segunda-feira, 18 de abril de 2011

Faltam 739 dias para 26/04/13

 
TEMA: ADORAÇÃO 17 – Sl 99:9
 
ATENÇÃO: faltam 12 dias para nossa vigília de adoração ao Senhor! Tema: ADORAÇÃO – Sl 99:9 “Exaltai ao SENHOR nosso Deus e adorai-o no seu monte santo, pois o SENHOR nosso Deus é santo.”. Realizar-se-á em 30/04/2011.
 
Ontem, pela graça e misericórdia de Deus, em nossa igreja – Primeira Igreja Presbiteriana de Taguatinga -, preguei a palavra de Deus ao povo de Deus. O link de download da pregação na íntegra está em: http://pt.scribd.com/doc/53219149/Pregacao-A-Prisao-de-Jesus-%E2%80%93-Jo-18-1-14. O tema foi este que estamos entregando em partes nestes posts: A Prisão de Jesus – Jo 18_1-14.
 
Continuação do post de ontem:
 
  1. Era parte do plano/propósito de Deus
C1) Nada é por acaso...
C2) Jesus sabia de tudo
C3) Jesus aceitou o governo de Deus ao entender/aceitar seu plano è ele aceitou esse plano depois de uma intensa guerra de oração! Ele assim procedeu porque CONFIAVA em seu Pai, nosso Pai.
 
Jesus confiava piamente no Pai e isso nos ensinou para também aprendermos a confiar no Senhor. É de se admirar a confiança de Jesus em seu Pai. Que relação de confiança impressionante.
 
Jesus escolheu a obediência! Ele poderia ter seguido seus próprios caminhos... poderia ter optado por lutar e certamente sairia vencedor; poderia ter optado por revolucionar e seria o maior revolucionário; poderia ter optado por criar um império e ele até hoje estaria reinando. No entanto, aceitou o governo de seu Pai.
 
Jesus no episódio do Jardim do Gtsêmani – Mc 14:36 - lutou com Deus em oração para não fazer a sua vontade, mas a vontade de seu Pai.
 
“O Senhor nos prova, mas nos aprova! Passar pelo aperto pela prensa de azeite do Senhor pode doer e machucar um pouco, mas dela ele tira azeite precioso que é o símbolo da presença de Deus no Espírito Santo.
 
Jesus estava ali naquele jardim em agonia de morte. Não por causa de seus pecados, pois não tinha nenhum, mas por causa dos meus pecados, por causa dos pecados de todos nós. Aquilo doeu, angustiou, machucou seu coração. Era mesmo insuportável.
 
A dor da angústia era tão forte que de seus poros saíram gotas de sangue, fenômeno este conhecido como hematidrose, registrado por um médico, evangelista, Lucas, no capítulo 22:39-45.”
 
Diz a palavra de Deus que ele insistiu e orou por três vezes a mesma oração. Deve ter sido uma luta das mais terríveis... Você confia em Deus?
 
Não devemos nos admirar se milagres começarem a ocorrer por que começamos a descobrir a nossa fé. Eu não preciso nem ver, nem ouvir nada, Jesus está aqui! Aleluias!
 
E tudo isso, tudo tinha acontecido naquela “fatídica” sexta-feira. Na madrugada foi traído por Judas, um dos discípulos, a quem chamou de amigo
 
A festa devia estar acontecendo no inferno! Jesus foi obediente ao seu pai! Ele poderia ter feito tanta coisa, mas não fez nadinha... aceitou o governo do Pai sobre a sua vida. “5. De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, 6. Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, 7. Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; 8. E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz” (Fp 2:5-8).
 
Pergunta nº 2: quem prendeu a Jesus?
  1. Ninguém podia prender a Jesus, o “Eu Sou” – ver Ex 3:14; vs 5 e 6.
  2. Deus teve de autorizar a sua prisão è se não, não haveria prisão, mesmo que houvesse um super exército...
  3. Jesus cuida dos seus, pois interceder por eles e ainda corrigiu o erro de Pedro.
  4. Então a escolta, e o comandante, e os guardas dos judeus prenderam a Jesus, e o maniataram
 
Pergunta nº 3: Para que Jesus foi preso?
  1. Para se cumprir as Escrituras
  2. Para ter continuidade os planos/propósitos de Deus nas Escrituras: julgamento, condenação, morte, ressurreição, ascensão, pentecoste e maranata.
B1) julgamento – injusto
B2) condenação – crucificação
B3) morte – na sua morte, nós também morremos
B4) ressurreição – Jesus venceu a morte – matou a morte.
B5) ascensão – subiu aos céus para nos preparar lugar
B6) a descida do Espírito Santo no pentecoste, inaugurando assim os últimos dias
B7) a volta de Jesus – pela segunda vez, mas não como salvador e sim como juiz.
  1. Para que você, HOJE, que está ouvindo a palavra de Deus, seja curado, libertado, salvo e, principalmente, para pregar a sua palavra até a sua volta.
Ore por mim! Eu amo a pregação cristocêntrica. Eu amo falar de Jesus, pois ele é digno de nossa adoração o qual será o tema de nossa próxima vigília!
 
A Deus toda a glória!
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.