quarta-feira, 19 de maio de 2010

365 dias de propósito! Dia 302/365

TEMA: A Minha Família é Plano de Deus 10 – Gn 1: 26-31

 

Essa tinha sido a conclusão que eu tinha chegado ontem  ao meditar naquele meu testemunho sobre meu casamento: eu preciso mais de Deus no meu casamento! Se eu preciso mais de Deus em meu casamento, logo devo dar mais de mim mesmo a Deus em meu casamento. Em outras palavras: você quer mais de Deus em seu casamento? Então, dê mais de si mesmo a Deus em seu casamento. Aleluias!

 

É interessante notar que não é somente no casamento que eu descobri que preciso mais de Deus, mas também em minha vida em geral e em todos os setores dela: social, cultural e espiritual. Sem Deus não iremos a lugar algum relevante.

 

Continuemos com a leitura de Efésios 5: 25 a 28: “25. Vós, maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela, 26. para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, 27. para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível. 28. Assim devem os maridos amar a sua própria mulher como a seu próprio corpo. Quem ama a sua mulher ama-se a si mesmo.”

 

Primeiro o Espírito Santo nos diz para amarmos a nossa esposa como Cristo amou a sua igreja e vimos que isso é impossível e concluímos que então todos os meus esforços por amá-la sempre serão insuficientes para o padrão que Deus requer de nós em nossos casamentos. “Meu amor, eu sempre irei te amar, meu amor, no entanto, sei que preciso te amar mais ainda!“ Isso é lindo! Só Deus para nos mover a tão grande amor.

 

Segundo, o Espírito Santo reforça a necessidade de amarmos a nossa esposa como nós amamos ao nosso próprio corpo. É demais! É muito amor! É isso o que Deus quer! Por isso o que ele uniu, diz as Escrituras, não o separe o homem. (Mt 19:6). Porventura pode haver algo mais forte do que esse amor? Deus odeia (detesta) o divórcio! (Ml 2:16)

 

Não há entre os normais quem não se trate bem e cuide bem de seu próprio corpo. Tudo o que nosso corpo necessitar, sempre estaremos prontos a atender. Assim, deve ser com a nossa esposa, pois ela é uma só carne conosco: ossos dos meus ossos: “Gênesis 2:23 E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada mulher, porquanto do homem foi tomada.

 

O Espírito Santo conclui nos dizendo que quem ama a sua esposa ama a si mesmo; e quem não ama a sua esposa? Misericórdias! A tua esposa não é objeto para ser usada e descartada, ela deve ser amada e muito bem amada. Cristo amou a sua igreja.

 

Tem marido que fica morrendo de raiva porque queria ter intimidades com a sua esposa e por um motivo ou outro não conseguiu e fica se lamentando e pensando besteiras na presença do Senhor. Escute homem: não existe mulher fria ou que não te queira na intimidade, mas o que existe é mulher mal amada.  A culpa – se é assim que podemos dizer - sempre, sempre, sempre será sua! (óbvio, excetuando casos clínicos, psicológicos e espirituais que necessitam de tratamento adequado). Reveja, pois, os teus conceitos,  a tua forma de agir e reagir, ore e busque a Deus que ele te ensinará a ser sempre bem sucedido. Aleluiaaaaas!

 

Conquistar a sua amada deve ser uma corte regada no amor, no temor a Deus, no carinho, no respeito e isso todos os dias! Flerte com ela e deixe o encanto e a libido aflorarem entre vocês de forma que não possam nem se triscar que já sai faísca. Ore a Deus pedindo sabedoria, inteligência e amor para você sempre ser um artista e conquistador de sua amada. Só de falar disso, eu fico todo arrepiado!

 

 A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias – estou pensando em armazenar essas informações em algum outro lugar, enquanto isso, as atualizações somente serão feitas nos fins de semana.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.