quinta-feira, 31 de maio de 2012

Time.is 22:48

Time.is 22:48 - Quer saber a hora exata para não atrasar em seu compromisso? Acesse o link http://time.is e pronto. Ele te dirá até quanto tempo vc está atrasado ou adiantado. Deus te abençoe e www.jamaisdesista.com.br 

domingo, 13 de maio de 2012

TEMA: MÃE, EU TE AMO!

MÃE! Minha doce e amada mãezinha de meu coração, eu te amo.

A Bíblia nos ensina que devemos honrar pai e mãe para que se prolonguem nossos dias na terra e tudo nos vá bem. Portanto, não é somente para prolongamento dos nossos dias na terra – longevidade -, mas, também, prosperidade. Vida longa e prosperidade é o que deseja toda alma vivente nesta terra.

"Honra a teu pai e a tua mãe, como o SENHOR teu Deus te ordenou, para que se prolonguem os teus dias, e para que te vá bem na terra que te dá o SENHOR teu Deus." (Deuteronômio 5:16)

Eu te amo, mãe! Mas se meu amor é interesseiro, eu já recebi minha própria recompensa. A Bíblia também nos ensina que nosso amor deve ser sem buscar os seus próprios interesses. Quem ama, se doa. A arte de amar é a arte de dar. Disso sabe toda mãe. Ela nada espera receber, mas pelo seu filinho, dá tudo, até a sua própria vida.

Eu aprendi com Cristo o verdadeiro amor. Chamou-nos de amigo e por nós deu a sua vida. O amor é a arte de dar, de se doar, de se entregar ao outro na esperança da prosperidade do outro. Quem ama não busca o seu próprio interesse, mas se regozija com a verdade.

4. O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. 5. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; 6. Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; 7. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 8. O amor nunca falha;... (I Co 13:4-8).

Uma pergunta eu faço a você que é filho(a): o que tens dado para sua mãe? Tens, no mínimo, sido obediente e dado a ela sua atenção ou a tens desprezado e a entregou a sua própria sorte alegando que a vida é assim mesmo? tudo o que a tua mãe quer não é presente, mas o teu sucesso e o teu reconhecimento de que ela é alguém importante na sua vida.

Te recomendo, filho(a), que hoje ligues para sua mãe e lhe dê o tempo que ela quiser. No entanto, se quiseres ser mais abençoado, dê mais de ti para ela. Eu tenho certeza de que ela não abusará de ti, pois ela te ama.

Eu penso assim: nós corremos de um lado para o outro atrás do quê? De sucesso, de prosperidade, de paz, de amor, de amizade, de bens materiais, em resumo, de bênçãos nas nossas vidas.

A bênção nas nossa vidas não vem, como pensamos de nossos esforços e inteligência e trabalho somente. Tem muita gente que faz tanto, mas no fim é roubada ou enganada e tudo o que conquistou vai-se embora. É Deus quem nos abençoa e nos prospera. É de Deus que vem a tão sonhada bênção!

Minha bênção vem de Deus, certo? Mas você sabia que ele, Deus, pode ter escondido ela – sua bênção - na sua mãe e ela somente será liberada quando você extrair de sua mãe esta bênção? De repente não é necessário tanto esforço e trabalho maluco que deixa tudo para trás, mas a simples atenção à sua mãe e pronto: a tua tão sonhada bênção chegou!

Oremos para que nosso coração insensato não nos engane e nos faça correr atrás de coisas que não têm valor, antes valorizemos o que Deus nos ensina: honre a teu pai e a tua mãe para que se prolonguem diante de ti os teus dias e tudo te vá bem.

Mãe, eu te amo!
A Deus toda a glória! -  

...

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Recomendamos porque conhecemos

Experimente juntar Cl 3:17 com I Co 1o:31... 
Sabem no que vai dar? Que tudo devemos fazer em nome de Jesus para a glória de Deus.
Os responsáveis pela JUDA's são servos do Senhor e alunos da UNB que nas horas vagas são professores.
Podem contratar sem medo! Temor a Deus, confiança, zelo e competência não faltam a eles.

