sexta-feira, 28 de maio de 2010

365 dias de propósito! Dia 311/365

TEMA: Pensamentos de Paz... Jr 29:11

 

Ontem, pela graça de Deus, tivemos nossa reunião no Grupo Familiar Arca da Aliança que acontece todas as quintas-feiras em minha residência no horário das 20h30. Foi bênção pura! Um banquete do qual não me sinto digno.

 

Lamento que os convidados para o banquete não puderam estar presentes por causa de outros compromissos importantes, mas como disse sabiamente a Zezé, somente estavam presentes aqueles que Deus queria que estivessem ali presentes para se banquetearem.

 

A porta está aberta, mas muitos não estão indo buscar a Deus. Não é a Arca da Aliança, nem o GECOR, nem a Igreja que precisa de membros, mas os membros que precisam de buscar e adorar ao Senhor enquanto se pode achá-lo.

 

A palavra de ontem falava de pensamentos de paz. Jeremias era um profeta de Deus que levava a palavra de Deus ao povo de Deus. Ananias era um falso profeta que pregava rebeldia a Deus. Deus tinha falado e advertido o seu povo quanto ao cativeiro que estavam prestes a enfrentar na Babilônia e Jeremias fez um jugo de madeira para simbolizar o cativeiro.

 

O cativeiro não é agradável, mas as vezes necessário para Deus nos corrigir e nos disciplinar. Quem fica sem correção e disciplina não é filho nem amado do seu Pai. Ananias ao ver o jugo nas costa de Jeremias, tomou-o e quebrou e ainda afirmou como palavra do Senhor que assim como ele tirava e quebrava o jugo de Jeremias assim faria o Senhor e o povo não seria levado cativo.

 

Jeremias voltou cabisbaixo, mas Deus lhe falou para preparar um novo jugo, de ferro, inquebrantável e deu a Jeremias uma palavra dura a Ananias, pois estava pregando rebelião, desobediência. Em cima disso, nos advertiu de que Deus nos requer obedientes e não desobedientes. A desobediência é muito grave e tem final muito ruim. Ananias morreu pouco tempo depois devido ao julgamento divino. Com Deus não se brinca!

 

O rei Zedequias que seguia os conselhos de Ananias e desobedeceu as instruções do Senhor acabou sendo apanhado em um campo aberto onde não havia lugar para se esconder, em seguida mataram os seus filhos na sua frente e depois lhe vazaram os seus olhos, ficando cego. A aplicação disso é que quando desobedecemos, seguindo conselhos de falsos profetas e não os conselhos de Deus, ficamos em situação semelhante diante do inimigo.

 

A relva, o campo aberto significa que não há como se esconder. Não há uma árvore, nem um monte, nem matos, mas estamos expostos e Deus tudo vê. Não dá para se esconder e ai o inimigo se aproveita disso, da vítima indefesa e insegura e a apanha com facilidade. Depois mata os seus filhos que significam as suas promessas,  a sua herança e por fim lhe cega os olhos, ou seja, perde a visão e não enxerga mais nada. Aconselhou-nos, o pregador a tomarmos cuidado com a desobediência.

 

Sobre o cativeiro, nos disse que somos como a concha do mar que procura se guardar e se preservar fechada, mas um grão de areia que entrando em seu corpo fica ali alojado começa a lhe incomodar. A reação a isto é que seus anticorpos começam a agir e a produzir enzimas que vão envolvendo este grão em camadas até tornar-se uma bela e valiosa pérola.

 

As dores do presente e o incômodo atual dos cativeiros de nossas vidas irão ao final produzir jóias valorosas em nossas vidas. Aceitar as correções e disciplinas de Deus nos fazem crescer e enriquecer.

 

Por falar em pérolas, jóias e tesouros, podemos comparar a busca do Reino de Deus e da sua Justiça como aquele que sai a cavar a terra procurando por tesouros. No entanto, não pode cavar em qualquer lugar, mas no lugar certo. A Bíblia é o mapa que nos aponta o lugar certo. As ferramentas para cavarmos são a oração, o jejum, a leitura bíblica, a adoração ao Senhor. Geralmente, o tesouro não se acha na superfície da terra, mas é necessário cavar fundo, profundo o que causa desgaste e muito trabalho.  A lógica disso é que cavando no lugar certo e usando as ferramentas certas, o tempo será o limite para encontrarmos tesouros valiosos.

 

A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias – estou pensando em armazenar essas informações em algum outro lugar, enquanto isso, as atualizações somente serão feitas futuramente.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.