segunda-feira, 9 de março de 2015

Jeremias 36:1-32 - O REI JEOIAQUIM, DESESPERADO, TENTA ANULAR AS PALAVRAS PROFÉTICAS.

Estamos na décima quarta parte, de nossa divisão proposta de dezoito delas, nos baseando na estruturação apresentada pela BEG. Estamos no capítulo 36.
XIV.TRANSGRESSÕES E JULGAMENTOS REPRESENTATIVOS (34.1-36.32) - continuação.
Vimos que vários acontecimentos selecionados retratavam os tipos de pecado que transtornavam Judá e que nesses capítulos estaremos vendo que há cenas representativas da rejeição da palavra do Senhor que levaram ao julgamento final de Judá.
Também tínhamos feito a divisão proposta dessa parte ficando assim: A. O julgamento contra Zedequias por voltar atrás em sua promessa de libertar os escravos (34.1-22) – já vimos; B. O julgamento por ficarem aquém do exemplo dos recabitas (35.1-19) – já vimos; C. O julgamento contra Jeoaquim que queimou o rolo de Jeremias (36.1-32) - veremos agora.
C. O julgamento contra Jeoiaquim que queimou o rolo de Jeremias (36.1-32).
Veremos neste capítulo, o julgamento contra Jeoiaquim por que queimou o rolo  com as profecias de Jeremias. A resistência do rei Jeoiaquim à palavra profética foi tanta que ele chegou a queimar um dos rolos de Jeremias. Seus atos trouxeram sobre ele o julgamento de Deus.
Já estávamos no quarto ano de Jeoaquim quando veio a Jeremias mais uma palavra do Senhor para ser pronunciada contra o rei. Era este o ano do primeiro ataque de Nabucodonosor a Jerusalém (605 a.C.). A intransigência de Jeoiaquim é ainda mais impressionante quando se considera o seu contexto.
Deus tinha dito para Jeremias para escrever aquelas palavras proféticas. Esse relato é importante para compreender como os livros proféticos eram escritos. Proferidos ao longo de um período extenso (25.3), os oráculos de Jeremias foram reunidos de modo a formar um texto contínuo (Is 8.16).
No rolo deveriam ser escritas todas as palavras que Deus tinha falado contra Israel, contra Judá e contra todas as nações, desde o dia em Deus lhe falou, desde os dias do rei Josias, até aquela data.
Deus ainda adverte que eles irão ouvir todo o mal que faria cair sobre eles, mas não para aniquilá-los, mas para curá-los - para que cada qual se converta do seu mau caminho, a fim de que eu perdoe a sua iniquidade e o seu pecado. Vs. 3.
Essa era a finalidade daquele mal, talvez a palavra aqui não seja apropriada, pois nela estava implícita a correção de Deus. O objetivo do “mal” seria a conversão e o perdão.
Quem irá redigir o rolo de Jeremias é Baruque. Essa é a segunda menção do escriba de Jeremias (32.12). Sua atividade aqui sugere que talvez tenha participado da compilação do livro de Jeremias em sua forma atual. Jeremias iria ditar e Baruque iria escrever.
Jeremias se encontrava impedido de anunciar a profecia (provavelmente tinha sido banido da área do templo devido à sua impopularidade junto às autoridades - 26.2-11), por isso pede que se leia aos ouvidos do povo na casa do Senhor, no dia de jejum e também aos ouvidos de todo o Judá que vinham das cidades.
A esperança da obediência e o resultado esperado pela leitura era o arrependimento e a conversão de cada um.
Já era o quinto ano e o mês nono, dezembro de 604 a.C., quando o povo apregoou um jejum diante do Senhor. Aproveitando-se da ocasião o do aglomerado de pessoas concentradas em Deus, foi que Baruque, obedecendo a voz profética, leu aos ouvidos de todo o povo.
Micaias ouvido aquelas palavras se impressionou e anunciou tudo o que ouvira a todos os príncipes ali assentados. Os príncipes também se impressionaram e convocaram Baruque para ir com eles e Baruque foi e leu e ficaram amedrontados e decidiram levar ao rei aquelas duras palavras que Baruque lia da parte de Jeremias, o profeta de Deus.
Baruque explica a eles como sabia aquelas palavras. Isso não significa que as palavras originais ocorreram a Jeremias de maneira mecânica. No entanto, a sua capacidade de se lembrar delas com tantos detalhes mostra que, uma vez dadas a ele, ficaram gravadas de modo indelével na sua memória.
Os príncipes então trataram de esconder a Jeremias e a Baruque e enviaram a Jeúdi para ler o rolo diante do rei. Assim, o rolo não era mais lido por Baruque que, a essa altura, provavelmente estava escondido (v. 19). Na ausência de Jeremias e Baruque, a resposta de Jeoaquim se concentra nas palavras em si.
