segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Josué 8:1-35 – A QUEDA DE AI.

Estamos no capítulo 8 e até ao capítulo 12, estaremos na primeira parte de nossa divisão em três grandes partes, ou seja A CONQUISTA DA TERRA – 1:1 a 12:24 e, dentro dela, em nossa segunda subparte de nossa divisão em seis subpartes.
Esta segunda subparte é chamada de “o contraste entre as batalhas iniciais”, ou seja, os exemplos de maneiras apropriadas e impróprias de conduzir uma batalha, vai de 2:1 até 8:29 – concluiremos neste capítulo. Em seguida, também iniciaremos e já concluiremos a terceira subparte chamada de “A renovação da aliança” – vs. 30-35.
De forma resumida, estamos vendo a descrição das batalhas iniciais ressaltando os seus contrastes. Primeiro Israel lutou em Jericó 2:1 – 6:27 (já vista) e, depois, em Ai – 7:1 – 8:29 (terminaremos neste capítulo). A primeira batalha foi apresentada como exemplo de combate ideal. A segunda, como veremos, será mostrada como uma sucessão de erros e de pecados.
O exemplo negativo da batalha em Ai – 7:1 – 8:29
Dividiremos essa seção em duas partes: a. Os erros de Israel – 7:1-26 (já visto) e b. A queda de Ai – 8:1-29 (veremos agora).
A queda de Ai  – 8:1-29
Da primeira vez, por causa da prevaricação de Acã que contaminou todo o Israel, eles não puderam derrotar Ai. Os espias disseram que bastavam uns 2000 para dar fim neles e Josué enviou 3000 e ao fim foram humilhados.
Resolvida a questão do pecado, o Senhor garante a Josué a vitória sobre Ai e pede-lhe que vá contra eles que agora ele irá com eles e triunfarão.
Primeiro, o Senhor lhe disse para não temer e não se espantar, isto é, cuidou de seu coração e mente que estavam preocupados e cheios de dúvidas. Em segundo lugar, pediu que ele enviasse todos os homens de guerra e ele obedeceu e agora não mandou nem 2000, nem 3000, mas 30000 homens de guerra obedecendo ao Senhor. Terceiro, mandou que investissem contra Ai e venceriam. Quarto, autorizou eles a tomarem dos despojos para si.
Josué então se prepara e traça uma estratégia de guerra contra eles ao lhes preparar uma armadilha para os apanhar na sua arrogância, pois pensaram que seria como da primeira vez que colocaram os israelitas para correrem deles.
Começaram a perseguir um flanco de José e deixaram para trás toda a cidade desguarnecida de proteção. Nenhum homem ficou para guardar ou de sentinela sobre a cidade, mas todos saíram em perseguição a Josué que se parecia aos olhos deles como fugitivos e feridos de guerra.
O Senhor dos Exércitos estava na batalha com eles e os ajudou. Embora Josué comandasse o seu exército, foi do Senhor que houve o comando para a hora exata de Josué estender a sua lança para Ai.
E ao obedecer, Ai fora destruída conforme tinham combinado e colocaram fogo na cidade e os perseguidores ao olharem para trás se surpreenderam e viram que tinham caído em uma armadilha e tentaram fugir, mas de todos os lados o inimigo vinha contra eles, inclusive Josué se voltou também contra eles e todos foram destruídos e mortos. Deus usou Israel para executar o seu juízo contra todos aqueles povos e foram todos mortos.
No vs. 18, o Senhor manda Josué, à semelhança de Moisés (quando ele levantou seu bordão e  estendeu sobre o mar para os israelitas passarem; e, quando Moisés levantou novamente seu bordão no momento em que Israel lutava contra os amalequitas - Ex 14:16; 17:8-13), levantar a sua lança e no verso 26, ainda está escrito que Josué mantinha sua lança levantada contra Ai. Enquanto ela ficou levantada, Israel prevaleceu totalmente e conseguiram eliminar 12000, entre homens e mulheres.
O juízo veio sem misericórdia àquele povo pelas mãos dos israelitas, como poderia ter vindo por um furacão, ou terremoto ou qualquer outro povo ou evento. A vida pertence a Deus que nos dá e tira sem contudo ser injusto ou praticar maldade.
A renovação da aliança – 8:30-35
Ai fora definitivamente derrotada, depois de Israel ter sido humilhado primeiramente ao permitir o pecado entrar por meio de Acã. Eles estavam felizes pelo bom êxito e porque houvera o Senhor maravilhosamente com eles ajudando-os a vencerem a batalha.
