quarta-feira, 25 de junho de 2014

II Reis 10:1-36 - JEÚ COMO INSTRUMENTO DO JUÍZO DE DEUS

O Obelisco Negro de Salmaneser III
Aqui nos encontramos, dentro de nossa divisão proposta, conforme a BEG, em:
Parte II: A MONARQUIA DIVIDIDA - I Reis 12:1 a II Reis17:41.
H. Em Israel (841-814 a.C.): Jeú de Israel – 9:1 – 10:36 - continuação.
Relembrando que o fim do reinado de Acazias – 841 a.C. – em Judá coincidiu com o ano em que Jeú começou a reinar em Israel, de modo que o autor não voltou o foco agora para o Reino do Norte.
Esta parte “H”, como já dissemos, está dividida em cinco partes, das quais duas já foram vistas no capítulo anterior e as outras três, veremos agora.
c. Jeú massacra a família de Acabe (10:1-17)
Era cumprimento profético a morte dos familiares de Acabe profetizado por Elias – 10:11,17; I Re 21:21,22. Jeú fora esse instrumento de juízo sobre todos eles.
Na cidade havia reconhecidamente 70 descendentes de Acabe que estavam ali sendo instruídos, educados e preparados para se tornarem líderes e atuantes na sociedade da época.
Jeú não perdeu tempo e rapidamente fez cartas aos principais responsáveis pedindo a cabeça desses 70 filhos de Acabe, pelo que os anciãos e chefes das cidades também não vacilaram por temerem muito a Jeú, cuja fama já tinha se alastrado como aquele que derrotara dois reis, como não derrotariam todos eles também?
Assim, mataram e cortaram as cabeças daqueles 70 filhos de Acabe e os entregaram para Jeú que os expôs em dois montões na entrada da porta de um dia para o outro.
Parecia isso com os costumes dos assírios, como Salmaneser III que intimidavam o povo deixando montes de cabeças junto às portas da cidade como um aviso da vingança que se seguia a qualquer ato de rebelião.
Se não bastasse o massacre dos setenta, ainda feriu Jeú todos os restantes da casa de Acabe em Jezreel, como também a todos os seus grandes, os seus conhecidos e seus sacerdotes, até não deixar nenhum restante.
Mas ainda não tinha acabado o seu massacre, pois deu de encontro com parentes de Acazias e perguntou-lhes quem eram e eles responderam que eram parentes de Acazias e que voltavam de saudar os filhos do rei e os da rainha-mãe, ou seja, de Jorão e Jezabel. Eles simplesmente não sabiam das últimas nem do golpe que empreendeu Jeú.
Jeú, sem misericórdia e excedendo seu zelo, mas talvez por causa do parentesco, nem quis saber e matou aqueles 42 descendentes de Acazias.
d. A campanha de Jeú contra o culto a Baal (10:18-33)
Exterminados todos da família de Acabe, inclusive simpatizantes e amigos, agora se volta para Baal e se diz seu seguidor maior ainda do que fora Acabe e Jezabel.
Isso enganou a todos. Ele se fez passar por fiel seguidor, para justamente em festa juntar todos os seguidores de Baal e assim dar fim a todos eles.
Ainda apregoou uma solenidade que seria punida de morte aquele que professasse sua crença em Baal e não fosse à cerimônia. Ele simplesmente queria garantir, de todos os jeitos, que ali estivessem todos os seguidores de Baal.
A reunião se deu na casa de Baal, local construído especialmente por Acabe em Samaria – I Re 16:32. Do lado de fora ficaram 80 homens seguidores de Jeú prontos para executarem suas ordens e matarem todos os que conseguissem escapar da casa de Baal.
Jonadabe, filho de Recabe, que se encontrara com ele, quando do extermínio de todos os de Acabe, também estava com Jeú no templo chamado casa de Baal e assistiu e participou de todo massacre. Ninguém escapou dos seguidores e adoradores de Baal.
Esse Jonadabe era um líder de um grupo israelita conservador que defendia um estilo de vida austero no deserto. Eles, no afã de adorarem ao Senhor, se dedicavam à agricultura e se abstinham de vinho – I Cr 2:55; Jr 35.
Depois da destruição dos adoradores, destruíram também a casa de Baal e nada sobrou dela, pois colocaram fogo em tudo.
e. O final do reinado de Jeú (10:34-36)
Assim Jeú ficou com a fama de ter exterminado de Israel a Baal. No entanto, ainda permaneceu nos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, que fez pecar a Israel com os bezerros de ouro que estavam em Betel e em Dã.
Por conta dos resultados positivos e de seu zelo em servir ao Senhor e ver cumpridas as palavras proféticas proferidas por Elias e Eliseu, Deus lhe concedeu a graça de que seus filhos seriam reis até à quarta geração deles.
