quinta-feira, 30 de junho de 2011

Faltam 666 dias para 26/04/13 - TEMA: Tendes fé em Deus! 9 – Mc 11:22


"E Jesus, respondendo, disse-lhes: Tende fé em Deus;" Marcos 11:22

 

Continuação do post da pregação no aniversário de 20 anos da PIP-PSul:

 

Com relação às circunstâncias inadimistráveis:

 

Amados irmãos e irmãs, nós estamos aqui nesta vida e nossas escolhas são muito limitadas, por exemplo, não podemos escolher e administrar as circunstâncias a que estaremos ou poderemos estar envolvidos.

 

Recebemos um pacote contendo essas circunstâncias e diante delas somos convidados por Deus a mudar nossa atitude e  dar glórias a Deus, a confiar em Deus cabalmente, a permenecer fiéis, sem vacilar, sem usar de desculpas para se entregar à infidelidade, a cumprir a "missio Dei" e a ser, estar e andar cheios do Espírito de Deus, ou então, a nos rebelarmos e vivermos nos queixando e se lamentando trazendo sobre nós mesmos mais ruinas ainda.

 

Por exemplo, Eu li na revista evangélica ULTIMATO, tempos atrás, numa reportagem, que Viktor Emil Frankl, foi um sobrevivente dos campos de concentração nazista que escreveu um livro,  best-seller: EM BUSCA DE SENTIDO, publicado em alemão, em 1945. Nele consta a seguinte frase:

 

"Quando não somos capazes de mudar uma situação,

somos desafiados a mudar a nós mesmos".

 

O tema da capa era SOFRIMENTO e nos mostrava uma foto assustadora, terrível, chocante, com pessoas, todas com suas cabeças raspadas, vestidas com apenas um jaleco simples, sem calças, descalças, de aparência subnutrida, com seus corpos expostos e esqueléticos.

 

A reportagem, muito bem feita, nos dá uma vaga idéia do que tiveram de passar tais homens. Se pudéssemos fazer comparações, nesses campos de concentração, o homem era exposto as mais adversas situações a que se pode colocar um ser humano. Era tudo em extremo: a violência,  a fome,  a incompreensão, o ódio, os maus tratos.

 

No entanto, os sobreviventes nos contam as suas histórias e a de Viktor Emil Frankl é uma delas. Antes de ir parar num campo de concentração, tinha 37 anos, com doutorado em medicina, além de conhecido e respeitado como neurologista e psiquiatra.

 

Ele por quase três anos enfrentou o inferno na terra e da vida desesperou-se muitas vezes, mas o que o susteve em meio a tudo isso foi por causa de sua fé pessoal em um Deus pessoal que lhe dava e mostrava o sentido da vida. Para Frankl,

 

"o ser humano não é impelido pelo impulso, mas puxado pelos valores".

 

Depois que saiu dessa situação terrível, ainda doutourou-se em filosofia sendo a sua tese um livro que em alemão se diz Der Unbewusste Gott, literalmente traduzido como O Deus Inconsciente, mas que foi versado para o português como A Presença Ignorada de Deus. Ele também fundou a LOGOTERAPIA que geralmente é chamada de a "terceira escola vienense de psicoterapia", sendo a Psicanálise Freudiana a Primeira e a Psicologia Individual de Adler a Segunda.

 

"O termo "logos" é uma palavra grega que significa "sentido". Assim, a "Logoterapia concentra-se no sentido da existência humana, bem como na busca da pessoa por este sentido" (Frankl). "Para a Logoterapia, a busca de sentido na vida da pessoa é a principal força motivadora no ser humano... A Logoterapia é considerada e desenhada como terapia centrada no sentido. Vê o homem como um ser orientado para o sentido". (Frankl)." – wikipedia.

 

Ainda falando do tema de circunstâncias inadministráveis, quero lembrar que hoje, é comemorado o Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas.

 

Quantos não são ou estão envolvidos com drogas e que são nossos parentes e que temos de lidar com a questão? O que fazer? Como lidar com isso? Não podemos nos calar. Não podemos calar o evangelho. Não podemos deixar esta mensagem poderosa enclausurada em nossos peitos e reuniões de adroação ao Senhor.

 

"Anualmente a ONU, através do Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime (UNODC) dá ênfase à Campanha Internacional de Prevenção às Drogas. Nesta data, em Viena, é lançado o Relatório Mundial de Drogas contendo informações atualizadas do mundo todo sobre consumo, produção e tráfico de drogas.

 

A data foi definida pela Assembléia Geral da ONU através da Resolução 42/112 de 7 de Dezembro de 1987, implementando recomendação da Conferência Internacional sobre o Abuso e o Tráfico Ilícito de Drogas, realizada em 26 de Junho do mesmo ano, ocasião em que se aprovou o Plano Multidisciplinar Geral sobre Atividades Futuras de Luta contra o Abuso de Drogas.

 

Esta convenção fornece medidas detalhadas contra o tráfico de drogas, incluindo: provisões contra a lavagem do dinheiro; contra o desvio de precursores químicos; provê apoio logístico para a cooperação internacional na extradição de traficantes, entregas e transferência controladas de produtos. Tais medidas dão suporte ao compromisso mundial de combate ao crime transnacional ratificado pela Declaração do Milênio.

 

O Relatório Mundial de Drogas (Ano 2007) informa que o comércio mundial de drogas movimenta cerca de US$ 322 bilhões por ano [1] e que no Brasil houve um crescimento do consumo[2], contrariando a tendência mundial de estabilização." (fonte: wikipedia)

 

Relembrando, a primeira parte falou de como devemos entrar na presença do autor/doador de toda a dádiva: com júbilo, com alegria e com cântico, sabendo que que ele é Deus, Criador, que somos seu povo e seu rebanho, com ações de graça e hinos de louvor.

 

Amanhã, mais uma parte dessa pregação abençoada lá no P-sul.

 

A Deus toda a glória! por Daniel do Jamais Desista!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.