domingo, 6 de julho de 2014

II Re 21:1-26 - MANASSÉS TÃO MALIGNO QUE SACRIFICOU SEU FILHO NO FOGO

Aqui nos encontramos em nossa divisão para darmos continuidade às nossas reflexões:
Parte III – SOMENTE JUDÁ (715-586 A.C.) – 18:1 – 25:30
B. Manassés (686-642 a.C.) – 20:1 – 18.
Teria seu pai, Ezequias, modelo e exemplo de homem que confia em Deus falhado na educação de seu filho Manassés? É o que parece porque esse homem é totalmente oposto ao que foi o seu pai.
Ele reinou no lugar de seu pai, provavelmente tenha sido corregente com ele também, quando tinha a idade de doze anos. Era muito jovem e pode ter sido influenciado por alguém que tinha afinidades com o Reino do Norte ou sentia saudades das práticas nojentas deles.
Ele ficou no reinado de Judá longos 55 anos, o período maior que se tem notícias de todos os reis de Judá e de Israel. Tanto foi longo que registros assírios apontam ele como vassalo de Esar-Hardom (681-669 a.C.) e também de Assurbanipal (669-627 a.C.). A sua mãe se chamava Hefzibá.
Ele, como já dissemos, ao contrário de seu pai, que foi fiel, fez o que era mau aos olhos do Senhor, sendo o modelo negativo de comparação os gentios que eles expulsaram dali. Manassés acabou indo além deles em questões de maldades.
Além de restaurar tudo o que seu pai tinha destruído e restabelecer o que ele tinha condenado e abolido em Judá limpando a Casa do Senhor, ofereceu em sacrifícios a seu próprio filho queimando-o diante de seus deuses.
A Casa do Senhor que antes estava limpinha dos deuses e praticas pagãs, agora estava todo manchado e com postes-ídolos e objetos de cultos estranhos.
A palavra de Deus diz que assim fazia perante o Senhor para provocá-lo à ira – vs 6.
Pela sua graça e misericórdia, enviou Deus e falou por intermédio dos profetas, seus servos dizendo que como tinha feito Manassés trazendo desgraças para Judá, assim ele também estaria fazendo trazendo um fim para Jerusalém por causa de sua maldade.
Chegou Deus a falar de abandonar a sua herança entregando eles nas mãos dos seus inimigos e servindo de presa e despojo de todos eles por causa de tanta maldade. Maldade essa que ia se acumulando desde quando saíram do Egito até aqueles dias.
Além de todas essas coisas, ainda Manassés derramou muito sangue inocente até encher Jerusalém de um extremo ao outro, aumentando ainda mais a taça de suas abominações diante do Senhor.
Ao fim de seu reinado longo, o mais longo de todos, faleceu e seu filho Amom reinou em seu lugar.
B. Amom (642-640 a.C.) – 20:19 – 26.
Sai uma coisa ruim, entra outra coisa ruim. Assim foi com Amom que substitui seu pai Manassés.
Parecia que com Ezequias tudo iria se arranjar doravante e que Judá teria aprendido sua lição com o exílio de seus irmãos, até que veio Manassés e agora seu filho Amom.
Tinha Amom a idade de 22 anos quando começou a reinar, portanto já era um jovem adulto que sabia o que estava fazendo. Seu reinado ao contrário de seu pai, foi bem curto, de apenas dois anos.
Sua mãe era Mesulemete, filha de Haruz, de Jotbá, uma cidade próxima da região da baixa Galiléia.
Igualmente a seu pai fez o que era mau aos olhos do Senhor. Andou nos caminhos de Manassés, serviu os ídolos a que ele servira e os adorou. A sua escolha pelo seu pai o afastou do Senhor, pelo que o abandonou, nem quis saber de seus caminhos.
Houve uma conspiração contra ele por causa de suas escolhas, pois o povo queria que o seu governante fosse fiel à casa de Davi, como tinha sido Ezequias. Era o desejo de uma reforma completa e não apenas a destruição de Amom que fez o povo se manifestar e colocar no lugar a seu filho Josias.
Amom foi enterrado na sepultura de Uzá, como seu pai Manassés, e seu filho Josias começou a reinar em Judá.
II Re 21:1 Tinha Manassés doze anos de idade quando começou a reinar,
            e cinqüenta e cinco anos reinou em Jerusalém;
            e era o nome de sua mãe Hefzibá.
            II Re 21:2 E fez o que era mau aos olhos do SENHOR,
                        conforme as abominações dos gentios que o SENHOR
                        expulsara de suas possessões, de diante dos filhos de Israel.
            II Re 21:3 Porque tornou a edificar os altos que Ezequias, seu pai,
                        tinha destruído, e levantou altares a Baal,
                                   e fez um bosque como o que fizera Acabe,
                                               rei de Israel, e se inclinou diante de todo
                                                           o exército dos céus, e os serviu.
            II Re 21:4 E edificou altares na casa do SENHOR,
                        da qual o SENHOR tinha falado:
                                   Em Jerusalém porei o meu nome.
