sexta-feira, 1 de julho de 2016

DISCERNINDO A VOZ DE DEUS

“Ajuda-me, Deus Espírito Santo de Deus, a discernir e a obedecer a tua voz dentro do meu ser.


Dá-me inteligência para perceber vozes estranhas que gritam e não são como tu és.


Eu não quero ser dominado por quem quer me dominar e somente me arruinar.


Um grito e gritos ouvi esta noite, mas não eras tu, pois a paz não estava com eles... era só confusão!


Suave é a tua voz e a paz sempre está contigo em companhia.


Totalmente inconfundível é quando falas e sussurras aos meus ouvidos.


O teu falar é doce e macio, mas também é espada que divide a alma, juntas e medula.


Deus Espírito Santo, porque me deixo levar e não começo logo a expulsá-los?


A tarefa deles é confusão para gerar roubo, morte e destruição.


Ao dormir com eles, te abandonei e o que ganhei senão a dor?


Glorifico o teu nome porque ainda me ensinas e tens paciência comigo e não me abandonas jamais.


Louvarei o teu nome hoje e sempre: jamais falte louvor e ações de graça em meus lábios e pensamentos.


Ouvir tua voz e obedecer, eis o que mais quero; eis o que tu queres; eis o que queremos!


Renová-me com teu perdão e não me deixes ser enganado novamente, nunca mais.


Indo eu pelo Caminho, protegei a minha mente para que eu não duvide de ti.


Agora sei que o Senhor guardará minha alma e meus pensamentos.
A DEUS TODA A GLÓRIA!”
...



Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.