Vamos conhecer o Caminho do Senhor?

Saiba que "O caminho do SENHOR é fortaleza para os íntegros, mas ruína aos que praticam a iniqüidade." (Pv 10:29). Saiba também que aqui no 'JAMAIS DESISTA do Caminho do Senhor' você encontrará, todos os dias uma mensagem baseada na Bíblia que representa o pensamento do autor na sua contínua busca das coisas pertencentes ao reino de Deus e a sua justiça.

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Experimento com células-tronco corrige mutação causadora de Huntington

Cientistas norte-americanos conseguiram corrigir a mutação genética que causa a doença de Huntington em um experimento que envolveu células-tronco retiradas de um paciente. Por meio de manipulação genética, eles foram capazes de remover do DNA a sequência responsável pela degeneração dos neurônios e substituí-la por outra. Caso o experimento, realizado em um organismo de laboratório, tenha a mesma resposta positiva em um animal ou em um humano, ele pode apontar novos caminhos para tratar o distúrbio neurodegenerativo, até então sem cura.

A pesquisa, publicada ontem no site da revista especializada em células-tronco, Cell stem cell, foi realizada por cientistas do Instituto Buck de Pesquisas sobre Envelhecimento, nos Estados Unidos. Os cientistas retiraram um pedaço de pele de um paciente que sofre da doença de Huntington e a submeteram a um processo que a transformou em células-tronco pluripotente induzida (iPSC, na sigla em inglês). Essa célula, embora originada em um organismo adulto, poderia se transformar em diversos outros tipos de organismos, assim como as células-tronco embrionárias. Fonte: Correio Web - Glórias a Deus!

quinta-feira, 21 de junho de 2012

E apareceu a Cefas e, depois, aos doze. (I Co 15:5)

Aparecer, manifestar-se, revelar-se, mostrar-se ... Você alguma vez orou ao Senhor pedindo a ele que se manifestasse a você? Você sempre ora assim para que o Senhor apareça para você? Você nunca orou dessa forma, nem pretende fazê-lo? Você está pensando em orar assim?

Eu gostaria que você usasse o comentário abaixo para responder essa questão que te faço: PORQUE E PARA QUE VOCÊ PEDIRIA A MANIFESTAÇÃO PESSOAL DO SENHOR JESUS CRISTO PARA VOCÊ EM ESPECIAL?

Queridos, a palavra de Deus diz em Jo 14:23 que se amarmos o Senhor Jesus Cristo e guardarmos a sua palavra, o Pai nos amará e eles virão para nós onde farão a sua morada.

O Escritor de Hebreus diz que devemos ser intrépidos, ousados para entrarmos no Santo dos Santos:

Hebreus 10:19 Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus,

Hebreus 10:20 pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne,

Hebreus 10:21 e tendo grande sacerdote sobre a casa de Deus,

Hebreus 10:22 aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado de má consciência e lavado o corpo com água pura.

Hebreus 10:23 Guardemos firme a confissão da esperança, sem vacilar, pois quem fez a promessa é fiel.

Assim, afirmemos com intrepidez e ousadia, em consonância com a Palavra de Deus de Jo 14:21-23, que nós que amamos ao Senhor Jesus e guardamos a sua palavra, o Pai celestial nos ama e, cumprindo sua Palavra, já veio (não virá ou está vindo) para nós onde fez (não fará ou está fazendo) a sua morada. Somos a morada do Eterno, queridos...

"João 14:21 Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me manifestarei a ele.

João 14:22 Disse-lhe Judas, não o Iscariotes: Donde procede, Senhor, que estás para manifestar-te a nós e não ao mundo?

João 14:23 Respondeu Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada."

O que significa então o desejo ou o pedido de manifestação especial do Senhor Jesus para nós quando ele já mora, habita em nós? O que estamos pedindo ou querendo ou cantando?

Na verdade, nós falamos com ele o tempo todo, bem, pelo menos eu falo com ele direto. Tudo o que faço, conforme sua palavra, deve ser feito em seu nome. Se prego, devo pregar em nome de Jesus; se falo, devo falar em nome de Jesus; se oro, devo orar em nome de Jesus; se aconselho, devo fazê-lo em nome de Jesus... o tempo todo falando em seu nome e falando com ele...

Nossa próxima segmentação será em Tito...

p.s.: link da imagem original: nossa.

Contagem regressiva: Faltam 311 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10). (hoje: 21/06/2012) e 721 dias para a Copa, sem álcool nos estádios....

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

sexta-feira, 1 de junho de 2012

ANSIEDADE

saída

1- O QUE É:

A ansiedade é uma sensação interna de apreensão, insegurança, preocupação, inquietação e/ou tensão que é acompanhada de elevada excitação física, o corpo fica em estado de alerta, pronto para fugir ou lutar.