Todos ali ouviram a leitura feita por Jeúdi e era o mês nono, estando ali o rei assentado junto à lareira, por causa do inverno. Enquanto ia lendo, o rei ia apanhando o rolo e lançando-o na fogueira. O contraste com Josias não poderia ser mais forte (2Rs 22.11-13). É possível que a destruição do rolo tenha sido uma tentativa supersticiosa de invalidar as suas palavras.
Assim, destruíram todo o rolo, sem demonstrar qualquer temor ou arrependimento, ou constrangimento diante daquilo. Houve quem ali se opusesse à queima e até mesmo protegeu a Jeremias e a Baruque, mas prevaleceu a vontade exclusiva do rei.
Um desses opositores foi Elnatã, o mesmo que outrora tinha ido ao Egito, por ordem do rei Jeoiaquim, capturar o profeta Urias e trazê-lo ao rei para ser executado – 26:20-23.
Jr 36:1 Sucedeu pois no ano quarto de Jeoiaquim,
                filho de Josias, rei de Judá, que da parte do Senhor
                               veio esta palavra a Jeremias, dizendo:
                Jr 36:2 Toma o rolo dum livro, e escreve nele todas as palavras
                               que te hei falado contra Israel, contra Judá
                               e contra todas as nações, desde o dia em que eu te falei,
                                               desde os dias de Josias até o dia de hoje.
                Jr 36:3 Ouvirão talvez os da casa de Judá todo o mal
                               que eu intento fazer-lhes;
                                               para que cada qual se converta do seu mau caminho,
                                                               a fim de que eu perdoe a sua iniqüidade
                                                                              e o seu pecado.
                Jr 36:4 Então Jeremias chamou a Baruque, filho de Nerias;
                               e escreveu Baruque, no rolo dum livro, enquanto Jeremias
                                               lhas ditava, todas as palavras
                                                               que o Senhor lhe havia falado.
                Jr 36:5 E Jeremias deu ordem a Banique, dizendo:
                               Eu estou impedido; não posso entrar na casa do Senhor.
                Jr 36:6 Entra pois tu e, pelo rolo que escreveste enquanto eu ditava,
                               lê as palavras do Senhor aos ouvidos do povo,
                                               na casa do Senhor, no dia de jejum;
                               e também as lerás aos ouvidos de todo o Judá
                                               que vem das suas cidades.
                Jr 36:7 Pode ser que caia a sua súplica diante do Senhor,
                               e se converta cada um do seu mau caminho;
                                               pois grande é a ira e o furor que o Senhor
                                                               tem manifestado contra este povo.
                Jr 36:8 E fez Baruque, filho de Nerias,
                               conforme tudo quanto lhe havia ordenado Jeremias,
                                               o profeta, lendo no livro as palavras do Senhor
                                                               na casa do Senhor.
                Jr 36:9 No quinto ano de Jeoiaquim, filho de Josias, rei de Judá,
                               no mês nono, todo o povo em Jerusalém,
                                               como também todo o povo que vinha das cidades
                                                               de Judá a Jerusalém, apregoaram um jejum
                                                                              diante do Senhor.
                Jr 36:10 Leu, pois, Banique no livro as palavras de Jeremias,
                               na casa do Senhor, na câmara de Gemarias, filho de Safã,
                                               o escriba, no átrio superior, à entrada da porta nova
                                               da casa do Senhor, aos ouvidos de todo o povo.
                Jr 36:11 E, ouvindo Micaías, filho de Gemarias, filho de Safã,
                               todas as palavras do Senhor, naquele livro,
                                               Jr 36:12 desceu à casa do rei, à câmara do escriba.
                                               E eis que todos os príncipes estavam ali assentados:
                               Elisama, o escriba, e Delaías, filho de Semaías, e Elnatã,
                                               filho de Acbor, e Gemarias, filho de Safã,
                                               e Zedequias, filho de Hananias,
                                                              e todos os outros príncipes.
                Jr 36:13 E Micaías anunciou-lhes todas as palavras que ouvira,
                               quando Baruque leu o livro aos ouvidos do povo.
                Jr 36:14 Então todos os príncipes mandaram Jeúdi, filho de Netanias,
                               filho Selemias, filho de Cuche, a Baruque, para lhe dizer:
                                               O rolo que leste aos ouvidos do povo,
                                                               toma-o na tua mão, e vem.
                                               E Banique, filho de Nerias, tomou o rolo na sua mão,
                                                               e foi ter com eles.
                Jr 36:15 E disseram-lhe:
                               Assenta-te agora, e lê-o aos nossos ouvidos.
                                               E Baruque o leu aos ouvidos deles.
