quinta-feira, 17 de outubro de 2019

IGREJAS CHEIAS DE CRENTES VAZIOS


Têm igrejas que crescem como um oceano e se expandem para todos os lados ocupando toda a terra, mas não têm profundidade alguma e vivem na superficialidade. São igrejas cheias de crentes vazios.

O fermento faz a massa crescer, inchar e também simboliza o pecado. As igrejas não podem ter um corpo inchado com um crescimento por meio do fermento do pecado, do mundo. Não precisamos de métodos, novidades, invencionices, novos evangelhos, marketing, propagandas e palestrantes que enchem auditórios, mas de temor a Deus e obediência.

Hoje, vivemos um evangelho que quer copiar as novidades e manias do mundo do fast-food, de crescimento não natural por meio de esteroides e anabolizantes como os atletas que tomam bomba para ficarem inchados e terem uma musculatura de crescimento rápido.

As rações são sintéticas e cheias de hormônios e os que dela se alimentam crescem rápido e de aparência melhor, mas seu interior é nocivo, venenoso, tanto para eles mesmos como para os que deles se alimentam.

O verdadeiro evangelho permite o crescimento sadio e saudável.
Não queira, nem busque por esse crescimento rápido, anormal, moderno, superficial, mas espere o tempo e no tempo de Deus, conforme Ec 7.

Vivemos em uma sociedade superficial e a igreja é a última esperança.
Gabriel Barreto/Daniel Deusdete
Igreja Os Semeadores – QNA 30, Lote 7
Av. Com. Norte, Taguatinga Norte/DF

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.