sábado, 9 de novembro de 2013

Levítico 5: 1-19 – JUSTOS NÃO, JUSTIFICADOS!

No capítulo anterior tínhamos falado que Deus não perdoa pecados e realmente isso é fato. Para cada pecado cometido, o perdão de Deus está vinculado a um sacrifício de sangue e de vida.
Os perdões de nossos pecados presentes, passado e futuro também estão sendo perdoados em Cristo Jesus que teve de pagar, o Justo e o Inocente, pelos nossos pecados: é a justificação! Ela não nos tornam justos – o que seria uma injustiça – mas ela nos tornam justificados.
Sabendo disso quanto maior não deve ser nosso zelo, amor e adoração a Deus e quanto maior não deve ser nosso cuidado em vivermos uma vida santa e dedicada a Deus?
Aqui neste capítulo veremos mais as ofertas pela culpa como vimos acima no capítulo anterior as ofertas pelo pecado, as quais são ambas ofertas de expiação. Distinguir uma da outra é muito difícil.
Veremos o sacrifício pelos pecados ocultos – vs. 1-13. O sacrifício pelo sacrilégio – vs. 14-16 e o sacrifício pelos pecados de ignorância – vs. 17-19.
O elemento aqui é o carneiro sem defeito – em lugar do sacrifício, era permitido oferecer uma soma em dinheiro. Esse animal era um fator que servia para distinguir uma da outra – vs. 15,16 e 18.
Se a pessoa não tivesse posses, era permitido se levar no lugar do carneiro, duas rolas ou dois pombinhos e ainda se as posses não permitissem ao ofertante ofertar, ainda poderia oferecer como oferta, a décima parte de um efa de flor de farinha.
Se a fraude cometida contra Deus ou contra o próximo podia ser estimada numa quantia em dinheiro, era acrescentada a obrigação de reparar a dívida, restituindo-se a Deus ou à pessoa prejudicada o preço do que havia sido defraudado, acrescido de uma quinta parte – vs. 16.
Para os cristãos do Novo Testamento, a morte de Cristo é a oferta definitiva e completa pela culpa. Os cristãos são perdoados por causa da obra consumada de Cristo na cruz. No entanto, nos casos em que o pecado cometido pelo cristão permite a restituição à parte lesada, isso deve ser incentivado – Fm 1:17-19. (BEG).
Lv 5:1 E quando alguma pessoa pecar, ouvindo uma voz de blasfêmia,
               de que for testemunha, seja porque viu, ou porque soube,
                              se o não denunciar, então levará a sua iniqüidade.
Lv 5:2 Ou, quando alguma pessoa tocar em alguma coisa imunda,
               seja corpo morto de fera imunda,
               seja corpo morto de animal imundo,
               seja corpo morto de réptil imundo, ainda que não soubesse,
                              contudo será ele imundo e culpado.
Lv 5:3 Ou, quando tocar a imundícia de um homem,
               seja qualquer que for a sua imundícia,
                              com que se faça imundo, e lhe for oculto,
                                            e o souber depois, será culpado.
Lv 5:4 Ou, quando alguma pessoa jurar,
               pronunciando temerariamente com os seus lábios,
                              para fazer mal, ou para fazer bem,
               em tudo o que o homem pronuncia temerariamente com juramento,
                              e lhe for oculto, e o souber depois,
                                            culpado será numa destas coisas.
Lv 5:5 Será, pois, que, culpado sendo numa destas coisas,
               confessará aquilo em que pecou.
Lv 5:6 E a sua expiação trará ao SENHOR,
               pelo seu pecado que cometeu:
                              uma fêmea de gado miúdo, uma cordeira,
                              ou uma cabrinha pelo pecado;
               assim o sacerdote por ela fará expiação do seu pecado.
Lv 5:7 Mas, se em sua mão não houver recurso para gado miúdo,
               então trará, para expiação da culpa que cometeu, ao SENHOR,
                              duas rolas ou dois pombinhos;
                                            um para expiação do pecado,
                                            e o outro para holocausto;
               Lv 5:8 E os trará ao sacerdote, o qual primeiro oferecerá
                              aquele que é para expiação do pecado;
                                            e com a sua unha lhe fenderá
                                                           a cabeça junto ao pescoço,
                                                                          mas não o partirá;
               Lv 5:9 E do sangue da expiação do pecado
                              espargirá sobre a parede do altar,
                                            porém o que sobejar daquele sangue
                                                           espremer-se-á à base do altar;
                                                                          expiação do pecado é.
               Lv 5:10 E do outro fará holocausto conforme ao costume;
                              assim o sacerdote por ela fará expiação do seu pecado
                                            que cometeu, e ele será perdoado.
