sábado, 26 de abril de 2014

I Samuel 27:1-12 - Davi engana os filisteus

Mapa de leitura (objetivo de situar o leitor na leitura bíblica):
·      Parte III: - Saul e Davi: a ascensão de Davi e a queda de Saul – 16:1 a II Sm 1:27 
·      C. A inocência de Davi e a culpa de Saul – 22:6 a II Sm 1-27
·      3. A inocência de Davi e a culpa de Saul para com os filisteus – 27:1 a II Sm 1:27
Entramos agora na terceira e última subparte de nossa divisão da Parte III, conforme estamos seguindo a divisão proposta pela BEG.
Novamente aqui, Davi e Saul são contrastados e dessa vez com relação à interação com os filisteus. Davi os enganará – 27:1 a 28:2, mas Saul pecará porque ficará com medo deles – 28:3-25. Davi era temido pelos filisteus e sempre foi vitorioso – 29:1 a 30:31, mas Saul será derrotado e assassinado por eles – 31:1-13.
Também esta subparte será dividida em 5 seções: 1. Davi engana os filisteus – 27:1 a 28. 2. Saul peca por temer aos filisteus – 28:3 – 25. 3. Davi é temido e vitoriosos – 29:1 a 30:31. 4. Saul e seus filhos morrem na batalha contra os filisteus – 31:1-13. 5. Davi reage inocentemente à morte de Saul – II Sm 1:1-27.
1. Davi engana os filisteus – 27:1 a 28.
Veremos aqui que enquanto fugia de Saul, Davi se refugiava com os filisteus e os enganava, mas contra eles não entrava em confusão. Saiu-se tão bem que o próprio Aquis o queria em suas terras vencendo os inimigos.
Aa vida de Davi não estava sendo fácil e como homem havia em seu coração o temor de um dia vir a cair nas mãos de Saul por causa de sua insistência em persegui-lo, sendo ele inocente de tudo o que estava sendo acusado por Saul.
A perseguição de Saul era algo que ia além das explicações e estava envolvida com a inveja e a certeza de que logo, logo, ele estaria ocupando o lugar em que ele se encontrava.
As palavras de Samuel deveriam ecoar em todos os cantos de sua casa dizendo que ele tinha sido rejeitado e que o Senhor já tinha escolhido outro para reinar em seu lugar.
Davi temia e, astutamente, foge para um lugar que ele sabia que Saul não teria a coragem de ir atrás dele. Na terra dos filisteus onde Davi foi levantado e exaltado, para lá ele se dirigiu ousadamente.
Os filisteus temiam Davi e Saul temia os filisteus. Na mente de Davi, ele estaria ali seguro fugindo de Saul e esperando o dia da sua vingança que não seria executada por suas mãos, mas pelas mãos do Deus vivo.
Davi agiu mais por cautela do que por medo ao se refugiar e enganar os filisteus em sua própria terra. Para Davi, enfrentar Saul não estava em seus planos por entender que ele fora ungido do Senhor para ocupar a posição em que se encontrava e somente Deus para tirá-lo de lá!
Davi estava com suas duas mulheres e com seus 600 homens, valentes e fieis de Davi. Ele era um líder e todos que estavam com ele sabiam que ele era um homem de valor.
Duas coisas estão presentes na masculinidade dos homens, de forma muito forte, como prega Nélio Dasilva[1]: 1. O homem gosta de correr riscos. 2. O espírito de gangue[2] os une a propósitos e à uma bandeira.
Assim, eram os homens de Davi: com ele corriam todos os riscos e a vida deles era de fato muito arriscada e desafiadora; além do que, estavam juntos com Davi para qualquer coisa.
Davi fora tão bem sucedido que Aquis confiava nele e se sentia seguro com ele.
I Sm 27:1 Disse, porém, Davi no seu coração:
            Ora, algum dia ainda perecerei pela mão de Saul;
                        não há coisa melhor para mim do que escapar apressadamente
                                   para a terra dos filisteus, para que Saul perca a
                                   esperança de mim, e cesse de me buscar por todos
                                   os termos de Israel; e assim escaparei da sua mão.
            I Sm 27:2 Então Davi se levantou, e passou, com os seiscentos homens
                        que com ele estavam, a Aquis, filho de Maoque, rei de Gate.
            I Sm 27:3 E Davi ficou com Aquis em Gate,
                        ele e os seus homens, cada um com a sua casa;
            Davi com ambas as suas mulheres, Ainoã, a jizreelita, e Abigail,
                        a mulher de Nabal, o carmelita.
            I Sm 27:4 E, sendo Saul avisado que Davi tinha fugido para Gate,
                        não cuidou mais de buscá-lo.
I Sm 27:5 E disse Davi a Aquis:
            Se eu tenho achado graça em teus olhos, dá-me lugar numa das cidades
                        da terra, para que ali habite; pois por que razão habitaria
                                   o teu servo contigo na cidade real?
            I Sm 27:6 Então lhe deu Aquis, naquele dia, a cidade de Ziclague
                        (por isso Ziclague pertence aos reis de Judá, até ao dia de hoje).
            I Sm 27:7 E foi o número dos dias, que Davi habitou na terra dos
                        filisteus, um ano e quatro meses.
            I Sm 27:8 E subia Davi com os seus homens, e davam sobre os
                        gesuritas, e os gersitas, e os amalequitas; porque antigamente
                                   foram estes os moradores da terra que se estende na
                                               direção de Sur, até à terra do Egito.
            I Sm 27:9 E Davi feria aquela terra, e não dava vida nem a homem
                        nem a mulher, e tomava ovelhas, e vacas, e jumentos, e camelos,
                                   e vestes; e voltava, e vinha a Aquis.
I Sm 27:10 E dizendo Aquis:
            Onde atacastes hoje?
Davi dizia:
            Sobre o sul de Judá, e sobre o sul dos jerameelitas, e sobre o sul dos
                        queneus. I Sm 27:11 E Davi não deixava com vida nem a
                        homem nem a mulher, para trazê-los a Gate, dizendo:
                                    Para que porventura não nos denunciem, dizendo:
                                               Assim Davi o fazia.
            E este era o seu costume por todos os dias que habitou
                        na terra dos filisteus.
I Sm 27:12 E Aquis confiava em Davi, dizendo:
            Fez-se ele por certo aborrecível para com o seu povo em Israel;
                        por isso me será por servo para sempre.
Será Davi, o homem de Deus que porá fim aos filisteus na face da terra. Aquis mais o temia do que nele confiava, pois entendia estar ali alguém diferente e cheio da graça de Deus.
Davi, que não era bobo, nada fazia para macular sua imagem diante dele e nas oportunidades que tinha de vitórias em suas guerras, eliminava tudo quanto era pista e testemunhas que pudesse desaboná-lo diante de Aquis.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 47 dias para a Copa, sem álcool nos estádios.... também faltam 465 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.
A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br



[1] Conheça mais sobre esse ministério e seu pastor: http://www.homensdevalor.com
[2] Não se trata da defesa de gangues e de seus maus caminhos e ações, mas da força positiva que os une em propósitos e ideais. Isso é bom e positivo e deve ser explorado.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.