segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Josué 15:1-63 – JOSUÉ E CALEBE DOIS GRANDES EXEMPLOS - A PORÇÃO DE JUDÁ.

Estamos na segunda parte de nossa divisão proposta: A DISTRIBUIÇÃO DA TERRA PROMETIDA – 13:1 A 21:45. Essa segunda divisão principal do livro trata da ordem divina para distribuição da Terra Prometida entre as tribos. Deus orienta Josué na divisão inicial da terra e indica que a mesma não deveria ser violada. Ele, Deus, ainda afirma logo no primeiro capítulo dessa divisão que Josué está velho e ainda há muita terra a conquistar.
As divisões propostas para essa segunda divisão seguem a BEG e também a faremos em seis subpartes, onde já vimos no cap. 13, duas delas: A). A comissão divina para a divisão da terra – 13:1-7 (já vista) e B. O leste do Jordão – 13:8-33. Agora, estamos vendo a terceira subparte que ocupa seis capítulos: C). O Oeste do Jordão – 14:1 a 19:51.
C). O oeste do Jordão 14:1 a 19:51 – continuação.
Estes capítulos descrevem em detalhes a divisão do território entre as tribos a oeste do Jordão. Há uma correspondência de vocabulário entre 14:1 e 19:51, que marca o início e o fim dessa seção. Esse conteúdo pode ser dividido em sete seções conforme propões a BEG.
Começamos a ve-las, desde o capítulo 14: 1. Introdução – 14:1-5. 2; a porção especial concedida a Calebe – 14:6-15. Hoje, veremos: 3. A porção de Judá – 15:1-63. Depois, veremos: 4. A porção de José – 16:1 – 17:18. 5. As porções das outras tribos – 18:1 – 19:48. 6. A porção especial concedida a Josué – 19:49,50. 7. Conclusão – 19:51.
3. A porção de Judá – 15:1-63
A primeira descrição da distribuição ou divisão da terra dos territórios entre as tribos a oeste do Jordão coube para a tribo de Judá, que ali, em seu meio, guardava a semente messiânica, provavelmente com Salmon e Raabe que logo gerarão Boaz.
Também é a descrição mais detalhada, refletindo a importância posterior de Judá na história de Israel como tribo de Davi – e, subsequentemente, do Messias esperado – Is 11:1.
Judá fora o quarto filho de Jacó, nascido de Lia – Gn 29:35 e tinha recebido do pai Jacó uma bênção especial – Gn 49:8-12. Nos primeiros doze versículos, encontraremos as quatro fronteiras do território de Judá.
Dos vs. 13 ao 19, o último registro relacionado a Calebe demonstrando assim o cumprimento da promessa à sua pessoa – 14:6-15. Podemos perceber na narrativa, a ênfase na confiança em Deus demonstrada por essa vida que tanto lutou e batalhou as batalhas do Senhor com foça, garra e entusiasmo.
Confiar em Deus é uma atitude que temos de tomar todos os dias, ou melhor, ela deve estar impregnada em nossa mente, ainda que não enxerguemos propósitos nas circunstancias que enfrentamos, nem nos desafios que somos obrigados a passar (Pv 3:5,6). Josué e Calebe são aqui, neste livro, exemplos para todos nós.
Assim como não devemos, nem nunca sairemos nus de nossas casas, mas colocaremos roupas a começar das íntimas primeiro, assim, igualmente devemos usar e sair de casa somente com a roupa da confiança em Deus plena e absoluta por que ele está no controle de tudo e de todas as coisas sempre.
Dos vs. 20 ao 63, encontraremos uma lista detalhada das cidades no território entregue a Judá. Apesar de não ser possível identificar nos dias atuais que cidades são ou foram elas, o fato demonstra a evidência da promessa de Deus – 21:45.
Js 15:1 A sorte que coube à tribo dos filhos de Judá, segundo as suas famílias,
                foi até ao termo de Edom, o deserto de Zim, para o sul,
                               na extremidade do lado meridional.
