sábado, 8 de fevereiro de 2014

Deuteronômio 33: 1-29 - A BÊNÇÃO DE MOISÉS.

Entraremos hoje no último dia de vida de Moisés, conforme Deuteronômio 32, onde estamos vendo a quarta parte de nossa divisão proposta, seguindo a BEG: O Encerramento do ministério de Moisés e a sua sucessão na liderança – 31:1 a 34:12.
Os quatro últimos capítulos foram também divididos em quatro pequenas partes. Hoje, veremos a terceira parte: A bênção de Moisés – 32:48 a 33:29; e, amanhã, finalmente, a morte de Moisés – 34:1-12.
Essa parte começou exatamente no capítulo anterior no vs. 48 quando o Senhor falou a Moisés para ele subir ao monte Nebo para ali deixar a sua vida.
Deus em ato de misericórdia e graça ainda lhe permitiu um privilégio: ver a terra pela qual foi conduzindo todo o povo por cerca de 40 anos e não entrou por causa de sua prevaricação contra o Senhor e porque não santificou a Deus no meio do povo.
Quer uma boa dica para você que certamente agrada ao teu Senhor: ame o seu povo e seja como Moisés que tudo fazia pelo seu povo, exceto onde ele falhou, isso não imitai.
Outro, que pela sua oração alcançou uma grande sabedoria entre os homens, foi Salomão que queria julgar o povo de Deus com sabedoria. Sua preocupação não era pessoal, nem ele estava buscando sabedoria, mas tudo queria fazer pelo povo de Deus. O triste em sua vida que não devemos imitá-lo foi as suas questões quanto às suas mulheres que acabaram por desviar o seu coração do Senhor.
I Reis 3:5 E em Gibeom apareceu o SENHOR a Salomão de noite em sonhos; e disse-lhe Deus: Pede o que queres que eu te dê.
I Reis 3:6 E disse Salomão: De grande beneficência usaste tu com teu servo Davi, meu pai, como também ele andou contigo em verdade, e em justiça, e em retidão de coração, perante a tua face; e guardaste-lhe esta grande beneficência, e lhe deste um filho que se assentasse no seu trono, como se vê neste dia.
I Reis 3:7 Agora, pois, ó SENHOR meu Deus, tu fizeste reinar a teu servo em lugar de Davi meu pai; e sou apenas um menino pequeno; não sei como sair, nem como entrar.
I Reis 3:8 E teu servo está no meio do teu povo que elegeste; povo grande, que nem se pode contar, nem numerar, pela sua multidão.
I Reis 3:9 A teu servo, pois, dá um coração entendido para julgar a teu povo, para que prudentemente discirna entre o bem e o mal; porque quem poderia julgar a este teu tão grande povo?
I Reis 3:10 E esta palavra pareceu boa aos olhos do Senhor, de que Salomão pedisse isso.
I Reis 3:11 E disse-lhe Deus: Porquanto pediste isso, e não pediste para ti muitos dias, nem pediste para ti riquezas, nem pediste a vida de teus inimigos; mas pediste para ti entendimento, para discernires o que é justo;
I Reis 3:12 Eis que fiz segundo as tuas palavras; eis que te dei um coração tão sábio e entendido, que antes de ti igual não houve, e depois de ti igual não se levantará.
I Reis 3:13 E também até o que não pediste te dei, assim riquezas como glória; de modo que não haverá um igual entre os reis, por todos os teus dias.
I Reis 3:14 E, se andares nos meus caminhos, guardando os meus estatutos, e os meus mandamentos, como andou Davi teu pai, também prolongarei os teus dias.
I Reis 3:15 E acordou Salomão, e eis que era sonho. E indo a Jerusalém, pôs-se perante a arca da aliança do SENHOR, e sacrificou holocausto, e preparou sacrifícios pacíficos, e fez um banquete a todos os seus servos.
Se compararmos a bênção de Moisés com a bênção de Jacó, não encontraremos uma ordem certa das tribos nas duas bênçãos, além do que Levi é incluído e Manasses e Efraim são contados em José.
