terça-feira, 24 de junho de 2014

II Reis 9:1-37 - O TRISTE FIM DE JEZABEL SENDO DEVORADA POR CÃES

Em nosso mapa, nos encontramos, dentro de nossa divisão proposta, conforme a BEG, em:
Parte II: A MONARQUIA DIVIDIDA - I Reis 12:1 a II Reis17:41.
H. Em Israel (841-814 a.C.): Jeú de Israel – 9:1 – 10:36.
O fim do reinado de Acazias – 841 a.C. – em Judá coincide com o ano em que Jeú começou a reinar em Israel, de modo que o autor não volta o foco agora para o Reino do Norte.
Esta parte “H” será dividida também em cinco partes, das quais duas serão vistas neste capítulo e as outras três, no próximo.
a. Eliseu manda ungir Jeú (9:1-13)
Eliseu chamou um dos discípulos dos profetas e lhe deu uma missão de ir ungir a Jeú e de lá voltar correndo, imediatamente.
O discípulo saiu a executar a sua ordem seguindo todos os passos e tudo se sucedeu conforme orientara o profeta Eliseu. Chegando lá o encontrou no meio de seus irmãos e o retirando dali para um lugar a parte lhe falou todo recado profético e ainda lhe ungiu rei de Israel.
Os outros que estavam ali ao verem que ele tinha se retirado para um lugar secreto indagaram-no depois o que tinha falado e feito aquele “louco”.
Ele explicou para eles, sem omitir os detalhes e todos foram unânimes em apoiá-lo e confirmar a unção. Dali já saíram a obedecer a Jeú. Não é estranho que há pouco lhe chamaram de “louco” e agora estavam seguindo tudo o que falara o “louco”?
Dentro do reino de Deus – eu chamo de reino de Deus o mundo e tudo o que nele há, exceto a mentira, o engano, o pecado, as falcatruas e coisas contrarias às leis de Deus – nós, profetas (falamos as coisas de Deus ao povo) e sacerdotes (levamos as coisas do povo a Deus) do Senhor, também não somos taxados de “loucos”? No entanto, no fundo, no fundo, nos temem por causa da palavra de Deus que está conosco e em nós.
Sob a orientação de Eliseu, Jeú foi ungido rei de Israel e comissionado para executar o julgamento divino contra a casa de Acabe, cumprindo assim a profecia de Elias – I Re 21:21-24.
b. O golpe sangrento de Jeú (9:14-37)
Jeú, filo de Josafá, filho de Ninsi, em momento algum titubeou, antes tomou posse da palavra profética e da unção do “louco” e saiu a executar exatamente as instruções que recebera.
Ele agora era o rei, mas havia um rei constituído e então ele foi para exterminar o rei constituído para ser rei em seu lugar. Bem diferente o comportamento de Jeú para o de Davi com Saul.
Jorão estava em Jezreel se curando das feridas da guerra contra Hazael, da Síria e Acazias também ali se encontrava porque tinha ido visitar Jorão e lhe desejar boa sorte.
Havia um atalaia na torre de Jezreel e aviou a proximidade de alguém que vinha apressadamente com uma tropa.
Jorão, então, enviou um mensageiro de sua parte para saber do que se tratava, mas o mensageiro se junta à tropa. Jorão envia um segundo mensageiro com a mesma mensagem se era ou não de paz a sua vinda. Novamente o segundo mensageiro se junta à tropa.
O atalaia dá o aviso final de que tudo indicava ser Jeú que vinha furiosamente para aquele local. Jorão, resolve pessoalmente ir investigar e pede o aparelhamento de seu carro. Acazias também seguiu a Jorão em outro carro.
Jorão avista finalmente a Jeú e repete a pergunta enviada pelos seus mensageiros: há paz, Jeú? Jeú lhe responde asperamente: que paz, enquanto perduram enquanto as prostituições da tua mãe Jezabel e as suas feitiçarias são tantas?
