito Santo, Mt 1:18) e pai adotivo. Nós, temos pai e mãe segundo a carne e pai celestial adotivo. Não vá ficar confuso!" (G.N. c/ adaptações - http://www.jamaisdesista.com.br/2011/04/faltam-731-dias-para-260413.html).
O descendente e a descendência
Há uma inimizade plantada por Deus entre a serpente e a mulher por causa dos descendentes dela da serpente e por causa do descendente da mulher, Cristo. 
Porei inimizade
         entre ti
                   e a mulher,
         entre a tua descendência
                   e o seu descendente.
Este te ferirá
         a cabeça,
e tu lhe ferirás
         o calcanhar.(Gn 3:15).
Quem fala do descendente, e não da descendência, é Paulo em Gálatas. Vejamos!
Gálatas 3:16 Ora, as promessas foram feitas a Abraão e ao seu descendente. Não diz: E aos descendentes, como se falando de muitos, porém como de um só: E ao teu descendente, que é Cristo.
Gálatas 3:17 E digo isto: uma aliança já anteriormente confirmada por Deus, a lei, que veio quatrocentos e trinta anos depois, não a pode ab-rogar, de forma que venha a desfazer a promessa.
Gálatas 3:18 Porque, se a herança provém de lei, já não decorre de promessa; mas foi pela promessa que Deus a concedeu gratuitamente a Abraão.
Gálatas 3:19 Qual, pois, a razão de ser da lei? Foi adicionada por causa das transgressões, até que viesse o descendente a quem se fez a promessa, e foi promulgada por meio de anjos, pela mão de um mediador.
Gálatas 3:20 Ora, o mediador não é de um, mas Deus é um.
O que o apóstolo Paulo fala é claro sobre o descendente, o mediador, e se confirma com o que Deus diz à serpente não falando da descendência da mulher, mas de seu descendente, o Cristo. É Cristo quem esmaga a cabeça da serpente e por ela é ferido em seu calcanhar.
Os eventos da história bíblica depois daquela fala de Deus à serpente, a Eva e a Adão até o cumprimento da palavra de Deus sobre o descendente, é a história do Antigo Testamento.
É a história da descendência da serpente indo atrás do descendente para o matar, para o destruir, para o ferir em seu calcanhar. Ela, a serpente, alcança seu objetivo na cruz do calvário, mas é pisada em sua cabeça com a ressurreição de Cristo.
II Timóteo 2:8 Lembra-te de Jesus Cristo, ressuscitado de entre os mortos, descendente de Davi, segundo o meu evangelho;
O descendente é um: Cristo Jesus! Mas a descendência de Deus, o Pai, são milhares, milhões, bilhões, porque em Cristo Jesus nasce a igreja lavada e remida no sangue de Jesus, não gerada da vontade de varão algum, nem da vontade da carne, nem do sangue, mas feitos filhos de Deus, por intermédio do Filho de Deus. (João 1:13).
O descendente não gerou uma descendência a partir dele com sua união com uma mulher.
O descendente morreu virgem, sem gerar nenhum filho seu. No entanto, Deus lhe deu uma descendência e a chamou de igreja que abrange, na história, não somente os filhos que vieram depois de Cristo, mas de todos os tempos. (http://www.jamaisdesista.com.br/2012/02/tema-criacao-queda-redencao-e_02.html)
Queridos, quem desejar mais esclarecimentos relativos à recente descoberta relacionada a uma possível esposa de Jesus, passo alguns links importantes para que estejamos sempre bem esclarecidos:
  1. A Esposa de Jesus?! - Posted: 19 Sep 2012 07:04 AM PDT - http://tempora-mores.blogspot.com.br/2012/09/a-esposa-de-jesus.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+blogspot/wFUcB+(O+Tempora,+O+Mores)
  2. Por Reinaldo Azevedo: http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/o-tal-fragmento-sustentando-que-jesus-teve-mulher-nao-tem-importancia-e-venia-maxima-cheira-a-pesquisa-militante/
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

A fé e a ciência!