terça-feira, 1 de maio de 2012

Primeiro de maio – Dia Internacional do Trabalho

Ontem, estava vendo alguns vídeos, principalmente de John Piper, com o qual me identifico sobremaneira.
Vi um de seus vídeos: "Deus predeterminou cada pequeno detalhe do universo, inclusive o pecado? - John Piper – YouTube", o qual pode ser visto aqui: http://www.youtube.com/watch?v=P_hK5LXaYpI&feature=related e aquelas poeiras que ele falou, citando Spurgeon, ficou na minha cabeça e fui dormir.
O vídeo, uma entrevista promovida pelo http://deusemdebate.blogspot.com/, inicia-se com uma pergunta forte e a queima roupa: "Deus predeterminou cada pequeno detalhe do universo, como partículas de poeira no ar e, preciso adicionar aqui, todos nossos os pecados que nos afligem?" (sic). E a sua resposta veio sem fôlego ou mesmo sem pestanejar: "Sim!"
Realmente, Deus tem controle de tudo e de todos e nada do que se faz, se pode fazer sem se passar por ele ou que ele faça ou consinta que se faça. Esta é a soberania de Deus que está relacionada à sua providência (não canso de dizer que atrelada à sua soberania, estão, da parte de Deus soberano, a sua sabedoria e a sua bondade e a sua justiça que no final redunda sempre para a sua própria glória). Quer queria, quer não, estamos nele e somos dele. Não podemos isolar Deus de seu mundo.
Então para mim é verdade que em tudo, mas em tudo mesmo, Deus é o administrador-mor por excelência. Ele conclui sua brilhante explicação nos dizendo: "Ele controla tudo, e ele o faz para a Sua glória e nosso bem.". É muito importante sabermos disso, principalmente para orarmos a Deus e não para odiá-lo pelo nosso julgamento/condenação insensatos.
Ele argumenta que o fato é bíblico e que entender isso é loucura – realmente é, uma vez que não somos da Trindade -, mas nos remete a Cristo e a este crucificado, pois foi em Cristo Jesus que Deus, para nossa salvação, permitiu as maiores atrocidades possíveis e imagináveis e isto a um inocente, somente para que nós pudéssemos ser salvos.
No meio da noite, então, vinha na minha mente a poeira de Spurgeon e entendi que devemos viver crendo como Piper falou sobre Deus controlando tudo e a todos, mas devemos agir como se ele nem existisse. Por exemplo, eu irei morrer de sede, diante de um riacho de águas cristalinas e saudáveis, se eu não tomar a iniciativa e ter o trabalho de me servir. Não aparecerá anjos, nem poetas, nem amigos, ou até podem aparecer, mas se eu não resolver trabalhar, ... morrerei, mesmo diante desse oásis.
Embora haja a soberania absoluta de Deus, também é bíblico a responsabilidade total do homem diante de todas as coisas e por elas dará contas de si mesmo a Deus, por tudo que fez ou deixou de fazer.
·         I Pedro 4:4 Por isso, difamando-vos, estranham que não concorrais com eles ao mesmo excesso de devassidão,
·         I Pedro 4:5 os quais hão de prestar contas àquele que é competente para julgar vivos e mortos;
·         Romanos 14:12 Assim, pois, cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus.
·         Mateus 12:36 Digo-vos que de toda palavra frívola que proferirem os homens, dela darão conta no Dia do Juízo;
·         Hebreus 4:13 E não há criatura que não seja manifesta na sua presença; pelo contrário, todas as coisas estão descobertas e patentes aos olhos daquele a quem temos de prestar contas.
No dia do trabalho, vamos trabalhar também. Não morra de sede tendo um riacho à sua frente. Cristo morreu pelos seus pecados para salvar a sua vida. Veja o que o Senhor nos diz:
·         João 5:17 Mas ele lhes disse: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também.
·         Ageu 2:4 Ora, pois, sê forte, Zorobabel, diz o SENHOR, e sê forte, Josué, filho de Jozadaque, o sumo sacerdote, e tu, todo o povo da terra, sê forte, diz o SENHOR, e trabalhai, porque eu sou convosco, diz o SENHOR dos Exércitos;
·         João 6:27 Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela que subsiste para a vida eterna, a qual o Filho do Homem vos dará; porque Deus, o Pai, o confirmou com o seu selo.
Há um trabalho a ser feito antes de nosso descanso... você está sendo chamado para pregar!
Contagem regressiva: Faltam 362 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 01/05/2012) e 772 dias para a Copa, sem álcool nos estádios....
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

segunda-feira, 30 de abril de 2012

“O Infinito e Urgente Amor de Deus e o exemplo de Moody” – parte 4

Na foto, veremos uma placa e nela escrito sobre Moody como UM HOMEM DE VISÃO. Tantas coisas vêm a minha mente quando vejo esta frase... Moody via o invisível e cria no impossível, por isso trabalhou, não ele, mas a graça de Deus que estava nele (I Co 15:10) e o resultado é digno de imitação. E você?

De volta a Chicago, sua amada igreja crescia. No final de 1876, foi iniciada a cruzada de Chicago, com 16 semanas. A estimativa foi de 2.500 a 10 mil convertidos. Moody nunca fez registros de comparecimentos e conversões. Por isso, os números variam.

Depois foi a cruzada de Boston, em 1877, também com grande multidão comparecendo e grande número de convertidos.

Várias cidades de New England receberam-no. Depois Baltimore, depois St. Louis. Seguiram as cidades do Pacífico, começando com San Francisco.

Em 1881, Moody foi novamente para a Inglaterra para uma cruzada estudantil na Universidade de Cambridge, retornando em 1882.

Em 1883, ele voltou à Inglaterra para outra cruzada, em Londres.

De 1888 a 1889, ele pregou nas cidades da costa do Pacífico de Vancouver até San Diego.

Em 1890,  empreendeu uma nova cruzada em Nova Iorque.

A última viagem ocorreu de 1891 a 1892 para Inglaterra, Escócia, França, Roma e Palestina.