                Js 15:2 E foi o seu termo para o sul, desde a extremidade
                               do Mar Salgado, desde a baía que olha para o sul;
                Js 15:3 E sai para o sul, até à subida de Acrabim, e passa a Zim,
                               e sobe do sul a Cades-Barnéia, e passa por Hezrom,
                                               e sobe a Adar, e vira para Carca;
                Js 15:4 E passa Azmom, e sai ao ribeiro do Egito,
                               e as saídas deste termo vão até ao mar;
                                               este será o vosso termo do lado do sul.
                Js 15:5 O termo, porém, para o oriente será o Mar Salgado,
                               até à foz do Jordão; e o termo para o norte será da baía do
                                               mar, desde a foz do Jordão.
                Js 15:6 E este termo subirá até Bete-Hogla, e passará do norte
                               a Bete-Arabá, e este termo subirá até à pedra de Boã,
                                               filho de Rúben.
                Js 15:7 Subirá mais este termo a Debir desde o vale de Acor,
                               indo para o norte rumo a Gilgal, a qual está em frente da
                                               subida de Adumim, que está para o sul do ribeiro;
                               então este termo continua até às águas de En-Semes;
                                               e as suas saídas estão do lado de En-Rogel.
                Js 15:8 E este termo sobe pelo vale do filho de Hinom, do lado sul dos
                               jebuseus (esta é Jerusalém) e sobe este termo até ao cume
                               do monte que está diante do vale de Hinom para o ocidente,
                                               que está no fim do vale dos refains do lado do norte.
                Js 15:9 Então este termo vai desde a altura do monte até à fonte das
                               águas de Neftoa; e sai até às cidades do monte de Efrom;
                               vai mais este termo até Baalá (esta é Quiriate-Jearim).
                Js 15:10 Então volta este termo desde Baalá para o ocidente,
                               até às montanhas de Seir, e passa ao lado do monte de Jearim
                               do lado do norte (esta é Quesalom) e desce a Bete-Semes,
                                               e passa por Timna;
                Js 15:11 Sai este termo mais ao lado de Ecrom, para o norte,
                               e este termo vai a Sicrom e passa o monte de Baalá,
                                               e sai em Jabneel; e assim este termo finda no mar.
                Js 15:12 Será, porém, o termo do lado do ocidente o Mar Grande,
                               e suas adjacências; este é o termo dos filhos de Judá
                                               ao redor, segundo as suas famílias.
Js 15:13 Mas a Calebe, filho de Jefoné, deu uma parte no meio dos filhos
                de Judá, conforme a ordem do SENHOR a Josué; a saber,
                               a cidade de Arba, que é Hebrom; este Arba
                                               era pai de Anaque.
                Js 15:14 E Calebe expulsou dali os três filhos de Anaque;
                               Sesai, e Aimã, e Talmai, gerados de Anaque.
                Js 15:15 E dali subiu aos habitantes de Debir;
                               e fora antes o nome de Debir, Quiriate-Sefer.
                Js 15:16 E disse Calebe:
                               Quem ferir a Quiriate-Sefer, e a tomar, lhe darei a minha
                                               filha Acsa por mulher.
                               Js 15:17 Tomou-a, pois, Otniel, filho de Quenaz,
                               irmão de Calebe; e deu-lhe a sua filha Acsa por mulher.
                Js 15:18 E sucedeu que, vindo ela a ele, o persuadiu que pedisse
                               um campo a seu pai; e ela desceu do seu jumento;
                                               então Calebe lhe disse:
                Que é que tens? Js 15:19 E ela disse: Dá-me uma bênção;
                               pois me deste terra seca, dá-me também fontes de águas.
                               Então lhe deu as fontes superiores e as fontes inferiores.
Js 15:20 Esta é a herança da tribo dos filhos de Judá, segundo as suas
                famílias. Js 15:21 São, pois, as cidades da tribo dos filhos de Judá,
                               até ao termo de Edom, no extremo sul:
                Cabzeel, e Eder, e Jagur. Js 15:22 E Quiná, e Dimona, e Adada,
                Js 15:23 E Quedes, e Hazor, e Itnã, Js 15:24 Zife, e Telem, e Bealote,
                Js 15:25 E Hazor-Hadata, e Queriote-Hezrom (que é Hazor),
                Js 15:26 Amã e Sema, e Moladá, Js 15:27 E Hazar-Gada, e Hesmom,
                e Bete-Palete, Js 15:28 E Hazar-Sual, e Berseba, e Biziotiá,
                Js 15:29 Baalá, e Iim, e Azem, Js 15:30 E Eltolade, e Quesil, e Hormá.
