terça-feira, 29 de abril de 2014

I Samuel 30:1-31 – DAVI SE FORTALECE NO SENHOR E DERROTA OS AMALEQUITAS


OUÇA A POSTAGEM:  I-Sm-30


Mapa de leitura (objetivo de situar o leitor na leitura bíblica):
·     Parte III: - Saul e Davi: a ascensão de Davi e a queda de Saul – 16:1 a II Sm 1:27 
·     C. A inocência de Davi e a culpa de Saul – 22:6 a II Sm 1-27
·     3. A inocência de Davi e a culpa de Saul para com os filisteus – 27:1 a II Sm 1:27
Esta última subparte “3. A inocência de Davi e a culpa de Saul para com os filisteus – 27:1 a II Sm 1:27” foi dividida, como já dissemos, em 5 seções: 1. Davi engana os filisteus – 27:1 a 28 – já vista. 2. Saul peca por temer aos filisteus – 28:3–25 – já vista. 3. Davi é temido e vitoriosos – 29:1 a 30:31 – começamos no capítulo anterior e terminaremos neste capítulo. 4. Saul e seus filhos morrem na batalha contra os filisteus – 31:1-13. 5. Davi reage inocentemente à morte de Saul – II Sm 1:1-27.
3. Davi é temido e vitorioso – 29:1 a 30:31 - continuação.
Como já tínhamos visto, Davi fora rejeitado para seguir os filisteus em batalha pelos principais líderes filisteus. Aquis até tentou arregimentá-lo, mas não conseguiu persuadir ninguém.
Davi, seguindo as ordens dos filisteus, então volta para Ziclague, numa viagem de três dias e encontra a cidade queimada, destruída e todos os seus bens e as pessoas que ficaram nela, sequestrados pelos amalequitas que se aproveitaram da situação para saquearem e levarem tudo o que podiam com eles.
A situação encontrada por Davi era catastrófica! O povo que com ele andava e o estava seguindo, se desesperou a ponto de quererem responsabilizar a Davi por tudo o que acontecera.
O que fazer nessas horas de grande desespero que parece que o fim chegou com tudo para nós? Família, bens, casa, coisas tudo destruído e saqueado. Como não estava a cabeça de Davi e de todos os seus homens?
O pensamento dominante nessas horas é que o fim chegou e que não há mais nada a se fazer. Como se não bastasse a tragédia total, a ameaça agora enfrentada por Davi de ter de pagar por tudo o que aconteceu.
Davi era homem de Deus! A primeira coisa que fez, diz a palavra foi se fortalecer no Senhor!
O caos instalado e a confusão tomando conta de todos. O desespero e a incerteza eram dominantes naquele lugar, mas Davi não se deixou enganar por essas coisas, procurou se fortalecer no Senhor. Como iremos nos fortalecer no Senhor em meio ao caos?
Davi sabia em quem ele cria e que era poderoso para reverter tudo aquilo e levá-los a uma nova vida de experiência com Deus. A noção de soberania na vida de Davi era algo muito interessante e foi buscar o socorro e entender as coisas aos pés do Senhor.
Imediatamente, procurou pelo sacerdote Abiatar, filho de Aimeleque e pediu o éfode para poder fazer consultas ao Senhor. O que fazer, Senhor?
Ele pergunta se iria atrás deles e se iria ser bem sucedido nessa empreitada difícil, uma vez que aquele povo estava acostumado a fazer coisas perversas. Dado o tempo decorrido, poderiam já ter feito grandes e irreparáveis estragos em sua gente e bens.
Deus lhe dá direção e orientação e ele fala ao povo e junta novamente os seus homens que estavam cabisbaixos e derrotados e sai para encontrarem no deserto os amalequitas e assim vingar o sucedido.
No meio do caminho, sem nem saberem para onde irem, encontram um egípcio à beira da morte e o socorrem. Já fazia três dias que ele não comia, nem bebia e ainda estava doente e tinha sido abandonado para morrer no deserto pelos amalequitas.
Tanto tempo já decorrido, o que não passava na mente de Davi e de todos os seus 600 homens? Haveria ainda esperanças? E as suas mulheres e crianças já não teriam sido vítimas de violência desses homens malignos?
O egípcio se recupera e depois de entrar em acordo com ele, pode falar e salvo da morte, ajudou Davi a encontrar o acampamento dos amalequitas.
Encontrar os amalequitas foi a metade do problema resolvido, mas havia muito ainda a fazer. Uma luta feroz e cruel iria se estender desde o amanhecer até o fim da tarde, mas apesar de a luta ser dura, Davi e seus homens triunfaram e ninguém saiu ferido, bem como recuperam tudo, sem que ninguém tenha sido molestado.
Ainda na perseguição, houve 200 dos homens de Davi que não puderam seguir viagem e ficaram tomando conta das bagagens deles, pois estavam muito cansados e forçá-los seria um ato muito insensato.