Em 1893 Moody teve uma grande oportunidade: Chicago foi a sede da grande festa chamada "Feira Mundial". Grande multidão compareceu aos cultos, provocando o fechamento da feira aos domingos, devido à falta de público neste dia.

Estima-se que Moody foi instrumento de Deus para a conversão de mais de 500 mil pessoas.

E, sem o uso de microfones!

Por este motivo, Moddy é considerado o maior evangelista do século XIX. Talves, tenha sido o maior evangelista de todos os tempos (por não tyer utilizado microfones, televisão e outros meios midiáticos, como Billy Graham!

Após isto, ele ainda empreendeu cruzada em Atlanta (1895), outra em Chicago (1897).

Moody tinha interesse especial, desde o início, pela criação de escolas bíblicas. Ele criou o seminário de Northfielf (para moças), em 1879, e a escola Monte Hermon (para rapazes) em 1881. A Sociedade de Evangelização de Chicago, que mais tarde se tornou o "Moody Bible Institute", iniciou seus trabalhos em 1889.

O "Moody Bible Institute" existe até hoje, sendo grande o seu crescimento. - A seguir, algumas imagens do "Moody Bible Institute" ou Instituto Bíblico Moody; e um exemplo do "Comentário Bíblico Moody": Moody Bible Institute www.moody.edu/ 

Abaixo colocarei, resumidamente, a opinião de dois grandes pregadores contemporâneos a respeito de Moody:

Henry Moorehouse, sobre o poder dos discursos de Moody:

1)  "Moody crê firmemente que o Evangelho salva os pecadores, quando eles crêem, e confia na história simples do Salvador crucificado e ressuscitado;

2)  "Espera a salvação de almas, quando prega, e o resultado é que Deus honra sua fé;

3)  "Prega como se nunca jamais se realizasse outro culto e como se os pecadores nunca mais tivessem oportunidade de ouvir o som do Evangelho. Seus apelos a decisão agora mesmo são comoventes;

4)  "Consegue levar os crentes a trabalhar com os interessados depois do sermão. Insiste em que perguntem aos que estão assentados ao lado se são salvos ou não. Tudo na sua obra é muito simples e aconselho os obreiros da seara do Senhor a aprenderem de nosso irmão lições preciosas sobre a obra de ganhar almas"

R.  A. Torrey, sobre por que Deus usou Moody:

1) "Ele era totalmente comprometido;

2) "Homen de oração;

3) "Estudioso da Palavra de Deus;

4) "Homem simples;

5) "Livre do amor ao dinheiro;

6) "Paixão desmesurada pelos perdidos;

7) "Definitivamente dependente do poder de Deus.

Agora, na minha opinião, os 4 princípios que nortearam a vida de Moody e que, se aplicados a qualquer pessoa comum, produzirá efeitos semelhantes aos que foram produzidos na vida de Moodey, são os seguintes:

1    Faça o que deve ser feito. Percebeu a(s) necessidade(s), faça! Mesmo que te chamem de louco, insensato, inconveniente, etc; FAÇA!

2    Entregue-se completamente a Deus!

3    Tenha amor infinito a vidas humanas!

4    Tenha consciência da urgência de Deus (e, portanto, também sua) para resgatá-los e salvá-los!

Moody iniciou sua última cruzada na cidade de Kansas em novembro de 1899. Em 16 de novembro ele pregou pela última vez ganhando centenas para Jesus.

A partir de 19 de novembro, voltando para Northfield, teve de ficar de repouso em sua cama até o dia de sua morte, em 22 de dezembro de 1899, por complicações cardíacas.

O momento de sua morte foi coroada com grande vitória. Ouviram-no dizer coisas como: "Se isto é a morte, isto é glorioso. Vejo a terra se afastando e o paraíso se aproximando. Entrei pelas portas e vi as crianças (dois de seus netos já falecidos). Deus está me chamando. Este é o meu triunfo, este é o dia de minha coroação. Isto é glorioso. Deus está me chamando e eu preciso ir. Mama, você tem sido uma boa esposa... Não há dor, não há vale...." (por José Roberto Salomão, líder do GECOR).

p.s.: link da imagem original: http://farm1.static.flickr.com/15/22623676_cc4653209f.jpg

Contagem regressiva: Faltam 363 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 30/04/2012) e 773 dias para a Copa, sem álcool nos estádios....

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

domingo, 29 de abril de 2012

“O Infinito e Urgente Amor de Deus e o exemplo de Moody” – parte 3

Ou cremos ou não cremos. Isto é o fato! Deus mandou pregar e escolheu a pregação para salvar os perdidos. Cremos em Deus? Simples, vamos pregar; não cremos? ... é melhor eu ficar calado... Moody sentia arder em seu peito a urgência, a importância e a necessidade da pregação. Vejamos a continuação dela com o Salomão:


Quatro fatos marcaram profundamente as pregações de Moody, preparando-o para suas grandes cruzadas evangelísticas que aconteceriam poucos anos depois.

O primeiro fato ocorreu nesta viagem, enquanto estava sentado num banco de numa praça de Dubin. Lá, ele ouviu uma pregação do evangelista Henry Valey, que marcou profundamente seu espírito. Valey disse: "O mundo ainda está para ver o que Deus quer fazer com, para, através, dentro, e por, o homem totalmente consagrado a Ele".