Entendeu, finalmente ser aquilo um ato de traição e gritou: traição! E tentou fugir, pelo que Jeú o feriu com uma flecha que lhe atravessou o coração. Morreu na mesma hora. Seu corpo então foi atirado por Bidcar, capitão de Jeú, no campo da herdade de Nabote, o jezreelita.
Na mesma hora lembrou-se Jeú e Bidcar da palavra profética que ouviram da parte do Senhor, muito tempo atrás: “Por certo vi ontem, à tarde, o sangue de Nabote e o sangue de seus filhos, diz o SENHOR; e neste mesmo campo te retribuirei, diz o SENHOR”.
Então, o tomaram e o lançaram nesse campo, conforme a palavra do SENHOR.
Ainda em seu zelo e furor, excedendo o que era para fazer, arremete contra Acazias e também o fere, vindo ele a morrer enquanto fugia. Jeú não estava explicitamente autorizado a passar à espada os descendentes de Davi aparentados com a casa de Acabe por parte de Atalia, filha de Acabe – vs 8-10. Jeú demonstrou zelo excessivo na execução de sua comissão. Oseias o criticou “pelo sangue de Jezreel” – Os 1:4.
Estando mortos os dois reis o de Judá e o de Israel, Jeú chega a Jezreel e uma mulher maligna o espera, não sem antes se produzir toda esperando nem sei o que com Jeú.
Jeú não parece ter dado a mínima para ela e pergunta para os servos dela que estavam na janela quem era por ele. Dois olharam para baixo dando a entender que eram por ele e ele dá as ordens para que a lancem de alto a baixo e assim o fizeram.
Ela se espatifa no chão, espicha seu sangue na parede e nos cavalos e ainda é atropelada por Jeú que vai jantar.
Em meio ao jantar se lembra dela e a chama de maldita e ordena que a sepultem, pois afinal era ela filha do rei, mas já não existia mais Jezabel, pois os cães, nesse interim, a tinham devorada todinha deixando apenas os ossos dos pés, a caveira e as palmas das mãos.
Triste fim para alguém que causou tanta tristeza e desgraça no reino de Israel. Ele, Jeú, entendeu que aquilo era cumprimento da palavra profética contra ela que dizia que no campo de Jezreel, os cães comeriam a carne de Jezabel e que o cadáver dela seria como esterco sobre o campo da herdade de Jezreel, de maneira que já não mais diriam: esta é Jezabel.
II Re 9:1 Então o profeta Eliseu chamou um dos filhos dos profetas, e lhe disse:
            Cinge os teus lombos; e toma este vaso de azeite na tua mão,
                        e vai a Ramote de Gileade;
            II Re 9:2 E, chegando lá, vê onde está Jeú, filho de Jeosafá,
                        filho de Ninsi; entra, e faze que ele se levante
                                   do meio de seus irmãos, e leva-o à câmara interior.
            II Re 9:3 E toma o vaso de azeite, e derrama-o sobre a sua cabeça,
                        e dize: Assim diz o SENHOR:
                                   Ungi-te rei sobre Israel. Então abre a porta, foge,
                                               e não te detenhas.
            II Re 9:4 Foi, pois, o moço, o jovem profeta, a Ramote de Gileade.
            II Re 9:5 E, entrando ele, eis que os capitães do exército estavam
                        assentados ali; e disse:
                                   Capitão, tenho uma palavra que te dizer.
            E disse Jeú:
                        A qual de todos nós?
            E disse:
                        A ti, capitão!
            II Re 9:6 Então se levantou, entrou na casa, e derramou o azeite sobre
                        a sua cabeça, e disse:
                                   Assim diz o SENHOR Deus de Israel:
                                   Ungi-te rei sobre o povo do SENHOR, sobre Israel.
