quarta-feira, 2 de julho de 2014

II Reis 17:1-35 - O EXÍLIO DO REINO DO NORTE

Nós estaremos vendo agora as duas últimas divisões da Parte II: A MONARQUIA DIVIDIDA - I Reis 12:1 a II Reis17:41.
P. Em Israel (732-722 a.C.): Oseias de Israel 17: 1-6
Esta é a parte “P”, a penúltima, que vai de “A” até “Q”. O historiador agora está de volta para Israel e vai descrever a história do último rei antes do exílio.
O ano era o 12º de Acaz, rei de Judá, quando começou a reinar o último rei de Israel, antes do exílio, Oseias, filho de Elá. Ele reinará por nove anos e como todos os demais reis antes dele, no total, 19 reis, este também fez o que era mau diante do Senhor, contudo não exatamente como foram os seus pais.
Foi contra ele que subiu Salmaneser, rei da Assíria e o fez seu servo e lhe pagava tributos até que viu que ele tramava contra seu domínio quando soube de sua tentativa de união com o Egito e seu rei Sô e já não era fiel na arrecadação anual de tributos ao rei da Assíria.
Por conta disso o prendeu em grilhões, num cárcere, sitiou Israel por três anos e no seu nono ano de reinado, o rei da Síria, agora Sargão II, levou cativo todo Israel – cerca de 27.290 habitantes - para a Assíria, onde os fez habitar em Hala – situada a nordeste de Nínive -, junto a Habor e ao rio Gozã e nas cidades dos medos.
Essa captura pois fim ao Reino do Norte – I Cr 5:25, 26. No total, durante o período de 208 anos (de 930 a.C. até 77 a.C.), tivemos em Israel 20 reis que foram unânimes em fazer o que era mau aos olhos do Senhor.
Q. O exílio de Israel 17: 7-41.
Esta é a parte “Q”, a última, que vai de “A” até “Q”. O historiador narra o exílio de Israel. Ele dividiu este final em duas partes: 1.  Reflexão sobre o exílio de Israel – 17:7-23. 2. Recolonização com deportados assírios – 17:24-41.
1.  Reflexão sobre o exílio de Israel – 17:7-23.
Aqui, o escritor de Reis relatará e interpretará a deportação do Reino do Norte por entender que isso merece uma explicação. Em várias ocasiões durante o relato, o escritor chamava a atenção para os pecados dos reis de Israel e, agora, resumirá sua opinião acerca do Reino do Norte e explicará por que o rei e o povo mereciam ser exilados.
A causa já está patente no primeiro versículo da explicação: tal sucedeu porque os filhos de Israel pecaram contra o Senhor, seu Deus que se houvera maravilhosamente para eles os libertando do Egito e temeram outros deuses. Pecaram, rejeitaram a Deus e depois temeram outros deuses.
Foi por conta dessa sua rejeição a Deus que eles passaram a andar nos estatutos das nações desprezadas e nos seus costumes, fazendo o que não era reto aos olhos do Senhor edificando para si mesmos altares de adorações a deuses estranhos.
Eles passaram a ser como as nações que era para eles expulsarem. Imitaram e copiaram os seus costumes, fizeram alianças proibidas, rejeitaram e desprezaram ao Senhor e, ´por conta disso, amontoaram mais e mais pecados.
O Senhor ainda foi paciente, misericordioso e cheio de graça por que para eles enviou seus servos, os profetas e outros homens de Deus para anunciarem a eles a Palavra de Deus e o tempo oportuno do arrependimento, mas não quiseram ouvir.
A proposta era: Convertei-vos de vossos maus caminhos, e guardai os meus mandamentos e os meus estatutos, conforme toda a lei que ordenei a vossos pais e que eu vos enviei pelo ministério de meus servos,           os profetas – vs 13.
Antes, a escolha deles foi pelo endurecimento de seus corações e se tornaram obstinados, de dura cerviz como os seus pais que não criam no Senhor, seu Deus.
O verso 15 fala que rejeitaram os seus estatutos, e a sua aliança que fizera com seus pais, como também as suas advertências, com que protestara contra eles; e seguiram a vaidade, e tornaram-se vãos; como também seguiram as nações, que estavam ao redor deles, das quais o SENHOR lhes tinha ordenado que não as imitassem. O verso 16 continua a falar: e deixaram todos os mandamentos do SENHOR seu Deus, e fizeram imagens para substituir ao Senhor de forma que agora o Senhor seria como eles queriam e não como deveria de ser.