2- A BÍBLIA E A ANSIEDEDE

Na Bíblia, a palavra ansiedade é aplicada de duas maneiras, como uma preocupação salutar ou como um estado mental de angustia ou aflição.

Ansiedade como uma preocupação realista, não é nem condenado nem proibido.

A ansiedade como angustia e aflição, surge quando damos as costas a Deus. No sermão do monte, Jesus nos ensinou que não devemos andar ansiosos com as coisas futuras ou de nossas necessidades básicas como comer e vestir, pois temos um Pai celeste que nos dá a provisão.

“Por isso, vos digo: não andeis ansiosos por vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que as vestes?” (Mt 6.25)

De acordo com a Bíblia, não há nada de errado em enfrentar honestamente os problemas da vida e tentar resolvê-los; ignorar o perigo é um erro tolo, mas também é errado e doentio ficar imobilizado pelo excesso de preocupação.

Os problemas que nos afligem devem ser apresentados a Deus em oração, pois ele pode nos libertar do medo paralisante e da ansiedade, capacitando-nos a cuidar de forma realista das nossas necessidades e bem estar, bem como do bem estar do próximo.

3- CARACTERÍSTICAS:

· O corpo fica em estado de alerta pronto para fugir ou lutar.

· O coração bate mais depressa.

· A pressão sanguínea e a tensão muscular se elevam.

· Ocorrem trocas químicas e intercâmbio de sinais neurológicos.

· Ás vezes ocorre aumento da transpiração.

· A pessoa pode se sentir fraca, nervosa nem capaz de relaxar.

4- CAUSAS:

Freud discute a ansiedade em termos na sua teoria de que a personalidade se divide em três partes: O Id, que consiste de instintos que exigem satisfação imediata, o ego, que tem consciência do mundo exterior e mantem a personalidade em contato com a realidade, e o superego, que é o senso normal do que é certo ou errado. Segundo Freud a ansiedade surge quando:

a) O ego percebe uma clara ameaça a pessoa (ansiedade realista).

b) Quando o id começa a ficar tão poderoso que ameaça a dominar o ego e fazer com que a pessoa assuma um comportamento socialmente agressivo e sexualmente inaceitável (ansiedade neurótica).

c) Quando o superego se torna poderoso demais e faz com que a pessoa se sinta esmagada pela culpa ou vergonha (ansiedade moral).

Autores posteriores passaram a ver a ansiedade mais como resultado das pressões culturais e das ameaças do mundo em que vivemos.

Podemos então concluir que a ansiedade é causada pelas ameaças, conflitos, medos, carência, características fisiológicas e diferenças individuais.

A ansiedade pode surgir como respostas a algum perigo não identificável (medo), pode ser uma reação a uma ameaça imaginária ou desconhecida (ansiedade flutuante).

A pessoa ansiosa sabe que algo terrível vai acontecer, mas não sabe o que é nem por que vai acontecer.

5- TIPOS DE ANSIEDADE:

Foram identificados vários tipos de ansiedades, normal e neurótica, moderada e intensa, aguda e crônica.

· NORMAL - É algo que todos nós experimentamos de vez em quando, geralmente quando existe um perigo real ou circunstancial.  Ela é proporcional ao perigo. Ela pode ser reconhecida, controlada e reduzida, principalmente quando as circunstâncias mudam.

· NEURÓTICA - Envolve sensações extremamente exageradas de impotência e terror mesmo quando o perigo é mínimo ou inexistente. Não pode ser enfrentada de maneira objetiva e racional por vir de conflitos internos inconscientes. Ela é desproporcional ao perigo objetivo porque há um conflito intrapsíquico não resolvido.

· MODERADA - Uma ansiedade moderada pode ser até agradável e salutar porque ela motiva ajuda as pessoas a evitar situações perigosas e aumenta a eficiência.

· INTENSA - É mais estressante, ela pode diminuir a nossa capacidade de solucionar problemas, diminuir nosso nível de atenção, dificultar a concentração, provocar esquecimentos, baixar o nível de desempenho, bloquear a eficiência de comunicação, gerar pânico e às vezes provocar desagradáveis sintomas físicos tais como taquicardia, paralisias ou intensas dores de cabeça.

· AGUDA - Geralmente se instala rapidamente se instala rapidamente, pode ser intensa ou não, tem curta duração, ela é uma reação aguda e relativamente breve de apreensão que a todos nós. Representa uma resposta a alguma ameaça e se manifesta algumas vezes com estado de excitação.

· CRÔNICA - É uma tensão emocional contínua, permanece enraizada. Ela é vista em pessoas que parecem estar sempre preocupadas, frequentemente ela acaba provocando doenças físicas porque o corpo não pode funcionar bem quando permanece constantemente tenso e agitado.

