sexta-feira, 21 de maio de 2010

365 dias de propósito! Dia 304/365

TEMA: Contentai-vos Com o Que Tendes 1 – Hb 13: 5-8

 

Embora eu já tenho dito isso antes, eu volto aqui a reforçar, com algumas correções e acréscimos. Já que Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente e, ainda, que ele nos disse “JAMAIS TE DEIXAREI, NUNCA JAMAIS TE ABANDONAREI”, então:

 

·         Você está onde Deus quer que você esteja.

·         Você é o que Deus quer que você seja.

·         Você tem o que Deus quer que você tenha.

 

Eu explico:

 

·         Você está onde Deus quer que você esteja. No dia que Deus quiser te tirar desse lugar, ninguém poderá impedi-lo. Há um propósito nisso e somente depois de concluí-lo é que você sairá.

 

Repare na vida de José se foi ele que escolheu passar 13 anos na prisão sem ao menos ter cometido crime para isso – preso injustamente! José foi um homem que sofre muito, mas que sempre buscava se aperfeiçoar e se superar. Deus o exaltou tanto que o colocou no topo do mundo da época sendo abaixo apenas do Faraó e isso em terra estrangeira, no Egito.

 

E Daniel? Foi ele que escolheu ser levado cativo para a Babilônia? O que é ser levado em cativeiro? Será que foi com pompas e gala e com direito a transporte especial? Ou talvez acorrentado, algemado, em cadeias? – Daniel viveu toda sua vida, talvez 100 anos de vida no cativeiro, longe de sua terra natal, servindo outro país. Até na sua velhice com seus 85 anos de idade ainda foi, no reinado de Dario, o principal líder acima dos outros 2 presidentes e 120 príncipes. Somente o rei no reino dos Medos e dos Persas era superior a Daniel.

 

E o apóstolo Paulo que passou muito tempo preso? Admiramos seu senso de soberania de Deus que mesmo em prisões, cadeias, dizia em suas cartas “eu, prisioneiro de Cristo” e não prisioneiro de César, ou do sistema romano, ou por injustiça. E ele diz em uma de suas epístolas que aprendeu o segredo de viver contente com tudo e em todas as circunstâncias (Fp 4:12). Quando o apóstolo Paulo no diz que aprendeu, isso para mim tem o sentido de que Paulo tinha uma mente ensinável, aberta, disposta a receber as instruções. Gamaliel também foi professor de Paulo, mas este aprendizado não foi obtido com ele, mas aos pés de Cristo! Assim, nós também podemos aprender esse segredo se tivermos um coração maleável, disposto a aprender.

 

Poderia citar mais nomes e exemplos, mas estes já são mais do que suficientes para fixar a idéia de quem controla todas as coisas é Deus e que você está onde Deus quer que você esteja.

 

·         Você é o que Deus quer que você seja. Porque se lamentar? Deus te fez especial e somente você poderá cumprir com êxito aquilo que ele preparou para você.

 

O problema de todos nós é a comparação. Estamos sempre nos comparando e conforme o padrão que temos na mente poderemos ficar ou não chateados e tristes. Reparem que isso se aplica a onde estamos, ao que somos e ao que temos.

 

Tem gente que não se ama, não se aceita, vive um inferno por isso e é revoltado com a vida, com Deus. Esse amargor dentro dele é como um demônio que encontrando uma porta aberta (a murmuração!) se aloja, se instala, se sente dono e vai dstruindo o docê da sua vida.

 

·         Você tem o que Deus quer que você tenha. Deus pode tornar-te rico ou pobre em instantes, por isso, não se angustie querendo ir além, acalme-se que Deus te dará tudo o que você necessita.

 

Crente verdadeiro, os filhos de Deus, não necessita de dinheiro para aquisição de coisas, pois Deus dá e também tira de quem quer para quem ele quer. Na verdade, nada temos, nem possuímos, pois Deus é o dono de tudo e de todos.

 

Há um vídeo no YouTube em que, teatralizando, o Senhor entrega a uma jovem uma coca-cola geladinha e ela fica toda feliz e radiante que mal consegue se conter em si mesma. Até que vê um amigo seu com uma coca-cola de 300ml. Resultado? Tristeza! Então, pede ao Senhor uma coca-cola também de 300ml e o Senhor lhe diz “você não estava contente com a que te dei? Porque queres uma de 300ml?” Ainda assim o Senhor lhe dá uma coca-cola de 300ml e ela volta a ficar tão feliz, mas quando vê outra pessoa com uma coca-cola de 600ml, entristece-se novamente. Parece que não há limites para nossa cobiça e estamos sempre querendo mais e mais e não conseguimos nos contentar e nos alegrar com o que temos.

 

Enquanto eu estava tomando um cafézinho reparei que um jovem faxineiro preparava cartões de loteria para fazer a sua aposta e me veio ao coração: por que aquele jovem tinha aquele sonho de ganhar na loteria? Obviamente que seria para resolver os problemas do ter em sua vida, mas ter dinheiro é solução? Precisamos mesmo de dinheiro? É de dinheiro que estamos precisando? Nosso deus é mamon? Ou o Senhor?

 

Em casa, por exemplo, eu gostaria, se pudesse, de fazer uma boa reforma e os custos devem ficar na faixa dos R$ 50.000,00. Também gostaria de trocar meus carros e fazer outros investimentos, mas meu limite financeiro não me dá essa possibilidade no momento. O que devo fazer? Será que eu deveria então me endividar de forma irresponsável para conseguir meus objetivos?

 

Eu estou pregando que eu tenho o que Deus quer que eu tenha! Quem me deu o que eu tenho? Deus é quem me deu tudo o que eu tenho e me dará tudo o que conquistarei nesta vida. A prova de que meu patrimônio não é meu, mas de Deus é que eu não o levarei comigo em minha cova ou para o além. Tudo ficará aqui para outro, para aquele a quem Deus quiser dá-lo.

 

O que eu estou ajuntando não me pertence, nem me pertencerá, mas passará para outro, porque então desesperar-me querendo conquistar o mundo todo?

 

 A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias – estou pensando em armazenar essas informações em algum outro lugar, enquanto isso, as atualizações somente serão feitas futuramente.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.