quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Êxodo 7: 1-25 – COMEÇAM AS PRAGAS.

Deus dá ordens a Moisés para que vá a Faraó juntamente com seu irmão, ele com 80 anos e seu irmão com 83, dois velhos na aparência, mesmo depois de Moisés ter acabado de dizer não, que tinha língua pesada.
A solução do Senhor a Moisés é que seu irmão iria como seu profeta e Moisés como Deus diante de Faraó, de modo que Moisés falaria a Arão e Arão falaria a Faraó e assim, lá se foi a desculpa de Moisés embora.
Sobre as desculpas, principalmente de Moisés que disse a Deus, neste capítulo 7, que tinha língua pesada, eu tenho dito: a falta de vontade, dá desculpas e a força de vontade, dá um jeito. Eu uso essa citação no final da minha assinatura de e-mail. Realmente, quanto não queremos fazer algo, por algum motivo, nunca nos faltará desculpas e jeito.
Neste caso foi Deus quem deu jeito e encontrou uma saída para eles e eles, sem como mais argumentarem, foram a Faraó seguindo as instruções de Deus, na fala e na realização dos milagres. Assim, tem-se início às maravilhas e aos sinais que Deus queria realizar ali no Egito.
Primeiramente, uma coisa mais simples – tente fazê-la: impossível – a vara de Arão se torna uma serpente na presença de Faraó. Este chama seus encantadores e pela magia realizam o feito de transformarem cada um deles a sua vara em serpente.
Se foi a realização de grande truques ou não, não sei. A Bíblia não deixa isso claro, pelo contrário, fala que houve mesmo a transformação misteriosa. Gerard Van Groningen, referencial no Antigo Testamento fala que foi mesmo o que dito está: houve a realização da transformação das varas dos magos em serpentes.
Talvez isso não fora decorrente de feitiços ou magias, mas porque Deus estava ali e atendeu aqueles magos para que assim se cumprisse seu propósito de endurecimento do coração de Faraó, em especial.
Ainda estes magos irão realizar outras façanhas incríveis como a próxima maravilha na forma de praga, transformar toda a água do Egito em sangue e fazer morrer todas as criaturas daqueles lugares a ponto de exalarem mal cheiro.
Quando os magos fizeram o mesmo, diz a Bíblia que ele deu de costas para Moisés e Arão e seu coração estava como pedra, nem atentou para o problema. Por misericórdia, Deus permitiu aos Egípcios uma saída para terem água que foi cavar poços para beberem.
A praga durou sete dias! Não há aqui nova menção do problema de opressão ao povo israelita que lá estava que motivara os diálogos com Deus, com Moisés intercedendo pelo povo. Era uma nova fase na vida de todos e Deus, claramente, estava se manifestando na terra. E isso era notório entre todos!
É incrível como Deus mantém o controle de tudo e sobre todas as coisas, inclusive a nossa história que pensamos seguir cursos totalmente aleatórios e ao acaso. A história que estava sendo escrita tinha, claramente, o dedo de Deus nela.
Será a nossa história atual diferente e as coisas fugiram totalmente do controle de Deus e até ele agora está perdido? Não creio! Assim, então, vamos adorar a Deus porque os tempos estão chegando ao seu clímax, onde em breve voltará para estar conosco para sempre nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Maranata!
Êx 7:1 Então disse o SENHOR a Moisés:
Eis que te tenho posto por deus sobre Faraó,
e Arão, teu irmão, será o teu profeta.
Ex 7:2 Tu falarás tudo o que eu te mandar;
e Arão, teu irmão, falará a Faraó,
que deixe ir os filhos de Israel da sua terra.
Ex 7:3 Eu, porém,
endurecerei
o coração de Faraó,
e multiplicarei na terra do Egito
os meus sinais
e as minhas maravilhas.
Ex 7:4 Faraó, pois, não vos ouvirá;
e eu porei minha mão sobre o Egito,
e tirarei meus exércitos,
meu povo, os filhos de Israel,
da terra do Egito,
com grandes juízos.
Ex 7:5 Então os egípcios saberão
que eu sou o SENHOR,
quando estender a minha mão sobre o Egito,
e tirar os filhos de Israel do meio deles.
Ex 7:6 Assim fizeram Moisés e Arão;
como o SENHOR lhes ordenara, assim fizeram.
Ex 7:7 E Moisés era da idade de oitenta anos,
e Arão da idade de oitenta e três anos quando falaram a Faraó.
Ex 7:8 E o SENHOR falou a Moisés e a Arão, dizendo:
Ex 7:9 Quando Faraó vos falar, dizendo:
Fazei vós um milagre,
dirás a Arão:
Toma a tua vara, e lança-a diante de Faraó;