6- OS EFEITOS DA ANSIEDADE:

A ansiedade nem sempre é uma coisa ruim, uma dose de ansiedade pode dar sabor a vida (nem pouco, nem muito).

Quando a ansiedade é intensa. Prolongada ou incontrolável, as pessoas começam a apresentar reações debilitantes de ordem física psíquica, defensiva e espiritual.

a) REAÇÕES FÍSICAS: Úlceras, dor de cabeça irritação na pele, dores nas costas e vários outros problemas como, falta de ar, perda de apetite, fadiga intensa e perda do sono.

b) REAÇÕES PSICOLÓGICAS: Redução da produtividade, dificultar as relações interpessoais, bloquear a originalidade e a criatividade, embotar a personalidade e interferir na capacidade de raciocínio e memorização, podendo imobilizar o individuo de tal maneira que ele não consegue se agir independentementecomo um adulto.

c) REAÇÕES DEFENSIVAS: Ignorar a sensação de ansiedade, fingir que a situação que gera ansiedade não existe, convencer-se que não há nada para se preocupar, dar uma explicação racional para os sintomas, jogar a culpa do problema em outras pessoas, desenvolver doenças físicas que desviem a atenção da ansiedade, regredir a comportamentos infantis. Às vezes as pessoas buscam escapes nas drogas, no álcool ou se fecham em vários tipos de doenças mentais, esses mecanismos são meios de tentar resolver o problema.

d) REAÇOES ESPIRITUAIS: A ansiedade pode nos levar buscar auxilio divino,que poderia ser ignorado se tudo estivesse correndo bem. A ansiedade pode também afastar as pessoas de Deus, justamente no momento que elas mais precisam Dele.

7- COMO ACONSELHAR UMA PESSOA ANSIOSA

Não é fácil aconselhar uma pessoa ansiosa, porque é difícil identificar e separar as causas da ansiedade e porque a ansiedade pode ser psicologicamente contagiosa.

Portanto para aconselhar pessoas ansiosas o conselheiro deve estar consciente de seus próprios sentimentos. Ele necessita então:

a) Reconhecer suas próprias ansiedades.

b) PERGUNTAS QUE ELE DEVE FAZER A SI MESMO:

B1-O que está me deixando ansioso nesta situação? O aconselhando está ansioso com alguma coisa que também me deixa ansioso?

B2- O que esta minha ansiedade me diz a respeito do aconselhando e de mim mesmo.

Esse tipo de autoexame pode ajudar oconselheiro a compreender melhor a ansiedade do aconselhando.

c) DOMINANDO A TENSÃO: O conselheiro tem pouca probabilidade de sucesso se o aconselhando estiver tenso demais para se concentrar.

d) DEMONSTRANDO AMOR: O amor tem sido considerado o mais forte elemento terapêutico.

e) IDENTIFICANDO AS CAUSAS: A ansiedade raramente desaparece com palavras tranquilizantes ou gestos de amor cristão. O conselheiro não pode ser ingênuo a ponto de dizer para o aconselhando que ele deve parar de se sentir ansioso ou se animar simplesmente. O conselheiro competente deve auxiliar o aconselhado na tarefa de descobrir as causas da ansiedade.

8- O CONSELHEIRO DEVE:

· Fazer observações e levar o aconselhado a fazer reflexões.

· Ter paciência e ser compreensivo e fazer intervenções.

· Encorajar as ações, dar apoio.

· Incentivar ações cristãs, como alegrar-se, ser gentil, orar e agir.

9- CONCLUSÃO:

A ansiedade é o precedente e o componente básico de todos os problemas psicológicos. A ansiedade existe para nos alertar sobre algum problema e nas levar a agir. Ao falar sobre a ansiedade no sermão do monte, Jesus nos encoraja falando que Deus conhece nossas necessidades e ansiedades e que podemos descansar seguros de que Ele suprirá todas as nossas necessidades e não precisaremos ter nenhuma preocupação. (SOLI DEO GLORIA). Pb. Gilson dos Santos. (FONTE: Gary R. Collins, ACONSELHAMENTO CRISTÃO).

O AGIR DO HOMEM DE DEUS

"Bem aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes o seu prazer está na Lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que no devido tempo dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem sucedido." (Sl 1.1-3).

INTRODUÇÃO:

Amados, vamos iniciar esta matéria com a seguinte pergunta:

·         O QUE É UM HOMEM DE DEUS?

O salmista, ao escrever o salmo de número um, nos mostras as características, as atitudes de um homem de Deus (o homem remido), contrastando com as atitudes do homem que não é de Deus (o ímpio).

