segunda-feira, 24 de setembro de 2012

REFLEXÕES SOBRE A MORTE DE MEU IRMÃO


Meu irmão, Pastor Teotínio A Barreto Junior, faleceu aos 40 anos, com 14.717 dias! “Ensina-nos, Senhor, a contar os nossos dias a fim de alcançarmos corações sábios” (Sl 90:12). Deixou esposa e dois filhos.
Em primeiro lugar meu irmão não morreu! O título forte falando que ele morreu foi somente para chamar a sua atenção para a leitura abaixo. Estive a noite toda de ontem velando o corpo de meu irmão que ali estava, mas ali não estava.
Afinal de contas, morreu ou não morreu? Estava ali ou não estava ali? Ao mesmo tempo, tudo o que foi dito até agora é verdade: ele morreu, mas não morreu. Ele estava ali, mas não estava ali. Os crentes são cheios de paradoxos! Mas, explico, ou pelo menos tentarei:
Primeiro sobre a morte: Eu não creio na morte, mas na vida! A morte é apenas uma passagem, por isso dizemos que passou para o Senhor. A nossa crença é de que ao deixarmos este corpo, entraremos, vivos, conscientes, na presença do Pai. Logo, meu irmão não morreu! Ele sempre foi espertinho e dessa vez, passou a perna na gente, indo primeiro... rs...
Segundo sobre seu corpo: cremos, como Jesus nos ensinou na ressurreição de nosso corpo! Eu sou pessoa! Como pessoa tenho minha individualidade que me faz gente e ser o que sou que Deus me fez para ser. Então, por causa de seu corpo, ele também estava ali.
Meu objetivo, aqui e agora, não é divagar filosoficamente sobre tais paradoxos, o que seria muito interessante, mas minha finalidade é outra. Vamos então a ela?
Enquanto estava ali velando o corpo de meu irmão durante toda uma noite, no Cemitério Vertical, em Guarulhos/SP, em uma noite gelada e com fortes ventos e vendo as pessoas se aproximando do corpo do mano e fazendo suas reflexões, eu comecei a anotar tudo o que vinha a minha mente sobre tudo aquilo procurando assim extrair conteúdo e significado.
1.    Que não vale a pena aborrecermo-nos facilmente... melhor é o perdão!
2.    Que devemos estar, SEMPRE, preparados para irmos para a glória!
3.    Que o que estamos fazendo e valorizando para o Senhor, demonstra o quanto somos sábios ou tolos.
4.    Que as demais coisas passam e não vale a pena desgastarmo-nos muito nelas.
5.    Que nada levaremos conosco, se não o que está dentro de nosso coração: ódio? Amor? Rancor? Amizade? Perdão? salvação?...
6.    Que tudo passa tão rápido que é melhor permanecermos fiéis àquele que nos tem chamado.
7.    Que chorar depois não traz a vida de volta... melhor é o perdão!
8.    Que a vida é um mistério!
9.    Que tudo está nas mãos de Deus...
10. Que é muito bom termos amigos que conosco choram e riem; que conosco se enlutam e que conosco vibram...
11. Que não morre primeiro o mais velho, mas aqueles a quem Deus chamar... pequeno, grande, velho, novo, recém-nascido, criança, rico, pobre, ...
12. Que Deus usa quem ele quiser.
13. Que nosso corpo sem o espírito vindo da parte de Deus é pó e cinza, mas ressuscitaremos para a glória de Deus.
14. Que a obra de Deus é sempre completa, embora pensemos e vejamos como incompleta, como foi o caso de meu irmão que partiu no meio do auge de sua vida, cheio de planos, sonhos, projetos, tarefas, compromissos, ...
15. Que eu preciso visitar mais meus irmãos, amigos, parentes, vizinhos e até... meus inimigos!
16. Que a morte é gelada, sem graça, dura, cruel, tão horrível, por isso que Deus é o Deus da vida e TUDO FARÁ NOVO para a sua glória!
17. Que não é o infarto fulminante, nem o câncer, nem o disparo de arma de fogo que tiram a vida, mas é Deus quem dá e é Deus quem tira!
18. Que eu preciso dedicar-me mais à missão que Deus nos deu de anunciarmos o evangelho de sua glória!
Foi tão incrível e misteriosa esta morte de meu querido irmão... Na verdade não vim para Guarulhos porque meu irmão morreu, mas para conversar e ter comunhão com todos, minha mãe e irmãos. Tivemos até no sábado um jantar delicioso em que inaugurei o fogão a lenha de meu irmão. Conheci seu lindo filhinho de apenas 5 meses, o Arthur Cohen...
Nos alegramos, conversamos muito, tiramos fotos, assistimos filme, falamos sobre o Apocalípse e depois, ele, meu irmão, veio me deixar em casa de mãe e somente no dia seguinte foi que Deus o chamou para si.