Ainda em Dublin ele encontrou-se com Henry Moorehouse, que prometeu fazer-lhe uma vista na igreja de Moody, quando ele fosse aos Estados Unidos.

O segundo fato ocorreu em 1968, foi quando Moorehouse cumpriu a promessa ficando uma semana pregando na igreja de Moody. Lá Moorehouse conversou particularmente com Moody aconselhando-o: "Ensine o que a Bíblia diz, não suas próprias palavras, e mostre as pessoas o quanto Deus os ama." Depois desta época, as pregações de Moody  melhoraram  substancialmente.

O terceiro incidente ocorreu na convenção da YMCA em Indianápolis, em 1870. No momento em que Moody estava pregando, ele perguntou aos presentes se havia algum voluntário para cantar um hino. Imediatamente  Ira A. Sankey começou a cantar "Há Uma Fonte Cheia de Sangue". Quando terminou, Moody disse: "Você tem de ir comigo à Chicago, eu tenho esperado por você há oito anos". Sankey seguiu com Moody em 1871.

O quarto episódio foi o incêndio de Chicago. Na noite do início do incêndio, Moody pregou para grande número de pessoas sobre a necessidade de aceitar Jesus e deu uma semana para as pessoas refletirem sobre o assunto. Depois do incêndio, algumas pessoas morreram neste e outras se afastaram, de modo que Moody decidiu nunca mais deixar de fazer o convite para aceitar a Cristo em tadas as suas pregações.         

O prédio da YMCA e a igreja foram destruídos. A igreja foi reaberta em dezembro de 1871. Durante algum período, ele teve de morar na casa de um amigo em Nova Iorque. Tudo isso provocou grandes mudanças em seu espírito. Em Nova Iorque ele teve uma experiência espiritual, sobre a qual ele escreveu: "Ah! que dia! Não posso descrevê-lo, nem quero falar no assunto; .... Posso apenas dizer que Deus se revelou para mim e tive uma experiência tão grande do seu amor que tive de rogar-lhe que retirasse de mim sua mão....".

Logo depois, o Senhor supriu dinheiro para Moody construir um prédio provisório para a igreja em Chicago.

Logo após a construção do templo definitivo, em 1872, ele voltou à Inglaterra a convite de uma igreja de Londres. Em 10 dias, 400 pessoas foram salvas.

No ano seguinte, Dwight foi convidado  por três ingleses para pregar na Inglaterra. Lá chegando, os convites não mais cessaram. Moody e Sankey não tinham idéia de que iriam "sacudir" a inglaterra, com Whitefield e Wesley fizeram 125 anos atras.

Da Inglaterra, eles foram convidados para a Escócia, depois para as ilhas britânicas, depois Irlanda, depois de volta à Inglaterra, em Londes, onde permaneceu por mais 4 meses. Todos os lugares por onde ia, uma multidão assistia suas pregações. Um total de dois milhões e meio de pessoas assistiram suas pregações durante essa cruzada. Foi estimado um número de 5000 pessoas sendo convertidas neste período.

Moody tinha pouco estudo formal. Deus o usava de forma maravilhosa.

Quando voltou aos Estados Unidos, passou a ser uma pessoa conhecida, sendo convidado para inúmeras cidades para pregar. A primeira cidade foi Brooklyn, que começou em 1875. Multidões de 15 a 20 mil pessoas compareceram em alguns encontros. Estimou-se um número de 2 mil convertidos nessa campanha.

Depois foi para a Filadélfia, com o comparecimento total neste período de mais de um milhão de pessoas, com estimativa de 4 mil convertidos.

Depois, no ano de 1876, foi Nova Iorque, onde permaneceu por pouco mais de dois meses, com comparecimento de aproximadamente 60 mil pessoas por dia, com a estimativa de 6 mil decisões para Cristo.

p.s.: link da imagem original: http://www.astronomiaamadora.net/images/wallpapers/solar_system/planetas_interiores/terra_vista-da-ISS.jpg

Contagem regressiva: Faltam 364 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 29/04/2012) e 774 dias para a Copa, sem álcool nos estádios....

