domingo, 28 de setembro de 2014

II Crônicas 9:1-31 - RECONHECIMENTO INTERNACIONAL, RIQUEZAS E, FINALMENTE, A MORTE DE SALOMÃO

Estamos no capítulo 9, no último capítulo da Parte II e nossas reflexões se encontram aqui:
Parte II – O REINO UNIDO – 9:35 a II CR 9:31.
B. O reinado de Salomão – II Cr 1:1 a 9:31.
Como já dissemos, estamos seguindo o quiasmo encontrado nos primeiros nove capítulos deste início de II Crônicas. Trata-se, como já falamos, de um quiasmo amplo (A B C D D' C' B' A’).
O padrão do reinado de Salomão é:
(A) A grande sabedoria e riqueza de Salomão (1:1-17) – já vista.
(B) Assistência internacional (2:1-18) – já vista.
(C) A construção e os móveis e utensílios do templo (3:1-5:1) – já vista.
(D) A dedicação do templo (5:2-7:10) – já vista.
(D') A resposta divina à dedicação (7:11-22) – já vista.
(C') A conclusão da construção do templo (8:1-16) – já vista.
(B') O reconhecimento internacional (8:17-9:21) – encerraremos agora.
(A') A grande sabedoria e riqueza (9:22-28) – também encerraremos agora.
O cronista encerra com um relato sucinto da morte de Salomão (9:29-31) – será finalizado neste capítulo.
Esta parte “B”, que irá até o capítulo 9, foi também dividido em nove partes, como o quiasmo acima, ao qual estamos já seguindo.
No presente capítulo 9, encontraremos os seguintes trechos paralelos em I Reis: A rainha Sabá visita a Salomão – vs 1 ao 12, texto paralelo em I Re 10:1 ao 13. As riquezas de Salomão – vs 13 ao 28, texto paralelo em I Re 10:14 ao 29. A morte de Salomão – vs 29 ao 31, texto paralelo em I Re 11:41 ao 43.
(B') O reconhecimento internacional (8:17-9:21) – continuação
Aqui o cronista tem se voltado para o tema do reconhecimento internacional recebido por Salomão. A passagem se concentra em Hirão – vs 8:17 e 18, já vistos – e na rainha de Sabá – 9:1-12. A passagem também segue seu texto paralelo em I Re 9:26 até 10:13.
A rainha de Sabá – II Cr 9:1-13 e I Re 9:26 – 10:13.
O domínio de Salomão tinha se estendido até ao Oriente e suas ações prejudicaram o comércio das caravanas Árabes. A rainha de Sabá fez uma visita a Salomão, em parte para negociar um acordo comercial, mas acabou se surpreendendo com suas aptidões e realizações.
Até Jesus Cristo, o Messias esperado, falou da visita dela a Salomão. Lucas 11:31 A rainha do Sul se levantará, no Juízo, com os homens desta geração e os condenará; porque veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão. E eis aqui está quem é maior do que Salomão.
Isso demonstra que sua viagem não teve a motivação principal do acordo comercial, mas este com certeza acabou acontecendo.
Essa visita da rainha de Sabá foi, como já dissemos, mencionada por Cristo na qual, conta-se que ela saiu de sua terra para ouvir o que Salomão falava e que ao encontrá-lo verificou que nem a metade falaram sobre a sabedoria e sobre as palavras dele e ali estava ele, maior do que Salomão.
Dentre os homens pecadores, filhos de Adão, de fato, nunca houve, nem havia, nem haverá, conforme as Escrituras mesmo dizem, homem mais sábio e poderoso do que Salomão.
Sua sabedoria excedia em tudo e em todos os conhecimentos e níveis. Ele nem tinha buscado isso, antes queria tão simplesmente ser justo para com o povo de Deus e fazer justiças.
Era esse desejo de justiça, tão somente, o desejo de seu coração quando disse a Deus o que gostaria de receber diante da pergunta de Deus: “Pede-me o que queres que eu te dê” – I Re 3:5.
No entanto, Deus tanto se agradou de seu pedido por justiça e ainda mais que não era para a sua própria glória, mas buscando o bem geral da nação onde ele estava sendo posto como rei que Deus o honrou e lhe deu muito mais do que ele queria e lhe deus sabedoria, conhecimento e riquezas.
Assim, foi que a rainha de Sabá que veio do Egito, desconfiada, mas ficou pasma diante do rei Salomão que em tudo excedia as suas próprias expectativas e ela conversou com o rei e lhe fez perguntas e ele respondeu a todas elas.
