sexta-feira, 18 de abril de 2014

I Samuel 19:1-24 - fuga e perseguições injustas a Davi

Estamos na Parte III: - Saul e Davi: a ascensão de Davi e a queda de Saul – 16:1 a II Sm 1:27, que foi dividida em três grandes seções: A. O sucesso e as dificuldades de Davi a serviço de Saul – 16:1 – 18:30. B. A ajuda que Davi recebe quando foge de Saul – 19:1 – 22:5. C. A inocência de Davi e a culpa de Saul – 22:6 a II Sm 1-27.
B. A ajuda que Davi recebe quando foge de Saul – 19:1 – 22:5.
Agora começa uma nova fase na vida de Davi pela qual ele se sairá muito bem e em tudo triunfará, mas sofrerá grandes perseguições e rejeição, mas o Senhor estará com ele sempre.
Dividiremos esta subparte “B” em sete seções, conforme proposta da BEG: 1. A fuga inicial de Davi – vs 1-10. 2. Davi é ajudado por Mical – vs 11 - 17. 3. Davi é ajudado por Samuel – vs. 18 – 24. 4. Davi é ajudado por Jônatas – 20:1-42. 5. Davi é ajudado por Aimeleque – 21:1-9. 6. Davi é ajudado por Aquis – 21:10-15. 7. Davi é ajudado pelo rei de Moabe e por Gade – 22:1-5.
1. A fuga inicial de Davi – vs 1-10.
Saul expõe aos seus as suas preocupações e medos e planeja matar Davi. Jônatas, a princípio, avisa a Davi e planeja com ele uma estratégia.
Jônatas intercede por Davi e procura lembrar seu pai que os feitos heroicos de Davi cumpriam um papel fundamental e importante para ele no reino porque tudo o que fazia e conquistava enaltecia a glória do rei Saul.
Saul ao ser lembrado disso, aquietou-se mais uma vez e aceitou Davi normalmente em sua casa, sem querer matá-lo. Jônatas convence a Davi a voltar e tudo parecia normal novamente.
Até que houve uma nova guerra e Davi fora enviado a ela contra os filisteus e novamente sai triunfante e vitorioso.
A inveja o atormenta e o espírito maligno se apossava novamente de Saul. Quando isso ocorria, ele ficava determinado em querer matar a Davi e foi num desses momentos que ele estava próximo e atacou-o com sua lança novamente a fim de crivá-lo na parede, mas Davi se esquivou e fugiu.
2. Davi é ajudado por Mical – vs 11 - 17.
Davi voltou para sua casa junto com sua esposa Mical e esta percebeu um mover diferente na casa e soube dos planos de seu pai de querer matá-lo na madrugada. Ela então avisa Davi e o ajuda a fugir pela janela na noite.
No seu lugar na cama colocou um ídolo do lar e uma manta de pele de animal sobre o que parecia ser a sua cabeça. E avisou a seu pai que seu esposo estava doente, de cama e não poderia sair dali para atender ao rei.
Saul mandou que o levassem com cama e tudo, pois queria de todas as formas matar Davi.
Então souberam que Mical os tinha enganado e fizeram saber a Saul que muito se indignou, mas foi convencido por ela por causa de sua desculpa de que fora forçada a deixá-lo fugir, senão morreria.
A perseguição feroz e cruel é compreensiva por parte de Saul que estava atormentado pelo espírito maligno. O que na verdade estava ocorrendo era o cumprimento da profecia de Gn 3:15.
A semente messiânica estava em Davi que logo mais à frente, gerará com Bate-Seba a Salomão, herdeiro de Davi e o novo portador da semente messiânica preservada de gênesis até aqui.
A intenção dessa caçada era de fato a morte de Davi, mas Deus o ajudava em tudo e ele somente vai sendo vitorioso, mas com perseguições.
Lembrei-me do  Senhor ao advertir seus discípulos das perseguições que haveriam de sofre: Marcos 10:29 E Jesus, respondendo, disse: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho, Marcos 10:30 Que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna.
As perseguições podem vir então, mas a vitória é certa desde a véspera do jogo de nossas vidas! Aleluias!
3. Davi é ajudado por Samuel – vs. 18 –
Davi, ajudado por Mical, foge novamente, mas agora se dirige para Ramá, para se encontrar com Samuel.
Saul indignadíssimo começa uma perseguição feroz contra Davi e envia mensageiros a ele em Ramá, mas seus mensageiros ao entrarem na cidade e se aproximarem de onde ele estava começam a profetizar por causa do Espírito Santo que vinha sobre eles.
Saul estava mesmo determinado e por isso envia novas tropas e o mesmo que aconteceu com a primeira tropa, acontece com a segunda e com a terceira e, teimoso mais do que uma mula e de coração endurecido pelo inferno, vai ele mesmo caçar Davi.
Por pura graça divina o mesmo Espírito Santo desceu sobre ele. No caminho, já ia profetizando e despiu de sua capa de rei e ainda tirou toda sua roupa e passou a noite toda profetizando diante de Saul. Sem suas roupas estava ele deitado e se rolando em terra profetizando.
O próprio povo começou a falar: - está Saul entre os profetas?
Isso deu a oportunidade certa para Davi fugir dali. Infelizmente Saul ainda fará, mais para frente, uma desgraça tão grande em Ramá! Saul de fato era outro e não mais aquele que era quando o Espírito Santo estava sobre ele.
I Sm 19:1 E falou Saul a Jônatas, seu filho, e a todos os seus servos,
            para que matassem a Davi. Porém Jônatas, filho de Saul,
                        estava mui afeiçoado a Davi.
            I Sm 19:2 E Jônatas o anunciou a Davi, dizendo:
                        Meu pai, Saul, procura matar-te, pelo que agora
                                   guarda-te pela manhã, e fica-te em oculto, e esconde-te.
