terça-feira, 9 de setembro de 2014

I Crônicas 19:1-19 - DAVI DERROTA AMON E OS SÍRIOS - ISRAEL ESTÁ EM SEU APOGEU

Nossas reflexões se encontram aqui:
Parte II – O REINO UNIDO – 9:35 a II CR 9:31
A. O reinado de Davi – 9:35 a 29:30.
3. Preparativos para o templo – 13:1 a 29:25 – estamos vendo;
b. Davi faz preparativos para o templo – 17:1 a 29:25
(2) Davi garante a segurança do reino e coleta os materiais para o templo – 18:1 a 20:8.
Nesta seção, estamos vendo que o cronista está tratando das realizações políticas e militares de Davi, este garantirá a segurança do reino e juntará os materiais para o templo.
Examinando as partes paralelas, veremos que no presente texto, o cronista se valeu seletivamente de II Sm 8: 1-14; 15-18; 20:23-26. Para melhor compreensão também a dividiremos em três partes: (a) As vitórias de Davi e a segurança interna – 18:1-17. (b) As vitórias de Davi sobre Amom e os siros – 19:1 a 20.3. (c) As vitórias de Davi sobre os filisteus – 20:4-8.
(b) As vitórias de Davi sobre Amom e os siros – 19:1 a 20.3.
O cronista está falando aqui, como já dissemos, de uma época áurea na história de Israel de domínio global sobre todas as nações. Neste capítulo ele prevalecerá contra os filhos de Amon e contra os sírios contratados pelos amonitas.
Encontraremos também um texto paralelo em II Samuel 10:1-19, do qual nos valeremos dos comentários e reflexões já vistos, com adaptações para o presente capítulo em Crônicas.
Encontraremos mais textos sobre o assunto também em II Samuel 11:1 e 12:29 a 31.
O rei dos filhos de Amom morreram e o filho de Naas, Hanum, reinou em seu lugar. Os amonitas eram um povo semita descendentes de Ló, de acordo com Gn 19:38; Dt 2:19, cujo reino ficava na Transjordânia ao sul do rio Jaboque.
Assim como os filisteus aborreciam Israel na sua parte oriental, assim, de vez em quando, também os amonitas aborreciam Israel da parte ocidental. Eles eram inimigos de Israel de longa data – Jz 10:7 a 9; 17:11 a 40; I Sm 11:1 a 11; 14:47 – e também causavam problemas para a comunidade pós-exílio – Ne 2:19; 4:3 e 7.
Fora contra eles que Saul se engrandeceu ao defender Jabes-Gileade quando os amonitas queria fazer um pacto com os filhos de Israel que ali viviam no qual teriam de vazar seu olho direito para terem o direito de se tornarem servos deles.
Saul indignado, dividiu um boi em 12 pedações e enviou às doze tribos dizendo que o mesmo seria feito aos bois da tribo que se recusasse a ir com ele contra os amonitas e Saul juntamente com Samuel os venceu.
Provavelmente uma relação amigável entre Davi e Naas tenha se estabelecido durante o período em que Davi fugia de Saul. O fato era que Davi estava querendo demonstrar bondade e solidariedade para com eles e enviou sua comitiva para saudá-los naquele momento difícil.
No entanto, Hanum precipitou-se e ofendeu a comitiva expondo-os à grande humilhação e Davi tomou conhecimento do fato pelo que os ajudou a superar aquela afronta providenciando para eles um lugar de refúgio enquanto a barba deles crescia novamente.
Hanum logo percebeu que tinha travado um conflito com Israel e tratou-se de se armar e contratou os sírios para ajudá-los contra os filhos de Israel em peleja.
Davi estava no auge de seu poder militar e de suas conquistas e enviou Joabe para a peleja contra os sírios e contra os amonitas e derrotou-os por duas vezes.
A consequência disso foi que os amonitas agora eram servos de Davi, pois os tinha sido subjugados ali. Davi ainda foi bondoso para com Hanum ao permitir que se tornasse servo.
Nos versos 6 e 7 poderemos ver que o cronista substitui o nome menos conhecido Bete-Reobe, que aparece em Samuel, pela designação Mesopotâmia e ainda omite os homens de Tobe.
A indicação do número do exército inimigo, 30 mil homens, foi feita para ressaltar a vitória de Israel e assim valorizar Davi, Israel e seus homens.
I Cr 19:1 E aconteceu, depois disto que Naás,
                rei dos filhos de Amom, morreu;
                               e seu filho reinou em seu lugar.
I Cr 19:2 Então disse Davi:
                Usarei de benevolência com Hanum, filho de Naás,
                               porque seu pai usou de benevolência comigo.
                Por isso Davi enviou mensageiros para o consolarem
                               acerca de seu pai.
                E, chegando os servos de Davi à terra dos filhos de Amom,
                               a Hanum, para o consolarem.
                I Cr 19:3 Disseram os príncipes dos filhos de Amom a Hanum:
                               Pensas porventura, que foi para honrar teu pai
                                               aos teus olhos, que Davi te mandou consoladores?
                               Não vieram seus servos a ti, a esquadrinhar, e a transtornar,
                                               e a espiar a terra?
                I Cr 19:4 Por isso Hanum tomou os servos de Davi,
                               e raspou-os, e cortou-lhes as vestes no meio
                                               até à coxa da perna, e os despediu.
                I Cr 19:5 E foram-se, e avisaram a Davi acerca daqueles homens;
                               e enviou ele mensageiros a encontrá-los; porque
                               aqueles homens estavam sobremaneira envergonhados.
                Disse, pois, o rei:
                               Deixai-vos ficar em Jericó, até que vos torne a
                                               crescer a barba, e então voltai.
I Cr 19:6 Vendo, pois, os filhos de Amom que se tinham feito odiosos
                para com Davi, enviou Hanum, e os filhos de Amom,
                               mil talentos de prata para alugarem para si carros
                                               e cavaleiros da Mesopotâmia,
                                               e da Síria de Maaca, e de Zobá.
                I Cr 19:7 E alugaram para si trinta e dois mil carros,
                               e o rei de Maaca e o seu povo, e eles vieram,
                                               e se acamparam diante de Medeba;
                               também os filhos de Amom se ajuntaram das suas cidades,
                                               e vieram para a guerra.
I Cr 19:8 O que ouvindo Davi, enviou Joabe
                e todo o exército dos homens valentes.
                I Cr 19:9 E, saindo os filhos de Amom, ordenaram a batalha
                               à porta da cidade; porém os reis que vieram se puseram
                                               à parte no campo.
                I Cr 19:10 E, vendo Joabe que a batalha estava preparada contra ele,
                               pela frente e pela retaguarda, separou dentre os mais
                                               escolhidos de Israel, e os ordenou contra os sírios.
                I Cr 19:11 E o resto do povo entregou na mão de Abisai, seu irmão;
                               e puseram-se em ordem de batalha contra os filhos de Amom.
                I Cr 19:12 E disse:
                               Se os sírios forem mais fortes do que eu,
                                               tu virás socorrer-me;
                               e, se os filhos de Amom forem mais fortes do que tu,
                                               então eu te socorrerei.
                I Cr 19:13 Esforça-te, e esforcemo-nos pelo nosso povo,
                               e pelas cidades do nosso Deus,
                                               e faça o SENHOR o que parecer bem aos seus olhos.
I Cr 19:14 Então se chegou Joabe, e o povo que tinha consigo,
                diante dos sírios, para a batalha; e fugiram de diante dele.
                I Cr 19:15 Vendo, pois, os filhos de Amom que os sírios fugiram,
                               também eles fugiram de diante de Abisai, seu irmão,
                                               e entraram na cidade; e veio Joabe para Jerusalém.

