segunda-feira, 16 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 118/365

Minha LBH: 2 Cr 14:17 e a leitura do livro de Kris Lundgaard, O MAL QUE HABITA EM MIM, estou na página 75/158. Doravante, como já dantes disse, minhas leituras incluirão a Bíblia e um ou mais livros que estarei lendo e/ou ouvindo. Que tudo seja feito para a glória de Deus.
 
As muitas mulheres arruinaram tanto a vida de Davi quanto a de Salomão e de muitos outros. Vejam o que diz Deuteronômio 17:17: “Tampouco para si multiplicará mulheres, para que o seu coração se não desvie; nem multiplicará muito para si prata ou ouro.” Tanto mulheres demais quanto dinheiro demais são laço para nossa alma. Se Deus o fizer prosperar muito, cuidado: tire os teus olhos e coração dessas coisas. Mujlheres especiais para mim, na minha vida, bastam umas cinco, sendo que apenas uma como esposa, as demais: filhas, netas, mãe, avó.
 
A Bíblia fala que Davi foi um homem segundo o coração de Deus e aproveitando o comentário de Russel Shedd de 2 Cr 14:10, com pequeninas adaptações, eu explico porque (as referências são de 2 Crônicas):
 
  1. Reconhecia que Deus o fizera rei – 14:2.
  2. Reconhecia que era um instrumento nas mãos de Deus – 14:2.
  3. Consultava, inquiria, Deus em tempos de tribulação – 14:10.
  4. Não Confiava em sua própria sabedoria – 14:10.
  5. Dava a Deus as glórias devidas por suas vitórias – 14:11.
  6. Obedecia sem perguntas ou reservas e assim obtinha suas vitórias – 14:12.
  7. Esperava pelo sinal de Deus para fazer algo – 14:14.
 
Davi era esse homem segundo o coração de Deus. Era humano, pecador, mas Deus, nele, encontrou admiráveis qualidades. Diz um ditado popular, diga-me com quem andas, e eu te direi quem és. Davi escolheu para andar consigo o temor a Deus e a humildade. O seu pecado foi terrível e as conseqüências piores ainda, mas foi capaz de reconhecer seu erro e aceitar pacificamente, sem rebeldia, rebelião, sem endurecer o seu coração, as correções do Senhor.
 
Não há homem que não peque, portanto, não somos melhores nem maiores que Davi porque pecou, caiu, errou feio. Deus de Davi testemunhou e não se envergonhou de dizer que ele era um homem segundo o seu próprio coração. Nada justifica o erro de Davi, tanto é que foi severamente punido, mas receber de Deus esse testemunho, fez de Davi um homem digno de imitação naquilo que ele foi exemplar. E você quando comete erros, endurece o seu coração e procura por a culpa em outros?
 
O tema Davi, um homem segundo o coração de Deus, dá uma linda mensagem. Quem sabe um dia desses, não irei ministrá-la. Deus tem falado comigo de muitas maneiras nos últimos dias e eu estou estupefato. Sinto a necessidade de aumentar meu período de oração, de jejum (confesso minha fraqueza nisso, mas reconheço a importância espiritual), de boa meditação na Palavra de Deus (em Deus e com Deus).
 
Se minha vida piedosa com Deus se constituir em moeda de barganha de bênçãos ou em justificativas de maior santidade, eu sinto muito, estou perdendo tempo. Eu sinto a necessidade de maior disciplina e zelo na minha vida piedosa porque sinto que Deus está, de alguma forma, correspondendo (é um pouco estranho falar assim, mas tenham paciência um pouquinho na minha insanidade) e muito. Eu não quero barganhar jamais com Deus, mas servi-lo e ser-lhe útil. A Deus toda a glória. Amém!
 

domingo, 15 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 117/365

Minha LBH: 2 Cr 11:47. Do livro de Kris Lundgaard, O MAL QUE HABITA EM MIM, estou na página 57/158. Esse livro é, como diz a sua capa, uma conversa franca sobre o poder e a derrota do pecado. Estou gostando da leitura, principalmente porque já comecei (ainda não terminei) a leitura de SOBRE A TENTAÇÃO, de John Owen, onde, nesse estudo, o pensador e pregador puritano John Owen (1616 - 1683) define a tentação e mostra todas as formas em que ela se apresenta ao homem, o que este deve fazer para não se deixar entrar e cair em tentação, bem como todos os meios para sair dela, com o espírito e a fé fortalecidos.

 

Kris Lundgaard, encontrou os seguintes termos teológicos para o pecado, ou para o mal que habita em mim, em Romanos:

 

-         lei do pecado – Rm 7:23;

-         esse corpo da morte – Rm 7:24;

-         minha natureza pecadora (ou minha carne) – Rm 7:18;

-         o pecado que habita em mim – Rm 7:17;

-         pecado – Rm 7:11;

-         a lei do pecado e da morte – Rm 8:2.

 

O fato é que temos dentro de nós essa coisa desagradável e que devemos estar vigilantes e em oração constante para não nos perdermos.

 

Em um comentário, Kris Lundgaard, nos aconselha a pensarmos na santificação, em termos da vinda de Cristo ao mundo. Na sua primeira vinda, ele estabeleceu o seu reino no mundo: ele já está governando e reinando, ele já derrotou o deus desta era, está sentado no seu trono à mão direita do pai; no entanto, a oposição ainda permanece e a batalha continua. Na sua segunda vinda ele consumará o seu reinado, tirando dele todo inimigo.

 

Ser nascido de novo é como a primeira vinda de Cristo para a sua alma: ele já está verdadeiramente governando e reinando no seu coração, mas o inimigo derrotado permanece e a batalha continua. A sua glorificação depois da morte é como a segunda vinda de Cristo para a sua alma, quando todo sinal da lei do pecado se desintegrará.

 

Eu também assim creio que Deus já governa tando o cosmos quanto o homem interior, no entanto, ainda o mundo e o homem continuam a viver como se isso não estivesse ocorrendo. Porque não aconteceu de uma vez? Porque este "já" e "ainda não"? Porque Deus já governa, mas ainda não? Porque Deus já nos santificou, mas ainda não? Algumas respostas são difíceis haja vista que nossos corações foram por muito tempo endurecidos pelo engano do pecado. Torna-mos tardios em entender e em compreender as coisas espirituais.

 

Deus está no controle de tudo! Portanto, já o reino, o domínio e a glória pertencem ao Senhor. Que bom sabermos que temos um Deus e que ele está no controle de tudo e que reina em minha vida. Pecado! Teus dias estão contados! Aleluias!

 

Tem gente que acha que o mundo e o pecado tem banquetes a oferecer, mas mesmo para os que vivem no mundo a luta, disputa e competição pelas iguarias da carne e seus prazeres é muito difícil. Estar no mundo do pecado não significa viver em plenitude de prazer, pois tudo é disputado, concorrido e as regras, fora do controle de Deus, são que não há regras. Os que são de Deus, simplesmente não conseguem viver sem regras, sem escrúpulos e é isso que o mundo exige de seus seguidores. Até para viver em pecado é difícil.

 

Aqueles que receberam ou estão para receberem grandes bênçãos, vai um alerta! O diabo não deixará por menos e preparará para você algo do mundo que irá mesmo te sacudir, te abalar, a ponto de você ficar confuso, pois a sua contra-oferta é à semelhança da oferta... se assim não fosse nem seria tentação. Creio que você já sabe que se você se sente atraído por algo, meu amigo, você já entrou em tentação (john Owen), agora somente falta você cair em tentação. Tome cuidado!

 

A Deus toda a glória!

sábado, 14 de novembro de 2009

Beija Flor - veja comentário no post de hoje, abaixo

Deus é o Criador de todas as coisas dos céus e da terra. Aleluias! Deus é o artista!

365 dias de propósito! Dia 116/365

Minha LBH: 2 Crônicas 8:40. Existe, de fato, alguma diferença entre a fé que temos e a que vem pelo nome de Jesus? A fé que eu tenho nem é minha, pois a recebi de Deus. Se não fosse ele me dar a fé, como eu poderia tê-la gerado em ou de mim mesmo? A palavra de Deus nos diz: que a fé vem pelo ouvir a palavra de Deus (Rm 10:17); - que ela é o firme fundamento das coisas que se esperam e a plena convicção das que se não vêem (Hb 11:1); - é dom de Deus (Ef 5:8).