            I Sm 19:3 E sairei eu, e estarei à mão de meu pai no campo
                        em que estiverdes, e eu falarei de ti a meu pai,
                                   e verei o que há, e to anunciarei.
            I Sm 19:4 Então Jônatas falou bem de Davi a Saul, seu pai,
                        e disse-lhe: Não peque o rei contra seu servo Davi,
                                   porque ele não pecou contra ti, e porque os seus feitos
                                               te são muito bons.
                                   I Sm 19:5 Porque expôs a sua vida, e feriu aos
                                               filisteus, e fez o SENHOR um grande
                                               livramento a todo o Israel; tu mesmo o viste,
                                               e te alegraste; porque, pois, pecarias contra o
                                   sangue inocente, matando a Davi, sem causa?
            I Sm 19:6 E Saul deu ouvidos à voz de Jônatas, e jurou Saul:
                        Vive o SENHOR, que não morrerá.
            I Sm 19:7 E Jônatas chamou a Davi, e contou-lhe todas estas
                        palavras; e Jônatas levou Davi a Saul,
                                   e esteve perante ele como antes.
I Sm 19:8 E tornou a haver guerra; e saiu Davi,
            e pelejou contra os filisteus, e feriu-os com grande matança,
                        e fugiram diante dele.
            I Sm 19:9 Porém o espírito mau da parte do SENHOR se tornou
                        sobre Saul, estando ele assentado em sua casa, e tendo na mão
                                    a sua lança; e tocava Davi com a mão, a harpa.
            I Sm 19:10 E procurou Saul encravar a Davi na parede,
                        porém ele se desviou de diante de Saul,
                                   o qual feriu com a lança a parede; então fugiu Davi,
                                               e escapou naquela mesma noite.
            I Sm 19:11 Porém Saul mandou mensageiros à casa de Davi,
                        que o guardassem, e o matassem pela manhã;
                                   do que Mical, sua mulher, avisou a Davi, dizendo:
                        Se não salvares a tua vida esta noite, amanhã te matarão.
            I Sm 19:12 Então Mical desceu a Davi por uma janela;
                        e ele se foi, e fugiu, e escapou. I Sm 19:13 E Mical tomou
                                   uma estátua e a deitou na cama, e pôs-lhe à cabeceira
                                   uma pele de cabra, e a cobriu com uma coberta.
I Sm 19:14 E, mandando Saul mensageiros que trouxessem a Davi, ela disse:
            Está doente. I Sm 19:15 Então Saul tornou a mandar mensageiros
                        que fossem a Davi, dizendo:
                                   Trazei-mo na cama, para que o mate.
            I Sm 19:16 Vindo, pois, os mensageiros, eis que a estátua estava na
                        cama, e a pele de cabra à sua cabeceira.
            I Sm 19:17 Então disse Saul a Mical:
                        Por que assim me enganaste, e deixaste ir e escapar o meu
                                   inimigo?
            E disse Mical a Saul: Porque ele me disse:
                        Deixa-me ir, por que hei de eu matar-te?
I Sm 19:18 Assim Davi fugiu e escapou, e foi a Samuel, em Ramá,
            e lhe participou tudo quanto Saul lhe fizera; e foram, ele e Samuel,
                        e ficaram em Naiote.
            I Sm 19:19 E o anunciaram a Saul, dizendo:
                        Eis que Davi está em Naiote, em Ramá.
            I Sm 19:20 Então enviou Saul mensageiros para trazerem a Davi,
                        os quais viram uma congregação de profetas profetizando,
                                   onde estava Samuel que presidia sobre eles;
                        e o Espírito de Deus veio sobre os mensageiros de Saul,
                                   e também eles profetizaram.
            I Sm 19:21 E, avisado disto Saul, enviou outros mensageiros,
                        e também estes profetizaram;
            então enviou Saul ainda uns terceiros mensageiros,
                        os quais também profetizaram.
            I Sm 19:22 Então foi também ele mesmo a Ramá,
                        e chegou ao poço grande que estava em Secu;
                                   e, perguntando, disse:
            Onde estão Samuel e Davi? E disseram-lhe:
                        Eis que estão em Naiote, em Ramá.
            I Sm 19:23 Então foi para Naiote, em Ramá;
                        e o mesmo Espírito de Deus veio sobre ele,
                                   e ia profetizando, até chegar a Naiote, em Ramá.
            I Sm 19:24 E ele também despiu as suas vestes,
                        e profetizou diante de Samuel,
                        e esteve nu por terra todo aquele dia e toda aquela noite;
                                   por isso se diz:
                                               Está também Saul entre os profetas?
Saul estava tão endurecido e atormentado que estava já cego e transformado. Isso nos lembra de mais uma advertência do Senhor:
Lucas 11:24 Quando o espírito imundo tem saído do homem, anda por lugares secos, buscando repouso; e, não o achando, diz: Tornarei para minha casa, de onde saí.
Lucas 11:25 E, chegando, acha-a varrida e adornada.
Lucas 11:26 Então vai, e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entrando, habitam ali; e o último estado desse homem é pior do que o primeiro.
Ainda assim, O Senhor deixou ele profetizar a noite toda, mas para descer sobre ele, teve Saul de despir suas vestes, sua capa de rei, por que para o Senhor ele era um vaso rejeitado para sua obra. Veremos nos próximos capítulos a continuidade dessa insanidade de Saul que a cada dia vai mais e mais se afundando, enquanto que Davi, mesmo sendo perseguido, vai sendo vencedor em tudo o que põe suas mãos para fazer.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 55 dias para a Copa, sem álcool nos estádios.... também faltam 473 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.