O Jamais Desista recomenda o link abaixo muito interessante sobre a fé e a ciência postado no Blog O Tempora, O Mores:


Fé e Ciência - Entrevista com Karl Heinz Kienitz 
http://tempora-mores.blogspot.com.br/  - Postado por Augustus Nicodemus Lopes -

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

DEUS CRIOU OS CÉUS E A TERRA


EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS DA CRIAÇÃO
Seminário com o prof. Adauto Lourenço, mestre em Física pela Clemson University - De 14 à 16 de Setembro
Maiores informações, vide cartaz em anexo
Seminário Adauto 2012.JPGSeminário Adauto 2012.JPG
296K   Visualizar   Compartilhar   Baixar  

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

DESPEDIDA DO PRESIDENTE DA COCA COLA


Bryan Dyson's 30-Second Speech

dropping_ball_5.jpg
Image by: iStock

Says the former CEO of Coca-Cola: Of the five balls you juggle in life, you can drop only one.

Imagine life as a game in which you are juggling some five balls in the air. They are Work, Family, Health, Friends and Spirit, and you're keeping all of these in the air.
You will soon understand that work is a rubber ball. If you drop it, it will bounce back. But the four others – Family, Health, Friends and Spirit – are made of glass. If you drop one of these, it will be scuffed, nicked, damaged, even shattered. And it will never be the same.
Work efficiently during office hours and leave on time. Give proper time to your family and friends, and take a decent rest.
Value has a value only if its value is valued.

Tradução:

"Imagine a vida como um jogo em que você esteja fazendo malabarismos com cinco bolas no ar.
Estas são: seu Trabalho - sua Família - sua Saúde - seus Amigos e sua Vida Espiritual, e você terá de mantê-las todas no ar.
Logo você vai perceber que o Trabalho é como uma bola de borracha. Se soltá-la, ela rebate e volta. Mas as outras quatro bolas: Família, Saúde, Amigos e Espírito, são frágeis como vidros.
Se você deixar cair qualquer uma delas, ela ficará lascada, marcada, com arranhões, ou mesmo quebradas. E ela nunca mais será a mesma.
Trabalhe de forma eficiente no horário regular de expediente e deixe o trabalho no horário certo. Dê tempo adequado para a sua família, amigos e para um descanso decente. Um valor somente é valor se o valorizamos.”
Permitam-me um simples comentário: 
VALORIZAMOS O QUE FAZEMOS E FAZEMOS O QUE VALORIZAMOS!
Repare na sua vida agora: o que você mais anda fazendo atualmente? É isso que você anda valorizando! Será que é a sua família, seus amigos, sua saúde ou sua vida espiritual?


quinta-feira, 9 de agosto de 2012

JAMAIS DESISTA DE SEUS SONHOS – VOCÊ PODE!