               Lv 5:11 Porém, se em sua mão não houver recurso para
                              duas rolas, ou dois pombinhos, então aquele que pecou
                                            trará como oferta a décima parte
                                                           de um efa de flor de farinha,
                                                                          para expiação do pecado;
                              não deitará sobre ela azeite nem lhe porá em cima o incenso,
                                            porquanto é expiação do pecado;
               Lv 5:12 E a trará ao sacerdote, e o sacerdote dela tomará
                              a sua mão cheia pelo seu memorial,
                                            e a queimará sobre o altar,
                              em cima das ofertas queimadas do SENHOR;
                                            expiação de pecado é.
               Lv 5:13 Assim o sacerdote por ela fará expiação do seu pecado,
                              que cometeu em alguma destas coisas, e lhe será perdoado;
                                            e o restante será do sacerdote,
                                                           como a oferta de alimentos.
Lv 5:14 E falou o SENHOR a Moisés, dizendo:
               Lv 5:15 Quando alguma pessoa cometer uma transgressão,
                              e pecar por ignorância nas coisas sagradas do SENHOR,
                                            então trará ao SENHOR pela expiação,
                              um carneiro sem defeito do rebanho,
                                            conforme à tua estimação em siclos de prata,
                                                           segundo o siclo do santuário,
                                                                          para expiação da culpa.
               Lv 5:16 Assim restituirá o que pecar nas coisas sagradas,
                              e ainda lhe acrescentará a quinta parte,
                                            e a dará ao sacerdote;
                              assim o sacerdote, com o carneiro da expiação,
                                            fará expiação por ele,
                                                           e ser-lhe-á perdoado o pecado.
               Lv 5:17 E, se alguma pessoa pecar,
                              e fizer, contra algum dos mandamentos do SENHOR,
                                            aquilo que não se deve fazer,
                              ainda que o não soubesse, contudo será ela culpada,
                                            e levará a sua iniqüidade;
               Lv 5:18 E trará ao sacerdote um carneiro sem defeito do rebanho,
                              conforme à tua estimação,
                                            para expiação da culpa,
                              e o sacerdote por ela fará expiação do erro que cometeu
                                            sem saber; e ser-lhe-á perdoado.
                                                           Lv 5:19 Expiação de culpa é;
                                                                          certamente se fez culpado
                                                                                         diante do SENHOR.
Todo pecado é perdoado em Cristo Jesus por causa da perfeição de seu sacrifício que foi completo, assim, não existe o perdão sem o consequente pagamento devido da transgressão. Estamos perdoados sim porque Cristo pagou por isso.
A atitude de perdão deve estar latente em nossos corações com relação ao nosso próximo e às suas ofensas dirigidas a nós. Isso nos ensina Cristo Jesus em suas palavras e parábolas como regra de boa convivência e triunfo do amor sobre qualquer ódio ou mal ou violência.
Se por acaso eu retiver o perdão devido ao meu irmão ao qual devo perdoá-lo sempre, mesmo que ele venha a mim sete vezes setenta vezes ao dia, eu não serei perdoado.
Na oração que o Senhor nos ensinou e em muitos dos seus ensinos e parábolas está claro que ao pedirmos perdão a Deus devemos nos lembrar de que perdoamos nossos irmãos, caso contrário, não oraremos, nem seremos perdoados. Mateus 6:12 E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;
Mateus 6:14 Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celeste vos perdoará;
Mateus 6:15 se, porém, não perdoardes aos homens [as suas ofensas], tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas.
Marcos 11:25 E, quando estiverdes orando, se tendes alguma coisa contra alguém, perdoai, para que vosso Pai celestial vos perdoe as vossas ofensas.
Lucas 6:37 Não julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai e sereis perdoados;
Colossenses 3:13 Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós;

A obtenção do perdão exige a liberação do perdão.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete
http://www.jamaisdesista.com.br
...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.