segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Faltam 935/1000 dias! Meu propósito de 1000 dias è Começou: 31/07/2010. Acaba: 26/04/2013.

Tema: o Evangelho de Cristo – I Ts 1:5 e Rm 1:16.
 
Referência bíblica:
 
Porque o nosso evangelho não foi a vós somente em palavras, mas também em poder, e no Espírito Santo, e em muita certeza, como bem sabeis quais fomos entre vós, por amor de vós.” (I Ts 1:5).
 
Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego.” (Rm 1:16).
 
Baseado no texto da referência em Tessalonicenses, vemos que o Evangelho chegou:
 
  • Em palavra – loguia 
  • Em poder – dunamis
  • No Espírito Santo
  • Em plena convicção.
 
Para Paulo, o Evangelho não era a igreja, nem movimento religioso ou espiritual, nem movimento apostólico, não são os membros, nem é qualquer movimento que se queira, também não é método, mas é JESUS CRISTO!
 
Ninguém mais pode conduzir o homem a Deus senão o próprio Deus na pessoa de seu amado Filho Jesus Cristo. Quem vai e prega Jesus Cristo está pregando o evangelho.
 
A visão antropocêntrica é contrária a Cristocêntrica. Enquanto a primeira é eclesiástica e que portanto confunde a instituição com o Senhor, a missão da segunda é pregar a Cristo, o Senhor.
 
Em 1 Ts 1:5 quando ele diz que o nosso EVANGELHO não chegou a vós somente em palavra ele está dizendo que o evangelho é Jesus Cristo, por isso que chegou também em palavra e em poder, no Espírito Santo e em Plena Convicção.
 
Francis Shaeffer diz, sabiamente, que nós podemos convencer o homem de que ele moralmente é imperfeito, mas não podemos convencê-lo, de que está perdido. Isto é tarefa do Espírito Santo, somente o Espírito Santo pode convencer o homem de que ele está perdido e que precisa de um salvador, ou seja, do evangelho, de Jesus Cristo!
 
Há uma grande diferença em querer ser perfeito e ser perfeito ou entre querer ser justo e ser justo. Todos queremos ser perfeitos e jamais errarmos em nada, mas nenhum de nós é perfeito. Todos queremos ser justos, mas nenhum  de nós é justo. Todos queremos ser bons, mas nenhum de nós é bom.
 
Em nossos ambientes de trabalho, nas escolas, entre amigos é fácil, como diz Francis Shaeffer, termos o convencimento de nossas injustiças, falhas, fraquezas, pecados, ingratidão, maldades, egoísmos.
 
Já o convencimento de que estamos perdidos, somente o Espírito Santo é capaz. Precisamos de levar o verdadeiro evangelho às nações, aos povos, tribos e línguas para que se despertem e vejam o quanto estamos perdidos sem Cristo.
 
Já o convencimento de que estamos perdidos, somente o Espírito Santo é capaz. Precisamos de levar o verdadeiro evangelho às nações, aos povos, tribos e línguas para que se despertem e vejam o quanto estamos perdidos sem Cristo.
 
É tarefa minha e tua testemunharmos de Cristo. Pregar o evangelho. Não podemos ficar indiferentes a isso, principalmente no contexto em que vivemos em que os valores estão exaltando a iniqüidade, como muito bem foi passado em vídeo daque pastor batista de Curitiba.
 
Amanhã, continuaremos... hoje tem GECOR: você virá ou ficará em cima do muro?
 
Acompanhamento de minhas leituras/áudios:
  • Já li: Gn, Rm. Estou lendo I Co da Bíblia de Estudo de Genebra – segunda edição revisada e ampliada, The Spirit os the Reformation Study Bible, ed. Cultura Cristã, Sociedade Bíblica do Brasil, 2009 - texto bíblico: Almeida Revista e Atualizada.
  • Estou na pág. 250/545, do livro HÁ UM SIGNIFICADO NESTE TEXTO – Interpretação Bíblica: os enfoques contemporÂneos (Is There a Meaning in This Text?), de Kevin Vanhoozer, ed. Vida. A leitura deste livro está sendo obrigatória na matéria de Metodologia Exegética, ministrada no Seminário Presiteriano de Brasília, professor, Rev. Ricardo Almeida.
  • Estou na página 221/438 Ele nos deu Histórias – Um guia completo para a interpretação de histórias do Antigo Testamento (He Gave Us Stories), de Richard L. Pratt, Jr. Ed. Mundo Cristão.
Registro das leituras/áudios Terminados:
1.    Terminei as 302 páginas do livro No Crepúsculo do Pensamento – Estudos sobre a pretensa autonomia do pensamento filosófico (In the twilight os western though: studies in the pretended autonomy of philosophical thought), de Herman Dooyeweerd, ed. Hagnos, 2010. [Gostei e recomendo. Autores tão ilustres no campo intelectual e tão fervorosos no espírito, com uma fé tão profunda e tremendamente arraidada, reformada, fortalecem a nossa fé. No entanto, terei de lê-lo novamente para melhor compreender as suas idéias].
 
A Deus toda a glória!
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.