e se tornará em serpente.
Ex 7:10 Então Moisés e Arão foram a Faraó,
e fizeram assim como o SENHOR ordenara;
e lançou Arão a sua vara diante de Faraó,
e diante dos seus servos,
e tornou-se em serpente.
Ex 7:11 E Faraó também chamou os sábios e encantadores;
e os magos do Egito
fizeram também o mesmo com os seus encantamentos.
Ex 7:12 Porque cada um lançou sua vara,
e tornaram-se em serpentes;
mas a vara de Arão
tragou as varas deles.
Ex 7:13 Porém o coração de Faraó
se endureceu,
e não os ouviu,
como o SENHOR tinha falado.
Ex 7:14 Então disse o SENHOR a Moisés:
O coração de Faraó está endurecido,
recusa deixar ir o povo.
Ex 7:15 Vai pela manhã a Faraó;
eis que ele sairá às águas;
põe-te em frente dele na beira do rio,
e tomarás em tua mão a vara que se tornou em cobra.
Ex 7:16 E lhe dirás:
O SENHOR Deus dos hebreus me tem enviado a ti, dizendo:
Deixa ir o meu povo,
para que me sirva no deserto;
porém eis que até agora não tens ouvido.
Ex 7:17 Assim diz o SENHOR:
Nisto saberás que eu sou o SENHOR:
Eis que eu com esta vara,
que tenho em minha mão,
ferirei as águas que estão no rio,
e tornar-se-ão em sangue.
Ex 7:18 E os peixes, que estão no rio,
morrerão,
e o rio cheirará mal;
e os egípcios terão nojo de beber da água do rio.
Ex 7:19 Disse mais o SENHOR a Moisés:
Dize a Arão:
Toma tua vara,
e estende a tua mão sobre as águas do Egito,
sobre as suas correntes,
sobre os seus rios,
e sobre os seus tanques,
e sobre todo o ajuntamento das suas águas,
para que se tornem em sangue;
e haja sangue em toda a terra do Egito,
assim nos vasos de madeira como nos de pedra.
Ex 7:20 E Moisés e Arão fizeram assim como o SENHOR tinha mandado;
e Arão levantou a vara,
e feriu as águas que estavam no rio,
diante dos olhos de Faraó,
e diante dos olhos de seus servos;
e todas as águas do rio
se tornaram em sangue,
Ex 7:21 E os peixes,
que estavam no rio, morreram,
e o rio cheirou mal,
e os egípcios não podiam beber a água do rio;
e houve sangue por toda a terra do Egito.
Ex 7:22 Porém os magos do Egito
também fizeram o mesmo com os seus encantamentos;
de modo que o coração de Faraó
se endureceu,
e não os ouviu,
como o SENHOR tinha dito.
Ex 7:23 E virou-se Faraó,
e foi para sua casa;
nem ainda nisto pôs seu coração.
Ex 7:24 E todos os egípcios cavaram poços junto ao rio,
para beberem água;
porquanto não podiam beber da água do rio.
Ex 7:25 Assim se cumpriram sete dias,
depois que o SENHOR ferira o rio.
Foram mais sete dias depois que o Senhor feriu o rio. Não é por acaso que ele está a ferir cada coisa, mas tem tudo a ver com as divindades do Egito que diziam eles serem os deuses das coisas.
Para cada maravilha de Deus, um deus egípcio humilhado e destruído e colocado em seu devido lugar: não é deus de nada. Só o EU SOU, o Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó, é que é Senhor soberano e Todo-Poderoso.
Na BEG, o comentário das pragas segue o seguinte roteiro:
As nove pragas se iniciam no palácio de Faraó por um sinal divino (7:8-13) e se encerram com a praga da morte dos primogênitos (11:1 – 12:30). As nove pragas se dividem em grupos de três (7:14 – 8:19; 8:20; 9:13 – 10:29).
A primeira praga de cada grupo começa com uma advertência a Faraó dada pela manhã, quando ele ia ao Nilo (7:1415; 8:20; 9:13). A segunda praga de cada grupo começa com uma advertência dada a Faraó num lugar desconhecido (8:1; 9:1; 10:1-2). A terceira praga de cada grupo acontece sem advertência (8:6; 9:8; 10:21). A descrição da primeira praga de cada grupo revela o tema dele.
A primeira das três pragas demonstrou a superioridade absoluta do Senhor sobre Faraó (7:16-17).
Ela, a BEG, comenta nove e não dez por excluir dessa contagem a maravilha inicial diante de Faraó que foi a vara de Arão se transformar em serpente e ter acabado com as varas transformadas em serpentes de todos os magos ali presentes. Tudo isso diante de Faraó, na sua presença.
Eu novamente estou curioso e o tempo já passou. Mas, se pudesse, eu pegaria aquele sangue, diversas amostras deles, e faria exame de DNA. Daqui tiro uma hipótese minha particular que nada tem a ver com nada do que está escrito: é possível a fabricação de sangue para fins cirúrgicos. Fica aqui o desafio moderno para a engenharia genética.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br
...