Para mim, foi um privilégio Deus me dar esta oportunidade de despedir-me dele. Obrigado Senhor! Eu não mereço!
Vou finalizar esta reflexão tomando a liberdade de citar uma reflexão do amado Rev. Hernandes Dias Lopez:
Por que o céu é melhor?
O céu é um lugar preparado para pessoas preparadas. O céu é um lugar de bem aventurança eterna e um estado de felicidade eterna. O céu é a casa do Pai, o paraíso, o seio de Abraão, a Nova Jerusalém. O céu é o lugar onde está o trono de Deus e onde os salvos reinarão com Cristo pelos séculos sem fim. Destacaremos, agora, algumas razões pelas quais podemos afirmar categoricamente que o céu é melhor.
Em primeiro lugar, o céu é melhor porque lá não entrará pecado. O pecado que entrou no mundo trazendo a morte não entrará no céu. Nada contaminado entrará na Cidade Santa. No céu não haverá tristeza nem dor; não haverá choro nem pranto; não haverá doença nem luto. O pecado que tenazmente nos assedia agora, não desfilará mais no paraíso. Se fomos libertos da condenação do pecado na justificação e se estamos sendo libertos do poder do pecado na santificação, seremos libertos da presença do pecado na glorificação. O corpo de glória que receberemos, não estará mais poluído pelo pecado nem sujeito a ele.
Em segundo lugar, o céu é melhor porque lá não haverá mais despedida. A vida neste mundo é marcada por encontros e desencontros, alegrias e tristezas. Aqui celebramos o nascimento e choramos pela morte. Aqui, vemos nossos amigos e familiares sendo ceifados, deixando em nosso coração uma dor avassaladora. Aqui, choramos à beira da sepultura. Aqui, temos o coração rasgado pela saudade. Porém, no céu, não haverá mais despedida; não haverá mais adeus. Estaremos sempre juntos, sem rusgas nem mágoas, sem conflitos nem separações. Nossa comunhão será perfeita. Seremos uma só família, um só rebanho, uma só igreja.
Em terceiro lugar, o céu é melhor porque lá Deus vai enxugar dos nossos olhos toda lágrima. A vida aqui é marcada pela dor. O pecado trouxe sofrimento ao mundo. Choramos a dor das perdas, a dor da enfermidade e a dor do luto. Aqui, a mulher dá à luz com dores e o homem granjeia seu pão com o suor do rosto. Aqui, a terra produz espinhos que acicatam nossos pés. Aqui, choramos pelas nossas fraquezas e pelos nossos pecados. Choramos porque os homens escarnecem de Deus e zombam de sua lei. Choramos porque o mundo jaz no maligno. Porém, no céu, Deus vai enxugar dos nossos olhos toda a lágrima. O dor que nos assola o peito vai ser banida para sempre. O céu é lugar de gozo e paz, alegria e celebração.
Em quarto lugar, o céu é melhor porque lá veremos a Jesus face a face. No céu entraremos para a festa das bodas do Cordeiro. Essa festa será no melhor lugar, com as melhores companhias, com a melhor música, com as melhores roupas e com a melhores iguarias. Essa festa nunca vai acabar. Exaltaremos pelos séculos dos séculos aquele que nos remiu com seu sangue. Proclamaremos para sempre sua graça. Ergueremos nossa voz para dizer que nosso Deus é digno de receber a honra, a glória e o poder. Lá veremos a Jesus em toda a sua glória e fulgor. Contemplaremos sua face. Prostrar-nos-emos aos seus pés e depositaremos diante dele as nossas coroas!
Em quinto lugar, o céu é melhor porque lá serviremos a Deus com perfeição. O céu não será lugar de ócio. O céu será dinâmico e vibrante. Os servos de Deus o servirão. O céu será lugar de trabalho e realização. Aqui, nosso trabalho para Deus é imperfeito e incompleto. Aqui, nossas obras são maculadas pelo pecado e nossas justiças não passam de trapos. Porém, no céu nossas obras serão deleitosas ao Senhor. Nosso serviço será completo, perfeito e digno daquele nos amou e enviou-nos seu Filho para nos libertar do império das trevas e nos levar para o seu reino de luz. Diante do exposto, faço-lhe uma pergunta importante e urgente: Você já é um cidadão do céu? Está caminhando para o céu? Anseia pelo céu? Lembre-se: Jesus é a porta do céu e o caminho para o céu. Renda-se a ele, agora. Arrependa-se de seus pecados e creia no Filho de Deus. Então, venha e faça parte conosco dessa bendita família que vai morar no céu.
Por Daniel Deusdete, www.jamaisdesista.com.br

Reações:

3 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.