Pense em escrever um livro apenas com o piscar de teus olhos, sendo para “sim”, uma piscada e para “não, duas piscadas, enquanto letras são faladas diante de você para poder escolhê-las.
Imagine o tempo despendido, o trabalho, as dificuldades, o progresso lento, o desgaste, os erros, as sucessivas tentativas até se conseguir se expressar.
Ao invés de você ficar se remoendo e se contorcendo em sua dor e problema como se o mundo tivesse se acabado e fosse o fim de tudo, veja, por exemplo, o caso de Jean-Dominique Bauby (23 de abril de 1952 – 9 de março de 1997), um conhecido jornalista e escritor francês, editor da revista de moda Elle - revista feminina de moda francesa - durante vários anos.
Ele, no dia 8 de dezembro de 1995, aos 43 anos de idade, Bauby sofreu um grave acidente vascular cerebral e entrou em coma. Ao acordar, 20 dias depois, no Hospital Marítimo de Berck-sur-Mer, descobriu que perdera a capacidade de se movimentar e de falar; podia apenas piscar o olho esquerdo.
Em seguida, a pálpebra do olho direito foi "obliterada" (amarrada) para não infeccionar. Em tal rara condição, conhecida como síndrome do encarceramento, os movimentos do corpo inteiro são paralisados, mas as faculdades mentais se mantêm perfeitas. Bauby também perdeu 27kg nas primeiras 20 semanas após o AVC.
Apesar de sua condição física, Bauby escreveu o livro O ESCAFANDRO E A BORBOLETA com um método desenvolvido por sua fonoaudióloga: enquanto letras do alfabeto eram recitadas lentamente na ordem decrescente de freqüência na língua francesa, o paciente piscava a pálpebra esquerda quando a letra que queria era dita.
Assim, ele "ditava" à pessoa que tomava notas todo o livro, não apenas palavra por palavra, mas ainda letra por letra. A partir de algum tempo, a assistente já deduzia palavras e frases inteiras com as primeiras poucas letras. Bauby teve de compor e editar o livro inteiramente em sua cabeça.
O livro foi publicado na França em 1997. Bauby morreu apenas dez dias depois, em conseqüência de uma pneumonia. Ele foi enterrado no jazigo de família no Cemitério Père-Lachaise em Paris.Deixou dois filhos: Théophile e Céleste. Hortense, a terceira filha é fictícia. (fonte: wikipedia – adaptado).
Este homem, na verdade, decidiu não ter pena de si mesmo nem viver em lamurias, lamentos e dores como se fosse o homem mais amaldiçoado da terra, antes, foi um vencedor que com garra e muita fé foi capaz de deixar um legado para a humanidade.
Por isso, me amigo, e  irmão em Cristo JAMAIS DESISTA! Não entregue os pontos à morte, ao desespero e às circunstâncias das quais não somos administradores, mas nelas, honre e glorifique o Criador com o que você tem e ele te honrará!
A Deus toda glória! – http://www.jamaisdesista.com.br

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

"Tudo é relativo!" É relativo ou absoluto?

Um professor não cansava de repetir em sala de aula "tudo é relativo!". Era um chavão para tudo. Aquilo foi cansando um aluno que perguntou-lhe: - professor, esta frase "tudo é relativo" é absoluta ou relativa? O professor parou, pensou e teve de concordar com o aluno que nem tudo é relativo! Jesus disse: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida e ninguém vai ao Pai se não por mim" Jo 14:6.

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

A supremacia das Escrituras

 Pastoral


Deus existe e ele se revelou. Revelou-se de forma multiforme: por meio da criação, através da consciência, nas Sagradas Escrituras e sobretudo, por meio de Jesus. Por isso, podemos conhecê-lo. Tudo quanto Deus quis que o homem soubesse a seu respeito está patente nas Escrituras. Devemos examiná-las, porque elas testificam acerca de Deus. Uma pergunta, porém, precisa ser feita: as Escrituras são confiáveis? Podemos ter garantia de que seu conteúdo é inerrante e infalível? As Escrituras são suficientes para termos uma fé madura e uma vida abundante? Para responder a essas perguntas, vamos considerar três verdades: 

Em primeiro lugar, as Escrituras são inerrantes quanto ao seu conteúdo. As Escrituras não contêm erros. A Palavra de Deus não pode falhar. Seu conteúdo foi revelado por Deus. Seus autores foram inspirados por Deus. Seu registro foi assistido pelo Espírito Santo de Deus. Portanto, há acuracidade nas descrições, precisão nos relatos e inerrância nos ensinos. A Palavra de Deus não é fruto da lucubração humana nem mesmo resultado de elucidação vacilante da mente humana. A origem da Bíblia está no céu. Seu verdadeiro autor, o Espírito Santo, foi quem inspirou homens santos para registrar tudo quanto aprouve a Deus nos legar. A Bíblia foi escrita num período de mil e cem anos. Cerca de quarenta homens usados por Deus, de culturas diferentes, escreveram em tempos diferentes, para públicos diferentes e não há sequer uma contradição. Isso, porque o próprio Deus é o seu autor. Porque Deus é verdadeiro em seu ser, sua Palavra não pode falhar.