            II Re 21:5 Também edificou altares a todo o exército dos céus
                        em ambos os átrios da casa do SENHOR.
            II Re 21:6 E até fez passar a seu filho pelo fogo,
                        adivinhava pelas nuvens, era agoureiro e ordenou adivinhos
                                   e feiticeiros; e prosseguiu em fazer o que era mau aos
                                               olhos do SENHOR, para o provocar à ira.
            II Re 21:7 Também pôs uma imagem de escultura, do bosque que tinha
                        feito, na casa de que o SENHOR dissera a Davi
                                   e a Salomão, seu filho:
                        Nesta casa e em Jerusalém, que escolhi de todas as tribos
                                   de Israel, porei o meu nome para sempre;
            II Re 21:8 E não mais farei mover o pé de Israel desta terra
                        que tenho dado a seus pais; contanto que somente tenham
                                   cuidado de fazer conforme tudo o que lhes tenho
                                   ordenado, e conforme toda a lei que Moisés,
                                               meu servo, lhes ordenou.
            II Re 21:9 Porém não ouviram; porque Manassés de tal modo os fez
                        errar, que fizeram pior do que as nações, que o SENHOR
                                   tinha destruído de diante dos filhos de Israel.
II Re 21:10 Então o SENHOR falou pelo ministério de seus servos,
            os profetas, dizendo:
                        II Re 21:11 Porquanto Manassés, rei de Judá, fez estas
                        abominações, fazendo pior do que tudo quanto fizeram
                                   os amorreus, que foram antes dele, e até também a
                                               Judá fez pecar com os seus ídolos;
                        II Re 21:12 Por isso, assim diz o SENHOR Deus de Israel:
                                   Eis que hei de trazer um mal sobre Jerusalém e Judá,
                                               que qualquer que ouvir, lhe ficarão retinindo
                                                           ambos os ouvidos.
                        II Re 21:13 E estenderei sobre Jerusalém o cordel de Samaria
                                   e o prumo da casa de Acabe; e limparei a Jerusalém,
                                               como quem limpa o prato,
                                                           limpa-o e vira-o para baixo.
                        II Re 21:14 E desampararei os restantes da minha herança,
                                   entregá-los-ei na mão de seus inimigos; e servirão de
                                               presa e despojo para todos os seus inimigos;
                        II Re 21:15 Porquanto fizeram o que era mau aos meus olhos
                                   e me provocaram à ira, desde o dia em que seus pais
                                               saíram do Egito até hoje.
                        II Re 21:16 Além disso, também Manassés derramou
                                   muitíssimo sangue inocente, até que encheu a
                                   Jerusalém de um ao outro extremo, afora o seu pecado,
                                   com que fez Judá pecar, fazendo o que era mau aos
                                               olhos do SENHOR.
II Re 21:17 Quanto ao mais dos feitos de Manassés,
            e a tudo quanto fez, e ao seu pecado, que praticou,
                        porventura não está escrito no livro
                                   das crônicas dos reis de Judá?
            II Re 21:18 E Manassés dormiu com seus pais, e foi sepultado no
                        jardim da sua casa, no jardim de Uzá;
                                   e Amom, seu filho, reinou em seu lugar.
II Re 21:19 Tinha Amom vinte e dois anos de idade quando começou
            a reinar, e dois anos reinou em Jerusalém;
                        e era o nome de sua mãe Mesulemete, filha de Harus, de Jotbá.
            II Re 21:20 E fez o que era mau aos olhos do SENHOR,
                        como fizera Manassés, seu pai.
            II Re 21:21 Porque andou em todo o caminho em que andara seu pai;
                        e serviu os ídolos, a que seu pai tinha servido,
                                   e se inclinou diante deles.
            II Re 21:22 Assim deixou ao SENHOR Deus de seus pais,
                        e não andou no caminho do SENHOR.
            II Re 21:23 E os servos de Amom conspiraram contra ele,
                        e mataram o rei em sua casa.
            II Re 21:24 Porém o povo da terra feriu a todos os que conspiraram
                        contra o rei Amom; e o povo da terra pôs Josias,
                                   seu filho, rei em seu lugar.
            II Re 21:25 Quanto ao mais dos atos de Amom, que fez, porventura
                        não está escrito no livro das crônicas dos reis de Judá?
            II Re 21:26 E o sepultaram na sua sepultura, no jardim de Uzá;
                        e Josias, seu filho, reinou em seu lugar.
Entraremos a partir do próximo capítulo na história daquele rei de Judá que ficou conhecido como modelo de rei que realizou uma grande reforma necessária em Judá por causa dos reinos malignos de Manassés e de Amom que duraram 57 anos.
Depois do exílio de Israel, tivemos o rei modelo de confiança no Senhor, Ezequias; depois o modelo negativo de um rei como foi Mansassés e seu filho Amom e agora um modelo no que concerne a reforma necessária, urgente e inadiável na vida dos filhos de Israel.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 394 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.