sábado, 9 de julho de 2011

TEMA: As excelências de Deus: sua criação e sua palavra 4 – Sl 19 - Faltam 657 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 09/07/11)

3 Não há linguagem,

nem há palavras, e deles

não se ouve nenhum som;

4 no entanto,

por toda a terra se faz ouvir a sua voz, e

as suas palavras, até aos confins do mundo.

Sem linguagens, sem palavras e sem som algum, no entanto, a sua voz está sendo proclamada em todo o lugar. Até o surdo ouve essa voz com os olhos e o cego a enxerga com seus ouvidos. Por toda a terra e até os confins do mundo. Não foi assim que Cristo nos comissionou?

Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra. (Atos 1:8).

Porque o Senhor assim no-lo mandou: Eu te pus para luz dos gentios, A fim de que sejas para salvação até os confins da terra. (Atos 13 : 47).

13. Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. 14. Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue? 15. E como pregarão, se não forem enviados? como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas. 16. Mas nem todos têm obedecido ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem creu na nossa pregação? 17. De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. 18. Mas digo: Porventura não ouviram? Sim, por certo, pois Por toda a terra saiu a voz deles, E as suas palavras até aos confins do mundo. (Rm 10:13-18).

O apóstolo Paulo aplicou e muito bem aplicado esse final do versículo a nós que temos a mensagem de Deus que Ele nos entregou para proclamarmos de dia a dia, de noite a noite e de dia e de noite, ou, como diz Paulo, quer a tempo, quer fora de tempo?

1. Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, 2. Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. 3. Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; 4. E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.(2 Tm 4:1-4).

Não é de estranharmos irmãos queridos que o tempo presente reflete bem a situação narrada de dias que virão em que cada um se cercará de doutores para si, conforme as suas próprias concupiscência e desviando os ouvidos da verdade, darão ouvidos às fábulas. Vivemos dias semelhantes de créditos às fábulas e invencionices humanas onde a verdade já não é absoluta, mas, como na teoria da relatividade, relativa.

Não podemos deixar de proclamarmos a glória de Deus;

Não podemos deixar de anunciar as obras de suas mãos;

Não podemos deixar de discursar de dia;

Não podemos deixar de revelar conhecimento de noite;

Por toda a terra devemos fazer ouvir a sua voz;

E até aos confins do mundo as  suas palavras...

Não podemos deixar de pregarmos o evangelho;

Não podemos nos calrmos a cerca de Cristo: a mensagem central do evangelho!

Continua...amanhã...

A Deus toda glória! Por Daniel Deusdete – http://www.jamaisdesista.com.br.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.