quarta-feira, 2 de abril de 2014

I Sm 3:1-21 - O chamado de Samuel

Esta breve introdução irá nos acompanhar até 7:17, quando então finalizaremos a primeira parte de nossa divisão dos livros de I e II de Samuel: “Ao fazer um contraste entre Eli e seus filhos e Samuel, o escritor explicou como e por que Deus rejeitou a casa de Eli no serviço sacerdotal e exaltou Samuel como líder de Israel.”
Estamos na subparte “B” que foi dividida em quatro seções para melhor compreensão da palavra de Deus:
1.        No serviço em Siló – 2:11-21. (já vista).
2.        Na desaprovação e aprovação que receberam – 2:22-26. (já vista).
3.        Na revelação do julgamento e da bênção de Deus – 2:27 a 4:1a. (estamos vendo ela agora).
4.        No conflito com os filisteus – 4:1b a 7:17.
A seção 3, acima, a qual estamos vendo agora, foi também dividida em duas partes: A. Eli e seus filhos são julgados por Deus – vs 27-36, e B. Samuel é chamado e abençoado por Deus – 3:1 – 41a.
B. Samuel é chamado e abençoado por Deus – 3:1 – 41a.
Ali estava Samuel servindo ao Senhor. Tão diferente de Sansão que teve um chamado extraordinário também. Diferente porque Sansão era rebelde e parece que não gostou de seu chamado desde o ventre materno e sempre foi inconformado com seu voto de nazireado.
Samuel ao contrário parecia de bem com a vida e amava servir ao Senhor desde o ventre de sua amada mamãe. Era ele de fato uma criança especial e temente a Deus. Foi oferecido ao Senhor quando criança e viveu no meio de sacerdotes que não eram bons exemplos.
Por causa da vida leviana e irresponsável diante do Senhor que viviam tanto o sacerdote Eli quanto os seus filhos, que também eram sacerdotes iníquos, chamados até de “filhos de Belial”, a palavra do Senhor era rara.
Enquanto todos foram dormir porque era a hora de irem dormir, Deus resolveu chamar a Samuel e começou a pronunciar o seu nome para ele. Sua voz foi ouvida claramente por Samuel que despertou e foi correndo para Eli, certo de que ele o chamara.
Eli estava era com sono e queria mais continuar a dormir, mas o menino já tinha levantado por três vezes dizendo que Eli o tinha chamado e Eli não tinha chamado o menino.
Lembrou-se Eli que o Senhor existia! Então instruiu o menino para que voltasse para cama e que se houvesse novo chamado era para ele responder a Deus dizendo: “Fala, Senhor, porque teu servo ouve”.
Deus fala e nos chama, mas é necessário uma resposta de nossa parte para o chamado de Deus a fim de que a comunicação se estabeleça e o diálogo possa ter sequência. Uma só parte não consegue se relacionar com ninguém.
Se Deus nos chama, vamos responder a ele. Se precisamos dele, vamos também invocá-lo que ele nos ouvirá e nos atenderá ao nosso chamado.
Eu resumiria o trabalho do Senhor, baseado em Romanos 10, nas seguintes atividades:
Romanos 10:13 Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.
Romanos 10:14 Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue?
Romanos 10:15 E como pregarão, se não forem enviados? como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas.
Atuação de Deus no processo completo da salvação do homem:  Deus salva, escolhe, chama, capacita e envia.
·         Salvar – Rm 10:13
·         Escolher  - Rm 9:11
·         Chamar  - Rm 9:11
·         Capacitar  - 2 Co 3: 5 e 6
·         Enviar  - Rm 10:15
Atuação do homem que foi salvo, escolhido, chamado, capacitado e enviado: ir e pregar
·         Ir ou percorrer – Mt 9:37
·         Pregar  - Rm 10:14 e 15
O que acontece com aqueles a quem são destinadas à pregação:
·         Ouvir – Rm 10: 14
·         Crer – Rm 10: 14
·         Invocar – Rm 10:13
A ideia é que haja como uma sequência de trabalho de forma cíclica, onde primeiro a pessoa é salva, escolhida, chamada, capacitada e enviada e depois, na sequência, ela vai e prega a fim de que ouçam, creiam e invoquem para serem salvos ao final. Daí, o processo da salvação volta ao seu início.
Deus estava chamando o jovem Samuel e já o enviando ao seu serviço o qual seria ser o profeta escolhido por ele na nação de Israel. Não somente isso, mas também seria, em breve, o sacerdote escolhido que iria ungir reis para Israel.
Um belo chamado era aquele e Samuel irá honrar quem o chamou. Quanto a Eli, seu fim estava muito próximo, tanto o dele quanto o de seus filhos.
Eli ficou curioso para saber o que o Senhor tinha falado para ele e quase o obrigando a jurar para dizer a verdade pede que ele revele tudo que ouviu em sua visão com Deus.