 

Eu recebi a fé! Por meio dela creio em Deus, na sua palavra, nos milagres e em coisas tais como a vida eterna, a santificação, a ressurreição dos mortos e a necessidade de pregarmos o evangelho para que mais pessoas sejam alcançadas e sejam participantes conosco dessa fé. A fé é um presente de Deus que me foi dada gratuitamente. Porque eu e não o Fulano de Tal? Nada havia, nem nunca houve que eu pudesse exibir contra Fulano de Tal para lhe mostrar que mereci receber a fé e ele não.

 

Eu estou muito grato pela minha fé, mas me preocupa o fato do Fulano de Tal não tê-la. Isso me dói a alma. Todo o meu ser suspira e se consome como um fogo que me corrói por dentro querendo me provar, me mostrar, me dizer que o Fulano de Tal pode ser convencido, vencido e conquistado para receber também a fé. Isso, certamente, vem de Deus! O desejo da salvação vem de Deus. O desejo de convencer, de evangelizar o Fulano de Tal vem de Deus. É de Deus! É Deus quem nos move e nos comove.

 

Se você está curioso sobre Deus, se você sente sede de Deus, se você se irrita com a injustiça e está mesmo zangado com Deus por não achar justo algo, é porque Deus já está conquistando você. Tenha paciência e muita calma, pois Deus estará te abençoando. A fé também é para ti, meu irmão. Se não fosse assim, você estaria em outro lugar, sentindo outras coisas. Jesus ama você!

 

O amor que Deus coloca em meu coração pelo Fulano de Tal é legítimo e vem do próprio Deus. Ah, Senhor, quando nos encontraremos face-a-face? Eu te sinto ao meu redor, dentro de mim e até num bija-flor que sem querer (querendo...rs...) entra em minha casa e se perde com o brilho da luz da sala e insiste em querer sair pelo teto e assim se deixa apanhar... como ele é lindo e frágil... de múltiplas cores nas asas, corpo e cabecinha, delicadeza de suas plumagens, olhos pequeninos e bem pretinhos, bicos tão delicados e compridos, ... Fiquei encantado... eu, Bebel e Gabriel nos tornamos crianças. Não pude deixar de glorificá-lo! Deus é um artista!

 

Comecei a ler o livro de Kris Lundgaard, "O MAL QUE HABITA EM MIM". Fazia tempo que eu queria ler este livro. A Deus toda a glória!

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 115/365

Minha LBH: alcancei I Crônicas 5:26. A oração de Jabes! Oração. Oração. Oração. Deus está nos chamando à oração. Preste você mesmo atenção se seu pastor não está dando muita ênfase nesses dias a oração e depois me fale. Sabe porque tanta oração? É porque Deus está querendo dar nos enviar uma onda muito forte de seu Espírito. Fique ligado!
 
Jabes pediu ao Senhor: 1. a bênção de Deus. 2. O alargamento de suas fronteiras. 3. a preservação contra o mal. 4. que não lhe sobreviesse nenhuma aflição. Conclusão: Deus atendeu o seu pedido! Ver I João 5:14. Deus sempre nos ouve. Russel shedd nos comenta sobre as condições bíblicas da oração e, certamente, dá um excelente sermão:
 
  1. A petição deve ser feita:
  • conforme a sua vontade – Sl 37:4
  • no nome de Cristo – Jo 16:23 e 24
  • para a glória de Deus – Tg 4:2 e 3.
  1. Quem pede, precisa:
  • Ser lavado dos pecados – Sl 68:18
  • Ser perdoado e estar pronto a perdoar outros – Mc 11:25
  • Crer nas promessas – Tg 1:5-7
  • Guardar os seus mandamentos – I Jo 3:22 e Jo 15:7.
 
Ontem, todos já sabem teve reunião Do Grupo Familiar da ARCA DA ALIANÇA (http://grupofamiliararcadaalianca.blogspot.com/) e a meditação segue reproduzida abaixo para reflexão (reparem que o tema foi também ligado a oração):
Tema e Ref. Bíblica: NÓS TEMOS O NOME DE JESUS. Ref. Bíblica: At 3:1-10.
Iniciou com uma pergunta aos presentes: cite 3 coisas que você possui e que para ti são valiosas na sua vida espiritual. Todos participaram e colaboraram. O objetivo não era obter respostas certas nem erradas, mas dar a oportunidade a cada um de falar um pouco.
A finalidade da pregação foi despertar nos presentes a vontade e o desejo de orar mais e de usarem o que Deus nos deu “possuímos” e que é muito valioso na nossa vida espiritual: O NOME DE JESUS!
Pedro e João estava se dirigindo ao templo para a hora nona da oração. É realmente de chamar a atenção como a Bíblia relata os homens que ela usa para narrar suas histórias e referências e que para nós são exemplos. Ela os relata sempre como pessoas de oração. Os milagres e muitas coisas, observem, acontecem ou estão por acontecer, quando esses se dispõem ou estão a caminho da oração.
Paulo e Silas, por exemplo, diz a Bíblia que indo eles à ORAÇÃO (que tanta oração é essa desses homens de Deus!), uma jovem com espírito de adivinhação por muitos dias ficava no caminho de Paulo e de Silas dizendo o que eles estavam fazendo. Paulo expulsou aquele espírito e libertou aquela jovem no nome de Jesus.
Neste caso, Pedro e João, indo eles a oração estava diante deles, no seu caminho, um coso de nascença. Isto Deus faz: ele coloca bem no meio de nosso caminho da oração aquelas pessoas que ele quer realizar uma grande obra. Aquele coxo era de nascença e nada neste mundo poderia restaura-lo a não ser o poder de Deus.
Eles se fitam e o coxo lhes pede algo. Jamais passava em sua cabeça que iria receber uma tremenda bênção. Que maravilha nos colocarmos em oração! Vamos orar mais porque Deus tem algo para nós que irá abençoar outras vidas. APedro lhe diz não ter nada, nem ouro, nem prata, mas tinha algo que queria dar aquele coxo.
Você tem o que que é precisoso e valioso no reino espiritual? Seria ouro ou prata? Seria uma consulta grátis com algum médico? Deus não nos deixou nesta terra de mãos vazias de forma que não possamos dar nada a quem nos pede. Sempre temos algo a dar e não podemos dar nada que não nos pertença. E o que pertencia a eles que eles disseram: ... mas o que temos, isso te daremos?
Nós recebemos de Deus uma procuração que nos outorga a usar o precioso NOME DE JESUS CRISTO. Veja o que está escrito no versículo 16 quando Pedro explica o milagre:
Pela fé em o nome de Jesus, é que esse mesmo nome fortaleceu a este homem que agora vedes e reconheceis; sim, a fé que vem por meio de Jesus deu a este saúde perfeita na presença de todos vós.” (At 3:16).
Foi Pedro e João que deram saúde perfeita ao homem que era coxo? Não! Foi a fé que vem por meio do nome de Jesus. Você sabe qual a diferença entre a fé que temos e a que vem pelo nome de Jesus? É importante você meditar e saber isso. Busque a Deus para ajudá-lo.
Depois do milagre:
  • veio a alegria: grande alegria, o coxo pulava e saltitava entrando e saindo do templo;
  • veio adimiração: todos unânimes exclamava uns com os outros dizendo o que é isso que nos aconteceu, pois sabemos que este era coxo de nascença e agora o vemos andando e saltitando;
  • veio reconhecimento: entenderam os presentes que aqueles eram homens de Deus e estavam prontos a ouvi-los e aprenderem mais sobre Deus:
  • veio fé: o povo foi despertado e estava pronto para receberem a Jesus. Aleluias!
 
A Deus toda a glória!
 

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 114/365

Minha LBH: terminei o livro de 2 Reis e agora entrei no de I Crônicas e estou no capítulo 2. o livro que acabei de ler tratou basicamente da história do reino dividido e abrangeu uns 290 anos de história que representam épocas muito importantes para o povo escolhido. Treze, dos dezesseis profetas que escreveram seus livros de Isaias a Sofonias são dessa época. Estudar e entender os fatos nos ajudam a conhecer um pouco mais da história e conhecendo-a aprenderemos um pouco mais de nós mesmos.
 