                Jr 36:16 Ouvindo eles todas aquelas palavras,
                               voltaram-se temerosos uns para os outros,
                                               e disseram a Banique:
                               Sem dúvida alguma temos que anunciar ao rei todas
                                               estas palavras.
                Jr 36:17 E disseram a Baruque:
                               Declara-nos agora como escreveste todas estas palavras.
                                               Ele as ditava?
                Jr 36:18 E disse-lhes Baruque:
                               Sim, da sua boca ele me ditava todas estas palavras,
                                               e eu com tinta as escrevia no livro.
                Jr 36:19 Então disseram os príncipes a Banique:
                               Vai, esconde-te tu e Jeremias; e ninguém saiba onde estais.
                Jr 36:20 E foram ter com o rei ao átrio;
                               mas depositaram o rolo na câmara de Elisama, o escriba,
                               e anunciaram aos ouvidos do rei todas aquelas palavras.
                Jr 36:21 Então enviou o rei a Jeúdi para trazer o rolo;
                               e Jeúdi tomou-o da câmara de Elisama, o escriba,
                                               e o leu aos ouvidos do rei e aos ouvidos
                                               de todos os príncipes que estavam em torno do rei.
                Jr 36:22 Ora, era o nono mês e o rei estava assentado
                               na casa de inverno, e diante dele estava um braseiro aceso.
                Jr 36:23 E havendo Jeúdi lido três ou quatro colunas,
                               o rei as cortava com o canivete do escrivão,
                                               e as lançava no fogo que havia no braseiro,
                                               até que todo o rolo se consumiu no fogo que estava
                                                               sobre o braseiro.
                Jr 36:24 E não temeram, nem rasgaram os seus vestidos,
                               nem o rei nem nenhum dos seus servos que ouviram
                                               todas aquelas palavras
                Jr 36:25 e, posto que Elnatã, Delaías e Gema rias
                               tivessem insistido com o rei que não queimasse o rolo,
                                               contudo ele não lhes deu ouvidos.
                Jr 36:26 Antes deu ordem o rei a Jerameel, filho do rei,
                               e a Seraías, filho de Azriel, e a Selemias, filho de Abdeel,
                               que prendessem a Baruque, o escrivão,
                                               e a Jeremias, o profeta; mas o Senhor os escondera.
                Jr 36:27 Depois que o rei queimara o rolo com as palavras
                               que Banique escrevera da boca de Jeremias,
                                               veio a Jeremias a palavra do Senhor, dizendo:
                Jr 36:28 Toma ainda outro rolo, e escreve nele todas aquelas palavras
                               que estavam no primeiro rolo, que Jeoiaquim,
                                               rei de Judá, queimou.
                Jr 36:29 E a Jeoiaquim, rei de Judá, dirás:
                               Assim diz o Senhor:
                                               Tu queimaste este rolo, dizendo:
                                                               Por que escreveste nele anunciando:
                               Certamente virá o rei da Babilônia, e destruirá esta terra
                                               e fará cessar nela homens e animais?,
                Jr 36:30 Portanto assim diz o Senhor acerca de Jeoiaquim,
                               rei de Judá:
                                               Não terá quem se assente sobre o trono de Davi,
                                               e será lançado o seu cadáver ao calor de dia,
                                                               e à geada de noite.
                               Jr 36:31 E castigá-lo-ei a ele, e a sua descendência
                                               e os seus servos, por causa da sua iniqüidade;
                                               e trarei sobre ele e sobre os moradores
                                                               de Jerusalém, e sobre os homens de Judá,
                                               todo o mal que tenho pronunciado contra eles,
                                                               e que não ouviram.
                Jr 36:32 Tomou, pois, Jeremias outro rolo, e o deu a Baruque,
                               filho de Nerias, o escrivão, o qual escreveu nele,
                                               enquanto Jeremias ditava, todas as palavras do livro
                                               que Jeoiaquim, rei de Judá, tinha queimado no fogo;
                               e ainda se lhes acrescentaram muitas palavras semelhantes.
Ao invés do arrependimento do rei, deu ordens para prenderem a Baruque, o escrivão e Jeremias, o profeta, mas o Senhor o escondeu e não permitiu que fosse apanhado.
Outra vez veio a palavra do Senhor a Jeremias e novamente Deus lhe falou para escrever num rolo todas aquelas palavras e enviou Jeremias para dizer ao rei que ele queimara o rolo, mas haveria consequências, ou seja, não haveria quem se assentasse no trono de Davi da parte dele. O reinado de seu filho Joaquim foi curto (2Rs 24.8; Jr 22.30). Também contra ele, o seu cadáver seria lançado ao calor do dia e à geada da noite.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 148 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.