sexta-feira, 1 de abril de 2016

A GALINHA E SEUS PINTINHOS - Mt 23.37

Que exemplo maravilhoso Jesus nos dá: 

'Quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste!' (Mt 23.37).

Os pintinhos, filhos da galinha, não desgrudam da galinha, onde ela vai, eles vão atrás, não saem de perto dela, e se por acaso algum deles fica afastado, logo ele vê que está afastado e corre para ficar junto dela. 

Eles se sentem seguros quando estão perto dela. Igualmente quando estão debaixo das asas da galinha, eles se sentem seguros.

Assim somos nós com relação ao nosso Deus. 

Quando estamos perto dele, nos sentimos seguros e protegidos. E de fato Ele nos dá essa proteção!

Também mostra o amor e o carinho dEle para conosco. Ele nos guarda perto de Si, debaixo das suas asas, ali nos sentimos aceitos e amparados por Aquele que nos ama...

Por fim, esse amor incomensurável exige uma atitude nossa correspondente. Não que sejamos forçados a dar uma resposta, mas, por causa de seu amor, somos constrangidos, em amor, a aceitá-lo, no entanto, podemos também não aceitar. 

Você tem diante de si duas opções: rejeitá-lo ou aceitá-lo. 

O melhor a se fazer é aceitar e desejar o que ele tem para nós. Assim, depende de nós querermos esse amor, esse amparo, essa proteção. Ele não nos força a nada, depende da escolha que fazemos...

No exemplo do versículo em questão, Jerusalém havia rejeitado ao seu Senhor que queria ajuntá-los como a galinha junta os seus pintinhos.

Meu querido, hoje o Espírito Santo está te fazendo este convite de seu amor. Venha e encontre descanso para sua alma em Jesus Cristo, debaixo de suas asas.

(por João Carlos Barreto, adaptado por Pr. Daniel Deusdete).

...


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.