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

sábado, 28 de abril de 2012

“O Infinito e Urgente Amor de Deus e o exemplo de Moody” – parte 2

Continuando com a linda história de um grande pregador... você sabia que você tem um chamado para pregar a palavra de Deus? Reparem que não disse: "- você tem um chamado para pregar", mas, disse: "- você tem um chamado para pregar a palavra de Deus!". E ai, vai ficar calado esperando que as pedras também clamem? ... prega a palavra... II Tm 4:2
Em 1856, Dwight Lyman foi para Chicago. Com indicação de outro tio seu, Calvin, para trabalhar numa sapataria operada pelos irmãos Wiswall.
Grande era sua expectativa em ganhar dinheiro com seu novo trabalho em Chicago. Mas, aumentava mais ainda seu desejo de servir a Deus.
Seu interesse pelo trabalho na igreja (nessa época, Plymount Congregational Church) foi aumentando a cada dia. Por exemplo, ele alugava bancos da igreja (costume da época) e saía pela cidade convidando pessoas para preenchê-los.
Descobrindo uma escola dominical em Chicago, ele ofereceu ajuda para também ensinar naquele local. O dirigente respondeu: "Há doze professores e dezesseis alunos, porém o senhor pode ensinar todos os alunos que trouxer à escola.".
Foi a surpresa de todos quando viram Moody entrar na escola com dezoito meninos pobres, alguns mal vestidos (mas todos com uma alma para ser salva, dizia). E assim foi aumentando mais e mais. Logo, o local já não comportava tantos alunos.
Ele, então, passou a alugar salões, pagava os professores e cuidava da preparação do local para o momento das aulas. Ele chegava cedo para retirar as pipas de cerveja e outras sujeiras das pessoas que ocupavam o local durante a semana.           Logo a sua escola dominical passou a ser a maior da cidade.
D. L. Desejava ainda enriquecer-se através de seus negócios. Ele prosperava na sapataria (chegou a economizar 7000 dólares). Mas o seu trabalho para Deus tomava cada dia mais seu coração. Um fato fez com que ele tomasse a decisão definitiva de trabalhar todo seu tempo para Deus:
Um certo dia, chegou outro professor de escola dominical na sapataria e disse que ia viajar para se tratar, pois estava extremamente doente (com tuberculose), mas que sua maior tristeza era a frustração de não ver convertidas as sua três alunas.
Moody se prontificou a visitar com ele as três alunas desse professor amargurado. Em cada visita, cada uma das moças aceitou Jesus e se converteu.
Alguns dias depois, no culto de despedida desse professor, uma das moças fez uma oração pela saúde de seu professor que emocionou profundamente D. L. Moody.
Mais tarde Moody comentou: "Eu não sabia o preço que tinha de pagar, como resultado de haver participado na evangelização individual das moças. Perdi o jeito de negociar; não tinha mais interesse no comércio. Experimentava um outro muno e não mais queria ganhar dinheiro... Oh! delícia, a de levar uma alma das trevas deste mundo à gloriosa luz e liberdade do Evangelho!".
Foi em 1860 quando Moody deixou o seu trabalho para dedicar todo o seu tempo a Deus. Ele deixou um bom emprego de 5 mil dólares anuais (um excelente salário para a época) para ganhar não mais que trezentos dólares anuais. Ele disse: "Deus me suprirá de tudo, se Ele quiser que eu continue. E eu continuarei até ser obrigado a parar".
Em 1861, Moody se tornou um missionário urbano da YMCA internacional.
Em 1862 ele se casou com Emma Charlotte Revell (ele com 25 anos e ela com 19). Em 1864, 1869 e 1879 tiveram uma menina e dois meninos, respectivamente.
Durante a guerra civil americana, Moody participou da comissão cristã dos Estados Unidos auxiliando pessoalmente muitos soldados e civis. Também armou uma grande tenda para os cultos com os soldados, no acampamento militar. Quando voltava do campo de batalha, sua escola cada vez aumentava mais, a ponto de ele pensar seriamente em abrir uma igreja própria. Ele alugou um salão no North Market Hall até que o incêndio de 1862 o destruiu completamente.
Em 1863 ele conseguiu dinheiro para construir a igreja "Illinois Street Church" (que se tornou, depois de sua morte, a até hoje chamada Igreja Moody), com capacidade para 1500 pessoas. Essa igreja iniciou seus trabalhos em 1864.
Moody fundou, então, o primeiro prédio da YMCA nos Estados Unidos, no Farwell Hall, em Chicago, em 1867.
No mesmo ano de 1867, ele decidiu fazer uma viagem à Inglaterra, lá ele assistiu à pregação de Spurgeon e Müller, os melhores pregadores da época.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 365 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 28/04/2012) e 775 dias para a Copa, sem álcool nos estádios....
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

sexta-feira, 27 de abril de 2012

“O Infinito e Urgente Amor de Deus e o exemplo de Moody”

Aqui estamos nós exercendo de algum modo nosso ministério da pregação porque se não pregarmos a boa palavra de Deus, como irão ouvir, depois crerem, invocarem e serem salvos? Moody abriu a sua boca e pregou...

Efésios 5, 8-18.

8pois outrora éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz 9(pois o fruto da luz está em toda a bondade, e justiça e verdade), 10provando o que é agradável ao Senhor; 12porque as coisas feitas por eles em oculto, até o dizê-las é vergonhoso. 13Mas todas estas coisas, sendo condenadas, se manifestam pela luz, pois tudo o que se manifesta é luz.

14Pelo que diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te iluminará. 15Portanto, vede diligentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, 16usando bem cada oportunidade, porquanto os dias são maus. 17Por isso, não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. 18E não vos embriagueis com vinho, no qual há devassidão, mas enchei-vos do Espírito,  

Romanos 10, 13-15:

 13Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. 14Como pois invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram falar? e como ouvirão, se não há quem pregue? 15E como pregarão, se não forem enviados? assim como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam coisas boas!

