quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Faltam 828 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10).

TEMA: Amor de Pastor 2!
 
Sem dúvidas, a minha glória, como pastor, é fazer com que conheçam a ti Senhor. Diz-nos o Catecismo Maior de Westminster na pergunta 1: qual o fim supremo e principal do homem? Resposta: o fim supremo e principal do homem é glorificar a Deus e alegrar-se nele para sempre.
 
Eu entendo que buscar sempre a glória de Deus em tudo e alegrar-se nele é, como se diz, o fim supremo e principal do homem. Reparem que não é somente supremo, mas principal também. Supremo, significa que nada está acima disso. Principal, que é mais importante.
 
Reconhecer o trabalho e a dedicação de alguém é mais importante do que ser reconhecido. Quem reconhece o que os outros fazem tem maior sensibilidade e mostra maior maturidade. Quando reconhecemos o nosso próximo estamos mais próximos de Deus?
 
Reconheço minha necessidade de buscar ao Senhor para que ele me ajude a glorificá-lo em tudo. Aceitar as glórias e não transferi-las a Deus significa que estou buscando o reconhecimento devido e merecido, isto é, Deus está me devendo... mas não é assim.
 
Eu, no entanto, caio num laço terrível quando meu foco de atenção sai da glória de Deus para a glória humana. Pior que muitas vezes alcançamos essa glória e ela vicia, pois massageia o nosso ego e nos torna dependentes de reconhecimentos e novas glórias.
 
Creio que deixando a minha glória e o meu reconhecimento para buscar a glória de Deus e o seu reconhecimento ou o reconhecimento de meu próximo, eu estarei alcançando – não que este seja o objetivo – indiretamente o verdadeiro reconhecimento e glórias devidas.
 
O fato de eu tirar o foco do meu “eu” já me é vitória. Diz a palavra de Deus, em outra parte, que quem quiser se gloriar que se glorie em conhecê-lo e saber que ele faz beneficência, juízo, justiça na terra. “Mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me entender e me conhecer, que eu sou o SENHOR, que faço beneficência, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o SENHOR.” (Jr 19:24).
 
Não é que a palavra diz entender e conhecer? Eu me glorio nisso: em entendê-lo e conhecê-lo. Em outra parte ainda há uma outra palavra profética de que a terra ainda se encherá do conhecimento do Senhor. “Porque a terra se encherá do conhecimento da glória do SENHOR, como as águas cobrem o mar.” (Hb 2:14).
 
Homem de Deus que anuncia a palavra de Deus ao povo de Deus sendo tu instrumento de Deus, não vês que tudo é de Deus e tudo é para Deus?
 
Então, porque a busca pelo reconhecimento, pela glória, pela fama, pelos holofotes, pelas massagens de teu ego, pelos elogios? Não é tudo do Senhor e para a sua glória? O que temos que não temos recebido?
 
Creio que se recebemos, então não veio de nós, mas de Deus, logo que a glória é sempre dele. Isso é saúde para nós e tira de nós a inveja e o desejo de superar o outro para sermos melhores que nosso próximo. Deus não nos chamou para sermos melhores do que ninguém, mas nos chamou para sermos cada dia melhores.
 
Isso mesmo, não tem contradição. Sou e faço o meu melhor quando faço buscando a glória de Deus. Agora, em eu buscando a sua glória, ele, de sua própria vontade, quiser me exaltar, o que tem você com isso?
 
Deus pode todas as coisas e quando ele ou os outros nos exaltam, a nossa exaltação é legítima e a glória sobe para Deus. A sua glória, diz palavra dele, não a darei a ninguém. “Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura.” (Is 42:8).
 
O nosso Deus nos coroou com a mente de Cristo onde, plenamente, habitam riquezas de sabedoria, de conhecimento e de amor. A busca da glória de Deus nos enche de glória, não nossa, dele. É tudo mistério, lindo, maravilhoso, profundo. O amor de pastor nos constrange a darmos as glórias a Deus: glórias a Deus!
 
Soli Deo Gloria!
 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.