Por conta disso, de tão cegos e tolos que se tornaram, queimaram a seus filhos e filhas como sacrifício e se entregaram às práticas proibidas de adivinhações, agouros e se venderam para fazer com volúpia cada vez maior o que era mau perante o Senhor para o provocar à ira.
Embora esteja mais concentrado em Israel, ele já aproveita para falar de Judá – vs 19 - que em breve cairá no mesmo erro de Israel e sofrerá igualmente o exílio também.
A terrível consequência da rejeição ao Senhor é a rejeição do Senhor por eles o que lhes trará aflições com domínio de outras nações sobre eles de forma não piedosa e expulsão da sua presença, como tinha falado pelo ministério de todos os seus servos, os profetas.
Eu fico pensando numa aplicação deste texto para os dias de hoje. Não temos mais o Reino do Norte, nem quero me ater ao Israel de hoje, mas à igreja do Senhor espalhada pelos quatro cantos da terra. Como está nossa fidelidade ao Senhor? Será que por que nós somos filhos, estamos livres para imitar o mundo e rejeitar ao Senhor que nos fala hoje pela pregação da fé – Gl 3:2, 5?
2. Recolonização com deportados assírios – 17:24-41.
O rei da Assíria, muito provavelmente Sargão II, recolonizou Samaria e as cidades ao seu redor com pessoas deportadas de outros países. Tal estratégia militar tinha por objetivo evitar que os povos se reerguessem.
Quando chegaram a Samaria e habitaram ali, não temeram ao Senhor, por isso que mandou o Senhor para o meio deles leões que passaram a matar alguns dos povos e amedrontar toda a cidade. Os leões, ou as bestas-feras, em algumas ocasiões eram usados por Deus como instrumentos de julgamento – I Re 13:24; 20:36; Am 3:12.
Qual era o deus da terra que eles deveriam adorar para evitar os males dos leões, eles perguntavam. Eles sabiam que tinham de fazer algo, pois a praga dos leões estava terrível. O rei da Assíria, então, envia um dos sacerdotes de Israel para ensinarem a eles como agradar o “deus da terra” a fim de que afastassem os leões dali.
Logo um sacerdote de Israel para ensinarem a lidar com o Senhor? Que desastre! No entanto, parece que este era uma exceção e os ensinou como deveriam servir ao Senhor.
Então o povo passou a fazer as duas coisas: serviam ao Senhor e aos seus deuses! Bem que eu estava desconfiado desse sacerdote de Israel! Virou uma salada religiosa, uma babel de religiões onde cada um tinha o seu deus e mais o Deus dos deuses. Menos pior, pois antes somente tinham deuses que nem são deuses e agora também o Senhor.
Veja o que diz a própria palavra no verso 33: “Assim temiam ao SENHOR, mas também serviam a seus deuses, segundo o costume das nações dentre as quais tinham sido transportados.”. Deus mesmo tinha dito a eles que guardassem a aliança que fez com eles e que não temessem a esses outros deuses e agora estavam divididos.
II Re 17:1 No ano duodécimo de Acaz, rei de Judá, começou a reinar Oséias,
            filho de Elá, e reinou sobre Israel, em Samaria, nove anos.
            II Re 17:2 E fez o que era mau aos olhos do SENHOR,
                        contudo não como os reis de Israel que foram antes dele.
            II Re 17:3 Contra ele subiu Salmaneser, rei da Assíria;
                        e Oséias ficou sendo servo dele, e pagava-lhe tributos.
            II Re 17:4 Porém o rei da Assíria achou em Oséias conspiração;
                        porque enviara mensageiros a Só, rei do Egito, e não pagava
                                   tributos ao rei da Assíria cada ano, como dantes;
                                               então o rei da Assíria o encerrou
                                                           e aprisionou na casa do cárcere.
            II Re 17:5 Porque o rei da Assíria subiu por toda a terra,
                        e veio até Samaria, e a cercou três anos.