Em segundo lugar, as Escrituras são infalíveis em suas profecias. As profecias bíblicas são específicas, exatas, e muito bem definidas. Milhares de profecias já se cumpriram e tantas outras estão se cumprindo literal e fielmente. Nenhum livro religioso da história se compara à Bíblia neste particular. Se colocássemos o cumprimento das profecias no campo da coincidência, isso daria um número semelhante a dez elevado à décima sétima potência. A probabilidade de você cobrir todo o Estado do Espírito Santo com moedas, com uma camada de um metro, e marcar uma dessas moedas, esperando que um homem cego a encontre, é a mesma das profecias bíblicas terem se cumprido por uma mera consciência. Muitos críticos, arrotando uma sapiência arrogante, tentaram desacreditar a Bíblia, mas seus argumentos insolentes caíram no pó do esquecimento e a Bíblia, sobranceira e vitoriosamente, triunfa vitoriosa. A Bíblia é a bigorna de Deus que quebra todos os martelos dos críticos. 

Em terceiro lugar, as Escrituras são suficientes quanto à doutrina e vida. Não precisamos de outras revelações extra bíblicas para conhecermos tudo quanto Deus quer que saibamos para termos uma vida plena. Aliás, Deus lança uma maldição sobre aqueles que subtraem das Escrituras o que nelas estão e sobre aqueles que acrescentam a elas o que nelas não estão. A Bíblia tem uma capa ulterior. A revelação de Deus está completa e o cânon está fechado. Não existem novas revelações. Não existem mensagens novas, vindas direto de Deus, à sua igreja. As igrejas apostólicas hoje não são aquelas que nomeiam novos supostos apóstolos, trazendo novas doutrinas forâneas às Escrituras, mas aquelas que seguem a doutrina dos apóstolos. Toda doutrina que não emana das Escrituras é falsa doutrina. Toda ética que não está calçada pela verdade das Escrituras produz um comportamento reprovável. Não precisamos correr atrás das últimas novidades do mercado da fé, em busca de conhecimento e experiência que nos levem à uma vida mais profunda com Deus. Ao contrário, devemos examinar as Escrituras, pois na Palavra de Deus temos um reservatório inesgotável e uma fonte inexaurível de todo acervo que devemos crer e praticar. A Bíblia é, de fato, nossa única regra de fé e prática: inerrante, infalível e suficiente!

Rev. Hernandes Dias Lopes

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Ministração aos Jovens da Igreja do Monte

Pregação - O relacionamento é uma construção - Mt 7_24-27, em 28.07.2012.
Como é considerado um homem sábio ou prudente aquele que ouve e pratica a palavra de Deus sendo assim comparado ao que constrói a sua casa sobre fundamento sólido, assim, todo relacionamento é uma construção que deve igualmente ter fundamento, colunas e fases. — Pregação sobre Relacionamentos (9 fotos).
Toda pregação em inteiro teor se encontra em meu scribd, conforme endereço abaixo: http://pt.scribd.com/doc/101584623/Pregacao-O-relacionamento-e-uma-construcao-Mt-7-24-27

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Quem somos | Voltemos Ao Evangelho

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Jesus é Deus?

SERÁ JESUS VERDADEIRAMENTE DEUS?
Muitos céticos colocam em dúvida a divindade de Cristo. Defendem até que ele foi um grande profeta ou um grande mestre moral, mas negam sua divindade. Na verdade, só há três hipóteses acerca de Jesus: se ele não era quem disse ser, então era um mentiroso; se ele não era quem pensava ser, então era um lunático; porém, se ele é quem disse ser, então ele é Deus. Jesus... demonstrou os atributos de Deus e fez as obras de Deus. Ele afirmou ser o Filho de Deus, igual ao Pai e o Pai confirmou essa verdade desde os céus. Se Jesus não é Deus, então não pode ser profeta nem mestre moral. Só nos resta a opção de curvar-nos aos seus pés, como Tomé e dizer: "Senhor meu, e Deus meu". Hernandes Dias Lopes.

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Pedido de oração pelo Rev. Wildo da Missão Vida

Oração pelo Pr. Wildo (URGENTE)

Prezado(a) Irmão(ã),

Há algum tempo, Rev. Wildo Gomes dos Anjos, presidente e fundador da Missão Vida, tem se submetido a um tratamento intensivo para cura de uma grave apneia do sono. Esta doença tem afetado sua qualidade de vida e produtividade e causado outras enfermidades. Ainda como parte do tratamento, ele foi submetido ontem pela manhã (03/07) a uma cirurgia delicada e, no procedimento, tudo correu conforme o previsto. Entretanto, ao voltar da anestesia, o quadro teve uma complicação motivada pela aspiração de sangue para o pulmão sendo necessária sua internação na UTI.