É importante conhecermos a Deus e a nós mesmos. Oseias nos diz e nos exorta em Os 6:3 a conhecer e a prosseguir em conhecermos ao Senhor. Não é uma tarefa que se inicia numa época e que tem um prazo para terminar, pelo contrário todos os dias estaremos aprendendo um pouco mais e isso levará toda a eternidade e jamais conheceremos o Senhor plenamente, pois ele não tem fim. Quem conhece a Deus sabe, em primeiro lugar, que Deus está no controle de tudo.
 
Você sabia que Deus está no controle de todas as coisas?
 
Deus controla todas as coisas e todas as coisas estão sob o seu domínio. Tudo está no controle de Deus. Em casa, em Guarulhos/SP, minha mãe passava por umas crises e o telefone não parava e a cada ligação uma notícia que quem transmitia insistia em enfatizar a gravidade da situação. A palavra “UTI”, “emergência”, “está muito mal”, eram as preferidas. Eu sempre atendia dizendo “não temam, Deus está no controle de tudo”. Meus parentes até me chamavam de “Deus está no controle de tudo”. Eu achava engraçado, mas é a pura verdade. Deus está, meu irmão, minha irmã, no controle de tudo! Creia em Deus!
 
Quando as Torres Gêmeas foram atacadas naquele fatídico 11 de setembro e no mundo parecia que iria imperar o caos completo com pessoas se desesperando, a sensação que tínhamos era que Deus tinha perdido o controle das coisas e todos ficamos apreensivos e indecisos. Naquele momento eu ouvia o clamor de pessoas que tentavam acalmar as outras que estavam a beira do desespero. Acalmem-se, pois Deus está no controle de tudo. E realmente está e sempre estará. Então porque permitiu tamanha crueldade?
 
Surgiram então debates sobre se Deus seria bom, qual a origem do mal, porque acontecem coisas ruins a pessoas boas, porque há tanta violência e ignorância no mundo, etc... a questão básica mesmo era se Deus ainda estava no controle de tudo e a questão polêmica e difícil de equacionar sobre a explicação e origem do mal entre nós.
 
Eu sempre cri e não abro mão da soberania e administração de Deus não somente do macrocosmo, como também do microcosmo e ainda do mundo das idéias e de tudo o que existe quer nessa quer em outra dimensão. Deus é único e soberano. Ele governa os povos e está em toda a parte. Não há como nos divorciarmos da idéia de Deus e do próprio Deus, pois toda a vida depende da vida dele e nenhuma vida vive ou tem existência por si só. Dependemos de Deus em tudo e em todas as coisas. Por isso, nada está fora de seu controle e domínio. Gosto muito da visão de Gerard Van Groningen sobre o Reino, o Domínio, o Trono de Deus.
 
Apenas expus, rapidamente, um pequenino aspecto da soberania de Deus. Ainda gostaria de falar de sua sabedoria, inteligência como administrador de todas as coisas e de sua bondade e de seu amor pois não faz nem permite nada cuja finalidade seja a de executar maldade, ainda que não venhamos a entender certas coisas difíceis como o ataque às Torres Gêmeas e tantas outras maldades e crueldades em todo o mundo. A Deus toda a glória. Amém!
 

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 113/365

Minha LBH: 2 Reis 24:19. Hoje é dia de eu ter uma oportunidade, mais uma, de eu pregar uma palavra de Deus lá na “Primeirona”, Primeira Igreja Presbiteriana de Taguatinga, na Sandu Norte. Apareça por lá! Vamos buscarmos juntos uma palavra de Deus e sermos edificados, sarados, curados e restaurados por Deus. Hoje será o terceiro dia da campanha do Deus dos Impossíveis que realiza coisas impossíveis. Eu mesmo tenho minha causa impossível e estou na campanha.
 
Hoje na minha leitura bíblica diária me deparei com a vida de Josias. Diz 2 Reis que jamais se levantou nem antes nem depois alguém como Josias que serviu ao Senhor de todo seu coração, alma, forças e, creio, entendimento. Está registrado em 2 Reis 23:25. Confira e veja!
 
Sobre servir, confiar ou amar ao Senhor de todo o Coração, Alma, Forças e Entendimento, também encontraremos Jesus falando disso em Lc 10:27 e Mc 12:30. Deus é e sempre foi exigente nesse aspecto de amá-lo e confiar nele. Deus não abre mão de uma parte ou se contenta com algum esforço, ele quer plena, cabal e total dedicação.
 
Apesar disso, eu mesmo não gostei do fim que teve Josias, pois foi morto ao enfrentar o rei do Egito. Pessoas como Josias cujo testemunho de uma ponta a outra é exemplar merecem (assim pensa e imagina nossa cabeça) algo melhor. Se formos pensar um pouco mais, o que aconteceu com o próprio Senhor a quem Josias nem digno seria de desatar-lhe as sandálias de seus pés? Que fim teve o nosso Senhor, aqui nesta terra? Foi cruel demais!
 
Nossa vida de fato não é aqui! Somos peregrinos nesta terra e temos uma missão dada por nosso Senhor. Esperar recompensas aqui, não é sábio. Hoje eu orei ao Senhor pedindo que ele me tirasse de onde estou e me colocasse em outra área em meu emprego. Orar, eu orei e vou continuar a orar sempre. No entanto, é isso mesmo que eu quero, de verdade? Será que ainda não aprendi que o Senhor controla a minha vida e me coloca onde ele quer?
 
Se ele quiser e tiver planos relacionados a isso, eu serei o Presidente desta empresa; se não, não importa aonde, eu devo seguir ao meu Senhor de todo o meu Coração, Alma, Forças e Entendimento. Serei abençoado na medida em que eu for obediente. Serei obediente na medida da minha fé. Quanto mais eu teimar e não der glórias a Deus, mas relaxar em meu dever, mais eu terei de lamentar, de chorar, de reclamar.
 
Josias foi divinamente avisado que Deus tinha visto, contemplado e gostado de sua atitude e como recompensa, seria levado antes da assolação, inevitável, que estaria para vir sobre Judá: “Por isso eis que eu te recolherei a teus pais, e tu serás recolhido em paz à tua sepultura, e os teus olhos não verão todo o mal que hei de trazer sobre este lugar. Então tornaram a trazer ao rei a resposta” (2 Reis 22:20).
 
Realmente, embora Deus seja 100% soberano, o homem é 100% responsável e suas atitudes não ficam sem conseqüências. Não dá para brincar com Deus ou fazer algo e achar que ninguém vê ou se importa. Deus estava de olho em Josias e muito se agradara dele. Não assolou a Judá em seus tempos por amor a ele, Josias. Josias cumpriu o seu tempo e Deus o levou para si. Que possamos ser assim como Josias, zeloso, obediente e servo de Deus. Ele não era um pastor, um profeta, um sacerdote, era um rei que cumpriu o propósito de Deus em sua vida. A Deus toda a glória. Amém!
 

terça-feira, 10 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 112/365

Minha LBH: 2 Reis 21:26. Hoje é aniversário de minha queridinha irmãzinha de meu coração: te amo, minha querida “Fubazinha”...rs...rs...
 
Por duas vezes está registrado na Bíblia em 2 Reis 19:20 e 20:5 que o Senhor ouviu a oração de Ezequias. No primeiro caso, livrou o povo de Judá das mãos do rei da Assíria, Senaqueribe e no segundo caso, tendo sido divinamente advertido que iria falecer (você gostaria de ter o “privilégio” de ser avisado do dia de sua morte? Ora, Ezequias foi divinamente avisado!), Ezequias voltou a orar ao Senhor e foi ouvido, tendo o Senhor lhe concedido mais 15 anos.
 
É interessante observar a oração de Ezequias e a reproduzo abaixo. Ela pode nos servir de modelo de oração, pois de fato é muito interessante:
 
Tendo Ezequias recebido a carta das mãos dos mensageiros, leu-a; então, subiu à Casa do SENHOR, estendeu-a perante o SENHOR e orou perante o SENHOR, dizendo: Ó SENHOR, Deus de Israel, que estás entronizado acima dos querubins, tu somente és o Deus de todos os reinos da terra; tu fizeste os céus e a terra. Inclina, ó SENHOR, o ouvido e ouve; abre, SENHOR, os olhos e vê; ouve todas as palavras de Senaqueribe, as quais ele enviou para afrontar o Deus vivo. Verdade é, SENHOR, que os reis da Assíria assolaram todas as nações e suas terras e lançaram no fogo os deuses deles, porque deuses não eram, senão obra de mãos de homens, madeira e pedra; por isso, os destruíram.Agora, pois, ó SENHOR, nosso Deus, livra-nos das suas mãos, para que todos os reinos da terra saibam que só tu és o SENHOR Deus.” (2 Reis 14:19).
 