Josué e o povo feliz, constroem um altar ao Senhor, no monte Ebal, conforme Moisés tinha orientado e conforme o que estava escrito e ali ofereceram holocaustos e ofertas pacíficas.
O monte Ebal ficava a poucos quilômetros ao norte de Siquém e ali haverá – no capítulo 24 veremos – uma assembleia importante. Foi também aqui que Abraão recebeu a promessa – “darei à tua descendência esta terra” (Gn 12:7) – e ali, ele tinha construído um altar. Com a construção do altar de Josué ali, também naquele lugar, a promessa estava sendo cumprida.
Ele também escreveu em pedras – talvez as pedras toscas do próprio altar - uma cópia da lei de Moisés. Depois disso todos se posicionaram de um e de outro lado da arca. Metade deles se posicionaram diante do monte Ebal e metade diante do monte Gerazim.
Em seguida, leu todas as palavras da lei, a bênção e a maldição e a ênfase do texto bíblico é que não houve nenhuma palavra que fora omitida, isto é, a leitura foi atenta, zelosa e cuidadosa e o silêncio deveria ser enorme ali diante de todo o povo.
Js 8:1 Então disse o SENHOR a Josué:
                Não temas, e não te espantes;
                toma contigo toda a gente de guerra,
                e levanta-te, sobe a Ai;
                               olha que te tenho dado na tua mão o rei de Ai e o seu povo,
                                               e a sua cidade, e a sua terra.
                Js 8:2 Farás, pois, a Ai e a seu rei, como fizeste a Jericó, e a seu rei;
                               salvo que, para vós, tomareis os seus despojos, e o seu gado;
                                               põe emboscadas à cidade, por detrás dela.
Js 8:3 Então Josué levantou-se, e toda a gente de guerra, para subir contra Ai;
                e escolheu Josué trinta mil homens valorosos, e enviou-os de noite.
                Js 8:4 E deu-lhes ordem, dizendo:
                               Olhai! Ponde-vos de emboscadas contra a cidade,
                                               por detrás dela; não vos alongueis muito da cidade;
                                                               e estai todos vós atentos.
                Js 8:5 Porém eu e todo o povo que está comigo
                               nos aproximaremos da cidade; e será que, quando nos saírem
                                               ao encontro, como antes, fugiremos diante deles.
                Js 8:6 Deixai-os, pois, sair atrás de nós, até que os tiremos da cidade;
                               porque dirão: Fogem diante de nós como antes.
                                               Assim fugiremos diante deles.
                Js 8:7 Então saireis vós da emboscada, e tomareis a cidade;
                               porque o SENHOR vosso Deus vo-la dará nas vossas mãos.   Js 8:8 E será que tomando vós a cidade, por-lhe-eis fogo;
                               conforme a palavra do SENHOR fareis;
                                               olhai que vo-lo tenho mandado.
Js 8:9 Assim Josué os enviou, e eles se foram à emboscada;
                e ficaram entre Betel e Ai, ao ocidente de Ai;
                               porém Josué passou aquela noite no meio do povo.
                Js 8:10 E levantou-se Josué de madrugada, e contou o povo;
                               e subiram ele e os anciãos de Israel adiante do povo
                                               contra Ai. Js 8:11 E subiram também todos
                                               os homens de guerra, que estavam com ele;
                               e aproximaram-se, e chegaram defronte da cidade;
                                               e alojaram-se do lado norte de Ai,
                                                               e havia um vale entre eles e Ai.
                Js 8:12 Tomou também uns cinco mil homens, e pô-los de emboscada
                               entre Betel e Ai, ao ocidente da cidade.
                Js 8:13 E puseram o povo, todo o arraial que estava
                               ao norte da cidade, e a emboscada ao ocidente da cidade;
                                               e foi Josué aquela noite até ao meio do vale.
                Js 8:14 E sucedeu que, vendo-o o rei de Ai,
                               ele e todo o seu povo se apressaram, e se levantaram
                                               de madrugada, e os homens da cidade
                                                               saíram ao encontro de Israel ao combate,
                                               ao tempo determinado, defronte das campinas;
                                               porém ele não sabia que se achava uma emboscada
                                                               contra ele atrás da cidade.
                Js 8:15 Josué, pois, e todo o Israel se houveram como feridos
                               diante deles, e fugiram pelo caminho do deserto.
                Js 8:16 Por isso todo o povo, que estava na cidade,
                               foi convocado para os seguir; e seguiram a Josué
                                               e foram afastados da cidade.
                Js 8:17 E nem um só homem ficou em Ai, nem em Betel,
                               que não saísse após Israel; e deixaram a cidade aberta,
                                               e seguiram a Israel.
