domingo, 27 de julho de 2014

Jó 17:1-16 - JÓ ESTÁ TODO VOLTADO PARA DEUS AO RESPONDER A ELIFAZ

Ainda estamos na parte II, de cinco, de nossa divisão proposta, que está tratando do diálogo entre Jó e os seus amigos.
Parte II - DIÁLOGOS ENTRE JÓ E SEUS AMIGOS – 3:1 a 27:23.
C. O segundo ciclo de discursos – 15:1 – 21:34.
Estamos, agora, nessa parte “C”, que foi dividida, como na BEG, em seis partes igualmente: 1. Elifaz – 15:1 – 35 – já vista. 2. A resposta de Jó a Elifaz – 16:1 – 17:16 – estamos vendo agora. 3. Bildade – 18:1 – 21. 4. A resposta de Jó a Bildade – 19:1 – 29. 5. Zofar – 20:1 – 29. 6. A resposta de Jó a Zofar – 21:1 – 34.
b. Lamento para Deus – 16:7 a 17:16 - continuação.
Jó continua com a sua oração iniciada em 16:7. Ele usou os sete primeiros versículos do capítulo 16 para, sarcasticamente, responder a Elifaz e agora, ele estava diante de Deus, continuando com as suas orações.
Ele reconhece a ação de Deus e o seu controle, mas percebe que o tempo está passando veloz levando embora tudo o que ele tinha. Se não bastasse isso, ainda estava ele cercado de zombadores e seus olhos cheios de contemplarem as suas provocações.
Parecia que o universo todo conspirava contra ele. Parecia que todos estavam ali prontos somente para ouvir da sua boca impropérios contra o seu Deus, mas Jó permanecia fiel.
Jó se sentia uma abominação e um provérbio dos povos por causa de sua condição, mas mesmo assim, teimosamente, insistia em sua tese da inocência, da soberania de Deus e a da manutenção de sua fidelidade.
Como manter a esperança quando não se tem o que esperar senão aquilo que seu coração crê?
Por que Jó não desistiu de vez e buscou o suicídio ou a morte ou a depressão profunda, mas ao invés disso buscou a vida, buscou a Deus e lutou com todas as suas forças?
Jó era um homem de fé! Por isso que sustentou-se nela para nos provar a nós que devemos igualmente nos sustentarmos nela para o que der e vier.
Não havia palavra de Deus para Jó naquele seu caso, no entanto, jamais abriu mão de sua fé em um Deus pessoal que é soberano e que se levanta para fazer justiça e juízo na terra.
Hoje, por exemplo, nós os crentes estamos rodeados da palavra de Deus em tantas promessas que nenhuma desculpa poderíamos apresentar diante de Deus que justificasse uma vida longe da fé.
Com a chegada e a revelação de Cristo Jesus, tudo mudou. Ele veio e se manifestou e abriu a sua boca em parábolas e nos ensinou e nos instruiu.
Suas palavras finais, durante a sua fase terrestre foram de que voltaria em breve para buscar e estar entre os crentes para sempre, pelos séculos dos séculos. Amém!
Jó, ao contrário, passou pela prova sozinho. Nem a palavra tinha, mas apenas o seu coração de crente e sua esperança baseada na sua vida com Deus.
Jó 17:1 O meu espírito se vai consumindo,
                os meus dias se vão apagando,
                                e só tenho perante mim a sepultura.
                 Jó 17:2 Deveras estou cercado de zombadores,
                               e os meus olhos contemplam as suas provocações.
                Jó 17:3 Promete agora, e dá-me um fiador para contigo;
                               quem há que me dê a mão?
                Jó 17:4 Porque aos seus corações encobriste o entendimento,
                               por isso não os exaltarás.
                Jó 17:5 O que denuncia os seus amigos, a fim de serem despojados,
                               também os olhos de seus filhos desfalecerão.
                Jó 17:6 Porém a mim me pôs por um provérbio dos povos,
                               de modo que me tornei uma abominação para eles.
                Jó 17:7 Pelo que já se escureceram de mágoa os meus olhos,
                               e já todos os meus membros são como a sombra.
                Jó 17:8 Os retos pasmarão disto,
                               e o inocente se levantará contra o hipócrita.
                Jó 17:9 E o justo seguirá o seu caminho firmemente,
                               e o puro de mãos irá crescendo em força.
                Jó 17:10 Mas, na verdade, tornai todos vós e vinde;
                               porque sábio nenhum acharei entre vós.
                Jó 17:11 Os meus dias passaram, e malograram os meus propósitos,
                               as aspirações do meu coração.
                Jó 17:12 Trocaram a noite em dia; a luz está perto do fim,
                               por causa das trevas.
                Jó 17:13 Se eu esperar, a sepultura será a minha casa;
                               nas trevas estenderei a minha cama.
                Jó 17:14 A corrupção clamo:
                               Tu és meu pai;
                                               e aos vermes:
                                                               Vós sois minha mãe e minha irmã.
                Jó 17:15 Onde, pois, estaria agora a minha esperança?
                               Sim, a minha esperança, quem a poderá ver?
                Jó 17:16 As barras da sepultura descerão
                               quando juntamente no pó teremos descanso.
Jó encerra sua fala a Elifaz e agora se levanta, novamente, para sua réplica, Bildade.
Jó permanece fiel em toda a casa de Deus resistindo a tudo somente pela sua fé, sua crença pessoal em um Deus pessoal. Jó nada tinha em que ancorar a sua fé, mas ele pode ser considerado um exemplo para todos nós.
Abraão, provavelmente, seu contemporâneo, foi tido para nós como o pai da fé porque creu em Deus que lhe falara.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 373 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.