domingo, 1 de junho de 2014

I Reis 8:1-66 - SALOMÃO ORA E CONSAGRA O TEMPLO

Veja, a seguir, onde nos encontramos em nossas divisões, segundo a BEG:
I. O reinado de Salomão – 1:1 – 11:43.
C. A instituição do culto por Salomão – 3:1 – 9:25.
3. O templo e o palácio de Salomão – 5:1 a 9:23
b. A dedicação do templo – 8:1 – 9:9.
Essa ocasião do reinado de Salomão marca o auge de suas realizações – o início do culto no templo recém-construído. Essa subseção será dividida igualmente em duas partes. 1. O culto realizado por Salomão – 8:1-66. 2. A resposta de Deus – 9:1-9.
1. O culto realizado por Salomão – 8:1-66.
Este capítulo relata a oração feita por Salomão pelo templo e a dedicação do templo. Descreve as cerimonias de abertura e o discurso do rei – vs 1-21, sua oração – vs 22-53, e as cerimonias de encerramento e o respectivo discurso – vs 54-66.
Estava chegando o grande momento da inauguração do templo e a arca da aliança estaria sendo transportada, conforme manda a lei e não conforme os modismos das épocas, pois já uma vez tinha acontecido um grande desastre quando a quiseram transportar pela primeira vez sem seguirem o que estava escrito de seu transporte quando morreu Uzá por tocar nela imprudentemente quando esta ia cair.
E Salomão fez questão de congregar todos os  anciãos de Israel e cabeças de tribos, chefes para este momento especial, no sétimo mês de Etanim.
Foi um grande momento aquele da arca sendo colocada no santíssimo lugar, debaixo das asas dos querubins. Na arca apenas havia as tábuas, as duas pedras da aliança entre Deus, Moisés e o povo. Eu creio que não era a lei em duas partes, mas duas cópias fieis da lei toda.
Já tinha desaparecido da arca, tanto a vara de Arão que florescera e o exemplar do maná celestial. Hoje em dia nem temos a arca da aliança, tudo desapareceu. Não era para ser assim, mas era para estar a arca e todo o seu conteúdo intacto até ao dia de hoje, decorridos já mais de 3000 anos!
A arca e todos os utensílios foram para o novo templo para sua inauguração e quando terminaram de colocar tudo lá dentro, e de lá de dentro saíram os sacerdotes, eis que uma manifestação teofânica aconteceu diante de todos que ali se encontravam. Que grande momento não foi aquele?
Eles tiveram de sair dali por causa da fumaça da glória do Senhor que ali enchera o templo. Eles não poderiam ministrar ali, pois que Deus mesmo estava a ministrar neles.
Era mesmo um sinal da aprovação de Deus ao feito realizado, como ele também se manifestou em glória por meio de nuvens e fumaças no monte Sinai e na inauguração do tabernáculo.
Por isso que Salomão começa seu discurso dizendo que Deus habita em meio a trevas espessas, pois ninguém pode ver a Deus e depois viver, mas Deus pode se revelar e manifestar seu amor para com o povo de maneiras indiretas.
Neste momento, Salomão toma a palavra e se dirige ao povo e faz seu discurso e depois sua oração. Ele já começa falando que Deus habita em trevas espessas e depois explica ao povo que a ideia do presente templo veio de seu pai Davi, mas que Deus não O permitira construí-lo, apesar de desejar muito, mas isso coube a seu herdeiro, seu filho, o edificar o lugar de sua habitação.
Isso também é um sinal e um apontamento para o Messias, o filho de Davi, que já construirá um templo, ele mesmo será o templo de Deus, construído para jamais ter fim.
Ai Salomão fala da aliança, das promessas de Deus, da sua fidelidade, abençoa todo o povo e exalta e agradece a Deus que estaria ali cumprindo tudo o que prometera e ele estava muito feliz e realizado, estando agora pronto para se dirigir em oração a Deus para consagração do templo recém-construído.
Salomão se posiciona com suas mãos diante do altar do Senhor, na presença de toda a congregação de Israel, estende as suas mãos para os céus e começa a orar.
Salomão então se põe diante de Deus com pedidos acerca do papel futuro do templo na vida de Israel. O escritor de Reis, conforme BEG, expressa o que desejava que seus leitores esperassem das orações dirigidas às ruínas do templo e no templo depois do exílio.
Assim, essa oração está em vigor para todos os judeus, pois não se tem mais nem o primeiro, nem o segundo templo, mas outro templo de outro deus ocupando o lugar do seu templo, no qual Deus se manifestara teofanicamente em aprovação ao projeto de Davi, muito bem executado por Salomão.
