terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Faltam 822 dias para 26/04/13 (Inicio: 31/07/10).

TEMA: A Terceira Aparição de Jesus aos Discípulos 3 – Jo 21:1-15.


Continuação...

Em segundo lugar, ele ficou aparecendo aos que escolhera por 40 dias.

 

Durante os 40 dias em que esteve na terra, depois de morto, aliás, depois de ressuscitado, ele comeu, bebeu, conversou, foi tocado, compartilhou, instruiu, falou sobre as coisas do Reino de Deus e a sua Justiça e, finalmente, Ele subiu aos céus. Quem me dera participar dessa escola de Jesus aqui na terra. Jesus é nosso modelo em tudo. Devemos estarmos bem atentos para aprendermos como ele instruiu seus discípulos.

 

Diz-nos o Catecismo Maior de Westminster sobre esses 40 dias aqui na terra:

 

"Pergunta 53. Como Cristo foi exaltado na sua ascensão?

Resposta: Cristo foi exaltado na sua ascensão aparecendo, depois da sua ressurreição, muitas vezes aos seus apóstolos e conversado com eles, falando-lhes

·           das coisas pertencentes ao seu reino,1

·           impondo-lhes o dever de pregar o evangelho a todos os povos2

·           e subindo aos mais altos céus,3 no fim de 40 dias, levando a nossa natureza,4

·           e, como nosso Cabeça triunfante sobre os inimigos, para ali, à destra de Deus, receber dons para os homens,5

·           elevar nossos afetos6

·           e preparar--nos um lugar7

·           onde ele está e estará até a sua segunda vinda, ao final dos tempos.8

Referências bíblicas: xAt 1.2,3; 2Mt 28.19; 3Ef 4.8,10; At 1.9; 4Hb 6.20; 5Ef 4.8; Sl 68.18; 6C1 3.1,2; 7Jo 14.2,3; 8At 3.21."

 

Porque 40 dias? O que temos na Bíblia associado ao número 40?

 

Aleluias! Vocês já repararam que o número 40 está associado na Bíblia com provação, teste e preparação?

 

Há diversas ocorrências do número 40 na Bíblia (ver livro de Christian Chen, Moisés, os Números e Nós, ed. Dos Clássicos):

 

è    Israel peregrinou por 40 anos no deserto.

è    O dilúvio ocorreu durante 40 dias e noites, mesmo tempo do

è    jejum de Moisés (recepção das tábuas dos mandamentos no Monte Sinai),

è    de Elias (para ter um encontro maravilhoso com Deus no Monte Horebe) e

è    Jesus Cristo (no deserto, após receber o Espírito Santo, depois de seu batismo nas águas). Posteriormente, encontraram-se no monte Hermon onde Jesus transfigurou-se e apareceram, além de Jesus transfigurado, Moisés e elias para alguns discípulos Pedro, Tiago e João (Mt 17:1-8).

 

Dizem também que tudo aquilo que resolvemos fazer, metodicamente, sistematicamente, por mais de 40 dias, sem desfalecermos, torná-se, em nós, um hábito.

 

Há mais curiosidades e estudos envolvendo este número, mas para nós aqui, neste momento, já falei o suficiente para entendermos que os 40 dias em que Jesus permaneceu aqui na terra como ressuscitado dentre os mortos serviu para provar, testar e preparar os discípulos para uma longa jornada que iria comprometer toda as suas vidas. Também compromete as nossas vidas hoje e irá comprometer muitas vidas até que Jesus volte, como prometeu.

 

A Deus toda a glória!

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.