Ela se admirou da organização, das construções, dos palácios, obras, objetos, riquezas, bens, servos e com ele fez acordos comerciais e ainda deixou todo aquele ouro ali na terra de Israel, o equivalente em toneladas a 4,5 Ton.
Saiu dali feliz e alegre por ter conhecido alguém especial demais e voltou para sua terra levando um pouco do que aprendera e, com certeza, um pouco da fé em Deus que lhe apareceu dando-lhe todas essas coisas.
Enquanto Salomão foi honrado, nosso Senhor, maior do que Salomão, foi totalmente desprezado em sua primeira vinda, mas estamos aguardando o seu retorno, o qual se dará em breve, sendo que todo o olho o verá.
 (A') A grande sabedoria e riqueza (9:22-28).
Sem dúvidas, esse reconhecimento internacional e suas riquezas prefiguraram a esperança de Israel de alcançar prosperidade e reconhecimento entre as nações no período pós-exílico.
Como dissemos, a rainha de Sabá tinha se admirado da organização, das construções, dos palácios, obras, objetos, riquezas, bens, servos e, por conta disso, com ele fez acordos comerciais e ainda deixou todo aquele ouro ali na terra de Israel, o equivalente em toneladas a 4,5 Ton. Realmente essa visita trouxe muitos benefícios para Israel.
A movimentação de outro anual no reinado de Salomão chegava perto das 25 toneladas, ou seja, os 666 talentos de ouro. Também outras materiais preciosos e madeiras e todo tipo de joias, brilhantes. De fato, era um reinado próspero e rico, muito abastado também em mantimentos e especiarias.
II Cr 9:1 E ouvindo a rainha de Sabá a fama de Salomão,
                veio a Jerusalém, para prová-lo com questões difíceis,
                               com um grande séquito, e com camelos
                                               carregados de especiarias;
                                               ouro em abundância e pedras preciosas;
                               e foi a Salomão, e falou com ele de tudo
                                               o que tinha no seu coração.
                II Cr 9:2 E Salomão lhe respondeu a todas as suas questões;
                               e não houve nada que não lhe pudesse esclarecer.
                II Cr 9:3 Vendo, pois, a rainha de Sabá a sabedoria de Salomão,
                               e a casa que edificara; II Cr 9:4 E as iguarias da sua mesa,
                               o assentar dos seus servos, o estar dos seus criados,
                               e as vestes deles; e os seus copeiros e as vestes deles;
                               e a sua subida pela qual ele chegava à casa do SENHOR,
                                               ela ficou como fora de si.
                II Cr 9:5 Então disse ao rei:
                               Era verdade a palavra que ouvi na minha terra acerca
                                               dos teus feitos e da tua sabedoria.
                               II Cr 9:6 Porém não cria naquelas palavras, até que vim,
                                               e meus olhos o viram, e eis que não me disseram
                                               a metade da grandeza da tua sabedoria;
                                                               sobrepujaste a fama que ouvi.
                II Cr 9:7 Bem-aventurados os teus homens,
                               e bem-aventurados estes teus servos, que estão sempre diante
                                               de ti, e ouvem a tua sabedoria!
                II Cr 9:8 Bendito seja o SENHOR teu Deus, que se agradou de ti
                               para te colocar no seu trono como rei para o SENHOR
                                               teu Deus; porque teu Deus ama a Israel,
                                                               para estabelecê-lo perpetuamente;
                                               por isso te constituiu rei sobre eles para fazeres
                                                               juízo e justiça.
                II Cr 9:9 E deu ao rei cento e vinte talentos de ouro,
                               e especiarias em grande abundância, e pedras preciosas;
                               e nunca houve tais especiarias, quais a rainha de Sabá
                                               deu ao rei Salomão.
                II Cr 9:10 E também os servos de Hirão e os servos de Salomão,
                               que de Ofir tinham trazido ouro, trouxeram madeira
                                               de algumins, e pedras preciosas.
                II Cr 9:11 E, da madeira de algumins, o rei fez balaústres,
                               para a casa do SENHOR, e para a casa do rei,
                                               como também harpas e saltérios para os cantores,
                                               quais nunca dantes se viram na terra de Judá.
                II Cr 9:12 E o rei Salomão deu à rainha de Sabá
                               tudo quanto ela desejou, e tudo quanto lhe pediu,
                                               mais do que ela mesma trouxera ao rei.
                Assim voltou e foi para a sua terra, ela e os seus servos.