                        II Re 9:7 E ferirás a casa de Acabe, teu senhor, para que eu
                                   vingue o sangue de meus servos, os profetas, e o sangue
                                   de todos os servos do SENHOR, da mão de Jezabel.
                        II Re 9:8 E toda a casa de Acabe perecerá; destruirei de
                                   Acabe todo o homem, tanto o encerrado como o
                                               absolvido em Israel.
                        II Re 9:9 Porque à casa de Acabe hei de fazer como
                                   à casa de Jeroboão, filho de Nebate, e como à casa de
                                               Baasa, filho de Aías.
                        II Re 9:10 E os cães comerão a Jezabel no pedaço de campo
                                   de Jizreel; não haverá quem a enterre.
                                               Então abriu a porta e fugiu.
II Re 9:11 E, saindo Jeú aos servos de seu senhor, disseram-lhe:
            Vai tudo bem? Por que veio a ti este louco?
E ele lhes disse:
            Bem conheceis o homem e o seu falar.
II Re 9:12 Mas eles disseram:
            É mentira; agora faze-nos saber.
E disse:
            Assim e assim me falou, a saber:
                        Assim diz o SENHOR:
                                   Ungi-te rei sobre Israel.
            II Re 9:13 Então se apressaram, tomando cada um a sua roupa
                        puseram debaixo dele, no mais alto degrau;
                                   e tocaram a buzina e disseram:
                                               Jeú reina!
            II Re 9:14 Assim Jeú, filho de Jeosafá, filho de Ninsi,
                        conspirou contra Jorão. Tinha, porém, Jorão cercado a Ramote
                                   de Gileade, ele e todo o Israel, por causa de Hazael,
                                               rei da Síria.
            II Re 9:15 Porém o rei Jorão voltou para se curar em Jizreel das feridas
                        que os sírios lhe fizeram, quando pelejou contra Hazael,
                                   rei da Síria.
            E disse Jeú:
                        Se é da vossa vontade, ninguém saia da cidade, nem escape,
                                   para ir denunciar isto em Jizreel.
            II Re 9:16 Então Jeú subiu a um carro, e foi a Jizreel,
                        porque Jorão estava deitado ali;
                        e também Acazias, rei de Judá, descera para ver a Jorão.
            II Re 9:17 E o atalaia estava na torre de Jizreel, e viu a tropa de Jeú,
                        que vinha, e disse:
                                   Vejo uma tropa.
            Então disse Jorão:
                        Toma um cavaleiro, e envia-lho ao encontro; e diga:
                                   Há paz?
            II Re 9:18 E o cavaleiro lhe foi ao encontro, e disse:
                        Assim diz o rei:
                                   Há paz?
                        E disse Jeú:
                                   Que tens tu que fazer com a paz?
                                               Passa-te para trás de mim.
                        E o atalaia o fez saber, dizendo:
                                   Chegou a eles o mensageiro, porém não volta.
            II Re 9:19 Então enviou outro cavaleiro; e, chegando este a eles, disse:
                        Assim diz o rei:
                                   Há paz?
                        E disse Jeú:
                                   Que tens tu que fazer com a paz?
                                               Passa-te para trás de mim.
                        II Re 9:20 E o atalaia o fez saber, dizendo:
                                   Também este chegou a eles, porém não volta;
                                    e o andar parece como o andar de Jeú, filho de Ninsi,
                                               porque anda furiosamente.
            II Re 9:21 Então disse Jorão:
                        Aparelha o carro. E aparelharam o seu carro.
            E saiu Jorão, rei de Israel, e Acazias, rei de Judá,
                        cada um em seu carro, e saíram ao encontro de Jeú,
                                   e o acharam no pedaço de campo de Nabote,
                                               o jizreelita.
            II Re 9:22 E sucedeu que, vendo Jorão a Jeú, disse:
                        Há paz, Jeú?
            E disse ele:
                        Que paz, enquanto as prostituições da tua mãe Jezabel
                                   e as suas feitiçarias são tantas?