Apesar disso, Jeú não permaneceu, nem quis seguir ao Senhor de todo o seu coração, pelo que Deus mesmo abreviou ou diminuiu os limites de Israel que fora ferido pelos sírios cujo rei era Hazael.
Este Hazael capturou territórios israelitas na Transjordânia, cumprindo desse modo, a profecia de Eliseu – 8:12.
Jeú morreu e foi substituído por seu filho Jeoacaz. Quanto aos demais atos de Jeú, a BEG, comenta que numa inscrição conhecida como Obelisco Negro, o rei assírio Salmaneser III afirma que Jeú lhe pagou tributo logo depois de subir ao trono de Israel. O autor de Reis não fala disso.
II Re 10:1 E Acabe tinha setenta filhos em Samaria.
            Jeú escreveu cartas, e as enviou a Samaria, aos chefes de Jizreel,
                        aos anciãos e aos aios dos filhos de Acabe, dizendo:
                                   II Re 10:2 Logo, em chegando a vós esta carta,
                                               pois estão convosco os filhos de vosso senhor,
                                               como também os carros, os cavalos,
                                                           a cidade fortalecida e as armas,
                                   II Re 10:3 Olhai pelo melhor e mais reto dos filhos
                                               de vosso senhor, o qual ponde sobre o trono
                                               de seu pai, e pelejai pela casa de vosso senhor.
            II Re 10:4 Porém eles temeram muitíssimo, e disseram:
                        Eis que dois reis não puderam resistir a ele;
                                   como, pois, poderemos nós resistir-lhe?
            II Re 10:5 Então o que tinha cargo da casa, e o que tinha cargo da
                        cidade, os anciãos e os aios mandaram dizer a Jeú:
                                   Teus servos somos, e tudo quanto nos disseres faremos;
                                               a ninguém constituiremos rei; faze o que
                                                           parecer bom aos teus olhos.
            II Re 10:6 Então segunda vez lhes escreveu outra carta, dizendo:
                        Se fordes meus, e ouvirdes a minha voz,
                                   tomai as cabeças dos homens, filhos de vosso senhor,
                                   e vinde a mim amanhã, a este tempo, a Jizreel
                                   (os filhos do rei, setenta homens, estavam com os
                                               grandes da cidade, que os mantinham).
            II Re 10:7 Sucedeu que, chegada a eles a carta, tomaram os filhos do
                        rei, e os mataram, setenta homens e puseram as suas cabeças
                                   nuns cestos, e lhas mandaram a Jizreel.
            II Re 10:8 E um mensageiro veio, e lhe anunciou dizendo:
                        Trouxeram as cabeças dos filhos do rei.
            E ele disse:
                        Ponde-as em dois montões à entrada da porta, até amanhã.
            II Re 10:9 E sucedeu que, pela manhã, saindo ele, parou,
                        e disse a todo o povo:
                        Vós sois justos; eis que eu conspirei contra o meu senhor,
                                   e o matei; mas quem feriu a todos estes?
                        II Re 10:10 Sabei, pois, agora que, da palavra do                       
                        SENHOR que o SENHOR falou contra a casa de Acabe,
                                   nada cairá em terra, porque o SENHOR tem feito
                                   o que falou pelo ministério de seu servo Elias.
            II Re 10:11 Também Jeú feriu a todos os restantes da casa de Acabe
                        em Jizreel, como também a todos os seus grandes,
                                   os seus conhecidos e seus sacerdotes,
                                               até não deixar nenhum restante.
II Re 10:12 Então se levantou e partiu, e foi a Samaria.
            E, estando no caminho, em Bete-Equede dos pastores,
            II Re 10:13 Jeú achou os irmãos de Acazias, rei de Judá, e disse:
                        Quem sois vós?
            E eles disseram:
                        Os irmãos de Acazias somos; e descemos a saudar
                                   os filhos do rei e os filhos da rainha.
            II Re 10:14 Então disse ele:
                        Apanhai-os vivos. E eles os apanharam vivos,
                                   e os mataram junto ao poço de Bete-Equede,
                                               quarenta e dois homens;
                                                           e a nenhum deles deixou ficar.
II Re 10:15 E, partindo dali, encontrou a Jonadabe, filho de Recabe,
            que lhe vinha ao encontro, o qual saudou e lhe disse:
                        Reto é o teu coração para comigo, como o meu o é para contigo?
            E disse Jonadabe:
                        É. Então, se é, dá-me a mão. E deu-lhe a mão,
                                   e Jeú fê-lo subir consigo ao carro.
            II Re 10:16 E disse:
                        Vai comigo, e verás o meu zelo para com o SENHOR.
                                   E o puseram no seu carro.
            II Re 10:17 E, chegando a Samaria, feriu a todos os que ficaram de
                        Acabe em Samaria, até que os destruiu, conforme a palavra
                                   que o SENHOR dissera a Elias.
            II Re 10:18 E ajuntou Jeú a todo o povo, e disse-lhe:
                        Pouco serviu Acabe a Baal; Jeú, porém, muito o servirá.
