sexta-feira, 8 de maio de 2015

Ezequiel 39:1-29 - VITÓRIA NA BATALHA FUTURA.

Em nossa leitura, nos encontramos aqui, na terceira e última parte “III”, na seção “A”, na última subseção “8”, no capítulo 39. O livro de Ezequiel é composto de 48 capítulos.
Ressaltamos que já vimos:
·         Os oráculos de advertência sobre a destruição de Jerusalém (caps. 1-24) – preocupação do profeta com o passado e com o presente de Jerusalém.
·         Uma seção de oráculos contra outras nações (caps. 25-32) – com foco na destruição de outras nações.
E agora, estamos vendo a terceira e última parte de nossa divisão proposta para o livro de Ezequiel (com foco nas futuras bênçãos de restauração que Judá gozaria após o exílio).
Parte III - FUTURAS BÊNÇÃOS PARA JUDÁ E JERUSALÉM (31.1-48.35).
A. A queda e a restauração de Judá (33.1-39.29).
Recapitulando, nós falamos que do capítulo 33 até ao capítulo 39, estaremos vendo a queda e a restauração de Judá a qual foi dividia em oito seções principais, que estão sendo nossas subdivisões: 1. Ezequiel novamente vocacionado como atalaia (33.1-20) – já vimos; 2. A queda de Judá e dois grupos de israelitas (33.21-33) – já vimos; 3. Pastores do passado e do futuro (34.1-31) – já vimos; 4. A condenação de Edom (35.1-15) – já vimos; 5. Uma profecia aos montes de Israel (36.1-38) – já vimos; 6. A ressurreição dos ossos secos (37.1-14) – já vimos; 7. Junção de dois pedaços de madeira (37.15-28) – já vimos; e, 8. Vitória na batalha futura (38.1-39.29) – concluiremos agora.
8. Vitória na batalha futura (38.1-39.29) - continuação.
Como já dissemos, esses dois capítulos, 38 e 39, estão falando de uma vitória em uma batalha futura.
O filho do homem continua a ser orientado a profetizar contra Gogue, príncipe e chefe de Meseque e Tubal. Deveria o profeta dizer-lhe que ele será trazido com toda a sua tropa para Israel. Na verdade, em sua mente, a ideia é justamente essa a de estar marchando para a guerra para ir pelejar e conquistar a terra de Israel.
Deus usa a vontade humana para cumprir todos os seus propósitos, sem interferir em suas ações, nem vilipendiar o seu arbítrio. Gogue estava ciente de que estava fazendo a sua vontade, mas na verdade, estava ele nas mãos do Todo-Poderoso que o conduzia para o seu juízo.
Ele viria do extremo norte e com um só golpe Deus tiraria da sua mão esquerda o seu arco e faria cair as suas flechas de sua mão direita. Ali nos montes de Israel, que imaginava sua vitória, cairia sucumbido diante do Senhor.
Gogue e todas as suas tropas e todos os seus povos aliados estariam agora expostos às aves de rapina de toda espécie e aos animais do campo para serem inteiramente devorados.
Ele cairia nos campos e Deus ainda enviaria um fogo destruidor contra Magogue e sobre todos os que habitavam seguros nas ilhas e ai, sim, saberiam tratar-se do Senhor tudo isso.
O nome do Senhor ficará então conhecido e nunca mais seria profanado e nisso, agora, as nações e não somente eles, saberão que o Senhor é Deus, o Santo em Israel. Esse era um dia especial que o Senhor falara que iria acontecer – vs. 8.
Ezequiel usou uma imagem vívida – vs. 9 - para descrever como o exército inimigo havia sido grande e como a sua derrota havia sido total. Compare com SI 46.9; JI 3.10. Se as armas, escudos e paveses, arcos e flechas, bastões e lanças ascenderiam e sustentariam por sete anos o fogo, imagina quão grande deveria ser esse exército que o Senhor abaterá.
Não será preciso lenha do campo, nem a cortarão nos bosques, mas com as armas é que eles acenderão o fogo e assim, roubarão e despojarão aqueles que vieram para roubar e despojar.
O lugar de sepultura para as hordas de Gogue – vs. 11 - seria nas fronteiras de Israel, perto do mar Morto. A matança seria tão grande que os sepultamentos exigiriam sete meses, sendo que depois desse período prolongado de tempo, um outro sepultamento minucioso seria necessário para que cadáveres pudessem ser procurados (vs. 12-15).
O contato com um cadáver tornava uma pessoa cerimonialmente impura (Lv 11.24-28,39; 22.4), de modo que a terra demandaria limpeza.