terça-feira, 1 de outubro de 2013

Êxodo 6: 1-30 – DEUS FALA A MOISÉS COM PACIÊNCIA.

Neste capítulo temos a continuação do diálogo entre Deus e Moisés que começou no anterior quando Moisés estava zangado por causa da opressão que foi aumentada para com os filhos de Israel, depois que ele, atendendo ao Senhor, falou a Faraó.
Também no presente capítulo, veremos uma parte dos descendentes sendo narrada, principalmente e com mais detalhes sobre os filhos de Levi, explicando os nascimentos e gerações de Moisés e Arão.
Um fato que chama a atenção é o verso 23 onde Arão toma por mulher a Eliseba, filha de Aminadabe, irmã de Naasson. Este Naasson, cujo pai era Aminadabe, muito provavelmente, é o descendente de Judá de onde vem a semente messiânica. Dessa união, nascem Nadabe, Abiú, Eleazar e Itamar, linhagem sacerdotal que nada tem a ver com o Messias.
Embora aqui, no capítulo 6 de Êxodo, não conste, os pais de Naasson, foram: Aminadabe, Arão (não é o mesmo que é filho de Anrão), Esrom, Péres, Judá, Jacó, Isaque e Abraão.
Moisés e Arão eram os escolhidos de Deus para a liderança do povo e preservação, especialmente, da semente messiânica, daqueles que logo, logo, depois de alguns anos, uns 1500, traria ao mundo a Jesus Cristo de Nazaré.
O diálogo prossegue e Deus fala a Moisés, com paciência, explicando o seu nome, como se apresentou aos seus pais – o Deus Todo-Poderoso -, o que irá fazer e que com forte mão livrará o povo da opressão do Egito.
Também se apresenta como SENHOR e revela que assim não fora conhecido antes, mas somente agora. Explica ainda a sua aparição que é devida à sua aliança a qual ele quer preservar e que é também devida ao clamor do povo que estava sofrendo a opressão terrível do Egito. Essa aliança envolve necessariamente a posse da terra de Canaã.
Em função disso tudo que explicou pacientemente para Moisés, dá ordens como Deus, como mandamentos e ainda manda dizer aos filhos de Israel as suas palavras. Moisés é este líder que irá tudo registrar nos livros do pentateuco que o Senhor está preparando.
No entanto, por causa da angústia que pesava nos corações deles e da dura servidão, não ouviram, nem deram atenção ao que Moisés lhes falava da parte do Senhor. Moisés se queixa para Deus e este manda ele ir falar a Faraó.
Moisés retruca bem e diz que não irá falar a Faraó porque se ele falou aos filhos de Israel e estes não lhe deram qualquer atenção, como iria lhes atender Faraó quanto ao que falava?
Foi neste momento que o Senhor lhes ordenou e lhes deu mandamento para cumprirem o que ele lhes falava. A narrativa é interrompida bruscamente para apresentar as descendências de Ruben, Simeão e com maiores detalhes, Levi.
A narrativa volta para o diálogo sem uma conclusão ainda. Moisés continua ainda insistindo com Deus que é homem de pesada língua.
Ex 6:1 Então disse o SENHOR a Moisés:
Agora verás o que hei de fazer a Faraó;
porque por uma mão poderosa os deixará ir,
sim, por uma mão poderosa os lançará de sua terra.
Ex 6:2 Falou mais Deus a Moisés, e disse:
Eu sou o SENHOR.
Ex 6:3 E eu apareci
a Abraão, a Isaque, e a Jacó,
como o Deus Todo-Poderoso;
mas pelo meu nome,
o SENHOR,
não lhes fui perfeitamente conhecido.
Ex 6:4 E também estabeleci a minha aliança com eles,
para dar-lhes a terra de Canaã,
a terra de suas peregrinações,
na qual foram peregrinos.
Ex 6:5 E também tenho ouvido o gemido dos filhos de Israel,