Js 8:18 Então o SENHOR disse a Josué:
                Estende a lança que tens na tua mão, para Ai,
                               porque a darei na tua mão.
                E Josué estendeu a lança, que estava na sua mão, para a cidade.
                Js 8:19 Então a emboscada se levantou apressadamente do seu lugar,
                               e, estendendo ele a sua mão, correram e entraram na cidade,
                               e a tomaram; e apressando-se, puseram fogo na cidade.
                Js 8:20 E virando-se os homens de Ai para trás, olharam,
                               e eis que a fumaça da cidade subia ao céu,
                               e não puderam fugir nem para uma parte nem para outra,
                                               porque o povo, que fugia para o deserto,
                                                               se tornou contra os que os seguiam.
                Js 8:21 E vendo Josué e todo o Israel que a emboscada
                               tomara a cidade, e que a fumaça da cidade subia, voltaram,
                                               e feriram os homens de Ai.
                Js 8:22 Também aqueles da cidade lhes saíram ao encontro,
                               e assim ficaram no meio dos israelitas, uns de uma,
                               e outros de outra parte; e feriram-nos, até que nenhum deles
                                               sobreviveu nem escapou.
                Js 8:23 Porém ao rei de Ai tomaram vivo, e o trouxeram a Josué.
                Js 8:24 E sucedeu que, acabando os israelitas de matar todos os
                               moradores de Ai no campo, no deserto,
                                               onde os tinham seguido, e havendo todos caído
                                                               ao fio da espada, até serem consumidos,
                               todo o Israel se tornou a Ai e a feriu ao fio de espada.
                Js 8:25 E todos os que caíram aquele dia, assim homens
                               como mulheres, foram doze mil, todos moradores de Ai.
                Js 8:26 Porque Josué não retirou a sua mão,
                               que estendera com a lança, até destruir totalmente a todos
                                               os moradores de Ai.
                Js 8:27 Tão-somente os israelitas tomaram para si o gado
                               e os despojos da cidade, conforme à palavra do SENHOR,
                                               que tinha ordenado a Josué.
                Js 8:28 Queimou, pois, Josué a Ai e a tornou num montão perpétuo,
                               em ruínas, até ao dia de hoje.
                Js 8:29 E ao rei de Ai enforcou num madeiro, até à tarde;
                               e ao pôr do sol ordenou Josué que o seu corpo fosse tirado
                                               do madeiro; e o lançaram à porta da cidade,
                                               e levantaram sobre ele um grande montão de pedras,
                                                               até o dia de hoje.
Js 8:30 Então Josué edificou um altar ao SENHOR Deus de Israel,
                no monte Ebal. Js 8:31
                Como Moisés, servo do SENHOR, ordenara aos filhos de Israel,
                               conforme ao que está escrito no livro da lei de Moisés,
                                               a saber: um altar de pedras inteiras,
                                               sobre o qual não se moverá instrumento de ferro;
                                               e ofereceram sobre ele holocaustos ao SENHOR,
                                               e sacrificaram ofertas pacíficas.
                Js 8:32 Também escreveu ali, em pedras, uma cópia da lei de Moisés,
                               que este havia escrito diante dos filhos de Israel.
                Js 8:33 E todo o Israel, com os seus anciãos, e os seus príncipes,
                               e os seus juízes, estavam de um e de outro lado da arca,
                                               perante os sacerdotes levitas, que levavam a arca da
                                                               aliança do SENHOR, assim estrangeiros
                                               como naturais;
                               metade deles em frente do monte Gerizim,
                               e a outra metade em frente do monte Ebal,
                                               como Moisés, servo do SENHOR, ordenara,
                               para abençoar primeiramente o povo de Israel.
                Js 8:34 E depois leu em alta voz todas as palavras da lei,
                               a bênção e a maldição, conforme a tudo o que está escrito no
                                               livro da lei.
                Js 8:35 Palavra nenhuma houve, de tudo o que Moisés ordenara,
                               que Josué não lesse perante toda a congregação de Israel,
                                               e as mulheres, e os meninos, e os estrangeiros,
                                                               que andavam no meio deles.
Josué estava feliz e seguia todas as instruções e orientações de Moisés ao tempo em que procurava agradar ao Senhor em tudo o que fazia e se dedicava.
Ainda assim, com todo seu cuidado, ainda se deixará levar pela estratégia inimiga que acabará os enganando e eles cometerão um acordo que não deveriam, mas isso veremos no próximo capítulo.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br
...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.