O estado de saúde dele é considerado  gravíssimo pela equipe médica. Cremos no Deus que tudo pode e, por este motivo, pedimos a todos os amigos e irmãos que intercedam junto conosco pela vida do Rev. Wildo, para que o Senhor esteja com ele e que sua recuperação e restabelecimento sejam rápidos e, também, para que Deus dê sabedoria aos médicos e conforte o meu coração e dos meus filhos e nos ajude a lidar com esta situação com serenidade e fé.

Assim que tivermos novas informações, entraremos em contato novamente.

Desde já, agradecemos sua atenção e suas orações, certos de que o Senhor continuará sendo fiel e realizando grandes coisas na vida deste servo e por meio dele.

Com gratidão, Rosane Borges Gomes, Esposa do Rev. Wildo, http://mvida.org.br/ 

 "E a oração da fé salvará o enfermo, e o Senhor o levantará" Tiago 5:15a

terça-feira, 3 de julho de 2012

A Religião e o Evangelho

A religião: é o caminho dos homens a Deus, por isso existem muitas.
O evangelho: é o caminho de Deus aos homens, por isso somente existe um!

PEBXW6ZTJ5XK
João 14:6 Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

ANDROID 4.0 - VirtualBox

Descubra como rodar o Android 4.0 em seu PC

Confira neste tutorial, como rodar jogos e aplicativos do Google Play em seu PC. Aproveite, são milhares de itens grátis!

Fonte: http://www.superdownloads.com.br/materias/descubra-rodar-android-4-0-pc.html#ixzz1zVQisviz

domingo, 1 de julho de 2012

A DEUS TODA A GLÓRIA!

"Ajuda-me, Deus Espírito Santo de Deus, a discernir e a obedecer a tua voz dentro do meu ser.
Dá-me inteligência para perceber vozes estranhas que gritam e não são como tu és.
Eu não quero ser dominado por quem quer me dominar e somente me arruinar.
Um grito e gritos ouvi esta noite, mas não eras tu, pois a paz não estava com eles... era só confusão!
Suave é a tua voz e a paz sempre está contigo em companhia.
Totalmente inconfundível é quando falas e sussurras aos meus ouvidos.
O teu falar é doce e macio, mas também é espada que divide a alma, juntas e medula.
Deus Espírito Santo, porque me deixo levar e não começo logo a expulsá-los?
A tarefa deles é confusão para gerar roubo, morte e destruição.
Ao dormir com eles, te abandonei e o que ganhei senão a dor?
Glorifico o teu nome porque ainda me ensinas e tens paciência comigo e não me abandonas jamais.
Louvarei o teu nome hoje e sempre: jamais falte louvor e ações de graça em meus lábios e pensamentos.
Ouvir tua voz e obedecer, eis o que mais quero; eis o que tu queres; eis o que queremos!
Renová-me com teu perdão e não me deixes ser enganado novamente, nunca mais.
Indo eu pelo Caminho, protegei a minha mente para que eu não duvide de ti.
Agora sei que o Senhor guardará minha alma e meus pensamentos.
A DEUS TODA A GLÓRIA!"

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Experimento com células-tronco corrige mutação causadora de Huntington

Cientistas norte-americanos conseguiram corrigir a mutação genética que causa a doença de Huntington em um experimento que envolveu células-tronco retiradas de um paciente. Por meio de manipulação genética, eles foram capazes de remover do DNA a sequência responsável pela degeneração dos neurônios e substituí-la por outra. Caso o experimento, realizado em um organismo de laboratório, tenha a mesma resposta positiva em um animal ou em um humano, ele pode apontar novos caminhos para tratar o distúrbio neurodegenerativo, até então sem cura.

