quinta-feira, 20 de junho de 2013

Provérbios 4: 1-27 segmentado

São conselhos positivos para ficarmos atentos como filhos na busca da sabedoria. Ele insiste que devemos persegui-la como um caçador que está perseguindo a sua caça e não desiste até apanhá-la. São também conselhos para que nos desviemos de pessoas que não seguem a sabedoria.
Não pretendo entrar em detalhes, versículo por versículo, para entendermos os seus significados profundos, mas, de uma forma geral, passar por eles buscando mais a visão de reino de Deus presente nas nossas mais simples ações quer boas, quer más.
Aqui o pai, provavelmente Salomão, dá instruções ao filho, provavelmente Roboão, porque recebeu como filho instruções de seu pai, provavelmente Davi, e isso o guiou até o momento e ainda fala nele e com ele. Da mesma forma, ele o pai quer que seu filho aprenda e depois ensine ao seu filho as palavras de sabedoria.
Eu resumiria as suas instruções ao filho da seguinte forma:
Ele primeiramente estimula o filho falando bem da sabedoria e demonstrando a ele seu significado e valor altíssimo. A sabedoria não pertence a qualquer um, nem é vulgar, mas preciosa e muito valorosa e sempre se destacam mais do que os outros os que com ela têm parceria eterna.
Depois o incentiva a busca-la e que ao fazer isso ela não se mostrará assim tão facilmente a ele, por isso que ele deve busca-la com intensidade e desejo profundo de alcança-la. Não significa assim que será fácil, mas que valerá a pena cada esforço desprendido nesta direção.
Em seguida, vai falar e demonstrar ao filho que há outros caminhos que não o da sabedoria e que este é trilhado por homens maus, violentos e impiedosos que não têm escrúpulos. Seu conselho é para fugir deles, manter-se bem distante porque procurarão cumplicidade e parceria. Os que seguem suas instruções e rejeitam a sabedoria, no futuro, se arrependerão amargamente.
E, finalmente, estimula mais uma vez a busca da sabedoria e fala de seus deliciosos frutos e do bem que ela traz aos que a possuem e a toda sociedade do reino de Deus.
Pv 4:1 Ouvi, filhos,
a instrução do pai,
e estai atentos para conhecerdes a prudência.
Pv 4:2 Pois dou-vos boa doutrina;
não deixeis a minha lei.
Pv 4:3 Porque eu era filho tenro na companhia de meu pai,
e único diante de minha mãe.
Pv 4:4 E ele me ensinava e me dizia:
Retenha o teu coração as minhas palavras;
guarda os meus mandamentos, e vive.
Pv 4:5 Adquire sabedoria,
adquire inteligência,
e não te esqueças nem te apartes das palavras da minha boca.
Pv 4:6 Não a abandones
e ela te guardará;
ama-a,
e ela te protegerá.
Pv 4:7 A sabedoria é a coisa principal;
adquire pois a sabedoria,
emprega tudo o que possues na aquisição de entendimento.
Pv 4:8 Exalta-a,
e ela te exaltará;
e, abraçando-a tu,
ela te honrará.
Pv 4:9 Dará à tua cabeça
um diadema de graça
e uma coroa de glória te entregará.
Pv 4:10 Ouve, filho meu,
e aceita as minhas palavras,
e se multiplicarão os anos da tua vida.
Pv 4:11 No caminho da sabedoria te ensinei,
e por veredas de retidão te fiz andar.
Pv 4:12 Por elas andando,
não se embaraçarão os teus passos;
e se correres não tropeçarás.
Pv 4:13 Apega-te à instrução
e não a largues;
guarda-a,
porque ela é a tua vida.
Pv 4:14 Não entres pela vereda dos ímpios,
nem andes no caminho dos maus.
Pv 4:15 Evita-o;
não passes por ele;
desvia-te dele
e passa de largo.
Pv 4:16 Pois não dormem,
se não fizerem mal,
e foge deles o sono
se não fizerem alguém tropeçar.
Pv 4:17 Porque comem o pão da impiedade,
e bebem o vinho da violência.
Pv 4:18 Mas a vereda dos justos
é como a luz da aurora,
que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito.
Pv 4:19 O caminho dos ímpios é como a escuridão;
nem sabem em que tropeçam.
Pv 4:20 Filho meu,
atenta para as minhas palavras;
às minhas razões inclina o teu ouvido.
Pv 4:21 Não as deixes apartar-se dos teus olhos;
guarda-as no íntimo do teu coração.
Pv 4:22 Porque são vida para os que as acham,
e saúde para todo o seu corpo.
Pv 4:23 Sobre tudo o que se deve guardar,
guarda o teu coração,
porque dele procedem as fontes da vida.
Pv 4:24 Desvia de ti
a falsidade da boca,
e afasta de ti a perversidade dos lábios.
Pv 4:25 Os teus olhos olhem para a frente,
e as tuas pálpebras olhem direto diante de ti.
Pv 4:26 Pondera a vereda de teus pés,
e todos os teus caminhos sejam bem ordenados!
Pv 4:27 Não declines
nem para a direita nem para a esquerda;
retira o teu pé do mal.
Eu entendo que cada provérbio desses deve ser lido continuamente pelo menos uma vez no ano ou mais para que sua palavra e fortes conselhos se perpetuem em nossa mente nos fazendo o Espírito Santo nos lembrar deles nos momentos de provações e tribulações.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 357 dias para a Copa, sem álcool nos estádios.... também faltam 775 dias para 05/05/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.