domingo, 31 de outubro de 2010

Faltam 908/1000 dias! Meu propósito de 1000 dias: Começou: 31/07/2010. Acaba: 26/04/2013.

TEMA:  A Soberania de Deus Exclui a Dualidade do Bem X Mal 7

Eu estava falando e discorrendo sobre a bondade de Deus: DEUS É 100% BOM em tudo o que faz ou permite, mas hoje é dia de eleição e também dia em que se comemora a reforma da igreja e é sobre esta última que eu quero falar agora:

Tema: Ecclesia reformata et semper reformanda est –

A reforma ganhou expressão e daí em diante a igreja jamais foi a mesma a partir de 31/10/1517 quanto Lutero afixou as suas 95 teses na porta da igreja do Castelo de Wittenberg onde basicamente criticava os abusos do sistema das indulgências. Na tentativa de reformar a igreja, desafiava todos a debater o assunto. Lutero, apesar dos esforços, apenas veio admitir forçadamente a separaçao do romanismo entre 1518-21.

Pode-se perceber que entre os religiosos que dominavam o mundo na Idade Média haviam pessoas de fato interessadas na busca da verdade de Deus e são essas que aos poucos vão buscando, discutindo, criticando e exigindo mudanças. Também haviam os que não criam em Deus e apenas o usavam para manipular as massas e manterem os privilégios do poder. Será que hoje é diferente?

Essa disputa de forças onde outros fatores importantes também estavam em jogo como os aspectos sociais, econômicos e políticos acabaram dividindo as pessoas em grupos que desejavam que algo viesse a acontecer para mudar o atual estado das coisas e outros grupos que preferiam deixar as coisas como estavam.

O fato é que a verdade de Deus não poderia continuar a ficar presa e enclausurada numa igreja que justamente existia para divulgá-la. Ora, Deus não criou a igreja para ser uma fonte de pecado, de rituais e cerimoniais de homens que não santificam vidas antes as escravizam na formalidade e na religião das aparências. A igreja deve pregar o evangelho. Deus veio libertar o homem  do pecado!

Martinho Lutero sofria com a questão do pecado, pois cria piamente em Deus e na realidade do pecado, mas não conseguia agradar a divindade, por mais que se esforçasse, jejuasse e buscasse a Deus em longas orações, rezas e rituais de penitências.

Seu pai queria que Lutero estudasse direito, mas tornou-se teólogo. Já o pai de Calvino queria que o mesmo fosse teólogo e acabou se formando em direito.  Engraçado, não é? Esses famosos líderes da reforma não foram os que começaram, mas aqueles em que a reforma acabou eclodindo, pois ela não surgiu assim vapt-vupt, pelo contrário, o movimento foi ganhando corpo e expressão ao longo de muito tempo.

Voltando ao caso de Lutero e sua luta com a questão do pecado, ele somente encontrou a paz em sua alma quando se deparou com Rm 1:17: "Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá da fé."

Este versículo caiu como um raio em sua cabeça e daí as idéias da justificação pela fé e da sola scriptura que enfatizavam que a Bíblia é a única autoridade para o pecador procurar a salvação passaram a ser os pontos principais de seu sistema teológico e também da reforma.

Outros livros e idéias de outros teológos que já tinha tido conhecimento por conta de suas respectivas literaturas, como por exemplo Agostinho, também muito o influenciaram, mas o que mais o marcou e o convenceu foi a leitura e estudo das próprias Escrituras.

Já são passados 493 anos ou em dias, bem calculados, 180.068 dias de 31/10/1517 a 31/10/2010. "Ensina-nos Senhor a contar os nossos dias a fim de que alcancemos corações sábios" (Sl 90:12).

Finalizo esta breve meditação citando uma frase do Rev. Ashbell Simonton Rédua: "A célebre frase Ecclesia reformata et semper reformanda est - A Igreja reformada está sempre se reformando – expressão formulada após a Reforma, e vastamente utilizada neste lapso temporal, precisa ser a tônica da Igreja na atualidade, frente a tantos e urgentes desafios, exigindo da Igreja uma postura mais adequada a pos-modernidade sem abrir mão de seus princípios teológicos-reformados." (por Daniel Deusdete, publicado hoje no Boletima da Primeira Igreja Presbiteriana de Taguatinga, "Primeirona").

Com relação a votação de hoje para Presidente e para o Governador do DF, meu conselho: vote com consciência!

Amanhã, prosseguiremos com algumas citações de G.V.Groningen e algumas análises relacionadas ainda sobre a bondade de Deus.

Acompanhamento de minhas leituras/áudios:
Ø       Já li: Gn, Rm, I Co, II Co, Gl. Estou lendo Ef da Bíblia de Estudo de Genebra – segunda edição revisada e ampliada, The Spirit os the Reformation Study Bible, ed. Cultura Cristã, Sociedade Bíblica do Brasil, 2009 - texto bíblico: Almeida Revista e Atualizada.
Ø       Estou na pág. 375/545 (67%), do livro HÁ UM SIGNIFICADO NESTE TEXTO – Interpretação Bíblica: os enfoques contemporÂneos (Is There a Meaning in This Text?), de Kevin Vanhoozer, ed. Vida. A leitura deste livro está sendo obrigatória na matéria de Metodologia Exegética, ministrada no Seminário Presiteriano de Brasília, professor, Rev. Ricardo Almeida.
Ø       Estou na página 350/438 (78%) de Ele nos deu Histórias – Um guia completo para a interpretação de histórias do Antigo Testamento (He Gave Us Stories), de Richard L. Pratt, Jr. Ed. Mundo Cristão.
Ø       Estou na página 200/274 (69%) de Introdução à Hermenêutica Bíblica – Como ouvir a Palavra de Deus apesar dos ruídos de nossa época (An Introduduction to Biblical Hermeneutics)de Walter C. Kaiser, Jr. E Moisés Silva. Ed. Cultura Cristã. 1ª ed. 2002.
Registro das leituras/áudios Terminados:
1.    Terminei as 302 páginas do livro No Crepúsculo do Pensamento – Estudos sobre a pretensa autonomia do pensamento filosófico (In the twilight os western though: studies in the pretended autonomy of philosophical thought), de Herman Dooyeweerd, ed. Hagnos, 2010. [Gostei e recomendo. Autores tão ilustres no campo intelectual e tão fervorosos no espírito, com uma fé tão profunda e tremendamente arraidada, reformada, fortalecem a nossa fé. No entanto, terei de lê-lo novamente para melhor compreender as suas idéias].


A Deus toda a glória!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.