A pesquisa, publicada ontem no site da revista especializada em células-tronco, Cell stem cell, foi realizada por cientistas do Instituto Buck de Pesquisas sobre Envelhecimento, nos Estados Unidos. Os cientistas retiraram um pedaço de pele de um paciente que sofre da doença de Huntington e a submeteram a um processo que a transformou em células-tronco pluripotente induzida (iPSC, na sigla em inglês). Essa célula, embora originada em um organismo adulto, poderia se transformar em diversos outros tipos de organismos, assim como as células-tronco embrionárias. Fonte: Correio Web - Glórias a Deus!

quinta-feira, 21 de junho de 2012

E apareceu a Cefas e, depois, aos doze. (I Co 15:5)

Aparecer, manifestar-se, revelar-se, mostrar-se ... Você alguma vez orou ao Senhor pedindo a ele que se manifestasse a você? Você sempre ora assim para que o Senhor apareça para você? Você nunca orou dessa forma, nem pretende fazê-lo? Você está pensando em orar assim?

Eu gostaria que você usasse o comentário abaixo para responder essa questão que te faço: PORQUE E PARA QUE VOCÊ PEDIRIA A MANIFESTAÇÃO PESSOAL DO SENHOR JESUS CRISTO PARA VOCÊ EM ESPECIAL?

Queridos, a palavra de Deus diz em Jo 14:23 que se amarmos o Senhor Jesus Cristo e guardarmos a sua palavra, o Pai nos amará e eles virão para nós onde farão a sua morada.

O Escritor de Hebreus diz que devemos ser intrépidos, ousados para entrarmos no Santo dos Santos:

Hebreus 10:19 Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus,

Hebreus 10:20 pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne,

Hebreus 10:21 e tendo grande sacerdote sobre a casa de Deus,

Hebreus 10:22 aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado de má consciência e lavado o corpo com água pura.

Hebreus 10:23 Guardemos firme a confissão da esperança, sem vacilar, pois quem fez a promessa é fiel.

Assim, afirmemos com intrepidez e ousadia, em consonância com a Palavra de Deus de Jo 14:21-23, que nós que amamos ao Senhor Jesus e guardamos a sua palavra, o Pai celestial nos ama e, cumprindo sua Palavra, já veio (não virá ou está vindo) para nós onde fez (não fará ou está fazendo) a sua morada. Somos a morada do Eterno, queridos...

"João 14:21 Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me manifestarei a ele.

João 14:22 Disse-lhe Judas, não o Iscariotes: Donde procede, Senhor, que estás para manifestar-te a nós e não ao mundo?

João 14:23 Respondeu Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada."

O que significa então o desejo ou o pedido de manifestação especial do Senhor Jesus para nós quando ele já mora, habita em nós? O que estamos pedindo ou querendo ou cantando?

Na verdade, nós falamos com ele o tempo todo, bem, pelo menos eu falo com ele direto. Tudo o que faço, conforme sua palavra, deve ser feito em seu nome. Se prego, devo pregar em nome de Jesus; se falo, devo falar em nome de Jesus; se oro, devo orar em nome de Jesus; se aconselho, devo fazê-lo em nome de Jesus... o tempo todo falando em seu nome e falando com ele...

Nossa próxima segmentação será em Tito...

p.s.: link da imagem original: nossa.

Contagem regressiva: Faltam 311 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 21/06/2012) e 721 dias para a Copa, sem álcool nos estádios....

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

sexta-feira, 1 de junho de 2012

ANSIEDADE

saída

1- O QUE É:

A ansiedade é uma sensação interna de apreensão, insegurança, preocupação, inquietação e/ou tensão que é acompanhada de elevada excitação física, o corpo fica em estado de alerta, pronto para fugir ou lutar.

2- A BÍBLIA E A ANSIEDEDE

Na Bíblia, a palavra ansiedade é aplicada de duas maneiras, como uma preocupação salutar ou como um estado mental de angustia ou aflição.

Ansiedade como uma preocupação realista, não é nem condenado nem proibido.

A ansiedade como angustia e aflição, surge quando damos as costas a Deus. No sermão do monte, Jesus nos ensinou que não devemos andar ansiosos com as coisas futuras ou de nossas necessidades básicas como comer e vestir, pois temos um Pai celeste que nos dá a provisão.