Moisés foi chamado de homem de Deus e poucos personagens bíblicos foram assim chamados em toda a Bíblia. No Novo Testamento, encontraremos essa expressão em apenas duas passagens usadas por Paulo a Timóteo, nos dois livros a Timóteo. Hoje, em Cristo Jesus, todo crente fiel é homem de Deus com uma missão de Deus.
A bênção de Moisés começa justamente dizendo que o Senhor veio do Sinai em clara demonstração ou alusão à teofania que ele testemunhou juntamente com Calebe e Josué que ainda estavam vivos e com toda aquela geração que foi poupada e que agora estavam com seus 60 anos para baixo até 40 anos, pois os outros nasceram depois.
Todos eles foram testemunhas das demonstrações e da voz potente de Jeová que foi falada e eles ouviram também, embora não foram contados por terem idade inferior a 20 anos na época. Eles eram os herdeiros da segunda geração e Moisés estava concluindo seu último discurso e finalizando todas as instruções antes de sua partida iminente.
Embora seja curta e aparentemente sem graça a bênção destinada à tribo de Judá que, conforme Gn 49:8-12, nas bênçãos de Jacó, governaria Israel e traria o Messias, é a única delas que pede ao Senhor para ouvir a sua voz.
Jesus Cristo, o Messias, veio justamente da tribo de Judá e por ter sido ele ouvido em suas súplicas foi capaz de se tornar agora o mediador e intercessor dos homens diante de Deus. Em Jesus Cristo, agora nós também temos a nossa voz ouvida não porque ele nos fez justos, mas porque com sua morte nos justificou diante de Deus e vive por interceder por todos nós. Oh, que grande privilégio!!!
Dt 33:1 Esta, porém, é a bênção com que Moisés,     
                homem de Deus,
                               abençoou os filhos de Israel antes da sua morte.
Dt 33:2 Disse pois:
                O SENHOR veio de Sinai, e lhes subiu de Seir;
                               resplandeceu desde o monte Parã,
                                               e veio com dez milhares de santos;
                                                            à sua direita havia para eles o fogo da lei.
                Dt 33:3 Na verdade ama os povos;
                             todos os seus santos estão na sua mão; postos serão no meio,
                                               entre os teus pés, e cada um receberá
                                                               das tuas palavras.
Dt 33:4 Moisés nos deu a lei, como herança da congregação de Jacó.
                Dt 33:5 E foi rei em Jesurum, quando se congregaram os cabeças
                               do povo com as tribos de Israel.
Dt 33:6 Viva Rúben, e não morra, e que os seus homens não sejam poucos.
Dt 33:7 E isto é o que disse de Judá:
                Ouve, ó SENHOR, a voz de Judá,
                e introduze-o no seu povo;
                as suas mãos lhe bastem,
                e tu lhe sejas em ajuda contra os seus inimigos.
Dt 33:8 E de Levi disse:
                Teu Tumim e teu Urim são para o teu amado,
                               que tu provaste em Massá, com quem contendeste
                                               junto às águas de Meribá.
                Dt 33:9 Aquele que disse a seu pai, e à sua mãe:
                               Nunca os vi; e não conheceu a seus irmãos,
                               e não estimou a seus filhos; pois guardaram a tua palavra
                                               e observaram a tua aliança.
                Dt 33:10 Ensinaram os teus juízos a Jacó, e a tua lei a Israel;
                               puseram incenso no teu nariz,
                               e o holocausto sobre o teu altar.
                Dt 33:11 Abençoa o seu poder, ó SENHOR, e aceita
                               a obra das suas mãos; fere os lombos dos que se levantam
                               contra ele e o odeiam, para que nunca mais se levantem.
Dt 33:12 E de Benjamim disse:
                O amado do SENHOR habitará seguro com ele; todo o dia o cobrirá;
                               e morará entre os seus ombros.
