terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Faltam 843/1000 dias! Meu propósito de 1000 dias: Começou: 31/07/2010. Acaba: 26/04/2013.

TEMA: Eu não preciso ser reconhecido por ninguém...
Glórias a Deus! Quando buscamos o reconhecimento de alguém em algo que estamos fazendo, estamos, simplesmente, buscando a glória devida ao nosso nome, no entanto, não é isso o que nos ensina a nossa fé. Devemos buscar em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça para que as demais coisas nos sejam acrescentadas.
 
Louvores, aplausos, holofotes, platéia, reconhecimento, elogios, são de fato massagens ao nosso ego e laço para a nossa alma. Sempre que o nosso foco for tais coisas naquilo que vamos fazer ou nos dedicarmos a fazer, estaremos já sendo contaminados pela glória que não nos pertence.
 
O melhor que devemos por obrigação fazer não pode ter como foco o resultado, nem por motivação o que os outros irão dizer, mas sim se estou com isso glorificando ou não a Deus.
 
Revendo as Escrituras, encontraremos que nosso papel é o de fazer sempre o melhor. Tudo aquilo que vier as nossas mãos para fazermos, devemos fazer para a glória de Deus.
 
Isso não é fácil, pois estamos sempre buscando alguma espécie de reconhecimento pelo que estamos fazendo. Quando, por exemplo, escrevo em meu blog, meu desejo de meu coração é que muitas e muitas vidas leiam e comentem. Quando prego, que venham falar comigo no final do culto dizendo o quando Deus falou com uma ou outra pessoa.
 
A nossa mente está acostumada com isso, mas Deus me advertiu dizendo que ele não me quer pregando para o pastor presente ou para ser melhor ou pior que outro pregador. Filho, eu estou te chamando para pregar a minha palavra e não para ser melhor nem pior.
 
A nossa chamada tanto para escrever no blog quanto para pregar e mesmo para qualquer coisa, por exemplo, cantar não é para sermos aclamados, mas para que se manifeste a glória de Deus em nossas vidas.
 
Deus tudo nos dá gratuitamente e quem nos levanta e nos capacita com dons para pregar, escrever ou cantar é ele mesmo. É de Deus que vem as coisas e nada temos de nós mesmos que não temos recebido. Se recebemos, por que a busca pela glória como se não tivéssemos recebido?
 
Eu recebi e agora estou sendo convidado a transmitir. Eu recebi de graça e de graça deverei passar adiante. Se escrevo bem, se canto bem, se prego bem, não é por que sou melhor nem pior, mas por que a graça de Deus é que está sendo grande na minha vida. Quer se gloriar? Glorie-se em conhecer ao Senhor!
 
Uma vida de competição buscando entre os irmãos quem é melhor produz inveja, contenda, fofoca e Deus não é glorificado e quando Deus não é glorificado, estamos sendo ladrões da glória de Deus e os ladrões não terão parte na vida.
 
Saia da prisão do reconhecimento e se liberte fazendo o teu melhor para Deus que poderá, conforme seu propósito e vontade, tornar-te o melhor dos melhores sem que no entanto você se ensoberbeça. Meu filho, Deus te deu talentos fantásticos, mas do que vale isso se Satanás te roubar? Fuja, portanto, dos holofotes e Deus colocará sobre a sua vida um holofote gigante!
 
A Deus toda a glória!
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.