“Por isso, vos digo: não andeis ansiosos por vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que as vestes?” (Mt 6.25)

De acordo com a Bíblia, não há nada de errado em enfrentar honestamente os problemas da vida e tentar resolvê-los; ignorar o perigo é um erro tolo, mas também é errado e doentio ficar imobilizado pelo excesso de preocupação.

Os problemas que nos afligem devem ser apresentados a Deus em oração, pois ele pode nos libertar do medo paralisante e da ansiedade, capacitando-nos a cuidar de forma realista das nossas necessidades e bem estar, bem como do bem estar do próximo.

3- CARACTERÍSTICAS:

· O corpo fica em estado de alerta pronto para fugir ou lutar.

· O coração bate mais depressa.

· A pressão sanguínea e a tensão muscular se elevam.

· Ocorrem trocas químicas e intercâmbio de sinais neurológicos.

· Ás vezes ocorre aumento da transpiração.

· A pessoa pode se sentir fraca, nervosa nem capaz de relaxar.

4- CAUSAS:

Freud discute a ansiedade em termos na sua teoria de que a personalidade se divide em três partes: O Id, que consiste de instintos que exigem satisfação imediata, o ego, que tem consciência do mundo exterior e mantem a personalidade em contato com a realidade, e o superego, que é o senso normal do que é certo ou errado. Segundo Freud a ansiedade surge quando:

a) O ego percebe uma clara ameaça a pessoa (ansiedade realista).

b) Quando o id começa a ficar tão poderoso que ameaça a dominar o ego e fazer com que a pessoa assuma um comportamento socialmente agressivo e sexualmente inaceitável (ansiedade neurótica).

c) Quando o superego se torna poderoso demais e faz com que a pessoa se sinta esmagada pela culpa ou vergonha (ansiedade moral).

Autores posteriores passaram a ver a ansiedade mais como resultado das pressões culturais e das ameaças do mundo em que vivemos.

Podemos então concluir que a ansiedade é causada pelas ameaças, conflitos, medos, carência, características fisiológicas e diferenças individuais.

A ansiedade pode surgir como respostas a algum perigo não identificável (medo), pode ser uma reação a uma ameaça imaginária ou desconhecida (ansiedade flutuante).

A pessoa ansiosa sabe que algo terrível vai acontecer, mas não sabe o que é nem por que vai acontecer.

5- TIPOS DE ANSIEDADE:

Foram identificados vários tipos de ansiedades, normal e neurótica, moderada e intensa, aguda e crônica.

· NORMAL - É algo que todos nós experimentamos de vez em quando, geralmente quando existe um perigo real ou circunstancial.  Ela é proporcional ao perigo. Ela pode ser reconhecida, controlada e reduzida, principalmente quando as circunstâncias mudam.

· NEURÓTICA - Envolve sensações extremamente exageradas de impotência e terror mesmo quando o perigo é mínimo ou inexistente. Não pode ser enfrentada de maneira objetiva e racional por vir de conflitos internos inconscientes. Ela é desproporcional ao perigo objetivo porque há um conflito intrapsíquico não resolvido.

· MODERADA - Uma ansiedade moderada pode ser até agradável e salutar porque ela motiva ajuda as pessoas a evitar situações perigosas e aumenta a eficiência.

· INTENSA - É mais estressante, ela pode diminuir a nossa capacidade de solucionar problemas, diminuir nosso nível de atenção, dificultar a concentração, provocar esquecimentos, baixar o nível de desempenho, bloquear a eficiência de comunicação, gerar pânico e às vezes provocar desagradáveis sintomas físicos tais como taquicardia, paralisias ou intensas dores de cabeça.

· AGUDA - Geralmente se instala rapidamente se instala rapidamente, pode ser intensa ou não, tem curta duração, ela é uma reação aguda e relativamente breve de apreensão que a todos nós. Representa uma resposta a alguma ameaça e se manifesta algumas vezes com estado de excitação.

· CRÔNICA - É uma tensão emocional contínua, permanece enraizada. Ela é vista em pessoas que parecem estar sempre preocupadas, frequentemente ela acaba provocando doenças físicas porque o corpo não pode funcionar bem quando permanece constantemente tenso e agitado.