Quando recebemos em nossas mãos a afronta de nossos inimigos, o nosso caminho nem sempre é o que Ezequias escolheu, pelo contrário, começamos a chorar, lamentar e a murmurar. Muitos correm de um lado para outro buscando ajudas e parcerias para enfrentarem o inimigo, o afrontador e se esquecem de irem à casa do Senhor. Ezequias, primeiro leu e tomou conhecimento da ameaça, em seguida, dirigiu-se à Casa do Senhor e estendeu-a perante o Senhor como quem dizendo: olha ai Senhor a ameaça que estão fazendo e em seguida orou.
 
Sua oração começa com a invocação do Deus entronizado entre os querubins que é Deus de fato e de verdade de todos os reinos da terra, o criador de todas as coisas, dos céus e da terra. É o Deus soberano que reina e que, portanto, é regente – Deus está no controle de tudo. Primeiramente creio em um Deus Soberano, sábio e bom. Deus é o administrador e controla todas as coisas. Tudo ele faz muito bem. É o Deus que reina, que tem domínio, e seu trono está firmado desde a eternidade (Salmos 93). Reino. Domínio. Trono. Nas palavras de Van Groningem:
 
“Todas as forças, todas as leis, todas as influências da natureza, são parte do reino cósmico. Nada acontece, não há interação de poderes e forças, seja em meio à tempestade ou no rugido do mar, que não esteja sob o reinado de Deus. Ele faz as sementes na terra brotar. Ele faz as plantas aparecerem da semente que brotou por causa das leis que ele implantou nas sementes e na terra quando elas encontram a água e o calor.
 
É muito importante termos em mente quem é o nosso Deus e qual a abrangência de seu reino, domínio e trono. Quando sabemos que Deus está no controle de tudo, nos angustiamos menos diante dos fatos e circunstâncias da vida. Também ficamos animados em apresentar-lhe o nosso clamor e pedido. Assim Ezequias foi objetivo e disse o que o angustiava e o que esperava. O resultado foi que Deus o ouviu. Você sabia que Deus ouve todas as suas orações? É verdade! Deus o abençoe hoje e sempre. A Deus toda a glória. Amém!
 

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 111/365

LBH: 2 Re 18:37. A leitura bíblica de 3 capítulos/dia nos consome uns 30 minutos diários. Se for acompanhada de anotações e estudos, isso pode consumir 1 hora ou mais. Em um ano, lendo 3 por dia, leremos 3 x 365 = 1095, que para 1189 (número total de capítulos da Bíblia), faltam 94, ou seja, se lermos 3 cap/dia, levaremos 13 meses.
 
Se você tem planos de seguir a Deus como seu ministro, você terá que se esforçar um pouco mais, mas vale a pena. O negócio do ministro de Deus, se é que possamos assim falar, é a Palavra de Deus. Aquele ministro que bem a manejá-la, será usado por Deus com mais graça que aquele que a negligenciar. Para uma vida medíocre, de 1 a 3 capítulos por dia, sem muita meditação, está bom. Não ler, nem meditar na palavra de Deus diariamente, é negligência espiritual. Está escrito:
 
Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido.” (Js 1:8).
 
Você, por acaso, quer prosperar o seu caminho e ser bem-sucedido? Quem não quer? Todos nós queremos, é óbvio. Então se dedique, diariamente, ao estudo, à meditação da Palavra de Deus. Isso não será perda de tempo, pois não se perde o tempo estando na presença do Senhor do tempo.
 
O medíocre leva uma vida medíocre! O nobre projeta coisas nobres! Não ter sonho algum nem vontade de prosperar ou sonhar com uma aposentadoria vivendo na sombra e água fresca numa praia paradisíaca, sinto muito, é o sonho de um morto. Um morto não quer viver, mas ver a vida passar na frente de uma TV ou de um lindo cenário de fundo como uma praia bonita. Isso não é nem, nunca foi projeto de vida, mas o seu epitáfio. Você está morto!
 
Desperta para a vida e projeta coisas nobres. Invista, trabalhe, projete algo, crie, use os dons que Deus te deu. “Mas o nobre projeta coisas nobres e na sua nobreza perseverará.” (Is 32:8). Não precisa, necessariamente, ser no campo pastoral ou missionário, mas você, de repente, poderá abrir um negócio e assim abrir muitas portas de emprego. Há tantos desempregados! Cada um de nós tem o seu dom e vocação e é errado querer fazer de todos missionários, pastores. Nós podemos, tenho certeza disso, servirmos ao Reino de Deus e a sua Justiça naquilo que Deus nos capacitou e nos treinou a vida toda.
 
Nada tem de errado, de vez enquando, curtir uma praia nas suas férias ou de tempos em tempos, isso não é ruim. Isso é ótimo! Eu amo praia, rede, mar, ondas, mas fazer disso seu projeto de vida, isso já é insanidade mental. Você nada sabe de Deus, nem de seu Reino. Cuidado: o que acha a sua vida neste mundo a perderá, mas o que a perder, por causa de Cristo, a achará. (Mt 10:39). Deus, creio, te dará sabedoria em tudo o que estou te falando e aconselhando.
 
Tenham todos uma semana abençoada e na próxima quarta-feira estarei, pela graça de Deus, ministrando uma palavra na “Primeirona”. Apareça por lá! A Deus toda a glória para sempre, amém!
 

domingo, 8 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 110/365

LBH: 2 Re 15:38. Graças a Deus se me abriu uma porta boa de pregação e nunca preguei tanto. Ainda é bem pouquinho comparado aos grandes evangelistas e mesmo pastores que cuidam de seus rebanhos e, toda semana, mais de uma vez por semana, tem de lhes dar o alimento do dia, da semana. Realmente é um grande desafio a pregação.

 

Eu considero perigoso a pregação quando ela entra no automático e passa a fluir tão naturalmente que o homem de Deus nem mais se dá ao luxo sequer de estudar ou orar a respeito. O que adianta conquistar as rampas do sucesso, da fama, do prestígio, do elogio, onde todos gostam, mas a vida não é gerada? Eu tenho medo do sucesso porque ele é enganoso e nosso coração que já é vaidoso por natureza pode nos trair.

 

Eu preciso fazer um seguro de vida espiritual com a Corretora de Seguros Celestial e assim proteger minha unção. Primeiro, protegê-la de mim mesmo, pois eu sou seu maior perigo. Acho que aqui cabe um voto especial que a gente faz com Deus para tentar garantir que não entraremos em caminhos que podem nos trazer complicações, especialmente àqueles que pregamos e cujas vidas foram verdadeiramente alcançadas.

 

Eu não quero brincar com Deus e com as coisas do Reino de Deus e de sua Justiça. Se vou crescer e prosperar na área espiritual, na igreja, eu devo já me preparar desde já para não me tornar a estrela. Sabem aquela estrela famosa que brilha tanto e que cobra aquela fortuna para transmitir o que de graça tem recebido e se acha o máximo e que ninguém pode a ela se igualar em brilho e em explendor? Há estrelas tão especiais que até corpo de guarda-costas possui e se não bastasse isso, anda em carro blindado e somente vai em lugares onde se é possível montar esquemas altamente sofisticados de segurança pessoal.

 

A pessoa de Jesus foi para mim um exemplo de vida terrestre que confiava em Deus acima de todas as coisas ou como costumo chamar de todo CAFÉ (Coração, Alma, Forças e Entendimento). Vejam como ele enfrentou o seu calvário que se iniciou com a sua prisão quando Judas o traiu e foi feito seu julgamento que culminou com a sua morte e morte de cruz. Ele não deu um pio! Não esperneou, não desafiou as autoridades, tudo aceitou como se de Deus estivesse tudo recebendo.

 

E nós, somos tão diferentes! Se você não é assim, parabéns, eu sou e, as vezes, preciso orar muito para aceitar certas contrariedades em minha vida, em meu emprego, em meu lar. Na primeira oportunidade se não vigio, nem oro, estou já a querer sabotar ou a desafiar a autoridade constituida. Eu sinceramente, até aonde eu sei, eu não tenho tamanha confiança em Deus. Senhor, ensina-me a confiar em ti de todo o meu Coração, Alma, Forças e Entendimento e eu aprenderei.