II Cr 9:13 E o peso do ouro, que vinha em um ano a Salomão,
                era de seiscentos e sessenta e seis talentos de ouro,
                II Cr 9:14 Afora o que os negociantes e mercadores traziam;
                               também todos os reis da Arábia, e os governadores da mesma
                                               terra traziam a Salomão ouro e prata.
                II Cr 9:15 Também fez o rei Salomão
                               duzentos paveses de ouro batido; para cada pavês destinou
                                               seiscentos siclos de ouro batido.
                II Cr 9:16 Como também trezentos escudos de ouro batido;
                               para cada escudo destinou trezentos siclos de ouro;
                                               e Salomão os pôs na casa do bosque do Líbano.
                II Cr 9:17 Fez mais o rei um grande trono de marfim,
                               e o revestiu de ouro puro.
                II Cr 9:18 E o trono tinha seis degraus, e um estrado de ouro,
                               que eram ligados ao trono, e encostos de ambos os lados
                                               no lugar do assento; e dois leões
                                                               estavam junto aos encostos.
                II Cr 9:19 E doze leões estavam ali de ambos os lados,
                               sobre os seis degraus; outro tal não se fez em nenhum reino.
                II Cr 9:20 Também todas as taças do rei Salomão eram de ouro,
                               e todos os vasos da casa do bosque do Líbano, de ouro puro;
                                               a prata reputava-se por nada nos dias de Salomão.
                II Cr 9:21 Porque, indo os navios do rei com os servos de Hirão,
                               a Társis, voltavam os navios de Társis, uma vez em três anos,
                                               e traziam ouro e prata, marfim, bugios e pavões.
                II Cr 9:22 Assim excedeu o rei Salomão a todos os reis da terra,
                               em riquezas e sabedoria.
                II Cr 9:23 E todos os reis da terra buscavam a presença de Salomão,
                               para ouvirem a sabedoria que Deus tinha posto
                                               no seu coração.
                II Cr 9:24 E cada um trazia o seu presente, vasos de prata,
                               e vasos de ouro, e roupas, armaduras, especiarias, cavalos
                                               e mulas; assim faziam de ano em ano.
                II Cr 9:25 Teve também Salomão quatro mil estrebarias
                               para os cavalos de seus carros, e doze mil cavaleiros;
                                               e colocou-os nas cidades dos carros,
                                                               e junto ao rei em Jerusalém.
                II Cr 9:26 E dominava sobre todos os reis, desde o rio até à terra
                               dos filisteus, e até ao termo do Egito.
                II Cr 9:27 Também o rei fez que houvesse prata em Jerusalém
                               como pedras, e cedros em tanta abundância
                                               como os sicômoros que há pelas campinas.
                II Cr 9:28 E do Egito e de todas aquelas terras traziam
                               cavalos a Salomão.
II Cr 9:29 Os demais atos de Salomão, tanto os primeiros como os últimos,
                porventura não estão escritos no livro das crônicas de Natã, o profeta,
                               e na profecia de Aías, o silonita, e nas visões de Ido,
                                               o vidente, acerca de Jeroboão, filho de Nebate?
                II Cr 9:30 E reinou Salomão em Jerusalém quarenta anos
                               sobre todo o Israel.
                II Cr 9:31 E dormiu Salomão com seus pais, e o sepultaram
                               na cidade de Davi seu pai;
                                               e Roboão, seu filho, reinou em seu lugar.
Relato sucinto da morte de Salomão (9:29-31).
Depois do relato de como Salomão instituiu o templo como único local aceitável para a adoração a Deus, o autor, em Reis, de I Re 9:26 a 11:13,  tinha se voltado para um período da vida do rei durante o qual ele profanou o culto em Israel.
Conforme o autor de I Reis, essas indicações já foram antes previamente preparadas pelo narrador bíblico – I Re 3:1-3; 7:8; 9:24-26 -, mas agora estava tratando diretamente do envolvimento de Salomão com outras nações – I Re 9:26 a 10:29 - o que o levou a se casar com várias mulheres estrangeiras que, tragicamente,  conduziram Salomão à idolatria – I Re 11:1-13.
Tudo isso foi omitido aqui nessa narrativa, pois era desejo do cronista apresentar Salomão como um modelo para a comunidade pós-exílio. O autor omite os problemas causados pelas esposas estrangeiras do rei – I Re 11:1-40.
Ele passa da glória do rei diretamente para o final do seu reinado, de maneira semelhante àquela como deixou fora o pecado de Davi com Bate-Seba e os problemas decorrentes ocorridos em seu reino.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 310 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.