Dt 33:13 E de José disse:
                Bendita do SENHOR seja a sua terra, com o mais excelente dos céus,
                               com o orvalho e com o abismo que jaz abaixo.
                Dt 33:14 E com os mais excelentes frutos do sol,
                e com as mais excelentes produções das luas,
                Dt 33:15 E com o mais excelente dos montes antigos,
                e com o mais excelente dos outeiros eternos.
                Dt 33:16 E com o mais excelente da terra, e da sua plenitude,
                e com a benevolência daquele que habitava na sarça,
                               venha sobre a cabeça de José, e sobre o alto da cabeça
                                               daquele que foi separado de seus irmãos.
                Dt 33:17 Ele tem a glória do primogênito do seu touro,
                               e os seus chifres são chifres de boi selvagem;
                com eles rechaçará todos os povos até às extremidades da terra;
                               estes pois são os dez milhares de Efraim,
                               e estes são os milhares de Manassés.
Dt 33:18 E de Zebulom disse:
                Zebulom, alegra-te nas tuas saídas; e tu, Issacar, nas tuas tendas.
                Dt 33:19 Eles chamarão os povos ao monte; ali apresentarão
                              ofertas de justiça, porque chuparão a abundância dos mares
                                               e os tesouros escondidos da areia.
Dt 33:20 E de Gade disse:
                Bendito aquele que faz dilatar a Gade; habita como a leoa,
                               e despedaça o braço e o alto da cabeça.
              Dt 33:21 E se proveu da melhor parte, porquanto ali estava escondida
                              a porção do legislador; por isso veio com os chefes do povo,
                                               executou a justiça do SENHOR e os seus juízos
                                                               para com Israel.
Dt 33:22 E de Dã disse:
                Dã é cria de leão; que salta de Basã.
Dt 33:23 E de Naftali disse:
                Farta-te, ó Naftali, da benevolência, e enche-te
                               da bênção do SENHOR; possui o ocidente e o sul.
Dt 33:24 E de Aser disse:
                Bendito seja Aser com seus filhos; agrade a seus irmãos,
                               e banhe em azeite o seu pé.
                Dt 33:25 Seja de ferro e de metal o teu calçado;
                               e a tua força seja como os teus dias.
                Dt 33:26 Não há outro, ó Jesurum, semelhante a Deus,
                               que cavalga sobre os céus para a tua ajuda,
                               e com a sua majestade sobre as mais altas nuvens.
                Dt 33:27 O Deus eterno é a tua habitação, e por baixo estão
                               os braços eternos; e ele lançará o inimigo de diante de ti,
                                               e dirá: Destrói-o.
                Dt 33:28 Israel, pois, habitará só, seguro, na terra da fonte de Jacó,
                               na terra de grão e de mosto;
                                               e os seus céus gotejarão orvalho.
                Dt 33:29 Bem-aventurado tu, ó Israel! Quem é como tu?
                               Um povo salvo pelo SENHOR,
                               o escudo do teu socorro,
                               e a espada da tua majestade;
                                               por isso os teus inimigos te serão sujeitos,
                                                               e tu pisarás sobre as suas alturas.
Conforme a BEG, essa última estrofe das bênçãos destinadas a Aser tem abençoado o coração do povo de Deus ao longo das eras. Deus é majestoso – vs. 26; Deus é eterno – vs. 27; Deus é protetor e provedor – vs. 28; e, finalmente o fato de ser ele Deus o grande Deus do seu povo.

Apocalipse 15:3 E cantavam o cântico de Moisés, servo de Deus, e o cântico do Cordeiro, dizendo: Grandes e maravilhosas são as tuas obras, Senhor Deus Todo-Poderoso! Justos e verdadeiros são os teus caminhos, ó Rei dos santos.
Apocalipse 15:4 Quem te não temerá, ó Senhor, e não magnificará o teu nome? Porque só tu és santo; por isso todas as nações virão, e se prostrarão diante de ti, porque os teus juízos são manifestos.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete
http://www.jamaisdesista.com.br
...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.