segunda-feira, 17 de maio de 2010

365 dias de propósito! Dia 300/365

TEMA: A Minha Família é Plano de Deus 8 – Gn 1: 26-31

 

Desde a postagem 293/365, de 10/05/2010 (segunda-feira) que o tema é A Minha Família é Plano de Deus e a referência é Tg 5:12-18. Isso se deve principalmente devido ao problema moderno do “control c – control v”. Desculpem-me! Somente atinei para esse furo no dia de hoje. A referência inicial correta é Gn 1: 26-31; digo inicial, porque há muitas outras citadas ao longo desse estudo.

 

Aleuias! Cheguei no dia 300! Faltam apenas 65 dias para término desse propósito. Eu cheguei a pensar diversas vezes que não daria conta, principalmente estudando seminário teológico, trabalhando e pregando por ai, mas Deus deu graça e irei concluir. A experiência tem sido muito edificante.

 

Voltando à nossa reflexão: as APLICAÇÕES partem do princípio do “já” e não do “se”, isto é, ao invés de eu dizer: “Se Deus criou a família...”, eu digo, Já que Deus planejou e criou a família com um propósito, então:

 

1.         O marido deve amar a esposa como Cristo amou a sua igreja.

2.         A mulher deve respeitar o marido.

3.         O objetivo do casal não é nem ser nem fazer o outro feliz, mas antes glorificar a Deus e cumprir os mandatos de Deus para a sua honra e glória.

 

Sobre o marido amar a esposa como Cristo amou a sua igreja, deixem-me compartilhar um testemunho, creio, até já citado aqui no Jamais Desista, mas que quero reforçar o que recebi.

 

Eu estava um dia destes chateado com minha esposa (nem me lembro do motivo) e tive uma experiência incrível.  Como eu estava dizendo, eu estava chateado e a minha experiência foi assim:

- Filho tu amas a tua esposa?

- Sim, Senhor eu amo a minha esposa.

- Filho, tua amas verdadeiramente a tua esposa?

- Sim, Senhor, eu verdadeiramente amo a minha esposa.

- Filho, você ama a tua esposa como eu amo a minha igreja?

- ... aí meu Deus... é IMPOSSÍVEL eu amar a minha esposa como o Senhor ama a sua igreja, está isso muito além das minhas capacidades.

- Então, filho, se você não consegue amar a tua esposa como eu amei a minha igreja, todo o esforço que você fizer para amá-la será insuficiente ao que eu quero de ti nessa área.

 

Aí, meus irmãos, entendi claramente que assim como está escrito em Efésios 5: 25 a 28: “25. Vós, maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela, 26. para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, 27. para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível. 28. Assim devem os maridos amar a sua própria mulher como a seu próprio corpo. Quem ama a sua mulher ama-se a si mesmo.” Assim, eu devo amar a minha esposa sabendo que todos os meus esforços por amá-la serão insuficientes para atingir aquilo que Deus planejou.

 

E a conclusão disso qual seria? É que eu preciso de Deus no meu casamento!

 

Por isso, eu oro todos os dias da seguinte forma: Senhor, Deus dos Impossíveis, mude a minha esposa para que ela seja tudo aquilo que eu desejo de uma mulher! Senhor, também, transforme a minha vida para que eu seja tudo aquilo que minha esposa sonha e quer que eu seja como seu homem. Aproveitando este momento, meu Senhor Deus dos Impossíveis, transforme as nossas vidas para que sejamos tudo aquilo que o Senhor planejou que fôssemos como casal de Deus.

 

Amanhã, continuaremos.

 

A Deus toda a glória! - Acompanhamento de Minhas Leituras Diárias – estou pensando em armazenar essas informações em algum outro lugar, enquanto isso, as atualizações somente serão feitas nos fins de semana.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.