            II Re 17:6 No ano nono de Oséias, o rei da Assíria tomou a Samaria,
                        e levou Israel cativo para a Assíria; e fê-los habitar em Hala
                        e em Habor junto ao rio de Gozã, e nas cidades dos medos,
            II Re 17:7 Porque sucedeu que os filhos de Israel pecaram contra o
                        SENHOR seu Deus, que os fizera subir da terra do Egito,
                                   de debaixo da mão de Faraó, rei do Egito;
                                               e temeram a outros deuses.
            II Re 17:8 E andaram nos estatutos das nações que o SENHOR
                        lançara fora de diante dos filhos de Israel, e nos dos reis de
                                   Israel, que eles fizeram.
            II Re 17:9 E os filhos de Israel fizeram secretamente coisas que não
                        eram retas, contra o SENHOR seu Deus;
                                   e edificaram altos em todas as suas cidades,
                                   desde a torre dos atalaias até à cidade fortificada.
            II Re 17:10 E levantaram, para si, estátuas e imagens do bosque,
                        em todos os altos outeiros, e debaixo de todas as árvores verdes.
            II Re 17:11 E queimaram ali incenso em todos os altos,
                        como as nações, que o SENHOR expulsara de diante deles;
                                   e fizeram coisas ruins, para provocarem à ira
                                               o SENHOR.
            II Re 17:12 E serviram os ídolos, dos quais o SENHOR lhes dissera:
                        Não fareis estas coisas.
            II Re 17:13 E o SENHOR advertiu a Israel e a Judá,
                        pelo ministério de todos os profetas e de todos os videntes,
                                   dizendo:
                        Convertei-vos de vossos maus caminhos,
                        e guardai os meus mandamentos e os meus estatutos,
                                   conforme toda a lei que ordenei a vossos pais
                                   e que eu vos enviei pelo ministério de meus servos,
                                               os profetas.
            II Re 17:14 Porém não deram ouvidos; antes endureceram a sua cerviz,
                        como a cerviz de seus pais, que não creram no SENHOR
                                   seu Deus.
            II Re 17:15 E rejeitaram os seus estatutos, e a sua aliança que fizera
                        com seus pais, como também as suas advertências,
                        com que protestara contra eles; e seguiram a vaidade,
                        e tornaram-se vãos; como também seguiram as nações,
                                   que estavam ao redor deles, das quais o SENHOR
                                               lhes tinha ordenado que não as imitassem.
            II Re 17:16 E deixaram todos os mandamentos do SENHOR
                        seu Deus, e fizeram imagens de fundição, dois bezerros;
                                   e fizeram um ídolo do bosque, e adoraram perante
                                               todo o exército do céu, e serviram a Baal.
            II Re 17:17 Também fizeram passar pelo fogo a seus filhos
                        e suas filhas, e deram-se a adivinhações, e criam em agouros;
                        e venderam-se para fazer o que era mau
                                   aos olhos do SENHOR, para o provocarem à ira.
            II Re 17:18 Portanto o SENHOR muito se indignou contra Israel,
                        e os tirou de diante da sua face; nada mais ficou, senão somente
                                   a tribo de Judá.
            II Re 17:19 Até Judá não guardou os mandamentos do SENHOR
                        seu Deus; antes andaram nos estatutos de Israel,
                                   que eles fizeram.
            II Re 17:20 Por isso o SENHOR rejeitou a toda a descendência
                        de Israel, e os oprimiu, e os deu nas mãos dos despojadores,
                                   até que os expulsou da sua presença.
            II Re 17:21 Porque rasgou a Israel da casa de Davi;
                        e eles fizeram rei a Jeroboão, filho de Nebate.
            E Jeroboão apartou a Israel de seguir ao SENHOR,
                        e os fez cometer um grande pecado.
            II Re 17:22 Assim andaram os filhos de Israel em todos os pecados
                        que Jeroboão tinha feito; nunca se apartaram deles;
            II Re 17:23 Até que o SENHOR tirou a Israel de diante da sua
                        presença, como falara pelo ministério de todos os seus servos,
                                   os profetas; assim foi Israel expulso da sua terra
                                               à Assíria até ao dia de hoje.