 

Eu já enfrentei situações complexas, altamente complexas, difíceis e sem saída. Embora eu diga que eu não tenho toda essa confiança, na hora da prova, onde não há saída, veio sobre mim uma tamanha força e calma que somente pode ter vindo do Espírito Santo. Eu falo do caso de meu pai quando teve um surto psicótico que quase culminou com toda a minha família. Eu ainda irei contar esse testemunho, mas ainda não o fiz nem aqui, nem no scribd.

 

Você confia em Deus de todo o teu CAFÉ? A Deus toda a glória! Amém!

sábado, 7 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 109/365

Já estou em LBH em 2 Re 12:21. Olhem só o mistério! Eu estava saindo de meu trabalho e indo em direção ao meu UNO para voltar para casa (todos os dias são uns 60 km ida/volta) e passei pelo hall dos elevadores do 4º subsolo e lá encontrei um agente de segurança da empresa onde trabalho. Educamente, eu o cumprimentei e ele me retribui. Acho que foi a terceira vez que vi aquele varão.

 

Na primeira vez, numa passagem também rápida por ele, quando estava em seu posto de trabalho na frente da empresa, disse-me: "ei moço, olha ai na tua mão o cajado!". Achei engraçado ele me dizer isso e segui meu caminho. Em uma segunda vez, também bem rapidinho, eu estava com meu amigo Patrick e lhe apresentei dizendo: eis aqui uma varão de Deus. Nos cumprimentamos com a saudosa paz do Senhor e fomos cada um para o seu caminho.

 

Ontem foi diferente, mas também muito rapidinho. Eu não sei porque sempre é assim. Porque andamos com tanta pressa de um lado para o outro? Para onde iremos nós com toda essa pressa? Sempre estamos correndo de um para outro lado e mal temos tempo para batermos um gostoso papo. Meu Deus, não me deixe ser escravo do tempo, mas que eu possa usá-lo para a glória de teu nome. Amém! Pois bem, cumprimentei-o e fiz que ia passar para ir embora. Ele estava esperando o elevador e eu ia para meu carro, mas ele, pegando em meus ombros, me disse:

 

"Olha, você vai ser pastor! (como soube ele que eu já não era pastor?). E te digo mais, tuas orações e propósitos estão sendo colocados diante de Deus que está olhando para ti e te dizendo para avançar, pois tem se agradado de sua sinceridade. Deus já está e vai te usar muito em pregações. Você é muito sensível ao Espírito Santo e o tem buscado intensamente. Apanhe o telefone e ligue para os teus parentes que eles se converterão pois o Senhor está te capacitando e te dando sabedoria e inteligência. O Senhor está resolvendo essa tua causa que te tens incomodado aqui dentro da empresa. Não te inquietes. Ainda te digo mais: o Senhor irá te levar aos quatro cantos desta terra levando a sua mensagem.".

 

Eu estava todo arrepiado e sentindo uma unção muito gostosa. Nem nos importávamos por quem ali passava. De repente, escutamos o sinal de que o elevador dele chegou. Fui até a porta e a segurei para ele. Agradeceu-me e perguntou meu nome e eu lhe disse: Daniel D... e eu lhe perguntei o seu nome e ele me falou que era Paulo. Prometemos um ao outro orarmos pelas nossas vidas e desejamos um bom final de semana na paz do Senhor.

 

Bem, nem preciso dizer como vim dirigindo meu UNO para casa na presença de Deus. Apesar de um hiper congestionamento no final do expediente de uma sexta-feira, nem por isso, perdi minha compostura. A comunhão com Deus foi muito boa. De fato Paulo foi usado por Deus sem eu nada pedir nem buscar. Paulo falou ao meu coração de uma forma especial e eu senti o toque misterioso e maravilhoso do Senhor. Apesar de não satisfeito em meu ambiente de trabalho, tenho colocado diante de Deus a minha vida e propósitos. Tenho feito meu trabalho e sido obediente. Na verdade, não tenho me resignado nem me conformado, mas estou esperando no Senhor e dele, somente dele, aguardando a minha vitória.

 

Eu não gosto desse termo resignação nem conformação a não ser que seja aplicado tão e exclusivamente à vontade de meu Senhor. A minha fé sempre se sucumbirá deleitosamente à soberania de meu Deus e Senhor. Do contrário, é guerra! A Deus toda a glória! Amém!

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 108/365 (sexta-feira, 06 de novembro de 2009)

A minha LBH foi até 2 Re 9:37. Ontem, como já é sabido de todos os meus amigos e irmãos em Cristo, houve reunião, a 27ª reunião de 2009, da ARCA DA ALIANÇA - http://grupofamiliararcadaalianca.blogspot.com/. Nela, além do momento principal que é o nosso culto racional ao Deus que criou os céus e a terra, tivemos, no momento de nosso lanche, uma pequena festa surpresa de aniversário ao meu amado filho Miguel (Filho você é um jovem de Deus mui amado!). Em seguida, tivemos a ministração da Palavra com o nosso amado Pb. Abimael, cujo tema foi: 7 PROMESSAS PARA UMA VIDA DE VITÓRIAS. (diversas referências) - Escrito originalmente por Rev. Jeremias Pereira da Silva – 8º Igreja Presbiteriana de Belo Horizonte (MG) – pequenas adaptações por Pb. Abimael Pedro dos Santos, conforme segue.
 
1. Se você buscar a Deus obterá resposta diretamente Dele.  “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra” (II Crônicas 7.14). “Ore, busque minha ajuda. Deixe de lado esses maus caminhos”. Trate o pecado em sua vida. Lembre-se que esse é um dos votos para se obter poder espiritual, segundo A.W. Tozer. Querido(a), trate seriamente o pecado. E então, persevere em oração, e seja vitorioso.
 
2. Se você se arrepender, Deus perdoa.Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados” (Atos 3.19). O arrependimento é mais do que se sentir mal a respeito de erro, pecado, mentira, rebeldia ou um desejo sexual ilícito. Arrependimento é mudança de mente e de comportamento. Só está arrependido quem abandonou a “velha” estrada. Arrependa-se dos seus pecados e siga a Cristo como Senhor.
 
3. Se fizer o que é certo, porque é certo, Deus lhe dá uma casa estável.Se ouvires tudo que eu te ordenar, e andares nos meus caminhos, e fizeres o que é reto perante mim, guardando os meus estatutos e os meus mandamentos, como fez Davi, meu servo, eu serei contigo, e te edificarei uma casa estável” (I Reis 11.38). Fazer o certo com motivação certa. Estudar. Sentar na frente na sala de aula. Não mentir. Ser pontual. Não cuspir no chão. Não ficar com o troco que não é seu. Faça o que é certo, mesmo que ninguém esteja olhando. Faça o que é reto porque você sabe que isso agrada a Deus. Então, Ele o abençoará: “te edificarei uma casa estável”.
 
4. Se você se esforçar, Deus lhe honrará.Porque Deus não é injusto para ficar esquecido do vosso trabalho e do amor que evidenciastes para com o seu nome, pois servistes e ainda servis aos santos” (Hebreus 6.10). Faça o seu melhor sempre. Fuja da preguiça. Não justifique sua falta de empenho por causa da falta de empenho de outros. Deixe que a promessa frutifique a seu favor.
 
5. Se você enfrentar adversidades, Deus estará contigo.Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam” (Salmo 23.4). Durante sua caminhada você enfrentará situações difíceis e lutas. O inimigo é perigoso, mas maior é Aquele que está em nós do que o que está no mundo. Firmado na fé, e seguro pela mão do Soberano, com certeza no final vai dar tudo certo.
 
6. Se você tiver necessidades, Deus suprirá.E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessi-dades” (Filipenses 4.19). Desde unção espiritual, santidade, fruto do Espírito, até necessidades do dia-a-dia como comida, roupa, tênis, pintura da casa...etc. Ele tem riquezas suficientes para suprir aquilo que for necessidade em qualquer área da nossa vida.
 