aos quais os egípcios fazem servir,
e lembrei-me da minha aliança.
Ex 6:6 Portanto dize aos filhos de Israel:
Eu sou o SENHOR,
e vos tirarei de debaixo das cargas dos egípcios,
e vos livrarei da servidão,
e vos resgatarei com grandes juízos.
Ex 6:7 E eu vos tomarei por meu povo,
e serei vosso Deus;
e sabereis que eu sou o SENHOR vosso Deus,
que vos tiro de debaixo das cargas dos egípcios;
Ex 6:8 E eu vos levarei à terra,
acerca da qual levantei minha mão,
jurando que a daria
a Abraão, a Isaque e a Jacó,
e vo-la darei por herança,
eu o SENHOR.
Ex 6:9 Deste modo falou Moisés aos filhos de Israel,
mas eles não ouviram a Moisés,
por causa da angústia de espírito e da dura servidão.
Ex 6:10 Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo:
Ex 6:11 Entra,
e fala a Faraó rei do Egito,
que deixe sair os filhos de Israel da sua terra.
Ex 6:12 Moisés, porém, falou perante o SENHOR, dizendo:
Eis que os filhos de Israel não me têm ouvido;
como, pois, Faraó me ouvirá?
Também eu sou incircunciso de lábios.
Ex 6:13 Todavia o SENHOR falou a Moisés e a Arão,
e deu-lhes mandamento para os filhos de Israel,
e para Faraó rei do Egito,
para que tirassem os filhos de Israel da terra do Egito.
Ex 6:14 Estas são as cabeças das casas de seus pais:
Os filhos de Rúben, o primogênito de Israel:
Enoque e Palu, Hezrom e Carmi;
estas são as famílias de Rúben.
Ex 6:15 E os filhos de Simeão:
Jemuel, Jamin, Oade, Jaquim, Zoar e Saul,
filho de uma cananéia;
estas são as famílias de Simeão.
Ex 6:16 E estes são os nomes dos filhos de Levi,
segundo as suas gerações:
Gérson, Coate e Merari;
e os anos da vida de Levi foram cento e trinta e sete anos.
Ex 6:17 Os filhos de Gérson:
Libni e Simei, segundo as suas famílias;
Ex 6:18 E os filhos de Coate:
Anrão, Izar, Hebrom e Uziel;
e os anos da vida de Coate foram
cento e trinta e três anos.
Ex 6:19 E os filhos de Merari:
Mali e Musi;
estas são as famílias de Levi,
segundo as suas gerações.
Ex 6:20 E Anrão tomou por mulher a Joquebede,
sua tia,
e ela deu-lhe Arão e Moisés:
e os anos da vida de Anrão
foram cento e trinta e sete anos.
Ex 6:21 E os filhos de Izar:
Corá, Nefegue e Zicri.
Ex 6:22 E os filhos de Uziel:
Misael, Elzafã e Sitri.
Ex 6:23 E Arão tomou por mulher a Eliseba,
filha de Aminadabe,
irmã de Naasson;
e ela deu-lhe Nadabe, Abiú, Eleazar e Itamar.
Ex 6:24 E os filhos de Corá:
Assir, Elcana e Abiasafe;
estas são as famílias dos coraítas.
Ex 6:25 E Eleazar, filho de Arão,
tomou por mulher uma das filhas de Putiel,
e ela deu-lhe a Finéias;
estes são os cabeças dos pais dos levitas,
segundo as suas famílias.
Ex 6:26 Estes são Arão e Moisés,
aos quais o SENHOR disse:
Tirai os filhos de Israel da terra do Egito,
segundo os seus exércitos.
Ex 6:27 Estes são os que falaram a Faraó,
rei do Egito, para que tirasse do Egito
os filhos de Israel;
estes são Moisés e Arão.
Ex 6:28 E aconteceu que naquele dia,
quando o SENHOR falou a Moisés na terra do Egito,
Ex 6:29 Falou o SENHOR a Moisés, dizendo:
Eu sou o SENHOR;
fala a Faraó, rei do Egito,
tudo quanto eu te digo.
Ex 6:30 Então disse Moisés perante o SENHOR:
Eis que eu sou incircunciso de lábios;
como, pois, Faraó me ouvirá?
Deus estava mandando Moisés e Arão falarem a sua palavra e este Moisés estava relutante em falar qualquer coisa porque não via o resultado do que falava, pelo contrário, o povo passou a sofrer ainda mais depois que ele começou a falar. Ele estava com muito medo e inseguro.