Dwight Lyman Moody

A seguir falarei sobre um homem em que podemos aplicar o versículo: "(...) homens dos quais o mundo não era digno(...)"(Hb 11,38). Não que ele não tivesse pecado. Devia cometê-los muitos diariamente. Eu não o conheci pessoalmente, mas posso perceber seus frutos: várias escolas fundadas, um grande exemplo de cristão desprendido e amoroso e um número enorme de conversões por intermédio de suas pregações. Enfim, um homem bem acima da média, que trouxe benefícios tremendos a humanidade: Dwight Lyman Moody.

Quero ressaltar que Moody era um homem comum, até que se consagrou para o trabalho de Deus. A sua disposição em se entregar a Deus foi abençoada pelo Senhor. Seu exemplo demonstra o que Deus pode fazer na vida de um homem comum, quando ele se dispõe a ser instrumento nas mãos do nosso criador.

As origens de Moody são humildes. Nasceu em uma pequena fazenda, em 5 de fevereiro de 1837, em New England, EUA.

Ele tinha apenas 4 anos quando seu pai, Edwin, um pedreiro, alcoólico, morreu, aos 41anos deixando sua esposa viúva aos 36 anos com sete filhos e grávida ainda de mais dois gêmeos, que nasceram dois meses depois da morte do pai, totalizando 9 filhos (sendo o mais velho com 13 anos).

A atitude da mãe de Dwight, de manter a família unida, doando seus esforços mesmo em meio a essas grandes dificuldades, causou forte impressão em seu espírito. 

Diante de tal situação, a família recebeu o apoio do pastor da igreja unitariana local e do tio de Dwight.

Durante sua infância, Moody trabalhou nas fazendas de sua região, até que aos 17 anos, desejando melhorar o padrão de vida, foi para Boston trabalhar na sapataria de seu tio, Samuel. A condição para a permanência de Dwight no emprego era assistir regularmente os cultos da Igreja Congregacional Monte Vernon, pastoreada por Edward Kirk. Também Moody era obrigado a freqüentar a escola dominical daquela igreja. Ele achava, naquela época, essas atividades envolvendo igreja muito aborrecedoras.

Em abril de 1855, o seu professor da escola dominical, Edward Kimball, foi visitar a sapataria e encontrou Dwight embrulhando sapatos. O professor, colocou, então, as mãos sobre os ombros de Dwight e lhe falou sobre como Jesus o amava, e como Dwight deveria também amar a Jesus. Imediatamente, Moody se converteu, aceitando o apelo de seu professor. Mais tarde, sobre este episódio, comentou Moody: "O mundo nasceu de novo para mim, as aves cantavam de maneira mais doce, o sol brilhava mais. Eu nunca tinha antes sentido tanta paz!".

Muitas vezes, mais tarde, o senhor Kimball deve ter se regozijado por ter obedecido a Deus e pregado a Dwight, naquele sábado na sapataria.[ esta postagem sobre Moody faz parte do estudo de nosso colega líder do GECOR, Salomão]

p.s.: link da imagem original: http://planteumasemente.files.wordpress.com/2008/09/dl-moody1.jpg

Contagem regressiva: Faltam 366 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 27/04/2012) e 776 dias para a Copa, sem álcool nos estádios....

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

quinta-feira, 26 de abril de 2012

NOSSA PREGAÇÃO – Is 53:1; Jo 12:38; Rm 10:16

NOSSA PREGAÇÃO – Is 53:1; Jo 12:38; Rm 10:16

Qual é a minha e a sua pregação? Como pregamos importa? O profeta Isaias já perguntava quem creu em nossa pregação? Porque "nossa"? por causa da parceria Deus/homem? Deus não concedeu o privilégio de anunciar a sua Palavra aos anjos embora estes até cobiçaram, mas as homens.

Os homens anunciam aos homens a palavra de salvação dos homens, mas é Deus quem irá agir nos corações desses homens gerando neles a fé suficiente para crerem naqueles que estão pregando a genuína Palavra de Deus.

É pela "nossa pregação"; somente pela nossa pregação é que a fé vem e a pregação certa é a "nossa pregação", ou seja a pregação da Palavra de Cristo. Anunciar outro evangelho ou outra palavra que não a nossa pregação é levar o homem à perdição.

Isaías 53:1 Quem creu em nossa pregação? E a quem foi revelado o braço do SENHOR?

João 12:38 para se cumprir a palavra do profeta Isaías, que diz: Senhor, quem creu em nossa pregação? E a quem foi revelado o braço do Senhor?

Romanos 10:16 Mas nem todos obedeceram ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem acreditou nanossa pregação?

E a quem foi revelado o braço do Senhor? No entanto, nem todos os que ouvirem, crerão por causa da rebeldia e de sua contradição, pois nos fala as Escrituras de um povo rebelde e contradizente.

O próprio homem não é coerente e enquanto ele resistir à palavra que está sendo pregada, não poderá ser salvo. No entanto, eu não quero saber dos que rejeitam, mas de que pregarei, quer aceitem, quer rejeitem.