Ele já começa falando e exaltando a Deus porque não há outro Deus como ele que guarda a sua aliança e a sua misericórdia insistindo nela para a cumprir, apesar de a outra parte, frágil, não a cumprir.
Salomão exalta e traz a lembrança a aliança de Deus com Davi de que não faltaria sucessor, contanto que seus filhos guardassem seu caminho para andarem diante dele como ele andou.
Deus habitaria na terra? Essa e’ a pergunta que o rei Salomão faz cuja resposta está clara que não, pois como ela poderia conter o criador? Assim, entende ele que o novo templo jamais o poderia contê-lo, no entanto, o Messias sim conterá toda a plenitude da divindade como bem nos lembrou Paulo em suas epístolas.
I Coríntios 10:26 porque do Senhor é a terra e a sua plenitude.
Gálatas 4:4 vindo, porém, a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei,
Efésios 1:23 a qual é o seu corpo, a plenitude daquele que a tudo enche em todas as coisas.
Efésios 3:19 e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus.
Efésios 4:13 até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo,
Colossenses 1:19 porque aprouve a Deus que, nele, residisse toda a plenitude
Colossenses 2:9 porquanto, nele, habita, corporalmente, toda a plenitude da Divindade.
Sua oração segue um padrão para cada evento que o povo vier a enfrentar no futuro:
·         Primeiro, vem a circunstância perturbadora, não controlável e difícil de enfrentar, mas que não tem jeito temos de passar por ela e, de preferência, dando glórias a Deus.
·         Segundo, vem o pedido de perdão a Deus, porque do que nos queixamos? Lamentações de Jeremias 3:39 - Por que, pois, se queixa o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus próprios pecados.
·         Terceiro, o pedido a Deus para agir a nosso favor se lembrando de sua aliança e de sua misericórdia.
·         Quarto, o pedido para nos dar, ouvir e/ou fazer, ou conceder o livramento e o escape daquela situação, conforme os seus caminhos, pois que somente Deus é conhecedor do coração dos filhos dos homens a fim de que o temam por todos os dias que viverem na terra que deste aos seus pais.
I Reis 8:39 Ouve tu então nos céus, assento da tua habitação, e perdoa, e age, e a cada um conforme a todos os seus caminhos, e segundo vires o seu coração, porque só tu conheces o coração de todos os filhos dos homens.
I Reis 8:40 Para que te temam todos os dias que viverem na terra que deste a nossos pais.
Resumindo: PERDOA – AGE – DÁ – OUVE – FAZ (isto ainda virará um belo sermão!).
Após sua longa e interessante oração, já apontando para o futuro quando tudo aquilo estará em ruínas e mais ainda para o futuro quando outro templo de outro deus estará ali naquele lugar, ele encerra sua oração e a assembleia com um discurso e uma cerimônia de dedicação.
Assim pôs-se de pé e abençoou toda a congregação em alta voz:
·         Exaltando novamente a fidelidade de Deus conforme as suas alianças;
·         lembrando dos votos de que assim como Deus foi com seus pais, apesar deles, ele seja com eles, apesar, também, deles;
·         manifestando o desejo de que a soberania de Deus faça nossos corações se inclinarem a ele e não a nós mesmos;
·         desejando que as palavras de que ele suplicou a ele, estejam sempre diante dele a fim de que todos os povos da terra saibam que o Senhor é Deus e que não há outro não.
Finaliza pedindo ao povo fidelidade de coração para serem perfeitos em andares nos seus estatutos e guardarem os seus mandamentos, como estavam ali fazendo.
I Re8:1 Então congregou Salomão os anciãos de Israel,
            e todos os cabeças das tribos, os chefes dos pais dos filhos de Israel,
                        diante de si em Jerusalém; para fazerem subir a arca da
                                   aliança do SENHOR da cidade de Davi,
                                               que é Sião.
            I Re8:2 E todos os homens de Israel se congregaram ao rei Salomão,
                        na ocasião da festa, no mês de Etanim, que é o sétimo mês.
            I Re8:3 E vieram todos os anciãos de Israel;
                        e os sacerdotes alçaram a arca.
            I Re8:4 E trouxeram a arca do SENHOR para cima,
                        e o tabernáculo da congregação, juntamente com todos os objetos
                                   sagrados que havia no tabernáculo; assim os
                                   trouxeram para cima os sacerdotes e os levitas.
            I Re8:5 E o rei Salomão, e toda a congregação de Israel que se
                        congregara a ele, estava com ele diante da arca,
                                   sacrificando ovelhas e vacas, que não se podiam contar
                                               nem numerar pela sua quantidade.