Samuel nada esconde nem oculta dele e lhe diz as coisas terríveis que Deus disse a respeito dele, de Eli e qual seria o seu fim.
Eli ouve e entende que a palavra é do Senhor, mas não se arrepende, porém fala com quem dando de ombros: faça o Senhor o que achar melhor!
 I Sm 3:1 E o jovem Samuel servia ao SENHOR perante Eli;
                e a palavra do SENHOR era de muita valia naqueles dias;
                               não havia visão manifesta.
                I Sm 3:2 E sucedeu, naquele dia, que, estando Eli deitado no seu lugar
                               (e os seus olhos começavam a escurecer, pois não podia ver),
                               I Sm 3:3 E estando também Samuel já deitado,
                                               antes que a lâmpada de Deus se apagasse no templo
                                                               do SENHOR, onde estava a arca de Deus,
I Sm 3:4 O SENHOR chamou a Samuel, e disse ele:
                Eis-me aqui. I Sm 3:5 E correu a Eli, e disse:
                               Eis-me aqui, porque tu me chamaste.
                Mas ele disse:
                               Não te chamei eu, torna a deitar-te. E foi e se deitou.
                I Sm 3:6 E o SENHOR tornou a chamar outra vez a Samuel,
                               e Samuel se levantou, e foi a Eli, e disse:
                                               Eis-me aqui, porque tu me chamaste. Mas ele disse:
                                               Não te chamei eu, filho meu, torna a deitar-te.
                I Sm 3:7 Porém Samuel ainda não conhecia ao SENHOR,
                e ainda não lhe tinha sido manifestada a palavra do SENHOR.
I Sm 3:8 O SENHOR, pois, tornou a chamar a Samuel terceira vez,
                e ele se levantou, e foi a Eli, e disse:
                               Eis-me aqui, porque tu me chamaste.
                Então entendeu Eli que o SENHOR chamava o jovem.
I Sm 3:9 Por isso Eli disse a Samuel:
                Vai deitar-te e há de ser que, se te chamar, dirás:
                               Fala, SENHOR, porque o teu servo ouve.
                Então Samuel foi e se deitou no seu lugar.
I Sm 3:10 Então veio o SENHOR, e pôs-se ali,
                e chamou como das outras vezes: Samuel, Samuel. E disse Samuel:
                               Fala, porque o teu servo ouve.
I Sm 3:11 E disse o SENHOR a Samuel:
                Eis que vou fazer uma coisa em Israel, a qual todo o que ouvir
                               lhe tinirão ambos os ouvidos. I Sm 3:12 Naquele mesmo dia
                                               suscitarei contra Eli tudo quanto tenho falado contra
                                                               a sua casa, começarei e acabarei.
                I Sm 3:13 Porque eu já lhe fiz saber que julgarei a sua casa
                               para sempre, pela iniqüidade que ele bem conhecia,
                porque, fazendo-se os seus filhos execráveis, não os repreendeu.
                I Sm 3:14 Portanto, jurei à casa de Eli que nunca jamais será expiada
                               a sua iniqüidade, nem com sacrifício,
                                               nem com oferta de alimentos.
                I Sm 3:15 E Samuel ficou deitado até pela manhã, e então abriu as
                               portas da casa do SENHOR; porém temia Samuel relatar esta
                                               visão a Eli.
I Sm 3:16 Então chamou Eli a Samuel, e disse:
                Samuel, meu filho. E disse ele:
                               Eis-me aqui.
                I Sm 3:17 E ele disse:
                               Qual é a palavra que te falou? Peço-te que não ma encubras;
                                               assim Deus te faça, e outro tanto, se me encobrires
                                                               alguma palavra de todas as que te falou.
I Sm 3:18 Então Samuel lhe contou todas aquelas palavras,
                e nada lhe encobriu.
E disse ele:
                Ele é o SENHOR; faça o que bem parecer aos seus olhos.
I Sm 3:19 E crescia Samuel, e o SENHOR era com ele,
                e nenhuma de todas as suas palavras deixou cair em terra.
I Sm 3:20 E todo o Israel, desde Dã até Berseba,
                conheceu que Samuel estava confirmado por profeta do SENHOR.
I Sm 3:21 E continuou o SENHOR a aparecer em Siló;
                porquanto o SENHOR se manifestava a Samuel em Siló pela palavra
                               do SENHOR
Essa foi a primeira de muitas vezes que o Senhor irá falar com esse jovem profeta do Senhor. E ele crescia e o Senhor era com ele e já ia ganhando fama por causa de sua palavra que não falhava.
O Senhor o fez notório desde Dã até Berseba, ou seja em todo os territórios dos filhos de Israel. Ele também foi uma espécie de 13º juiz por causa de suas atividades e julgamento do povo, mas sua fama mesmo ganhou popularidade e prestigio como profeta do Senhor.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 71 dias para a Copa, sem álcool nos estádios.... também faltam 489 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.