Ai é que entra o conselho de Paulo a Timóteo de pregar a palavra: "II Timóteo 4:2 prega a palavra, insta, quer seja oportuno, quer não, corrige, repreende, exorta com toda a longanimidade e doutrina."

Pregarei a boa semente porque sei que é Deus quem opera neles o querer e o executar. Meu papel não é convencer ou fazer ninguém mudar de idéia ou de opinião ou de religião, mas tenho o dever de anunciar como arauto de Deus a "nossa pregação" a fim de que o Senhor lhes revele o seu braço.

Amanhã, veremos o exemplo de um homem da história recente que pregou o evangelho e foi um dos maiores ganhadores de almas do mundo sem ainda o uso do microfone e das parafernálias eletrônicas.

p.s.: link da imagem original: do autor.

Contagem regressiva: Faltam 367 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 26/04/2012) e 777 dias para a Copa, sem álcool nos estádios....

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Três Homens de Deus – Parte 4

Como eu havia dito ontem, Paulo também foi aquele que trouxe mais luz ao que devemos fazer o que está relacionado à nossa missão enquanto estivermos aqui na terra aguardando a sua volta:

  • Paulo se preocupava em apresentar todo homem perfeito em Cristo:

Colossenses 1:27 aos quais Deus quis dar a conhecer qual seja a riqueza da glória deste mistério entre os gentios, isto é, Cristo em vós, a esperança da glória;

Colossenses 1:28 o qual nós anunciamos, advertindo a todo homem e ensinando a todo homem em toda a sabedoria, a fim de que apresentemos todo homem perfeito em Cristo;

Colossenses 1:29 para isso é que eu também me afadigo, esforçando-me o mais possível, segundo a sua eficácia que opera eficientemente em mim. (G.N.)

  • Paulo se preocupava em convencer os homens que já não mais era ele que vivia, mas era Cristo que vivia nele, ou seja, "CRISTO VIVE EM MIM":

Gálatas 2:19 Porque eu, mediante a própria lei, morri para a lei, a fim de viver para Deus. Estou crucificado com Cristo;

Gálatas 2:20 logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim.

  • Paulo se preocupava e se angustiava até que em cada um fosse formado o Cristo:

Gálatas 4:19 meus filhos, por quem, de novo, sofro as dores de parto, até ser Cristo formado em vós;

Essa angústia, preocupação, "dores de parto" de Paulo mostrava no que ele Paulo cria e como vivia aproveitando cada oportunidade que tinha para levar todo pensamento cativo à obediência de Cristo.

Paulo pregava a fim de que ouvissem e depois de crerem, isto é, terem em si geradas a fé de Deus, invocassem o Senhor. Romanos 10:13 Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Uma vez salvos pela invocação do Senhor, Paulo continuava a sua obra ensinando todo homem e lutanto em oração para que Cristo habitasse plenamente neles.

Longe de mim esteja eu querer ficar demonstrando falhas e mais falhas, erros e mais erros, defeitos e mais defeitos na vida de meus irmãos e amigos, como se eu não tivesse falhas, nem erros, nem defeitos... longe de mim isso tudo.

Eu tenho de entender que eu estou aqui, nesta terra, para anunciar a palavra de Deus de forma que se cumpra nos que ouvem a Palavra de Deus  o que está escrito em Romanos 10 que gera um acróstico interessante: EPOCIS.

ENVIAR – PREGAR - OUVIR – CRER – INVOCAR – SALVAR (curar, libertar, renovar, ...)

Ø  Eu estou para pregar porque fui enviado! Meu papel: pregar, ensinar, ministrar...

Ø  Você está aqui para ouvir – crer – invocar! Seu papel: ouvir, crer e invocar.

Ø  Deus está aqui para te salvar  (curar, libertar, renovar, ...). O Papel de Deus (sucintamente, óbvio, uma vez que é Deus quem faz tudo e é ele quem opera em nós tanto o querer quanto o realizar): Deus escolhe, chama, capacita e envia.

No entanto, para que haja cura, libertação, transformação, eu preciso pregar e pregar como? [Eu vou me valer de outro acróstico: A-E-I-O-U. – ver http://www.jamaisdesista.com.br/2012/04/os-justos-e-os-impios-sl-1-parte-2.html]

É a pregação, amados do Senhor, que nosso Senhor usa para gerar em nós, quando ouvimos, a fé salvadora que nos remeterá a ele pela sua invocação e diz a palavra que todos os que o invocarem serão salvos... curados .... libertos .... sarados ...

Preste, portanto, bastante atenção e glorifique a Deus que está gerando em nós a fé vencedora...

Em suma, tudo converge para Cristo! O AT converge e aponta para Cristo. O Pai e o Espírito Santo aponta para Cristo. O Novo Testamento aponta para Cristo.

Nossa missão continua (em todo o tempo... kronos e kairós...):

Pregar a Palavra de Deus – apontando sempre para o Cristo

A todos os povos e ao povo de Deus

Para a glória de Deus

Em nome de Deus

Pelo Espírito de Deus

Como instrumentos de Deus

No Reino de Deus...