            I Re8:6 Assim trouxeram os sacerdotes
                        a arca da aliança do SENHOR ao seu lugar,
                                   ao oráculo da casa, ao lugar santíssimo,
                                               até debaixo das asas dos querubins.
            I Re8:7 Porque os querubins estendiam ambas as asas sobre o lugar da
                        arca; e os querubins cobriam, por cima, a arca e os seus varais.
            I Re8:8 E os varais sobressaíram tanto, que as pontas dos varais
                        se viam desde o santuário diante do oráculo, porém de fora não
                                   se viam; e ficaram ali até ao dia de hoje.
            I Re8:9 Na arca nada havia, senão só as duas tábuas de pedra,
                        que Moisés ali pusera junto a Horebe, quando o SENHOR
                                   fez a aliança com os filhos de Israel, saindo eles da
                                               terra do Egito.
I Re8:10 E sucedeu que, saindo os sacerdotes do santuário,
            uma nuvem encheu a casa do SENHOR.
            I Re8:11 E os sacerdotes não podiam permanecer em pé para ministrar,
                        por causa da nuvem, porque a glória do SENHOR
                                   enchera a casa do SENHOR.
I Re8:12 Então falou Salomão:
            O SENHOR disse que ele habitaria nas trevas.
            I Re8:13 Certamente te edifiquei uma casa para morada,
                        assento para a tua eterna habitação.
            I Re8:14 Então virou o rei o seu rosto, e abençoou toda a congregação
                        de Israel; e toda a congregação de Israel estava em pé.
            I Re8:15 E disse:
                        Bendito seja o SENHOR Deus de Israel, que falou pela sua
                        boca a Davi, meu pai, e pela sua mão o cumpriu, dizendo:
                        I Re8:16 Desde o dia em que eu tirei o meu povo Israel
                                   do Egito, não escolhi cidade alguma de todas as tribos                                de Israel, para edificar alguma casa para ali
                                   estabelecer o meu nome; porém escolhi a Davi, para
                                               que presidisse sobre o meu povo Israel.
            I Re8:17 Também Davi, meu pai, propusera em seu coração o edificar
                        casa ao nome do SENHOR Deus de Israel.
            I Re8:18 Porém o SENHOR disse a Davi, meu pai:
                        Porquanto propuseste no teu coração o edificar casa ao meu
                                   nome bem fizeste em o propor no teu coração.
                        I Re8:19 Todavia tu não edificarás esta casa; porém teu filho,
                        que sair de teus lombos, edificará esta casa ao meu nome.
            I Re8:20 Assim confirmou o SENHOR a sua palavra que falou;
                        porque me levantei em lugar de Davi, meu pai, e me assentei
                                   no trono de Israel, como tem falado o SENHOR;
                        e edifiquei uma casa ao nome do SENHOR Deus de Israel.
            I Re8:21 E constituí ali lugar para a arca em que está a aliança do
                        SENHOR, a qual fez com nossos pais, quando os tirou da
                                   terra do Egito.
            I Re8:22 E pôs-se Salomão diante do altar do SENHOR,
                        na presença de toda a congregação de Israel; e estendeu as suas
                                   mãos para os céus,
            I Re8:23 E disse:
                        O SENHOR Deus de Israel, não há Deus como tu,
                                   em cima nos céus nem em baixo na terra; que guardas
                                   a aliança e a beneficência a teus servos que andam
                                               com todo o seu coração diante de ti.
                        I Re8:24 Que guardaste a teu servo Davi, meu pai, o que lhe
                                   disseras; porque com a tua boca o disseste, e com a tua
                                               mão o cumpriste, como neste dia se vê.
                        I Re8:25 Agora, pois, ó SENHOR Deus de Israel, guarda a
                                   teu servo Davi, meu pai, o que lhe falaste, dizendo:
                        Não te faltará sucessor diante de mim, que se assente no trono
                                   de Israel; somente que teus filhos guardem o seu
                                   caminho, para andarem diante de mim como tu
                                               andaste diante de mim.
                        I Re8:26 Agora também, ó Deus de Israel, cumpra-se a tua
                                   palavra que disseste a teu servo Davi, meu pai.
                        I Re8:27 Mas, na verdade, habitaria Deus na terra?
                                   Eis que os céus, e até o céu dos céus, não te poderiam
                                   conter, quanto menos esta casa que eu tenho edificado.
                        I Re8:28 Volve-te, pois, para a oração de teu servo, e para a
                        sua súplica, ó SENHOR meu Deus, para ouvires o clamor e
                                   a oração que o teu servo hoje faz diante de ti.