7. Se você abrir a porta do seu coração. Deus habitará em você.Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele comigo” (Apocalipse 3.20) Aquele que crê em Cristo, como Salvador e Senhor, é selado com o Espírito Santo. Não apague o Espírito Santo pela prática de pecados. Cultive sempre a intimidade com o Eterno.
 
A Deus toda a glória!
 

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 107/365

Minha LBH foi até 2 Re 6 e o destaque está sendo para o profeta Eliseu e as muitas obras que o Senhor anda realizando por suas mãos. O sobrenatural é a marca do seu ministério. As palavras e orações do homem de Deus são de arrepiar. É incrível como o seu servo Geazi caiu em laço cobiçando o ouro e a prata de Naamã. Em Geazi, certamente, outro era o espírito que nele operava. Ver milagres, presenciar fatos e demonstrações de poder não são nem jamais foram garantias de sucesso espiritual.
 
Outro exemplo terrível, dentro dessa linha de presenciar e andar com o autor dos milagres foi Judas que por 30 moedas de prata vendeu o seu Senhor e depois se arrependeu, mas era tarde. Na verdade nem arrependimento foi, mas sim remorso. Se neles houvesse verdadeiro arrependimento, o Senhor os teria perdoado como foi o caso de Pedro.
 
Tem muita gente querendo ver coisas e sentir coisas e presenciar e testemunhar coisas, mas isso nunca foi nem será garantia de que doravante tudo será diferente. A garantia que temos é o Espírito Santo e a este somente ouvem os que são de Deus. Toda vez que penso em sinais, milagres e maravilhas, logo me vêem à mente: ‘Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram!’ (Jo 20:29).
 
Ontem, foi um dia muito especial para mim, pois pela segunda vez preguei em minha igreja e na seqüência das quartas-feiras, no segundo dia da campanha das causas impossíveis. Ao final do culto, o Pr. Sabino já me anunciou, novamente, como o próximo pregador do terceiro dia da campanha. Aleluias! Acho que Deus está me dizendo alguma coisa por meio de meu amado pastor!
 
O destaque de ontem nem foi minha pregação (você poderá conferi-la em http://www.scribd.com/crerparaver), mas foi minha filha Isabel Crisitna, minha companheirinha de apenas 5 aninhos. Como todos já sabem, às quartas-feiras, o Pr. Sabino permite 1 hora de culto, divididos em 20 minutos de oração, 20 minutos de louvor e 20 minutos de pregação.
 
Pois bem, na hora da oração, minha amiguinha, Bebel, ajoelhou-se ao meu lado e pude perceber que chorava. Fiquei preocupado querendo saber se era dor de dente, dor de cabeça, dor nos joelhos, se estava passando mal, mas não era nada disso: a Bebel estava sentindo a presença de Deus. Aleluias! Glórias a Jesus! Ela é uma criancinha de apenas 5 aninhos! Para mim, foi um recado de Deus que ao seu lado e meu colocou o seu anjo para nos confortar e dizer para nós: eis que estou convosco, não temas! É muito bom sentir a presença de Deus.
 
Hoje, no meu uno, a caminho de meu trabalho, convidei meu Senhor para se sentar ao meu lado e vimos juntos, em comunhão! Que bênção! Experimente orar ao Senhor dessa maneira, afinal ele também é nosso irmão e amigo.
 
Hoje, temos outra bênção ENORME: meu filho querido está completando seus, exatos, 5.844 dias de vida! É o seu aniversário de 16 anos! Miguel: possa Deus prosperar os teus caminhos e abrir as portas para você do sucesso, do bom êxito, da alegria e, principalmente, do temor a Deus. Você é uma bênção Miguel! É um prazer enorme ter a honra e o privilégio de ser o teu pai! Te amo muito, muito mesmo!
 
Voltando à pregação de ontem, a finalidade dela foi fazer com que o povo de Deus saísse dali com a convicção de que não há causas impossíveis ao Senhor! Usando a referência bíblica: “... Haveria coisa alguma difícil ao SENHOR? ...” (Gn 18:14), lhes falei, entre outras coisas:
 
Um dia destes, meus irmãos, eu estava numa reunião quando o assunto tratava de um caso que envolvia alguém briguento. Sabem aquele pessoa difícil, complicada, teimosa que além disso é trevosa, beberrona, estúpida, teimosa e enrolada..., pois bem, alguém, no afã da conversa, deixou escapar: é impossível que fulano se converta, mude os seus hábitos e passe a respeitar e amar a sua esposa.
 
Naquela mesma hora, veio-me a mente: é impossivel que eu, o Senhor, não o converta! E, no mesmo, instante, exortei a quem falava e lhe disse: não digas mais isso, mas fale ao contrário: é impossível que Deus não o converta.
 
Agora, quando me vejo numa situação semelhante que envolva o impossível, eu mudei a forma de falar. Eu olho então para aquele problema ou aquela situação e lhe digo: é impossível que Deus não te solucione! Eu olho para algo difícil que estou passando e já me vem a mente: é impossível que Deus não possa resolver.
 
Agora você mesmo diga:
 
  • É impossível que Deus não possa libertar eu mesmo ou meu amigo parente, filho, esposa, marido, das cadeias dos vícios.
 
  • É impossível que Deus não transforme o meu cônjuge.
 
  • É impossível que Deus não possa reverter a situação incômoda que eu estou enfrentado na Empresa.
 
Vá um pouco mais além e ouse:
 
  • É impossível que Deus não me capacite a passar naquele concurso dificílimo;
  • É impossível que Deus não possa resolver aquele meu problema financeiro.
 
Em relação ao texto que lemos de Gênesis 18, vejam como Deus tratou da questão da gravidez de Sara e Abraão (desculpem-me, mas Deus fez uma piada com eles, por isso, inclusive, o nome do filho foi Isaque “risos” – não dá para não rir, os dois já estavam em idade bem avançada!):
 
  • ele deixou eles envelhecerem e se desesperarem para lhes mostrar que é ele o autor e o gerador da vida e não eles;
  • que não adianta correr e se cansar, aos seus Deus tudo dá enquanto dormem ();
  • que ele está no controle de tudo e de todas as coisas.
 
Palavras finais:
 
Quero, no entanto, fazer umas pequeninas ressalvas para você não usar esse testemunho dos impossíveis com finalidades contrárias ao que Deus tem para você e, assim, ficares em laço perpétuo:
 
  • Não temos um Deus Todo-Poderoso, pelo contrário, o Deus Todo-Poderoso é quem nos tem. Eu explico: Deus não é um gênio da lâmpada maravilhoso pronto a satisfazer os nossos desejos, por isso, não o temos. Deus é Senhor, Absoluto, Soberano e estamos aqui para fazermos a sua vontade e cumprirmos os seus desígnios e propósitos. Certo?
 
  • Temos o que Deus quer que tenhamos; somos o que Deus quer que sejamos e, estamos onde Deus quer que estejamos. Já que é assim, deveremos então não fazer mais nada? Pelo contrário, agora sim é que nossa responsabilidade aumenta. A exploração dessa temática ficará para outra oportunidade, permitindo Deus.
 
A Deus toda a glória. Amém! Agradeço a oportunidade em o nome do Senhor Jesus Cristo! Aleluias!
 

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 106/365 (quarta-feira, 04 de novembro de 2009)

A minha LBH foi até 2 Re 3:27. Hoje a palavra nossa de meditação está com meu irmão que é pastor em Guarulhos/SP, na igreja do Jd. S. João – http://www.ieadsjoao.com.br . Visitem o site, critiquem e opinem. A sua meditação para nós tem o tema ORAÇÃO - FUGINDO DOS RITUAIS e a referência bíblica se encontra em Mt. 6: 5-15.
 
Propósito da meditação: despertar nos ouvintes a fé em Deus que não somente ouve, mas responde a todas as nossas orações. Deus ouve as nossas orações? Sim, ouve! Deus as responde? Sim, a todas elas! Não há oração que Deus não responda! E se quiserem saber mais: ele mesmo é quem nos leva a orar! E se assim é, óbvio, nos dará também as respostas! Aleluias!
 
Primeiro fato relevante: Devemos conhecer ao Senhor: “E isto farão porque não conheceram ao Pai nem a mim.” Jo 16:3. Não orará a Deus-Pai aquele que não o conhece.
 