Na volta, alguns tentaram persuadir Davi a não dar do despojo aos que ficaram de guarda das coisas. A Bíblia chamou tais homens de homens maus, de corações ingratos e malignos.
Davi, no entanto, era homem de Deus e cheio do Espírito Santo, fez justiça a todos e igualmente deu dos despojos a todos os seus homens, pelo que passou sua atitude sensata a ser lei em todo o Israel, doravante.
Também Davi agradou os povos e os anciãos de Judá e ainda toda essa gente com os despojos que obteve:
·       de Betel,
·       de Ramote do sul,
·       de Jater,
·       de Aroer,
·       de Sifmote,
·       de Estemoa,
·       de Racal,
·       que estavam nas cidades jerameelitas
·       e nas cidades dos queneus,
·       de Hormá,
·       de Corasã,
·       de Ataca,
·       de Hebrom,
·       e a todos os lugares em que andara Davi,
·       ele e os seus homens.
Não é incrível que há poucos instantes tudo estava perdido a ponto de Davi se desesperar da própria vida que corria risco e agora, abastado com bens que poderia compartilhar com tanta gente?
I Sm 30:1 Sucedeu, pois, que, chegando Davi e os seus homens
            ao terceiro dia a Ziclague, já os amalequitas tinham invadido o sul,
            e Ziclague, e tinham ferido a Ziclague e a tinham queimado a fogo.
            I Sm 30:2 E tinham levado cativas as mulheres,
                        e todos os que estavam nela, tanto pequenos como grandes;
                        a ninguém, porém, mataram, tão-somente os levaram consigo,
                                   e foram o seu caminho.
            I Sm 30:3 E Davi e os seus homens chegaram à cidade e eis que estava
                        queimada a fogo, e suas mulheres, seus filhos e suas filhas
                                   tinham sido levados cativos.
            I Sm 30:4 Então Davi e o povo que se achava com ele alçaram
                        a sua voz, e choraram, até que neles não houve mais forças
                                   para chorar. I Sm 30:5 Também as duas mulheres
                        de Davi foram levadas cativas; Ainoã, a jizreelita, e Abigail,
                                   a mulher de Nabal, o carmelita.
            I Sm 30:6 E Davi muito se angustiou, porque o povo falava de
                        apedrejá-lo, porque a alma de todo o povo estava em amargura,
                                   cada um por causa dos seus filhos e das suas filhas;
                        todavia Davi se fortaleceu no SENHOR seu Deus.
            I Sm 30:7 E disse Davi a Abiatar, o sacerdote, filho de Aimeleque:
                        Traze-me, peço-te, aqui o éfode.
                                   E Abiatar trouxe o éfode a Davi.
I Sm 30:8 Então consultou Davi ao SENHOR, dizendo:
            Perseguirei eu a esta tropa? Alcançá-la-ei?
E lhe disse:
            Persegue-a, porque decerto a alcançarás e tudo libertarás.
            I Sm 30:9 Partiu, pois, Davi, ele e os seiscentos homens que com ele se
                        achavam, e chegaram ao ribeiro de Besor, onde pararam os que
                                   ficaram atrás. I Sm 30:10 E perseguiu-os Davi, ele e
                        os quatrocentos homens, pois que duzentos homens ficaram,
                                   por não poderem, de cansados que estavam,
                                               passar o ribeiro de Besor.
            I Sm 30:11 E acharam no campo um homem egípcio,
                        e o trouxeram a Davi; deram-lhe pão, e comeu,
                                   e deram-lhe a beber água.
            I Sm 30:12 Deram-lhe também um pedaço de massa de figos secos
                        e dois cachos de passas, e comeu, e voltou-lhe o seu espírito,
                        porque havia três dias e três noites que não tinha comido pão
                                   nem bebido água.
            I Sm 30:13 Então Davi lhe disse:
                        De quem és tu, e de onde és?
            E disse o moço egípcio:
                        Sou servo de um homem amalequita, e meu senhor me deixou,
                                   porque adoeci há três dias.
            I Sm 30:14 Nós invadimos o lado do sul dos queretitas,
                        e o lado de Judá, e o lado do sul de Calebe,
                                   e pusemos fogo a Ziclague.
            I Sm 30:15 E disse-lhe Davi:
                        Poderias, descendo, guiar-me a essa tropa?