O vale – vs. 15 – onde seriam enterrados os ossos que sobraram seria chamado “Vale de Hamom-Gogue” ou "vale das Forças de Gogue" ou “Vale da multidão de Gogue”. Já a cidade será chamada de Hamona (abundância, multidão) e desta forma seria purificada a terra.
Deus continua a instruir Ezequiel mandando ele dizer agora às aves de toda espécie, e a todos os animais do campo para se ajuntarem e virem de todos os lados para o seu sacrifício que ele faria por eles, um grande sacrifício sobre os montes de Israel para comerem carne e beberem sangue.
Carne e sangue de poderosos, dos príncipes da terra, dos carneiros e dos bodes, dos novilhos e todos eles cevados em Basã - uma região a leste do mar da Galileia, conhecida pelo seu gado de qualidade (Dt 32.14; SI 22.12; Am 4.1).
Normalmente os animais eram oferecidos como sacrifícios e consumidos em refeições sacrificais. Aqui a imagem é invertida: Deus fez sacrifício de seus inimigos e os animais se alimentaram.
Essa inversão da ordem criada (Gn 1.30; 9.2-3) é mais um modo pelo qual Ezequiel ilustrou a dissolução do cosmos no caos, como parte do julgamento divino - 38.18-23; compare o vs. 4 com 29.5. Mais tarde, João usaria a mesma ilustração (Ap 19.17-18; cf. Is 34.6-7; Jr 46.10; Si 1.7-9).
Eles iriam comer a gordura e beberem o sangue como partes de um animal sacrificado oferecido a Deus (44.15; Lv 3.17). Haveria fartura de tudo até de cavalos e de seus cavaleiros, dos valentes e dos homens de guerra e a glória do Senhor seria estabelecida entre as nações que verão o seu juízo ao ser executado e a sua mão pesada sobre eles no dia do seu juízo e novamente iriam saber, daquele dia em diante, que o Senhor é Deus na casa de Israel – vs. 22.
As nações iriam saber que os da casa de Israel foram levados ao cativeiro por causa de sua iniquidade e porque se houveram traiçoeiramente contra o Senhor. Deus, em consequência, escondeu o seu rosto deles, os entregando nas mãos dos seus adversários, onde todos cairiam à espada.
O exílio não mostrou que Deus houvesse falhado em suas promessas - pelo contrário, demonstrou tanto a Israel como às nações que a sua soberania era universal.
Embora Deus tivesse afligido o seu povo, ele não os havia abandonado (vs. 25-29). Depois de descrever como Deus esmagaria os seus inimigos (caps. 38-39), Ezequiel se volta para a descrição da restauração gloriosa do povo de Deus (caps. 40-48), veremos isso em detalhes nos próximos capítulos em que iremos refletir com a ajuda preciosa da BEG.
Ez 39:1 Tu, pois, ó filho do homem, profetiza contra Gogue, e dize:
Assim diz o Senhor Deus:
Eis que eu sou contra ti, ó Gogue,
príncipe e chefe de Meseque e Tubal;
Ez 39:2 e te farei virar e, conduzindo-te,
far-te-ei subir do extremo norte,
e te trarei aos montes de Israel.
Ez 39:3 Com um golpe tirarei da tua mão esquerda o teu arco,
e farei cair da tua mão direita as tuas flechas.
Ez 39:4 Nos montes de Israel cairás,
tu e todas as tuas tropas, e os povos que estão contigo;
e às aves de rapina de toda espécie e aos animais do campo
te darei, para que te devorem.
Ez 39:5 Sobre a face do campo cairás;
porque eu falei, diz o Senhor Deus.
Ez 39:6 E enviarei um fogo sobre Magogue,
e entre os que habitam seguros nas ilhas;
e saberão que eu sou o Senhor.
Ez 39:7 E farei conhecido o meu santo nome
no meio do meu povo Israel, e nunca mais deixarei profanar
o meu santo nome;
e as nações saberão que eu sou o Senhor, o Santo em Israel.
Ez 39:8 Eis que isso vem, e se cumprirá, diz o Senhor Deus;
este é o dia de que tenho falado.
Ez 39:9 E os habitantes das cidades de Israel sairão,
e com as armas acenderão o fogo,
e queimarão os escudos e os paveses,
os arcos e as flechas, os bastões de mão e as lanças;
acenderão o fogo com tudo isso por sete anos;
Ez 39:10 e não trarão lenha do campo,
nem a cortarão dos bosques,
mas com as armas acenderão o fogo;
e roubarão aos que os roubaram,
e despojarão aos que os despojaram,
diz o Senhor Deus.
Ez 39:11 Naquele dia, darei a Gogue como lugar de sepultura
em Israel, o vale dos que passam ao oriente do mar,
o qual fará parar os que por ele passarem;
e ali sepultarão a Gogue, e a toda a sua multidão,
e lhe chamarão o Vale de Hamom-Gogue.