É tudo de Deus, por Deus, para Deus, em Deus... "Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém!" Romanos 11:36 

p.s.: link da imagem original: http://estudos.gospelmais.com.br/files/2012/01/fogo.jpg

Contagem regressiva: Faltam 368 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 25/04/2012) e 778 dias para a Copa, sem álcool nos estádios....

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

terça-feira, 24 de abril de 2012

Três Homens de Deus – Parte 3

Eu estou bem e em recuperação rápida para a glória de Deus, mas continuando... Sobre Paulo encontraremos em At 22 muita informação de quem foi este homem.

Atos 22:1 Irmãos e pais, ouvi, agora, a minha defesa perante vós.

Atos 22:2 Quando ouviram que lhes falava em língua hebraica, guardaram ainda maior silêncio. E continuou:

Atos 22:3 Eu sou judeu, nasci em Tarso da Cilícia, mas criei-me nesta cidade e aqui fui instruído aos pés de Gamaliel, segundo a exatidão da lei de nossos antepassados, sendo zeloso para com Deus, assim como todos vós o sois no dia de hoje.

Atos 22:4 Persegui este Caminho até à morte, prendendo e metendo em cárceres homens e mulheres,

Atos 22:5 de que são testemunhas o sumo sacerdote e todos os anciãos. Destes, recebi cartas para os irmãos; e ia para Damasco, no propósito de trazer manietados para Jerusalém os que também lá estivessem, para serem punidos.

Atos 22:6 Ora, aconteceu que, indo de caminho e já perto de Damasco, quase ao meio-dia, repentinamente, grande luz do céu brilhou ao redor de mim.

Atos 22:7 Então, caí por terra, ouvindo uma voz que me dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues?

Atos 22:8 Perguntei: quem és tu, Senhor? Ao que me respondeu: Eu sou Jesus, o Nazareno, a quem tu persegues.

Atos 22:9 Os que estavam comigo viram a luz, sem, contudo, perceberem o sentido da voz de quem falava comigo.

Atos 22:10 Então, perguntei: que farei, Senhor? E o Senhor me disse: Levanta-te, entra em Damasco, pois ali te dirão acerca de tudo o que te é ordenado fazer.

Atos 22:11 Tendo ficado cego por causa do fulgor daquela luz, guiado pela mão dos que estavam comigo, cheguei a Damasco.

Atos 22:12 Um homem, chamado Ananias, piedoso conforme a lei, tendo bom testemunho de todos os judeus que ali moravam,

Atos 22:13 veio procurar-me e, pondo-se junto a mim, disse: Saulo, irmão, recebe novamente a vista. Nessa mesma hora, recobrei a vista e olhei para ele.

Atos 22:14 Então, ele disse: O Deus de nossos pais, de antemão, te escolheu para conheceres a sua vontade, veres o Justo e ouvires uma voz da sua própria boca,

Atos 22:15 porque terás de ser sua testemunha diante de todos os homens, das coisas que tens visto e ouvido.

Atos 22:16 E agora, por que te demoras? Levanta-te, recebe o batismo e lava os teus pecados, invocando o nome dele.

Paulo, representa o Novo Testamento com a mensagem de Cristo, sendo Cristo a própria mensagem, ou o evangelho. Paulo nada trouxe de novo e seu papel, junto com joão Batista e com o Senhor Jesus é o de apontar para Jesus, o Cristo. Paulo declarou e proclamou em alto e bom som que Jesus Cristo é o Senhor e a fonte de toda bênção da Divindade.

Tudo converge para Cristo e é nele que Deus colocou tudo que o homem necessita para viver nesta vida até que Ele mesmo volte.

Veja o que Paulo declarou de Cristo:

Colossenses 1:13 Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do Filho do seu amor,

Colossenses 1:14 no qual temos a redenção, a remissão dos pecados.

Colossenses 1:15 Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;

Colossenses 1:16 pois, nele, foram criadas todas as coisas, nos céus e sobre a terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam soberanias, quer principados, quer potestades. Tudo foi criado por meio dele e para ele.

Colossenses 1:17 Ele é antes de todas as coisas. Nele, tudo subsiste.

Colossenses 1:18 Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia,

Colossenses 1:19 porque aprouve a Deus que, nele, residisse toda a plenitude

Colossenses 1:20 e que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele, reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus.

Colossenses 1:21 E a vós outros também que, outrora, éreis estranhos e inimigos no entendimento pelas vossas obras malignas,

Colossenses 1:22 agora, porém, vos reconciliou no corpo da sua carne, mediante a sua morte, para apresentar-vos perante ele santos, inculpáveis e irrepreensíveis,

Colossenses 1:23 se é que permaneceis na fé, alicerçados e firmes, não vos deixando afastar da esperança do evangelho que ouvistes e que foi pregado a toda criatura debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, me tornei ministro.

Paulo também foi aquele que trouxe mais luz ao que devemos fazer o que está relacionado à nossa missão enquanto estivermos aqui na terra aguardando a sua volta:

p.s.: link da imagem original: foto do autor...

Contagem regressiva: Faltam 369 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 24/04/2012) e 779 dias para a Copa, sem álcool nos estádios....

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br