            II Re 17:24 E o rei da Assíria trouxe gente de Babilônia, de Cuta,
                        de Ava, de Hamate e Sefarvaim, e a fez habitar nas cidades
                                   de Samaria, em lugar dos filhos de Israel;
                        e eles tomaram a Samaria em herança,
                                   e habitaram nas suas cidades.
            II Re 17:25 E sucedeu que, no princípio da sua habitação ali,
                        não temeram ao SENHOR; e o SENHOR mandou entre
                                   eles, leões, que mataram a alguns deles.
            II Re 17:26 Por isso falaram ao rei da Assíria, dizendo:
                        A gente que transportaste e fizeste habitar nas cidades de
                                   Samaria, não sabe o costume do Deus da terra;
                                   assim mandou leões entre ela, e eis que a matam,
                                               porquanto não sabe o culto do Deus da terra.
            II Re 17:27 Então o rei da Assíria mandou dizer:
                        Levai ali um dos sacerdotes que transportastes de lá;
                                   e vá e habite lá, e ele lhes ensine
                                               o costume do Deus da terra.
            II Re 17:28 Veio, pois, um dos sacerdotes que transportaram
                        de Samaria, e habitou em Betel, e lhes ensinou como deviam
                                   temer ao SENHOR.
            II Re 17:29 Porém cada nação fez os seus deuses,
                        e os puseram nas casas dos altos que os samaritanos fizeram,
                                   cada nação nas cidades, em que habitava.
            II Re 17:30 E os de Babilônia fizeram Sucote-Benote;
                        e os de Cuta fizeram Nergal; e os de Hamate fizeram Asima.         
            II Re 17:31 E os aveus fizeram Nibaz e Tartaque;
                        e os sefarvitas queimavam seus filhos no fogo a Adrameleque,
                                   e a Anameleque, deuses de Sefarvaim.
            II Re 17:32 Também temiam ao SENHOR;
                        e dos mais baixos do povo fizeram sacerdotes dos lugares altos,
                                   os quais lhes faziam o ministério
                                               nas casas dos lugares altos.
            II Re 17:33 Assim temiam ao SENHOR, mas também serviam a
                        seus deuses, segundo o costume das nações dentre as quais
                                   tinham sido transportados.
            II Re 17:34 Até ao dia de hoje fazem segundo os primeiros costumes;
                        não temem ao SENHOR, nem fazem segundo os seus
                                   estatutos, segundo as suas ordenanças, segundo a lei e
                                   segundo o mandamento que o SENHOR
                                               ordenou aos filhos de Jacó,
                                                           a quem deu o nome de Israel.
            II Re 17:35 Contudo o SENHOR tinha feito uma aliança com eles,
                        e lhes ordenara, dizendo:
                                   Não temereis a outros deuses, nem vos inclinareis
                                   diante deles, nem os servireis, nem lhes sacrificareis.
            II Re 17:36 Mas o SENHOR, que vos fez subir da terra do Egito
                        com grande força e com braço estendido, a este temereis,
                                   e a ele vos inclinareis e a ele sacrificareis.
            II Re 17:37 E os estatutos, as ordenanças, a lei e o mandamento,
                        que vos escreveu, tereis cuidado de fazer todos os dias;
                                   e não temereis a outros deuses.
            II Re 17:38 E da aliança que fiz convosco não vos esquecereis;
                        e não temereis a outros deuses.
            II Re 17:39 Mas ao SENHOR vosso Deus temereis,
                        e ele vos livrará das mãos de todos os vossos inimigos.
            II Re 17:40 Porém eles não ouviram; antes fizeram segundo o seu
                        primeiro costume.
            II Re 17:41 Assim estas nações temiam ao SENHOR
                        e serviam as suas imagens de escultura; também seus filhos,
                                   e os filhos de seus filhos, como fizeram seus pais,
                                               assim fazem eles até ao dia de hoje.
Pode um reino dividido prosperar? Jesus nos ensinou que não! Assim, eles queriam agradar todo mundo, incluindo Deus e deuses, o Senhor e os senhores, a fim de tirar proveito de cada um naquilo que entendiam que fossem bons. Que raciocínio pífio!
É o sistema de crenças – este que o Reino do Norte vivia - que todo filho de Belial sonha: um deus segundo o seu coração maligno e perverso que esteja pronto a satisfazer todas as suas vontades, conforme o seu jeito no cronos e no kairos.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 398 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.