                        I Re8:29 Para que os teus olhos noite e dia estejam abertos
                                   sobre esta casa, sobre este lugar, do qual disseste:
                        O meu nome estará ali; para ouvires a oração que o teu servo
                                   fizer neste lugar. I Re8:30 Ouve, pois, a súplica do
                        teu servo, e do teu povo Israel, quando orarem neste lugar;
                                   também ouve tu no lugar da tua habitação nos céus;
                                               ouve também, e perdoa.
                        I Re8:31 Quando alguém pecar contra o seu próximo,
                                   e puserem sobre ele juramento de maldição, fazendo-o
                                   jurar, e vier juramento de maldição diante do teu altar
                                               nesta casa, I Re8:32 Ouve tu, então, nos
                                   céus e age e julga a teus servos, condenando ao injusto,
                                   fazendo recair o seu proceder sobre a sua cabeça, e
                                   justificando ao justo, rendendo-lhe segundo a sua                                                   justiça.
                        I Re8:33 Quando o teu povo Israel for ferido diante do
                                   inimigo, por ter pecado contra ti, e se converterem a ti,
                                   e confessarem o teu nome, e orarem e suplicarem a ti
                                               nesta casa,
                        I Re8:34 Ouve tu então nos céus, e perdoa o pecado do teu
                                   povo Israel, e torna-o a levar à terra que tens
                                               dado a seus pais.
                        I Re8:35 Quando os céus se fechar, e não houver chuva,
                                   por terem pecado contra ti, e orarem neste lugar,
                                   e confessarem o teu nome, e se converterem dos seus                                                 pecados, havendo-os tu afligido,
                        I Re8:36 Ouve tu então nos céus, e perdoa o pecado de teus
                                   servos e do teu povo Israel, ensinando-lhes o bom
                                   caminho em que andem, e dá chuva na tua terra que
                                               deste ao teu povo em herança.
                        I Re8:37 Quando houver fome na terra, quando houver peste,
                                   quando houver queima de searas, ferrugem, gafanhotos
                                   ou pulgão, quando o seu inimigo o cercar na terra das
                                   suas portas, ou houver alguma praga ou doença,
                        I Re8:38 Toda a oração, toda a súplica, que qualquer homem
                                   de todo o teu povo Israel fizer, conhecendo cada um a
                                   chaga do seu coração, e estendendo as suas mãos para
                                               esta casa,
                        I Re8:39 Ouve tu então nos céus, assento da tua habitação,
                                   e perdoa, e age, e dá a cada um conforme a todos os
                                   seus caminhos, e segundo vires o seu coração, porque só
                                   tu conheces o coração de todos os filhos dos homens.
                        I Re8:40 Para que te temam todos os dias que viverem na
                                   terra que deste a nossos pais.
                        I Re8:41 E também ouve ao estrangeiro, que não for do teu
                                   povo Israel, quando vier de terras remotas,
                                               por amor do teu nome
                        I Re8:42 (Porque ouvirão do teu grande nome, e da tua forte
                                   mão, e do teu braço estendido), e vier orar voltado                                                  para esta casa,
                        I Re8:43 Ouve tu nos céus, assento da tua habitação,
                                   e faze conforme a tudo o que o estrangeiro a ti clamar,
                                   a fim de que todos os povos da terra conheçam o teu
                                   nome, para te temerem como o teu povo Israel, e para
                                   saberem que o teu nome é invocado sobre esta casa que                                            tenho edificado.
                        I Re8:44 Quando o teu povo sair à guerra contra o seu
                                   inimigo, pelo caminho por que os enviares, e orarem
                                   ao SENHOR, para o lado desta cidade, que tu
                                   elegeste, e desta casa, que edifiquei ao teu nome,
                        I Re8:45 Ouve, então, nos céus a sua oração e a sua súplica,
                                   e faze-lhes justiça. I Re8:46 Quando pecarem contra
                                   ti (pois não há homem que não peque), e tu te
                                   indignares contra eles, e os entregares às mãos do                                       inimigo, de modo que os levem em cativeiro para a                                                 terra inimiga, quer longe ou perto esteja,
                        I Re8:47 E na terra aonde forem levados em cativeiro cairem
                                   em si, e se converterem, e na terra do seu cativeiro te                                                           suplicarem, dizendo:
                        Pecamos, e perversamente procedemos, e cometemos iniqüidade,
                                   I Re8:48 E se converterem a ti com todo o seu coração
                                   e com toda a sua alma, na terra de seus inimigos que
                                   os levarem em cativeiro, e orarem a ti para o lado da                                             sua terra que deste a seus pais, para esta cidade que
                                   elegeste, e para esta casa que edifiquei ao teu nome;
                        I Re8:49 Ouve então nos céus, assento da tua habitação, a sua
                                   oração e a sua súplica, e faze-lhes justiça.