            II Re 10:19 Por isso chamai-me agora todos os profetas de Baal,
                        todos os seus servos e todos os seus sacerdotes;
                                   não falte nenhum, porque tenho um grande sacrifício
                                               a Baal; todo aquele que faltar não viverá.
            Porém Jeú fazia isto com astúcia, para destruir os servos de Baal.
            II Re 10:20 Disse mais Jeú:
                        Consagrai a Baal uma assembléia solene. E a apregoaram.
            II Re 10:21 Também Jeú enviou por todo o Israel;
                        e vieram todos os servos de Baal, e nenhum homem deles ficou
                                   que não viesse; e entraram na casa de Baal,
                                   e encheu-se a casa de Baal, de um lado ao outro.
            II Re 10:22 Então disse ao que tinha cargo das vestimentas:
                        Tira as vestimentas para todos os servos de Baal.
                                   E ele lhes tirou para fora as vestimentas.
            II Re 10:23 E entrou Jeú com Jonadabe, filho de Recabe,
                        na casa de Baal, e disse aos servos de Baal:
                        Examinai, e vede bem, que porventura nenhum dos servos
                                   do SENHOR aqui haja convosco, senão somente os
                                               servos de Baal.
            II Re 10:24 E, entrando eles a fazerem sacrifícios e holocaustos,
                        Jeú preparou da parte de fora oitenta homens, e disse-lhes:
                                    Se escapar algum dos homens que eu entregar
                                   em vossas mãos, a vossa vida será pela vida dele.
            II Re 10:25 E sucedeu que, acabando de fazer o holocausto,
                        disse Jeú aos da sua guarda e aos capitães:
                                   Entrai, feri-os, não escape nenhum.
            E os feriram ao fio da espada; e os da guarda e os capitães os lançaram
                        fora, e entraram no mais interior da casa de Baal.
            II Re 10:26 E tiraram as estátuas da casa de Baal, e as queimaram.
            II Re 10:27 Também quebraram a estátua de Baal;
                        e derrubaram a casa de Baal, e fizeram dela latrinas,
                                   até ao dia de hoje.
                        II Re 10:28 E assim Jeú destruiu a Baal de Israel.
II Re 10:29 Porém não se apartou Jeú de seguir os pecados de Jeroboão,
            filho de Nebate, com que fez pecar a Israel, a saber:
                        dos bezerros de ouro, que estavam em Betel e em Dã.
            II Re 10:30 Por isso disse o SENHOR a Jeú:
                        Porquanto bem agiste em fazer o que é reto aos meus olhos e,
                                   conforme tudo quanto eu tinha no meu coração, fizeste
                                   à casa de Acabe, teus filhos, até à quarta geração,
                                               se assentarão no trono de Israel.
            II Re 10:31 Mas Jeú não teve cuidado de andar com todo o seu coração
                        na lei do SENHOR Deus de Israel, nem se apartou dos
                                   pecados de Jeroboão, com que fez pecar a Israel.
            II Re 10:32 Naqueles dias começou o SENHOR a diminuir
                        os termos de Israel; porque Hazael os feriu em todas as
                                   fronteiras de Israel.
            II Re 10:33 Desde o Jordão até ao nascente do sol,
                        a toda a terra de Gileade; os gaditas, os rubenitas
                                   e os manassitas, desde Aroer, que está junto ao
                                               ribeiro de Arnom, a saber, Gileade e Basã.
            II Re 10:34 Ora o mais dos atos de Jeú, tudo quanto fez e todo o seu
                        poder, porventura não está escrito
                                   no livro das crônicas de Israel?
            II Re 10:35 E Jeú dormiu com seus pais, e o sepultaram em Samaria;
                        e Jeoacaz, seu filho, reinou em seu lugar.
            II Re 10:36 E os dias que Jeú reinou sobre Israel, em Samaria,
                        foram vinte e oito anos.
Jeú era um homem interessante e valente, além de determinado e cumpridor daquilo que se propunha fazer. Se não fossem o excesso de zelo nele a ponto de querer exterminar toda a descendência de Judá, tanto o seu rei, como os seus 42 filhos e sua teimosia e rejeição ao Senhor ao insistir nos caminhos malignos de Jeroboão no culto ao bezerro de ouro, este certamente iria ser um excelente rei.
Ele não recebeu ordens, nem palavra do Senhor, no tocante aos de Judá, mas tão somente aos de Israel, no entanto, do jeito que fazia em Israel, também queria fazer em Judá. Talvez por conta da aproximação e parentesco que tiveram seus líderes na época de Acabe e Jezabel.
Ele quase colocou fim na descendência de Judá comprometendo os planos de Deus com a preservação da semente messiânica. Se não fosse a misericórdia, graça e fidelidade de Deus, tudo teria se acabado com Jeú.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 405 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.