                I Cr 19:16 E, vendo os sírios que foram derrotados diante de Israel,
                               enviaram mensageiros, e fizeram sair os sírios que habitavam
                                               do outro lado do rio;
                               e Sofaque, capitão do exército de Hadar-Ezer,
                                               marchava diante deles.
                I Cr 19:17 Do que avisado Davi, ajuntou a todo o Israel,
                               e passou o Jordão, e foi ter com eles,
                                               e ordenou contra eles a batalha;
                               e, tendo Davi ordenado a batalha contra os sírios,
                                               pelejaram contra ele.
                               I Cr 19:18 Porém os sírios fugiram de diante de Israel,
                                               e feriu Davi, dos sírios, os homens
                                               de sete mil carros, e quarenta mil homens de pé;
                                                               e a Sofaque, capitão do exército, matou.
                I Cr 19:19 Vendo, pois, os servos de Hadar-Ezer
                               que tinham sido feridos diante de Israel,
                                               fizeram paz com Davi, e o serviram;
                               e os sírios nunca mais quiseram socorrer os filhos de Amom.
As suas vitórias e intervenções militares continuam acontecendo e todas elas estão ao invés de enfraquecê-lo, fortalecendo-o cada vez mais, tornando-se assim, verdadeiro ídolo e exemplo para Israel.
Realmente era uma fase espetacular a fase que vivia Davi e toda Israel junto com ele. Era uma fase de grandes e importantes vitórias, de conquistas e quiçá, uma excelente oportunidade para Israel ocupar todo o seu território que Deus lhe deu e cumprir as ordens deixadas de Moisés e de Josué sobre a Terra Prometida, em obediência ao Senhor.
No entanto, no auge da prosperidade, no “caminho da Arca” havia outra pedra, uma grande e terrível pedra que trará para Davi e toda sua família grandes pesares e tormentos. Infelizmente, o cronista omite este fato em Crônicas.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 339 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.