Quantas não são as vezes que pregamos e parece que estamos pregando ao vento? Dentro de nosso coração parece arder em chamas as palavras do Senhor, mas nos outros corações elas parecem gelo. Isso desanima o pregador que quer ver resultados imediatos. O melhor a fazer é confiar no Senhor e pregar a sua palavra. Quanto aos resultados? Deixe isso com ele!
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br
...


segunda-feira, 30 de setembro de 2013

I Have a Dream!

VOCÊ ACREDITA EM SONHOS?

Que tal um desses, formar uma equipe ou equipes que ano a  ano se doem ao evangelho - tipo assim do Grupo EMME http://grupoemme.blogspot.com.br/ - e depois sair por ai viajando o Brasil e o mundo pregando a palavra de Deus. Você acredita em sonhos impossíveis?

Estou à caça de sonhadores, mas não dos normais:  IAU!!!

As receitas de  vendas de 2 de meus livros são exclusivas do Missão Portas Abertas (365 DIAS DE PROPÓSITOS, vol 1 E vol 2). As receitas dos demais livros serão investidas em missões, especialmente a IAU. Assim, aproveitem e visitem o AgBookBr, Clube dos Autores, no Sindicato dos Escritores do Distrito Federal, no Amazon Kindle Direct Publishing, Amazon, no iTunes da Apple Store, IBA, Google Play, Saraiva, Cultura, Kobo e muitos outros lugares. Pesquise por “Daniel Deusdete” e boas leituras....

Êxodo 5: 1-23 – MOISÉS SE ENCONTRA COM FARAÓ.