Segundo passo relevante: Deus é uma pessoa, pois tem atributos pessoais:
a) Deus nos ama: Jo 3:16
b) Deus se entristece conosco: Ef. 4:30
c) Deus se alegra conosco: PV. 27:11
d) Deus se ira conosco: AP. 15:7
 
Terceiro passo relevante: Como Deus é uma pessoa ele quer ter uma relação pessoal com cada um de nós. Olha só que bênção! Deus também quer ser nosso melhor amigo!
 
  • Ele nos ama individualmente: “Ora, Jesus amava a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro.” Jo 11:5
  • Ele nos dá um grande privilégio: “Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai: que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso, o mundo não nos conhece, porque não conhece a Ele.” 1 Jo 3:1
  • Ele nos convida individualmente: “E disse-me mais: Está cumprido; Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.” Ap. 21:6
 
Em síntese:
A oração não pode ser considerada uma obrigação ou um fardo, mas sim um privilégio de termos comunhão com o Pai: “De tarde, pela manhã e ao meio-dia orarei e o Senhor escutará a minha voz”.
 
A) Características de homens ritualistas na oração
 
Os fariseus e escribas eram ritualistas: Mc. 7:1-4
 
  1. Fazem tudo para serem vistos pelos homens e demonstrarem uma grande espiritualidade (vv5) e por isso se acham melhores que os outros:
 
O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: Ó Deus, graças te dou, porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano. Jejuo duas vezes na semana e dou dízimos de tudo quanto possuo.” Lc. 18:11,12.
 
O foco principal é serem vistos e elogiados pelos homens. “Porque amavam mais a glória dos homens do que a glória de Deus.” Jo 12:43
 
Querem atrair discípulos após si: “Então, alguns que tinham descido da Judéia, ensinavam assim os irmãos: Se vos não circuncidares, conforme o uso de Moisés, não podeis salvar-vos.” At. 15:1  - “E que, dentre vós mesmos, se levantarão homens que falarão coisas perversas, para atraírem os discípulos após si.” At. 20:30
 
  1. Praticam e ensinam métodos que não funcionam - Insistência (perseverança errada) vv7,8
 
Usam de vãs repetições sem apresentarem a Deus a sua causa: “E não clamaram a mim com seu coração, mas davam uivos nas suas camas;para o trigo e para o vinho se ajuntam, mas contra mim se rebelam.” Os. 7:14
 
Fala a todo o povo desta terra e aos sacerdotes, dizendo: Quando jejuastes e pranteastes, no quinto e no sétimo mês, durante estes setenta anos, jejuastes vós para mim, mesmo para mim ? Ou quando comestes e quando bebestes, não foi para vós mesmos que comestes e bebestes ? “ Zc. 7:5,6
 
A vontade de Deus é que o busquemos de todo coração: Jer. 29:13,14
 
  1. Os ritualistas são egoístas: vv9
 
Só pensam em si mesmos: “E os fariseus que eram avarentos ouviam todas estas coisas e zombavam dele” Lc. 16:14 – “Ele porém (doutor da lei) querendo justificar-se, disse a Jesus: E quem é o meu próximo”? Lc. 10:29
 
B) Características de homens verdadeiros na oração – não ritualistas
 
Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no Santuário, pelo sangue de Jesus”. Hb. 11:19
 
  1. O lugar sagrado é o seu aposento: vv6 - “Daniel, pois, quando soube que a escritura estava assinada, entrou em sua casa (ora, havia no seu quarto janelas abertas da banda de Jerusalém) e três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças, diante do seu Deus, como também antes costumava fazer.” Dn. 6:10
 
  1. Crença na providência divina: vv8 - Deus nos dá o que é necessário (não necessariamente o que queremos). “Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.” 1 Pe 5:7
 
  1. Busca de bênçãos que abençoem a TODOS - vv9-12 - “Segui a caridade e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar. O que fala língua estranha edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a Igreja.” 1 Co 14:1 e 4
 
  1. Glorificação a Deus por ele ser quem é - vv13 - “Tua é, Senhor, a magnificência, e o poder, e a honra, e a vitória, e a majestade: porque teu é tudo quanto há nos céus e na terra; teu é Senhor, o reino, e tu te exaltaste sobre todos como chefe. E riquezas e glória vêm de ti, e tu dominas sobre tudo, e na tua mão há força e poder; e na tua mão está o engrandecer e dar força a tudo.” 1 Cr. 29:11,12
 
  1. Cuidado no nosso relacionamento uns para com os outros - vv14,15 - “Quero, pois, que os homens orem em todo o lugar, levantando mãos santas, sem ira nem contenda.” 1 Tm. 2:8
 
A Deus toda Glória! (Adaptado do sermão do Pr. Teotinio Barreto, da Assembléia de Deus do Jardim São João, em Guarulhos/SP - http://www.ieadsjoao.com.br/).
 

terça-feira, 3 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 105/365

Minha LBH: até I Re 22, isto é até ao final do primeiro livro de Reis. Que bom! Ontem foi comemorado o dia dos mortos, mas nós comemoramos todos os dias a vida, pois para Deus todos vivem (Mc 12:27; Lc 20:38). Meu pai a quem amo muito já não está mais conosco, partiu há 4 anos para os braços do Senhor e como Deus não é Deus de mortos, então está vivo, vivo com o Senhor e, no momento, impedido de nos contactar.
 
Não fomos para cemitérios nem ficamos de luto ou de jejum por sua alma nem dirigimos a Deus qualquer oração por ele, nem rezas. Nós não temos este costume de ficarmos cuidando ou velando sua alma, pois todos nós sabemos para onde estamos indo quando estamos com Jesus. Em relação à morte, eu sempre tive um pensamento e ela estava sintetizada na seguinte frase:
 
Jamais morrerei porque jamais saberei que morri e se um dia vier a sabê-lo, então não estou morto, mas vivo.
 
Pois é, somente morremos para os outros, mas jamais morreremos para nós mesmos. Você já pensou nisso? Deus, muito sábio, colocou nos corações dos homens a eternidade (Pv 3:11) e este jamais imagina que morrerá, tanto que o dia de sua partida é sempre uma surpresa. Deus nos deu a vida eterna (Jo 12:50)! Você já pensou nisso?
 
Com a vida eterna pela frente ainda nos angustiamos com tantas coisas pequenas que se passam neste momento que se chama hoje. Desesperamos-nos com tantas coisas e nos esquecemos que temos um Deus maravilhoso que nos ama e nos tem reservado coisas que nem nossos olhos, nem nossos ouvidos, sequer têm imaginado (I Co 2:9).
 
Esqueça a morte e os mortos e celebre a vida, pois Deus te constituiu para viver e ser dele para sempre. Quanto aos problemas que tens de enfrentar, não se preocupe, jamais nos livraremos deles e conforme vamos crescendo na graça e no amor de Deus, novos problemas enfrentaremos. Em uma pregação da Arca da Aliança, um dia desses, Deus me deu uma palavra sobre os nossos benditos problemas de que o problema não é o problema em si, mas a ansiedade que ele pode trazer ou fazer vir sobre nós.
 
Todos nós temos os nossos problemas para que Deus seja glorificado por meio de nossas vidas. Dependendo do problema, resolvível ou insolúvel, saiba que Deus jamais o abandonará nem o deixará (Js 1:5 e Hb 13:5). A minha fé me motiva a buscar a saída e, por isso, me derramo em oração ao meu Deus, pedindo uma solução.
 
Você crê em Deus de verdade? Então, te darei um conselho: busque-o por meio da oração. Quem diz que espera e crê em Deus deve orar a Deus e com ele ter comunhão. Ore mesmo, com fé, crendo que irá ser atendido. Não podemos aceitar, de forma alguma, que alguém se proclame do Senhor e nele não confia nem lhe dirige orações.
 
Você que saber se você está ou não confiando em Deus verifique a sua vida de oração. A nossa vida de oração é o termômetro da nossa fé. Se você não tem orado ou desprezado a oração em sua vida, eu sinto muito, mas você não está bem espiritualmente falando, pior, está em grave situação de risco. Deus existe ou não? Deus é Deus na sua vida ou não? Todas as coisas estão nas mãos de Deus ou não?
 
Dedique-se à oração e sua fé será renovada. Despreze a oração e sua fé será derrotada. Tenha propósitos de orações. Tenha uma vida disciplinada de oração. Faça isso todo dia e o dia todo. Não ore apenas 1 hora por dia, mas 24 horas/dia. Ou somos de Deus e a oração é importante (vital!) ou não somos de Deus e, portanto, melhor é irmos e comermos e bebermos, pois amanhã morreremos. (I Co 15:32).
 
