quarta-feira, 18 de março de 2015

Jeremias 45:1-5 - BARUQUE ORA E DEUS LHE RESPONDE.

Estamos finalizando a décima sexta parte, de nossa divisão proposta de dezoito delas, nos baseando na estruturação apresentada pela BEG. Estamos no capítulo 45.
XVI. DEPOIS DA QUEDA (40.1-45.5) - continuação.
Como já dissemos, desde o capítulo 40 até ao capítulo 45, estaremos vendo uma sequência de acontecimentos importantes que ocorreram depois da queda de Jerusalém, onde três temas são focalizados de maneira específica e os usaremos como divisão proposta dessa parte: A. Acontecimentos associados a Gedalias (40.1-41.10) – já vimos; B. A fuga de Jeremias para o Egito (41.11-44.30) – já vimos; e, C. A promessa de Deus a Baruque (45.1-5) – concluiremos agora.
C. A promessa de Deus a Baruque (45.1-5).
Este é um pequeno capítulo do livro de Jeremias com apenas cinco versículos no total que tratara, em especial, da promessa feita a Baruque, da parte de Deus, pelo profeta Jeremias.
Esse capítulo traz, portanto, a promessa de Deus a Baruque, feita vários anos antes, de que pouparia a sua vida.
Foi exatamente no ano quarto do reinado de Jeoaquim, filho de Josias, que veio esta palavra de Deus a Banique ou Baruque, filho de Nerias.
Era esse o ano em que Baruque preparou o primeiro rolo com as palavras de Jeremias para a leitura em público (36.1-3). Em termos cronológicos, essa profecia se encaixa entre a redação do rolo (36.1-8) e a sua leitura diante do povo e de Jeoaquim (36.9-32).
Baruque se encontrava trabalhando para Jeremias quando essa palavra lhe foi entregue da parte de Deus na instrumentalidade de Jeremias. Ele era o responsável por escrever num livro as profecias e as palavras que Jeremias ditava.
Não era ele o autor intelectual do texto produzido, mas o escriba que tinha a responsabilidade de ser fiel em seu serviço e missão.
A palavra veio diretamente para ele, o profeta Jeremias, da parte do Senhor e começa citando o lamento de Baruque que achava que o Senhor lhe tinha acrescido tristeza â sua dor que o obrigava a gemer, sem achar repouso e descanso para a sua alma.
É evidente que Baruque sofreu junto com Jeremias como resultado da missão profética deste último (p. ex., 11.18-23). Confira também 36.19; 43.3; Dt 12.9; SI 95.11.
Em atenção à sua queixa, Deus lhe responde que estaria para demolir aquilo que tinha edificado, que iria arrancar aquilo que tinha plantado e isso em toda a terra, ou seja, não era tempo de se ficar buscando certas coisas e privilégios, antes tempo de muita busca a Deus e orações.
Deus, fiel, lhe promete a sua própria vida em recompensa. No verso 5, está escrito que ele Deus lhe daria a sua própria vida. A fidelidade de Baruque resultou nessa grande bênção de Deus.
Não era o momento de Baruque estar a procurar benefícios ou grandezas para ele mesmo. Deus não recomenda isso a ele por causa do grande mal que estaria por trazer para toda a raça.
No entanto, por onde quer que ele fosse, Deus lhe pouparia a sua vida.
Jr 45:1 A palavra que Jeremias, o profeta, falou a Banique,
filho de Nerias, quando este escrevia num livro
as palavras ditadas por Jeremias,
no quarto ano de Jeoiaquim, filho de Josias, rei de Judá:
Jr 45:2 Assim diz o Senhor, Deus de Israel, acerca de ti ó Baruque.
Jr 45:3 Disseste:
Ai de mim agora! porque me acrescentou o Senhor tristeza
à minha dor; estou cansado do meu gemer,
e não acho descanso.
Jr 45:4 Isto lhe dirás:
Assim diz o Senhor:
Eis que estou a demolir o que edifiquei,
e a arrancar o que plantei,
e isso em toda esta terra.
Jr 45:5 E procuras tu grandezas para ti mesmo?
Não as busques;
pois eis que estou trazendo o mal sobre toda a raça,
diz o Senhor;
porém te darei a tua vida por despojo,
em todos os lugares para onde fores.
Baruque conhecia o Deus de Jeremias, o qual era o seu próprio Deus, por isso que sentia confiança em lhe dirigir as suas orações certo de que Deus o ouviria também.
Assim, somos nós e devemos ser como Baruque não deixando de orar e de apresentar diante dele toda nossa ansiedade porque ele tem cuidado de nós e cuidará até aquele dia final.
Também não devemos nos esquecer das recomendações do Senhor de que devemos procurar primeiro o seu reino e a sua justiça que, naturalmente, as demais coisas nos seriam acrescentadas – Mt 6:33.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 139 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

1 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.