                        I Re8:50 E perdoa ao teu povo que houver pecado contra ti,
                                   todas as transgressões que houverem cometido contra                                               ti; e dá-lhes misericórdia perante aqueles que os têm          
                                               cativos, para que deles tenham compaixão.
                        I Re8:51 Porque são o teu povo e a tua herança que tiraste da
                                   terra do Egito, do meio do forno de ferro.
                        I Re8:52 Para que teus olhos estejam abertos à súplica do teu
                                   servo e à súplica do teu povo Israel, a fim de os ouvires
                                               em tudo quando clamarem a ti.
                        I Re8:53 Pois tu para tua herança os elegeste de todos os povos
                                   da terra, como tens falado pelo ministério de Moisés,
                                   teu servo, quando tiraste a nossos pais do Egito,
                                               Senhor DEUS.
                        I Re8:54 Sucedeu, pois, que, acabando Salomão de fazer ao
                                   SENHOR esta oração e esta súplica, estando de
                                   joelhos e com as mãos estendidas para os céus,
                                    se levantou de diante do altar do SENHOR.
I Re8:55 E pôs-se em pé, e abençoou a toda a congregação de Israel em alta voz,
            dizendo: I Re8:56 Bendito seja o SENHOR, que deu repouso ao seu
                        povo Israel, segundo tudo o que disse; nem uma só palavra caiu
                                   de todas as suas boas palavras que falou pelo
                                               ministério de Moisés, seu servo.
            I Re8:57 O SENHOR nosso Deus seja conosco, como foi com nossos
                        pais; não nos desampare, e não nos deixe.
            I Re8:58 Inclinando a si o nosso coração, para andar em todos os seus
                        caminhos, e para guardar os seus mandamentos,
                                   e os seus estatutos, e os seus juízos que ordenou
                                               a nossos pais. I Re8:59 E que estas minhas
                                   palavras, com que supliquei perante o SENHOR,
                                               estejam perto, diante do SENHOR nosso
                                   Deus, de dia e de noite, para que execute o juízo do                                   seu servo e o juízo do seu povo Israel, a cada qual no seu dia.
            I Re8:60 Para que todos os povos da terra saibam que o SENHOR
                        é Deus, e que não há outro.
            I Re8:61 E seja o vosso coração inteiro para com o SENHOR
                        nosso Deus, para andardes nos seus estatutos, e guardardes os
                                   seus mandamentos como hoje.
            I Re8:62 E o rei e todo o Israel com ele ofereceram sacrifícios perante
                        a face do SENHOR.
            I Re8:63 E deu Salomão para o sacrifício pacífico que ofereceu ao
                        SENHOR, vinte e duas mil vacas e cento e vinte mil ovelhas;
                                   assim o rei e todos os filhos de Israel consagraram a
                                               casa do SENHOR.
            I Re8:64 No mesmo dia santificou o rei o meio do átrio
                        que estava diante da casa do SENHOR;
                                   porquanto ali preparara os holocaustos e as ofertas
                                   com a gordura dos sacrifícios pacíficos; porque o altar
                                   de cobre que estava diante da face do SENHOR
                                   era muito pequeno para nele caberem os holocaustos
                                   e as ofertas, e a gordura dos sacrifícios pacíficos.
            I Re8:65 No mesmo tempo celebrou Salomão a festa,
                        e todo o Israel com ele, uma grande congregação,
                                   desde a entrada de Hamate até ao rio do Egito,
                                   perante a face do SENHOR nosso Deus;
                                   por sete dias, e mais sete dias; catorze dias.
            I Re8:66 E no oitavo dia despediu o povo,
                        e eles abençoaram o rei; então se foram às suas tendas,
                                   alegres e felizes de coração, por causa de todo o bem
                                               que o SENHOR fizera a Davi seu servo,
                                                           e a Israel seu povo.
Finalizando a solenidade, oferece Salomão sacrifícios e finalmente consideram a Casa do Senhor consagrada. Depois de todas as cerimônias de consagração devidas, ele realiza a Festa dos Tabernáculos, por sete mais sete dias, ou seja 14 dias de festas ao Senhor.
No oitavo dia da festa, o grande dia da festa, despediu o povo e o povo abençoou o rei e todos se foram alegres e de coração contente por causa de todo o bem que o Senhor fizera a Davi, seu servo, e a Israel, seu povo.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 11 dias para a Copa, sem álcool nos estádios.... também faltam 430 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.