Eu não acredito em vida com Deus sem oração! Ore, jejue, adore, louve ao Senhor. A Deus toda a glória para sempre amém.
 

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 104/365

Minha LBH vai até I Re 19. Aleluias! Hoje é mais um dia que o Senhor nos fez: alegremo-nos nele! Será que temos motivos para nos alegrarmos nele? Sim, temos! Por pior que seja a nossa situação, no momento, nós podemos nos alegrar nele. Se não fosse assim, Deus não nos teria dito em Fp 4:4 "alegrai-vos no ;senhor, outra vez digo, alegrai-vos". A alegria é um sinal de que você confia nele, no Senhor.

 

Dos 104 versículos constantes da carta de Filipenses, 14 deles há a palavra alegria ou gozo ou regozijo. É quase um apelo do Espírito Santo por meio de Paulo que, naquele momento, estava preso em Roma com cadeias. Como pode um homem privado de sua liberdade, em cadeias, falar de alegria e nos exortar assim? É por que o apóstolo Paulo conhecia em quem ele estava crendo e sabia em quem a sua vida esta depositada.

 

Nossa vida, meus irmãos, está nas mãos de Deus e dele ninguém pode tirar. Isso não é bom? Se ele tem você nas palmas de sua mão e te dá todos os dias o fôlego de vida, refeição para te alimentares e descanso para o teu corpo, além de muitas outras dádivas, porque te angustia e te sobem dúvidas ao teu coração sobre o amor de Deus por você? Não temas! Deus não tem prazer no teu sofrimento. Ele não permite que as circunstâncias a que está sujeito sejam para te ferir, te causar dano ou  te machucar.

 

Existem diversos motivos para nos desesperarmos e nos angustiarmos nessa nossa vida moderna. Se não temos Deus em nossa vida ou se ele é, como disse meu ex-chefe de Auditoria nos Correios "... uma peça descartável no processo...", sim, teremos então motivos de sobra para nos desesperarmos e, de todas as nossas forças e sem escrúpulos, buscarmos qualquer tipo de ajuda, inclusive fazendo uso da mentira, da violência, do engano, da falsidade, do medo, da ameaça, da chantagem.

 

Quem não tem Deus em sua vida ou ele parece sempre distante e desinteressado, facilmente entra no desespero, na angústia e para sair da situação complicada comete loucuras ou se não, facilmente é presa de doenças modernas como o stress, a depressão e a angústia.

 

Deus está vivo! Aliás , ele é o único que podemos dizer que vive, pois nós somente temos vida por causa da vida dele, de Deus. Não temos vida própria indepentente de Deus. Não dá para colocarmos Deus em um lado e nós no outro e separarmos as coisas. Não podemos nós subsistirmos sem ele. Sem Deus nada do que existe, existe, pois é ele quem dá, por sua graça, amor e bondade, vida e sentido a todas as coisas. Deus não é nem jamais foi ou será uma peça descartável em qualquer que seja o processo considerado, pelo contrário, sempre ativo.

 

Embora não possamos ser nem existir sem Deus, não vamos confundir as coisas pensando que somos Deus. Deus, sim, pode e tem vida independente, pois é auto-suficiente,  a si mesmo se basta, é completo e perfeito em tudo o que faz e permite. Nós não podemos ter vida sem Deus, mas não somos Deus. Ao nos criarmos à sua imagem e à sua semelhança, ele nos fez especiais e capazes de refletirmos a sua glória. O homem não foi criado para viver triste e derrotado por problemas, mas para se alegrar no Senhor. Alegrai-vos, outra vez digo, alegrai-vos, alegrai-vos no Senhor, alegrai-vos!

 

A alegria é, junto com mais outros 8, fruto do Espírito Santo.

 

Estar alegre é saber que Deus está no comando de tudo. É o grande administrador da vida e de todas as coisas. Ontem achei emgraçado a preocupação dos cientistas com relação ao clima na terra e a temperatura do sol que se aumentar um, dois ou três graus a mais, o nível das águas do oceano irá subir uns metros e isso seria catastrófico. Quem disse que Deus precisa agora, nos tempos modernos, do homem para manter a vida e as condições de sua existência? Encerro aqui a meditação de hoje. A Deus toda a glória. Amém!

domingo, 1 de novembro de 2009

365 dias de propósito! Dia 103/365

Minha LBH: I Re 16:34. Ontem tivemos nosso passeio (organizado pela mocidade da "Primeirona") no Barco HAPPY DAY, pelo Lago Paranoá. Além de um visual muito gostoso e agradável num dia lindo e maravilhoso criado por nosso Deus, tivemos diversos momentos especiais e de descontração: louvor, como o maestro Júnior, líder do nosso coral; ministração da Palavra de Deus com o Pr. Demerson que nos desafiou a incomodarmos de fato o Senhor que se encontra no barco de nossa vida; dinâmica de aproximação e comunhão com os presentes que foram divididos em 6 grupos, conforme o mês de seu aniversário; muito bate-papo, lanches, sucos, sorvetes e brincadeiras diversas.

 

O auge do passeio foi a ministração pelo Pr. Sabino do noivado da Rafaela com o Atos. Naquele ambiente e clima descontraído estando presentes os pais da noiva e do noivo, foi feito todo um cerimonial baseado na Bíblia. Foram tiradas muitas fotos e feitos muitos vídeos sobre o noivado e sobre cada momento especial de nosso passeio. A mocidade da igreja está de parabéns. Recebemos brindes, atenção, carinho, muito amor, em fim, fomos bem recepcionados e assistidos. De nada tivemos falta no passeio e até o clima que parecia não ser propício (teve gente que desistiu por conta disso) foi espetacular!

 

O que chama a atenção em momentos como esse é que a alegria parece estampada em cada rosto. Ali ninguém precisava de fingir ser algo que não é ou de usar bebidas e drogas para se sentir ligadão. Muitas festas e encontros por ai são cercados dessas coisas e o resultado ao final não é a geração de vida, mas a sensação de morte e de perda de algo, talvez da própria dignidade. As pessoas comuns que estão acostumadas com a morte ficam perdidas ao contemplar tanta vida, tanto amor e descontração.

 

Não é livre o que cede a tudo e a todos e diz que faz o que quer, mas aquele que cosncientemente se conserva por causa de Deus, esse é livre, pois poderia ceder às tentações e cumprir o desejo de sua carne, mas resolve se conter por causa de Deus que lhe tem prometido coisas bem melhores. Já o que cede, é escravo. Escravo de seus apetides e paixões desenfreadas que roubam dele coisas muito preciosas. Nosso foco não é ter todas ou todos, mas todos os dias conquistar a mesma pessoa. Isso sim gera vida e traz prazer.

 

Será que nós que procuramos andar diante do Senhor em fidelidade somos mais infelizes em nossa vida sexual que os que vivem sem regras, trocando a seu bel prazer as suas parceirias sexuais? Duvido! Se pudéssemos fazer tais comparações iríamos descobrir que eles são raquíticos e de nada sabem, apenas pensam saber algo. Deus é vida! Deus gera a vida! A morte é para os que estão longe de Deus.

 

Se você está cansado de ser de todo mundo e não ser de ninguém. Se isso o está incomodando e o pertubando, conheça o Senhor e ele irá te ajudar. Deus não irá desampará-lo, mas te acolher em seus braços e renovar sua vida para que você seja mais feliz, mais alegre, mais completo.

 

Você poderia me questionar: "Eu tenho ouvido a sua voz e a tenha compreendido. Eu vejo que estais com a razão e que verdadeiramente há algo melhor na vida do que deixá-la seguir um curso incerto e perigoso. Eu quero e desejo ser de Deus e ter uma fé avivada, mas eu não consigo. Como poderei sair dessa?". Minha resposta: se você tem já em seu coração este desejo eu tenho uma boa, excelente notícia para você: ele vem do próprio Deus! Ora se Deus está te dando tais sentimentos e pensamentos e desejos é porque ele já iniciou uma obra em tua vida. Se ele iniciou, ... acalme-se, ... ele irá concluí-la! (Fp 1:6; 2:13). A Deus toda a glória!