            E disse-lhe:
                        Por Deus jura-me que não me matarás, nem me entregarás na
                        mão de meu senhor, e, descendo, te guiarei a essa tropa.
            I Sm 30:16 E, descendo, o guiou e eis que estavam espalhados
                        sobre a face de toda a terra, comendo, e bebendo, e dançando,
                                   por todo aquele grande despojo que tomaram da terra
                                               dos filisteus e da terra de Judá.
I Sm 30:17 E feriu-os Davi, desde o crepúsculo até à tarde do dia seguinte;
            nenhum deles escapou, senão só quatrocentos moços que, montados sobre
                        camelos, fugiram.
            I Sm 30:18 Assim salvou Davi tudo quanto tomaram os amalequitas;
                        também as suas duas mulheres salvou Davi.
            I Sm 30:19 E ninguém lhes faltou, desde o menor até ao maior,
                        e até os filhos e as filhas; e também desde o despojo até tudo
                                   quanto lhes tinham tomado, tudo Davi tornou a
                                               trazer. I Sm 30:20 Também tomou Davi
                        todas as ovelhas e vacas, e levavam-nas adiante do outro gado,                                                e diziam: Este é o despojo de Davi.
            I Sm 30:21 E, chegando Davi aos duzentos homens que,
                        de cansados que estavam, não puderam seguir a Davi,
                                   e que deixaram ficar no ribeiro de Besor,
                                   estes saíram ao encontro de Davi e do povo que com
                                               ele vinha; e, chegando-se Davi com o povo,
                                                           os saudou em paz.
            I Sm 30:22 Então todos os maus e perversos, dentre os homens que
                        tinham ido com Davi, responderam, e disseram:
                                   Visto que não foram conosco, não lhes daremos do
                                               despojo que libertamos; mas que leve cada
                                                           um sua mulher e seus filhos, e se vá.
            I Sm 30:23 Porém Davi disse:
                        Não fareis assim, irmãos meus, com o que nos deu
                                   o SENHOR, que nos guardou, e entregou a tropa
                                               que contra nós vinha, nas nossas mãos.
                        I Sm 30:24 E quem vos daria ouvidos nisso?
                        Porque qual é a parte dos que desceram à peleja,
                        tal também será a parte dos que ficaram com a bagagem;
                                   igualmente repartirão.
            I Sm 30:25 O que assim foi desde aquele dia em diante,
                        porquanto o pôs por estatuto e direito em Israel
                                   até ao dia de hoje.
            I Sm 30:26 E, chegando Davi a Ziclague, enviou do despojo
                        aos anciãos de Judá, seus amigos, dizendo:
            Eis aí para vós uma bênção do despojo dos inimigos do SENHOR;
            I Sm 30:27 Aos de Betel, e aos de Ramote do sul, e aos de Jater,
            I Sm 30:28 E aos de Aroer, e aos de Sifmote, e aos de Estemoa,
            I Sm 30:29 E aos de Racal, e aos que estavam nas cidades jerameelitas
                        e nas cidades dos queneus, I Sm 30:30 E aos de Hormá,
                        e aos de Corasã, e aos de Ataca,
            I Sm 30:31 E aos de Hebrom, e a todos os lugares em que andara
                        Davi, ele e os seus homens.
Em um momento, tudo está perdido; noutro momento, tudo está sobejando! Quem é que entende os caminhos do Senhor e seus mistérios? Quem é que pode dizer que tem controle de sua vida?

Deus sempre nos surpreende! É incrível como Deus age a favor dos seus e deles cuida nos mínimos detalhes. Davi confiou em Deus, se fortaleceu, buscou direção e orientação, seguiu em frente, lutou contra os inimigos e os venceu e ainda ficou rico, pelo que pode ser bênção na vida de tantas pessoas! Isso, meu amigo, dá uma excelente pregação! Aguardem!
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdete – 
http://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

1 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.