Ez 39:12 E a casa de Israel levará sete meses em sepultá-los,
para purificar a terra.
Ez 39:13 Sim, todo o povo da terra os enterrará;
e isto lhes servirá de fama, no dia em que eu for glorificado,
diz o Senhor Deus.
Ez 39:14 Separarão, pois, homens que incessantemente percorrerão
a terra, para que sepultem os que tiverem ficado
sobre a face da terra, para a purificarem.
Depois de passados sete meses, farão a busca;
Ez 39:15 e quando percorrerem a terra,
vendo alguém um osso de homem,
levantar-lhe-á ao pé um sinal,
até que os enterradores o enterrem
no Vale de Hamom-Gogue.
Ez 39:16 E também o nome da cidade será Hamona.
Assim purificarão a terra.
Ez 39:17 Tu, pois, ó filho do homem, assim diz o Senhor Deus:
Dize às aves de toda espécie, e a todos os animais do campo:
Ajuntai-vos e vinde;
ajuntai-vos de todos os lados para o meu sacrifício,
que eu sacrifico por vós,
sacrifício grande sobre os montes de Israel,
para comerdes carne e beberdes sangue.
Ez 39:18 Comereis as carnes dos poderosos
e bebereis o sangue dos príncipes da terra,
dos carneiros e dos cordeiros, dos bodes
e dos novilhos, todos eles cevados em Basã.
Ez 39:19 Comereis da gordura até vos fartardes,
e bebereis do sangue até vos embebedardes,
da gordura e do sangue do sacrifício
que vos estou preparando.
Ez 39:20 E à minha mesa vos fartareis de cavalos e de cavaleiros,
de valentes e de todos os homens de guerra,
diz o Senhor Deus.
Ez 39:21 Estabelecerei, pois, a minha glória entre as nações,
e todas as nações verão o meu juízo,
que eu tiver executado,
e a minha mão, que sobre elas eu tiver descarregado.
Ez 39:22 E os da casa de Israel saberão desde aquele dia em diante,
que eu sou o Senhor Deus.
Ez 39:23 E as nações saberão que os da casa de Israel,
por causa da sua iniqüidade,
foram levados em cativeiro;
porque se houveram traiçoeiramente para comigo,
e eu escondi deles o meu rosto;
por isso os entreguei nas mãos de seus adversários,
e todos caíram à espada.
Ez 39:24 Conforme a sua imundícia
e conforme as suas transgressões me houve com eles,
e escondi deles o meu rosto.
Ez 39:25 Portanto assim diz o Senhor Deus:
Agora tornarei a trazer Jacó, e me compadecerei
de toda a casa de Israel; terei zelo pelo meu santo nome.
Ez 39:26 E eles se esquecerão tanto do seu opróbrio,
como de todas as suas infidelidades
pelas quais transgrediram contra mim,
quando eles habitarem seguros na sua terra,
sem haver quem os amedronte;
Ez 39:27 quando eu os tornar a trazer de entre os povos,
e os houver ajuntado das terras de seus inimigos,
e for santificado neles aos olhos de muitas nações.
Ez 39:28 Então saberão que eu sou o Senhor seu Deus,
vendo que eu os fiz ir em cativeiro entre as nações,
e os tornei a ajuntar para a sua terra.
Não deixarei lá nenhum deles;
Ez 39:29 nem lhes esconderei mais o meu rosto;
pois derramei o meu Espírito sobre a casa de Israel,
diz o Senhor Deus.
Era conforme a sua imundícia e conforme as suas transgressões que Deus estava contra eles e tinha assim escondido o seu rosto deles, mas Deus iria mudar a sorte de Jacó – vs. 25. Com os inimigos destruídos, Ezequiel se volta para os propósitos de Deus para o seu povo, a restauração dele e sua bem-aventurança.
Por causa do zelo de Deus pelo seu nome – vs. 25 -, eles haveriam de se esquecer do seu opróbrio, com todas as suas infidelidades com as quais transgrediram contra o Senhor quando habitavam seguros em sua terra sem haver quem os amedrontassem.
Isso se sucederá na sua volta de entre os povos, de entre os seus inimigos, quando Deus os ajuntar dentre os povos e quando fosse santificado aos olhos de muitas nações, então – vs. 28 – saberão que o Senhor é Deus porque os fará voltar das nações, sem deixar um sequer esquecido.
Deus se lembrará deles e não mais lhes esconderá o seu rosto, pois que derramará de seu Espírito - 36.25; compare com 11.19; 18.31; 36.26-27; 37.14; Jl 2.28 - sobre toda a casa de Israel, assim estava falando o Senhor- vs. 29.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 86 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.