quarta-feira, 13 de abril de 2011

Faltam 744 dias para 26/04/13 - ADORAÇÃO 12

TEMA: ADORAÇÃO 12 – Sl 99:9
 
ATENÇÃO: faltam 16 dias para nossa vigília de adoração ao Senhor! Tema: ADORAÇÃO – Sl 99:9 “Exaltai ao SENHOR nosso Deus e adorai-o no seu monte santo, pois o SENHOR nosso Deus é santo.”. Realizar-se-á em 30/04/2011.
 
Exaltai e adoraio-o por que ele é Santo. Não nos tornamos ou tendemos nos tronar aquilo que adoramos? Quem adora ao Senhor o tem como referencial na sua vida. Você já notou que quando dizemos que admiramos uma pessoa estamos implicitamente dizendo que falta justamente em nós aquilo que mais admiramos? Repare!
 
Eu admiro a coragem e a ousadia com que aquele pastor prega o evangelho, por exemplo, eu estou a dizer que falta a mim aquela coragem e aquela ousadia. Eu admiro, por exemplo, o comprometimento profissional de meu colega de trabalho que nem evangélico é, isto é, eu estou querendo dizer que para mim está faltando aquele comprometimento que tanto admiro no meu colega de trabalho espírita.
 
Quando admiramos algo estamos dando àquele algo um valor que gostaríamos de buscar. O mesmo se dá na adoração ao Senhor. O Salmo 99 diz, no início, que o adoramos porque nosso Deus é santo. É a santidade de Deus, perfeita, que buscamos na adoração a Deus. Queremos ser como ele, perfeito moralmente.
 
Sem santidade ninguém verá ao Senhor! É isso que a palavra de Deus afirma para nós. “Esforcem-se para viver em paz com todos e para serem santos; sem santidade ninguém verá o Senhor.” (Hebreus 12:14). Reparem também que a santidade é algo exigido de nós para vermos o Senhor e tem a ver com outras pessoas, inclusive a pessoa de Deus.
 
Não adianta sermos santos no isolamento, mas é no coletivo que devemos ser santos. No convívio com nosso irmão e no relacionamento com ele e com Deus. Não existe santidade sem relacionamento. A perfeição moral de Deus é por nós desejada por causa de nossos relacionamentos tanto com Deus quanto com nosso próximo.
 
Se não amarmos e nos relacionarmos com o nosso irmão a quem vemos e com quem convivemos, como amaremos e nos relacionaremos com Deus a quem não vemos? O apóstolo João nos fala disso em sua primeira epístola. “Se alguém afirmar: "Eu amo a Deus", mas odiar seu irmão, é mentiroso, pois quem não ama seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê.” (1 João 4:20). O nosso relacionamento com Deus, me parece, é uma reflexão do nosso relacionamento com nosso irmão.
 
Quanto mais espinhoso e problemático eu for em me relacionar com meu irmão (amigo, inimigo, judeu, samaritano, rico, pobre, santo ou pecador), mais complicado será meu relacionamento com o Senhor. Medite nisso! Amanhã, querendo Deus, prosseguiremos.
 
A Deus toda a glória!
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.