terça-feira, 18 de maio de 2010

365 dias de propósito! Dia 301/365 (terça-feira, 18 de maio de 2010)

TEMA: A Minha Família é Plano de Deus 9 – Gn 1: 26-31

 

Essa foi a conclusão que eu cheguei ao meditar naquele meu testemunho: eu preciso de Deus no meu casamento!

 

É sério! Desde o dia em que descobri essa grande verdade de que eu e minha esposa precisamos de Deus em nosso casamento, as coisas entre nós sempre estão melhorando. Há muitos que testemunham que o fogo presente no namoro e no flerte vai se apagando, perdendo a graça e acabamos em rotinas.

 

Isso, de fato, é verdade, mas não é uma verdade que não possa ser mudada. Tudo o que investirmos para que nossa relação se torne acesa e se mantenha acesa, debaixo do temor de Deus, é válida. Volto ao meu exemplo com meus 23 anos de casamento: estamos a cada dia mais apaixonados e cheios de fogo e vigor!

 

Quando eu tenho certeza de que eu preciso mais de Deus em meu casamento eu me volto a ele e ele me renova.

 

Já que Deus planejou e criou a família com um propósito, então a mulher deve respeitar o marido. A tentação da mulher é querer dominar as coisas, principalmente o marido, mas quando ela está debaixo do temor de Deus, esse desejo e força destrutiva do casamento que faz ela perder o respeito, perde a sua força.

 

Algumas mulheres poderiam perguntar como respeitar alguém que não se respeita, que não dá o exemplo de homem provedor e sacerdote em sua casa? Alguns homens também poderiam perguntar como suportar e amar alguém que não retribui nem reconhece nunca o amor devotado, pelo contrário, piso no prato que come?

 

Não adianta ficarmos buscando razões e querendo mostrar ao outro as suas falhas. Acusações, cobranças não servem para o fim a que se propõem, antes apenas para destruir o relacionamento e causar feridas que dificilmente se cicatrizarão. O amor e o respeito deve ser incondicional. Não ame “se” ou apenas respeite “se”, ex.: se meu marido se respeitar eu o respeitarei; se minha esposa reconhecer o meu amor, eu a amarei ainda mais.

 

Ame e respeite porque o Senhor ordenou. Aja pela fé. Não trate a sua esposa como ela merece, antes como ela mereceria. Se ela, ao teu ver, mereceria indiferença e raivinha, trate-a como se fosse aquela mulher dos teus sonhos, meiga, carinhosa, doce, respeitadora, submissa, mas não faça isso de qualquer jeito e sim com charme, com classe, de todo o seu coração.

 

Você também mulher receba o teu homem em casa como um príncipe, um rei e trate-o como um homem respeitável, como se ele fosse cheiroso, gentil, amoroso. Não retribua o mal com o mal, antes destrua o mal com o bem.

 

Cristo amou a sua igreja e por ela deu a sua própria vida. No dia em que você começar a pensar em amar a sua esposa como Cristo amou a sua igreja, as coisas irão mudar. No dia, mulher, que você receber em casa, não teu marido, mas o teu “Senhor”, então as coisas irão mudar.

 

Quando as Escrituras dizem ao homem que ele deve amar a sua esposa como Cristo amou a sua igreja ela também está dizendo que a mulher deve receber o seu marido como a igreja recebe ao Senhor. Aleluias.

 

Como é bom descobrir que eu preciso mais de Deus em meu casamento! A todos um bom dia! Amanhã, veremos o objetivo do casal que não é nem ser nem fazer o outro feliz, mas antes glorificar a Deus e cumprir os mandatos de Deus para a sua honra e glória.

 

Efésios 5: 25 a 28: “25. Vós, maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela, 26. para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, 27. para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível. 28. Assim devem os maridos amar a sua própria mulher como a seu próprio corpo. Quem ama a sua mulher ama-se a si mesmo.”

 

A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias – estou pensando em armazenar essas informações em algum outro lugar, enquanto isso, as atualizações somente serão feitas nos fins de semana.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.