quinta-feira, 13 de junho de 2013

Salmo 147: 1-20 segmentado

Vamos louvar ao Senhor! Somos porventura maiores do que ele ou mais poderosos ou mesmo co-iguais com ele para entrarmos em disputa e não louvá-lo, nem adorá-lo? Graças a Deus que com o Senhor eu posso sempre entrar em conflito, mas já sei o resultado antes da peleja: irei perder a batalha.
Posso ficar com raiva, apelar para a justiça, queixar-me e apresentar mil razões, contra o Senhor nenhuma delas prevalecerá! Então de que adianta meu comportamento desvairado e suicida? Não estará por trás disso Satanás que pretende algo com a minha queda? Tolo seria eu em desprezá-lo e confiar em minha segurança.
Não se atrai a atenção de Deus jogando pedra nele, mas louvando ele por reconhecer nele o rei único em seu reino, trono e domínio. Qual a situação ou problema que o Senhor não possa resolver ou qual a situação que você enfrenta que seria demasiadamente difícil para o Deus de Jacó?
Logo em seguida ao seu louvor, ele passa a exaltar a Deus e a narrar seus grandes feitos para ajuda-lo na sua memória a entender que Deus tem o controle de tudo e de todas as coisas. Não sei porque, mas temos por hábito super valorizarmos os problemas que enfrentamos e esquecermos que adiante de nós está o Senhor que nos protege de dia, estando nós todos debaixo de sua nuvem e nos protege durante toda a noite com a sua coluna de fogo que tanto ilumina quanto nos aquece do frio gelado dos desertos de nossas vidas.
O salmista chega a dizer que ele conhece as estrelas todas pelos seus nomes e será que ele não conhece o Daniel Deusdete ou o Joaquim ou a Ana Maria? Sim, ele conhece! Foi ele quem me separou desde o ventre de minha mãe; foi ele quem me chamou pela sua graça, independentemente de qualquer ação minha boa ou ruim; foi ele quem revelou a mim o Cristo Jesus e me deu o penhor de seu Espírito Santo; foi ele quem me enviou a pregar, quer ouçam, quer deixem de ouvir; foi ele quem me mandou partir a fim de cumprir o que ele espera de mim por ter me separado, chamado e revelado seu filho. (Gl 1:15-17).
Calvino comenta em seu comentário de salmos, na introdução a este belo salmo que incita o povo de Deus para louvá-lo em duas contas, em primeiro lugar, para a exibição de seu poder, bondade, sabedoria e outras perfeições no governo comum do mundo, e as diversas partes do mesmo, os céus e a terra, mas sobretudo pela sua bondade especial em apreço e defesa da Igreja que ele escolheu de sua graça, em restaurá-lo quando caíram e se acharam dispersas.
This Psalm also incites the people of God to praise him upon two accounts; first, for the display of his power, goodness, wisdom, and other perfections in the common government of the world, and the several parts of it, the heavens and the earth, but more particularly for his special goodness in cherishing and defending the Church which he has chosen of his free grace, in restoring it when fallen down, and gathering it when dispersed. [289]
Sl 147:1 Louvai ao SENHOR,
porque é bom cantar louvores ao nosso Deus,
porque é agradável;
decoroso
é o louvor.
Sl 147:2 O SENHOR
edifica a Jerusalém,
congrega os dispersos de Israel.
Sl 147:3 Sara os quebrantados de coração,
e lhes ata as suas feridas.
Sl 147:4 Conta o número das estrelas,
chama-as a todas pelos seus nomes.
Sl 147:5 Grande é o nosso Senhor,
e de grande poder;
o seu entendimento
é infinito.
Sl 147:6 O SENHOR
eleva os humildes,
e abate os ímpios até à terra.
Sl 147:7 Cantai ao SENHOR
em ação de graças;
cantai louvores
ao nosso Deus sobre a harpa.
Sl 147:8 Ele é
o que cobre o céu de nuvens,
o que prepara a chuva para a terra,
e o que faz produzir erva sobre os montes;
Sl 147:9 O que dá aos animais o seu sustento,
e aos filhos dos corvos,
quando clamam.
Sl 147:10 Não se deleita na força do cavalo,
nem se compraz nas pernas do homem.
Sl 147:11 O SENHOR se agrada dos que o temem
e dos que esperam na sua misericórdia.
Sl 147:12 Louva,
ó Jerusalém,
ao SENHOR;
louva,
ó Sião,
ao teu Deus.
Sl 147:13 Porque fortaleceu os ferrolhos das tuas portas;
abençoa aos teus filhos dentro de ti.
Sl 147:14 Ele é o que põe em paz os teus termos,
e da flor da farinha te farta.
Sl 147:15 O que envia o seu mandamento à terra;
a sua palavra corre velozmente.
Sl 147:16 O que dá a neve como lã;
esparge a geada como cinza;
Sl 147:17 O que lança o seu gelo em pedaços;
quem pode resistir ao seu frio?
Sl 147:18 Manda a sua palavra,
e os faz derreter;
faz soprar o vento,
e correm as águas.
Sl 147:19 Mostra a sua palavra
a Jacó,
os seus estatutos
e os seus juízos
a Israel.
Sl 147:20 Não fez assim a nenhuma outra nação;
e quanto aos seus juízos,
não os conhecem.
Louvai ao SENHOR.
Termina o salmo pedindo para novamente louvarmos ao Senhor. Então nesta quinta-feira depois de um dia de muito namoro, agora nos voltemos com maior dedicação àquele que conosco fala todos os dias em todos os tempos. Obrigado Espírito Santo. Perdoe-me mais uma vez! Obrigado!
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 364 dias para a Copa, sem álcool nos estádios.... também faltam 782 dias para 05/05/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.