Podemos então dizer, que o homem de Deusé todo homem regenerado, remido pelo sangue do nosso senhor Jesus Cristo e que anda segundo a vontade de Deus, segundo as Escrituras Sagradas, segundo o que nos ensina o salmista.

O homem de Deus procura andar de acordo com 2Tm 2.15, que diz:  "procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade"(2Tm 2.15).

1-O HOMEM DE DEUS AGE,  GLORIFICANDO. É UM ADORADOR!

A primeira pergunta do catecismo maior de Westminster é:

Qual é o fim supremo e principal do homem?

RESPOSTA- O fim supremo e principal do homem é glorificar a Deus e gozá-lo para sempre. Ap 4.11, Rm 11.36.

"Tu és digno, Senhor e Deus nosso, de receber a glória, a honra e o poder, porque todas as coisas tu criaste, sim porcausa da tua vontade vieram a existire foram criadas" Ap 4.11.

"Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém!" Rm 11.36

2- O HOMEM DE DEUS AGE, SERVINDO.  É SERVO!

O homem de Deus serve ao Eterno, serve ao próximo, serve à igreja, o seu papel é de servo.

·         SERVIR A DEUS: Ele serve a Deus porque ele ama a Deus.

"Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda tua alma, de todo o teu entendimento e de toda tua força". (Mc 12 30).

·         SERVIR AO PRÓXIMO: Ele serve ao próximo porque ele ama ao próximo.

"Amarás o teu próximo como a ti mesmo". )Mc 12.31)

·         SERVIR À IGREJA: Ele serve à igreja porque faz parte do corpo de Cristo.

O apóstolo Paulo em 1Co 12.12-31 fala da unidade orgânica da igreja.

"Ora, assim como o corpo é uma unidade, embora tenha muitos membros, e todos os membros, mesmo sendo muitos, formam um só corpo, assim também com respeito a Cristo. Pois em um só corpo todos nós fomos batizados em um único Espírito: quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um único Espírito. O corpo não é composto de um só membro, mas de muitos..."

Neste texto aprendemos que:

·         Cristo compara a igreja a um corpo, em que cada membro se faz necessário para a manutenção e sobrevivência desse corpo. (v 12)

·         Todos os membros são importantes e necessários. (V 22)

·         Devemos trabalhar unidos, cooperando uns com os outros. (v 26)

·         Nós, enquanto homens de Deus somos membros do corpo de Cristo. (V 27)

·         Deus dispõe cada um de acordo com a sua vontade. (v 18)

COMO SERVIR?

 Devemos servir com amor e zelo. De todo o nosso coração e te toda a nossa alma (Js 22.5). Com temor e alegria (Sl 2.11).

ONDE SERVIR?

Podemos servir a igreja em diversas áreas:

·         No governo, disciplina e interesses da igreja (Presbiterado).

·         No cuidado dos pobres, doentes e inválidos (diaconato).

·         Na preservação da ordem e reverência (diaconato).

·         Na educação teológica (professor da escola dominical).

·         Na obra missionária (pastor, evangelista, discipulador).

·         No louvor (músicos e cantores).

·         Na recepção de visitantes (diáconos e auxiliares).

·         Na organização de eventos (planejamento, organização e divulgação).

·         Na contribuição financeira.

·         Nas visitas, e tantas outras atividades.

SERVIR AO PRÓXIMO

* Na ação social (assistência aos necessitado).

* Na divulgação do evangelho (missões e evangelismo).

3- O HONEM DE DEUS AGE, VIGIANDO. É UM ATALAIA!

Oatalaia é aquele que vigia, que dá o alerta quando o inimigo se aproxima. O homem de Deus deve estar sempre alerta contra o maior inimigo da igreja que é satanás com suas artimanhas: Falsas doutrinas, fogo estranho, influência do mundo pós-moderno, etc.

a)    ATALAIA DE SI MESMO: Temos que vigiar a nós mesmo "aquele que está de pé, cuide-se para que não caia".

b)    ATALAIA DA FAMILIA: Somos sacerdotes de nossa família.

c)    ATALAIA DA IGREJA: Cristo nos chamou para zelar de sua igreja a qual ele comprou com o seu próprio sangue.

CONCLUSÃO:

Tudo que o homem de Deus faz, deve ser para honra e glória do nosso Senhor Jesus Cristo e com o propósito de divulgar as boas novas de salvação, apontando para obra redentora de Cristo e sob a sustentação do Espírito Santo.

Não fique aí parado, não diga que você não tem o que fazer na igreja, não fique esperando alguém te convidar, lembre-se! "QUEM SABE FAZ A HORA NÃO ESPERA ACONTECER". Se revista da armadura e seja um verdadeiro homem de Deus. SOLA SCRIPTURA. Pb. Gilson dos Santos.