Moisés e Arão se encontram com Faraó, mas o encontro deixa Faraó zangado e pune o povo não dando mais palha para fazerem os tijolos e lhes impõe pesada carga de serviço exigindo a mesma quantia produzida de tijolos quando eles tinham palha. O povo se vê em apuros e Moisés fica indignado com o Senhor.
Era esse um momento de tensão que estava transcorrendo no Egito. O mundo continuava com suas rotinas e quem ali estava imaginava que o próximo dia seria igual a todos os outros dias de escravidão ao Egito.
As coisas estavam para ser mudadas e transformadas e o povo logo seria liberto, mas nesse ínterim estavam acontecendo coisas que deixavam o povo bem oprimido, ainda mais por causa de Moisés e Arão.
Quem são estes dois que estão incomodando a ordem natural da vida, poderiam perguntar os líderes de Israel. O fato é que a nossa vida é assim também. De repente tudo muda e o contexto já é outro totalmente diferente.
Moisés e Arão estavam saindo da presença de Faraó quando receberam a notícia terrível da opressão aumentada em cima do seu povo por causa da produção diária de tijolos. Faraó prevendo problemas, logo tenta manipular as coisas e trata os israelitas como bestas-feras com açoites e pesado jugo para manterem a opressão, o medo e a escravidão.
Alguns poderiam dizer assim: eu nasci assim, meu pai nasceu assim, eu cresci assim e sempre fomos escravos e vivemos desse jeito e não há como mudar as coisas. Por que estamos fazendo isso provocando Faraó que é mais potente e perigoso que nós todos.
O Senhor, Moisés e Arão estavam entrando dentro de um sistema de rotinas que já era secular e estavam mesmo provocando reboliços e incomodações de tal modo que já assustava. A reação natural do opressor era natural e aumentaram sobremodo o jugo sobre Israel.
Moisés ao falar com o Senhor se mostrou muito indignado e irado por achar que faltou proteção da parte do Senhor e que ele seria muito pressionado e não poderia garantir sua liderança com todos aqueles problemas surgindo.
A continuação dessa linda história em Êxodo, do capítulo cinco, prossegue no próximo capítulo. Como já disse dantes: é muito fácil examinar a história depois que ela ocorreu e vermos a potente mão de Deus em tudo. E a história que está sendo construída com nossas vidas hoje, seria diferente?
Ex 5:1 E depois
foram Moisés e Arão e disseram a Faraó:
Assim diz o SENHOR Deus de Israel:
Deixa ir o meu povo,
para que me celebre uma festa no deserto.
Ex 5:2 Mas Faraó disse:
Quem é o SENHOR,
cuja voz eu ouvirei,
para deixar ir Israel?
Não conheço o SENHOR,
nem tampouco deixarei ir Israel.
Ex 5:3 E eles disseram:
O Deus dos hebreus nos encontrou;
portanto deixa-nos agora ir caminho de três dias ao deserto,
para que ofereçamos sacrificios ao SENHOR
nosso Deus,
e ele não venha sobre nós com pestilência ou com espada.
Ex 5:4 Então disse-lhes o rei do Egito:
Moisés e Arão,
por que fazeis cessar o povo das suas obras?
Ide às vossas cargas.
Ex 5:5 E disse também Faraó:
Eis que o povo da terra já é muito,
e vós os fazeis abandonar as suas cargas.
Ex 5:6 Portanto deu ordem Faraó,
naquele mesmo dia,
aos exatores do povo, e aos seus oficiais, dizendo:
Ex 5:7 Daqui em diante não torneis a dar palha ao povo,
para fazer tijolos, como fizestes antes:
vão eles mesmos, e colham palha para si.
Ex 5:8 E lhes imporeis a conta dos tijolos que fizeram antes;
nada diminuireis dela,
porque eles estão ociosos;
por isso clamam, dizendo:
Vamos, sacrifiquemos ao nosso Deus.
Ex 5:9 Agrave-se o serviço sobre estes homens,
para que se ocupem nele
e não confiem em palavras mentirosas.
Ex 5:10 Então saíram os exatores do povo, e seus oficiais,
e falaram ao povo, dizendo:
Assim diz Faraó:
Eu não vos darei palha;
Ex 5:11 Ide vós mesmos,
e tomai vós palha onde a achardes;
porque nada se diminuirá de vosso serviço.
Ex 5:12 Então o povo se espalhou por toda a terra do Egito,
a colher restolho em lugar de palha.
Ex 5:13 E os exatores os apertavam, dizendo:
Acabai vossa obra,
a tarefa de cada dia,
como quando havia palha.
Ex 5:14 E foram açoitados os oficiais dos filhos de Israel,
que os exatores de Faraó tinham posto sobre eles,
dizendo estes:
Por que não acabastes vossa tarefa,
fazendo tijolos como antes,
assim também ontem e hoje?
Ex 5:15 Por isso, os oficiais dos filhos de Israel,
foram e clamaram a Faraó, dizendo:
Por que fazes assim a teus servos?
Ex 5:16 Palha não se dá a teus servos, e nos dizem:
Fazei tijolos;
e eis que teus servos são açoitados;
porém o teu povo tem a culpa.
Ex 5:17 Mas ele disse:
Vós sois ociosos;
vós sois ociosos; por isso dizeis:
Vamos, sacrifiquemos ao SENHOR.
Ex 5:18 Ide, pois, agora, trabalhai;
palha porém não se vos dará;
contudo, dareis a conta dos tijolos.
Ex 5:19 Então os oficiais dos filhos de Israel
viram-se em aflição, porquanto se dizia:
Nada diminuireis de vossos tijolos,
da tarefa do dia no seu dia.
Ex 5:20 E encontraram a Moisés e a Arão,
que estavam defronte deles,
quando saíram de Faraó.
Ex 5:21 E disseram-lhes:
O SENHOR atente sobre vós,
e julgue isso,
porquanto fizestes o nosso caso repelente
diante de Faraó,
e diante de seus servos,
dando-lhes a espada nas mãos,
para nos matar.
Ex 5:22 Então, tornando-se Moisés ao SENHOR, disse:
Senhor!
por que fizeste mal a este povo?
por que me enviaste?
Ex 5:23 Porque desde que me apresentei a Faraó
para falar em teu nome,
ele maltratou a este povo;
e de nenhuma sorte
livraste o teu povo.
Onde era o ponto de encontro do Senhor com Moisés e Arão de forma que conversavam e Deus mostrava seus planos e estratégias e os convencia que era de fato o grande libertador de Israel?

Eu tenho que compreender que Moisés é também um gigante na fé como foram Abraão, Isaque, Jacó, José, Davi, Daniel, o próprio Jesus, homem, Paulo e tantos outros. Eles criam e viviam crendo na soberania de Deus de uma certa forma que me impressiona muito.

Pr. Daniel Deusdete - 
...


domingo, 29 de setembro de 2013

Êxodo 4: 1-22 – DEUS CAPACITA AOS CHAMADOS.