6- OS EFEITOS DA ANSIEDADE:

A ansiedade nem sempre é uma coisa ruim, uma dose de ansiedade pode dar sabor a vida (nem pouco, nem muito).

Quando a ansiedade é intensa. Prolongada ou incontrolável, as pessoas começam a apresentar reações debilitantes de ordem física psíquica, defensiva e espiritual.

a) REAÇÕES FÍSICAS: Úlceras, dor de cabeça irritação na pele, dores nas costas e vários outros problemas como, falta de ar, perda de apetite, fadiga intensa e perda do sono.

b) REAÇÕES PSICOLÓGICAS: Redução da produtividade, dificultar as relações interpessoais, bloquear a originalidade e a criatividade, embotar a personalidade e interferir na capacidade de raciocínio e memorização, podendo imobilizar o individuo de tal maneira que ele não consegue se agir independentementecomo um adulto.

c) REAÇÕES DEFENSIVAS: Ignorar a sensação de ansiedade, fingir que a situação que gera ansiedade não existe, convencer-se que não há nada para se preocupar, dar uma explicação racional para os sintomas, jogar a culpa do problema em outras pessoas, desenvolver doenças físicas que desviem a atenção da ansiedade, regredir a comportamentos infantis. Às vezes as pessoas buscam escapes nas drogas, no álcool ou se fecham em vários tipos de doenças mentais, esses mecanismos são meios de tentar resolver o problema.

d) REAÇOES ESPIRITUAIS: A ansiedade pode nos levar buscar auxilio divino,que poderia ser ignorado se tudo estivesse correndo bem. A ansiedade pode também afastar as pessoas de Deus, justamente no momento que elas mais precisam Dele.

7- COMO ACONSELHAR UMA PESSOA ANSIOSA

Não é fácil aconselhar uma pessoa ansiosa, porque é difícil identificar e separar as causas da ansiedade e porque a ansiedade pode ser psicologicamente contagiosa.

Portanto para aconselhar pessoas ansiosas o conselheiro deve estar consciente de seus próprios sentimentos. Ele necessita então:

a) Reconhecer suas próprias ansiedades.

b) PERGUNTAS QUE ELE DEVE FAZER A SI MESMO:

B1-O que está me deixando ansioso nesta situação? O aconselhando está ansioso com alguma coisa que também me deixa ansioso?

B2- O que esta minha ansiedade me diz a respeito do aconselhando e de mim mesmo.

Esse tipo de autoexame pode ajudar oconselheiro a compreender melhor a ansiedade do aconselhando.

c) DOMINANDO A TENSÃO: O conselheiro tem pouca probabilidade de sucesso se o aconselhando estiver tenso demais para se concentrar.

d) DEMONSTRANDO AMOR: O amor tem sido considerado o mais forte elemento terapêutico.

e) IDENTIFICANDO AS CAUSAS: A ansiedade raramente desaparece com palavras tranquilizantes ou gestos de amor cristão. O conselheiro não pode ser ingênuo a ponto de dizer para o aconselhando que ele deve parar de se sentir ansioso ou se animar simplesmente. O conselheiro competente deve auxiliar o aconselhado na tarefa de descobrir as causas da ansiedade.

8- O CONSELHEIRO DEVE:

· Fazer observações e levar o aconselhado a fazer reflexões.

· Ter paciência e ser compreensivo e fazer intervenções.

· Encorajar as ações, dar apoio.

· Incentivar ações cristãs, como alegrar-se, ser gentil, orar e agir.

9- CONCLUSÃO:

A ansiedade é o precedente e o componente básico de todos os problemas psicológicos. A ansiedade existe para nos alertar sobre algum problema e nas levar a agir. Ao falar sobre a ansiedade no sermão do monte, Jesus nos encoraja falando que Deus conhece nossas necessidades e ansiedades e que podemos descansar seguros de que Ele suprirá todas as nossas necessidades e não precisaremos ter nenhuma preocupação. (SOLI DEO GLORIA). Pb. Gilson dos Santos. (FONTE: Gary R. Collins, ACONSELHAMENTO CRISTÃO).