                Js 15:31 E Ziclague, e Madmana, e Sansana, Js 15:32 E Lebaote,
                e Silim, e Aim, e Rimom; todas as cidades e as suas aldeias,
                               vinte e nove.
                Js 15:33 Nas planícies:
                               Estaol, e Zorá, e Asná,
                Js 15:34 E Zanoa, e En-Ganim, Tapua, e Enã. Js 15:35 E Jarmute,
                e Adulão, Socó, e Azeca, Js 15:36 E Saaraim, e Aditaim, e Gederá,
                e Gederotaim; catorze cidades e as suas aldeias. Js 15:37 Zenã,
                e Hadasa, e Migdal-Gade, Js 15:38 E Dileã, e Mizpe, e Jocteel,
                Js 15:39 Laquis, e Bozcate, e Eglom, Js 15:40 E Cabom, e Laamás,
                e Quitlis, Js 15:41 E Gederote, Bete-Dagom, e Naamá, e Maqueda,
                               dezesseis cidades e as suas aldeias. Js 15:42 Libna, e Eter,
                e Asã, Js 15:43 E Iftá, e Asná, e Nezibe, Js 15:44 E Queila, e Aczibe,
                e Maressa; nove cidades e as suas aldeias.
                Js 15:45 Ecrom, com suas vilas, e as suas aldeias.
                               Js 15:46 Desde Ecrom, e até ao mar, todas as que estão do
                                               lado de Asdode, e as suas aldeias.
                Js 15:47 Asdode, com as suas vilas e as suas aldeias;
                Gaza, com as suas vilas e as suas aldeias, até ao rio do Egito,
                               e o Mar Grande e o seu termo.
                Js 15:48 E nas montanhas:
                               Samir, Jatir, e Socó. Js 15:49 E Daná,
                e Quiriate-Saná (que é Debir), Js 15:50 E Anabe, Estemó, e Anim,
                Js 15:51 E Gósen, e Holom, e Giló; onze cidades e as suas aldeias.
                Js 15:52 Arabe, e Dumá e Esã, Js 15:53 E Janim, e Bete-Tapua
                e Afeca, Js 15:54 E Hunta, e Quiriate-Arba (que é Hebrom), e Zior;
                               nove cidades e as suas aldeias. Js 15:55 Maom, Carmelo,
                e Zife, e Jutá, Js 15:56 E Jizreel, e Jocdeão, e Zanoa, Js 15:57 Caim,
                Gibeá, e Timna; dez cidades e as suas aldeias. Js 15:58 Halul,
                Bete-Zur, e Gedor, Js 15:59 E Maarate, e Bete-Anote, e Eltecom;
                               seis cidades e as suas aldeias. Js 15:60 Quiriate-Baal
                                               (que é Quiriate-Jearim), e Rabá; duas cidades
                               e as suas aldeias.
                Js 15:61 No deserto:
                               Bete-Arabá, Midim, e Secacá, Js 15:62 E Nibsã, e a Cidade
                               do Sal, e En-Gedi; seis cidades e as suas aldeias.
                Js 15:63 Não puderam, porém, os filhos de Judá expulsar os jebuseus
                               que habitavam em Jerusalém; assim habitaram os jebuseus
                               com os filhos de Judá em Jerusalém, até ao dia de hoje.

Finalmente, o fato de eles não terem tido êxito na expulsão dos jebuseus, demonstra claramente que as promessas de Deus não foram de toda cumpridas. Com os juízes ainda haverá a tentativa de expulsá-los, mas as vitórias serão apenas parciais. Resta ainda o cumprimento dessa promessa que será cumprida no futuro e olha que já temos decorrido mais de 3500 anos dessas primeiras batalhas.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br
...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.