Temos no presente capítulo a continuação do diálogo de Deus com Moisés procurando convencê-lo de ir libertar Israel do Egito. Depois de convencido, quando Deus escolhe também Arão, seu irmão, para ajudá-lo, convence Moisés ao seu sogro Jetro que abençoa sua jornada e também há o convencimento do povo de que Deus aparecera e está vindo para libertar Israel.
Deus continua seu diálogo com Moisés no deserto, no Monte Horebe, procurando convencê-lo de ir e libertar o povo de Israel do Egito, mas Moisés se mostra relutante e vai até às últimas consequências dando desculpas de que não seria capaz.
Para cada solução que encontra Deus diante de algum possível problema nessa jornada, Moisés apresenta um novo problema e incapacidade. Ele parece bem resoluto em não aceitar qualquer desafio, mesmo sendo Deus a enviá-lo.
Deus usa o artifício dos sinais que homem algum pode fazer se Deus não estiver com ele. Moisés era profeta porque falava da palavra de Deus ao povo que poderia crer ou não em Moisés. Se cresse, tudo bem, mas se não cressem, utilizaria o recurso dos sinais para provar que falava da parte de alguém que também lhe dera os sinais.
Deus se utiliza para o primeiro sinal de alguma coisa que Moisés possuía e ele possuía uma vara de pastor com que apascentava os animais sob sua responsabilidade, uma vez que fora chamado estando trabalhando.
Depois ele se utiliza de uma parte de seu corpo, sua mão e seu seio e ao toque de um com o outro há a geração de uma lepra e um segundo toque a cura.
Para o terceiro e derradeiro sinal ele se utiliza de um elemento da natureza que precisa ser apanhado, águas do rio, e de outro ao qual irá lançar as águas apanhadas, a terra seca, e acontece a transformação química de água em sangue. Fiquei agora curioso. Se eu fosse um cientista, desejaria muito saber qual o DNA presente naquele sangue...
Então agora Moisés já não tinha só a visão que tivera de Deus, nem somente a sua fala a ele, mas também 3 poderosos sinais. Mesmo assim, Moisés se recusa a ir e dá mais desculpas.
A derradeira desculpa de Moisés que fez o Senhor se irar foi quando ele disse para Deus enviar aquele que ele haveria de enviar, menos a ele. Deus, naquele momento, poderia mesmo abandonar Moisés e escolher outro, mas insiste com ele e levanta seu irmão Arão para ser o porta voz dele.
Deus disse de Arão que este haveria de vir ao deserto procurá-lo e assim Deus depois apareceu a Arão e enviou-o ao deserto para ir encontrar seu irmão Moisés. Engraçado, é tudo Deus quem faz e a gente fica cheio de medos e tolices.
Depois desse encontro teofânico, Moisés rapidamente convence ao seu sogro que certamente reconheceu o Senhor nesse negócio e o abençoa. A missão e a jornada de Moisés tem início. Sua vida mudou para sempre. Deus apareceu a ele e tudo se fez novo. O chamado e a capacitação pertencem ao Senhor.
Assim, é quando aceitamos a Cristo como Senhor e mudamos de vida. Somos agora do Senhor e estaremos empenhados não mais em nossos negócios, mas nos negócios do Senhor e de seus negócios, podem ter certeza: ele cuida!
Moisés e Arão se encontram. Moisés tudo explica ao irmão e ambos vão à procura dos israelitas e juntando o povo e seus líderes, mediante suas falas e sinais que possuíam, rapidamente convencem ao povo de que Deus está vindo para libertá-los do Egito para sempre.
Ex 4:1 Então respondeu Moisés, e disse:
Mas eis que não me crerão,
nem ouvirão a minha voz, porque dirão:
O SENHOR não te apareceu.
Ex 4:2 E o SENHOR disse-lhe:
Que é isso na tua mão?
E ele disse:
Uma vara.
Ex 4:3 E ele disse:
Lança-a na terra.
Ele a lançou na terra,
e tornou-se em cobra;
e Moisés fugia dela.
Ex 4:4 Então disse o SENHOR a Moisés:
Estende a tua mão e pega-lhe pela cauda.
E estendeu sua mão,
e pegou-lhe pela cauda,
e tornou-se em vara na sua mão;
Ex 4:5 Para que creiam que te apareceu o SENHOR Deus de seus pais,
o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó.
Ex 4:6 E disse-lhe mais o SENHOR:
Põe agora a tua mão no teu seio.
E, tirando-a,
eis que a sua mão estava leprosa, branca como a neve.
Ex 4:7 E disse:
Torna a por a tua mão no teu seio.