            II Re 9:23 Então Jorão voltou as mãos e fugiu; e disse a Acazias:
                        Traição há, Acazias.
            II Re 9:24 Mas Jeú entesou o seu arco com toda a força,
                        e feriu a Jorão entre os braços, e a flecha lhe saiu pelo coração;
                                   e ele caiu no seu carro.
            II Re 9:25 Então Jeú disse a Bidcar, seu capitão:
                        Toma-o, lança-o no pedaço do campo de Nabote, o jizreelita;
                                   porque, lembra-te de que, indo eu e tu juntos a cavalo
                                               após seu pai, Acabe, o SENHOR pôs
                                                           sobre ele esta sentença, dizendo:
                        II Re 9:26 Por certo vi ontem, à tarde, o sangue de Nabote
                                   e o sangue de seus filhos, diz o SENHOR;
                                   e neste mesmo campo te retribuirei, diz o SENHOR.
                        Agora, pois, toma-o e lança-o neste campo, conforme a palavra
                                   do SENHOR.
            II Re 9:27 O que vendo Acazias, rei de Judá, fugiu pelo caminho da
                        casa do jardim; porém Jeú o perseguiu dizendo:
                                   Feri também a este; e o feriram no carro à subida de
                                               Gur, que está junto a Ibleão.
                                                           E fugiu a Megido, e morreu ali.
            II Re 9:28 E seus servos o levaram num carro a Jerusalém,
                        e o sepultaram na sua sepultura junto a seus pais,
                                   na cidade de Davi
II Re 9:29 (E no ano undécimo de Jorão, filho de Acabe, começou
            Acazias a reinar sobre Judá).
            II Re 9:30 Depois Jeú veio a Jizreel, o que ouvindo Jezabel,
                        pintou-se em volta dos olhos, enfeitou a sua cabeça,
                                   e olhou pela janela.
            II Re 9:31 E, entrando Jeú pelas portas, disse ela:
                        Teve paz Zinri, que matou a seu senhor?
            II Re 9:32 E levantou ele o rosto para a janela e disse:
                        Quem é comigo? quem?
                        E dois ou três eunucos olharam para ele.
            II Re 9:33 Então disse ele:
                        Lançai-a daí abaixo.
                        E lançaram-na abaixo; e foram salpicados com o seu sangue
                                   a parede e os cavalos, e Jeú a atropelou.
                        II Re 9:34 Entrando ele e havendo comido e bebido, disse:
                                   Olhai por aquela maldita, e sepultai-a,
                                               porque é filha de rei.
                        II Re 9:35 E foram para a sepultar; porém não acharam dela
                                   senão somente a caveira, os pés e as palmas das mãos.
                        II Re 9:36 Então voltaram, e lho fizeram saber; e ele disse:
                                   Esta é a palavra do SENHOR, a qual falou pelo
                                   ministério de Elias, o tisbita, seu servo, dizendo:
                        No pedaço do campo de Jizreel os cães comerão
                                   a carne de Jezabel.
                        II Re 9:37 E o cadáver de Jezabel será como esterco
                                   sobre o campo, na herdade de Jizreel;
                                               de modo que não se possa dizer:
                                                           Esta é Jezabel.
Jeú estava sendo levantado para ser um instrumento de Deus na vingança de Acabe e Jezabel que tantas desgraças trouxeram para Israel e Judá.
Triste é o fim de todos os que insistem em continuar rejeitando a Deus e a sua palavra para ir atrás de outros deuses que não são deuses e que apenas aprisionam o homem na escravidão de uma vida sem sentido.
Jezabel virou o símbolo da apostasia, da indiferença, da prostituição cultual envolvendo adoração estranha. Ela, certamente estará junta com os demais joios e com a morte, o inferno, o diabo e todos os seus seguidores que serão lançados no lago de fogo e enxofre pela eternidade.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 406 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.