E tornou a colocar sua mão no seu seio;
depois tirou-a do seu seio, e eis que se tornara como a sua carne.
Ex 4:8 E acontecerá que,
se eles não te crerem,
nem ouvirem a voz do primeiro sinal,
crerão à voz do derradeiro sinal;
Ex 4:9 E se acontecer que ainda
não creiam a estes dois sinais,
nem ouvirem a tua voz,
tomarás das águas do rio,
e as derramarás na terra seca;
e as águas, que tomarás do rio,
tornar-se-ão em sangue
sobre a terra seca.
Ex 4:10 Então disse Moisés ao SENHOR:
Ah, meu Senhor!
eu não sou homem eloqüente, nem de ontem nem de anteontem,
nem ainda desde que tens falado ao teu servo;
porque sou pesado de boca e pesado de língua.
Ex 4:11 E disse-lhe o SENHOR:
Quem fez a boca do homem?
ou quem fez o mudo, ou o surdo, ou o que vê, ou o cego?
Não sou eu, o SENHOR?
Ex 4:12 Vai, pois, agora,
e eu serei com a tua boca
e te ensinarei o que hás de falar.
Ex 4:13 Ele, porém, disse:
Ah, meu Senhor!
Envia pela mão daquele a quem tu hás de enviar.
Ex 4:14 Então se acendeu a ira do SENHOR contra Moisés, e disse:
Não é Arão, o levita, teu irmão?
Eu sei que ele falará muito bem;
e eis que ele também sai ao teu encontro;
e, vendo-te, se alegrará em seu coração.
Ex 4:15 E tu lhe falarás,
e porás as palavras na sua boca;
e eu serei com a tua boca,
e com a dele,
ensinando-vos o que haveis de fazer.
Ex 4:16 E ele falará por ti ao povo;
e acontecerá que ele te será por boca,
e tu lhe serás por Deus.
Ex 4:17 Toma, pois, esta vara na tua mão,
com que farás os sinais.
Ex 4:18 Então foi Moisés,
e voltou para Jetro, seu sogro, e disse-lhe:
Eu irei agora, e tornarei a meus irmãos,
que estão no Egito, para ver se ainda vivem.
Disse, pois, Jetro a Moisés:
Vai em paz.
Ex 4:19 Disse também o SENHOR a Moisés em Midiã:
Vai, volta para o Egito;
porque todos os que buscavam a tua alma morreram.
Ex 4:20 Tomou, pois, Moisés sua mulher e seus filhos,
e os levou sobre um jumento, e tornou à terra do Egito;
e Moisés tomou a vara de Deus na sua mão.
Ex 4:21 E disse o SENHOR a Moisés:
Quando voltares ao Egito,
atenta que faças diante de Faraó todas as maravilhas
que tenho posto na tua mão;
mas eu lhe endurecerei o coração,
para que não deixe ir o povo.
Ex 4:22 Então dirás a Faraó:
Assim diz o SENHOR:
Israel é meu filho, meu primogênito.
Ex 4:23 E eu te tenho dito:
Deixa ir o meu filho,
para que me sirva;
mas tu recusaste deixá-lo ir;
eis que eu matarei a teu filho, o teu primogênito.
Ex 4:24 E aconteceu no caminho,
numa estalagem, que o SENHOR o encontrou,
e o quis matar.
Ex 4:25 Então Zípora tomou uma pedra aguda,
e circuncidou o prepúcio de seu filho,
e lançou-o a seus pés, e disse:
Certamente me és um esposo sanguinário.
Ex 4:26 E desviou-se dele.
Então ela disse:
Esposo sanguinário, por causa da circuncisão.
Ex 4:27 Disse o SENHOR a Arão:
Vai ao deserto, ao encontro de Moisés.
E ele foi,
e encontrou-o no monte de Deus,
e beijou-o.
Ex 4:28 E relatou Moisés a Arão todas as palavras do SENHOR,
com que o enviara,
e todos os sinais que lhe mandara.
Ex 4:29 Então foram Moisés e Arão,
e ajuntaram todos os anciãos dos filhos de Israel.
Ex 4:30 E Arão falou todas as palavras que o SENHOR falara a Moisés
e fez os sinais perante os olhos do povo.
Ex 4:31 E o povo creu;
e quando ouviram que o SENHOR
visitava aos filhos de Israel,
e que via a sua aflição,
inclinaram-se,
e adoraram.
Como é bom quando a palavra flui e a fé é gerada nos corações com facilidade como fora ali naquele momento. Muita coisa ainda está para acontecer e provar essa fé, mas Deus prometeu estar com eles e fazê-los prosperar em tudo.
Qual a importância dos sinais na evangelização nos dias de hoje? Deus usou e instruiu Moisés, Arão e o povo a usarem de sinais para demonstrar e provar aos ouvintes que era mesmo Deus quem estava falando, e hoje?

Sabemos todos que devemos pregar a palavra de Deus para, por meio dela, vidas serem alcançadas para Cristo. Sendo assim, pregaremos a palavra dele sabendo que ele é poderoso para cooperar com nossa pregação do jeito que ele quiser e estiver em seus planos e propósitos. 
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br
...