quarta-feira, 23 de abril de 2014

I Samuel 24:1-22 - Davi poupa a vida de Saul

Mapa de leitura (objetivo de situar o leitor na leitura bíblica):
·      Parte III: - Saul e Davi: a ascensão de Davi e a queda de Saul – 16:1 a II Sm 1:27 
·         C. A inocência de Davi e a culpa de Saul – 22:6 a II Sm 1-27
·      2. A inocência de Davi e a culpa de Saul de um para com o outro – 23:7 – 26:25 – continuação
Saul tinha quase conseguido encurralar Davi no episódio de Queila, mas teve de ausentar-se urgente por causa de uma má notícia oriunda de um ataque filisteu que o obrigou a voltar.
Depois de sua perseguição aos filisteus, sua atenção novamente se voltou para o seu imaginário inimigo Davi. E ele ouviu dizer que Davi estaria no deserto de Em-Gedi.
Ele junta três mil homens escolhidos dentre o povo para irem em busca de Davi e de seus homens por todos os lugares e até nos cumes das penhas das cabras montesas.
Em um dado momento ele entra dentro de uma caverna gigante a aliviar o seu ventre e dentro da caverna, Davi e os seus seiscentos homens. Deve ter sido uma enorme caverna, pois discutiam nela se matariam ou não Saul e davam conselhos a Davi para matá-lo dizendo que aquilo era a providência divina favorecendo a ele.
Davi foi pressionado psicologicamente e a situação dele era tão ruim que deve ter pensado mesmo em se livrar ali para sempre de Saul.
Antes de qualquer coisa, vai e corta um pedaço da capa de Saul, sem ao menos ele perceber. É estranho também a sua guarda monárquica que deixava Saul tão desprotegido dentro de uma caverna estranha e ainda que estavam procurando um inimigo tão astuto como Davi.
O proceder de Davi já lhe trouxe pesar somente pelo fato de ter ele tirado um pedaço de sua túnica, quanto mais não estaria pesaroso se tivesse realmente se aproveitado da situação a seu favor, contra Saul?
Davi não era qualquer um, mas um homem segundo o coração de Deus e temia muito ao Senhor e respeitava a autoridade e soberania de Deus. Se Saul tivesse que se perder, Deus o providenciaria e não ele.
Fico encantado de ver Davi com essa visão que estava tão presente em Cristo Jesus que aceitava o governo de seu Pai e não reclamava, mas confiava piamente.
Mostrou-se Davi ser alguém de grande valor. Seus próprios seguidores devem ter ficado com vergonha de seus conselhos fracos e cheios de visão humana.
Saul sai ileso da caverna e Davi se apresenta e se humilha até o chão e conta tudo o que se passara e Saul não resiste e cai no choro e reconhece estar diante de alguém que o substituirá certamente no seu trono.
Comovido, faz até alianças com Davi para que sua geração não seja de todo desprezada e abandonada. Davi, já sentindo a sua vitória certa, aquiesce com ele, como se concordando que breve estaria no trono de Israel.
E cada um vai seguir o seu curso normal até que todas as coisas se ajeitem conforme Deus vai preparando para que aconteçam no seu devido tempo kairós.
I Sm 24:1 E sucedeu que, voltando Saul de perseguir os filisteus,
            anunciaram-lhe, dizendo: Eis que Davi está no deserto de En-Gedi.
            I Sm 24:2 Então tomou Saul três mil homens, escolhidos dentre todo
                        o Israel, e foi em busca de Davi e dos seus homens,
                                   até sobre os cumes das penhas das cabras montesas.
            I Sm 24:3 E chegou a uns currais de ovelhas no caminho,
                        onde estava uma caverna; e entrou nela Saul, a cobrir seus pés;
                        e Davi e os seus homens estavam nos fundos da caverna.
I Sm 24:4 Então os homens de Davi lhe disseram:
            Eis aqui o dia, do qual o SENHOR te diz:
                        Eis que te dou o teu inimigo nas tuas mãos,
                                   e far-lhe-ás como te parecer bem aos teus olhos.
            E levantou-se Davi, e mansamente cortou a orla do manto de Saul.
            I Sm 24:5 Sucedeu, porém, que depois o coração doeu a Davi,
                        por ter cortado a orla do manto de Saul.
            I Sm 24:6 E disse aos seus homens:
                        O SENHOR me guarde de que eu faça tal coisa ao meu
                                   senhor, ao ungido do SENHOR, estendendo eu
                                               a minha mão contra ele;
                                                           pois é o ungido do SENHOR.
            I Sm 24:7 E com estas palavras Davi conteve os seus homens,
                        e não lhes permitiu que se levantassem contra Saul;
                        e Saul se levantou da caverna, e prosseguiu o seu caminho.
            I Sm 24:8 Depois também Davi se levantou, e saiu da caverna,
                        e gritou por detrás de Saul, dizendo:
                                   Rei, meu senhor! E, olhando Saul para trás,
                                   Davi se inclinou com o rosto em terra, e se prostrou.
I Sm 24:9 E disse Davi a Saul:
            Por que dás tu ouvidos às palavras dos homens que dizem:
                        Eis que Davi procura o teu mal?
            I Sm 24:10 Eis que este dia os teus olhos viram, que o SENHOR
                        hoje te pôs em minhas mãos nesta caverna,
                                   e alguns disseram que te matasse;
                                               porém a minha mão te poupou; porque disse:
                        Não estenderei a minha mão contra o meu senhor,
                                   pois é o ungido do SENHOR.
            I Sm 24:11 Olha, pois, meu pai, vê aqui a orla do teu manto
                        na minha mão; porque cortando-te eu a orla do manto,
                                   não te matei.
                        Sabe, pois, e vê que não há na minha mão nem mal
                                   nem rebeldia alguma, e não pequei contra ti;
                                               porém tu andas à caça da minha vida,
                                                           para ma tirares.
            I Sm 24:12 Julgue o SENHOR entre mim e ti,
                        e vingue-me o SENHOR de ti; porém a minha mão não será
                                   contra ti.
            I Sm 24:13 Como diz o provérbio dos antigos:
                        Dos ímpios procede a impiedade; porém a minha mão não será
                                   contra ti. I Sm 24:14 Após quem saiu o rei
                                   de Israel? A quem persegues? A um cão morto?
                                               A uma pulga?
            I Sm 24:15 O SENHOR, porém, será juiz, e julgará entre mim e ti,
                        e verá, e advogará a minha causa, e me defenderá da tua mão.
I Sm 24:16 E sucedeu que, acabando Davi de falar a Saul todas estas
            palavras, disse Saul:
                        É esta a tua voz, meu filho Davi? Então Saul levantou
                                   a sua voz e chorou.
            I Sm 24:17 E disse a Davi:
                        Mais justo és do que eu; pois tu me recompensaste com bem,
                                   e eu te recompensei com mal.
                        I Sm 24:18 E tu mostraste hoje que procedeste bem para
                                   comigo, pois o SENHOR me tinha posto em tuas
                                               mãos, e tu não me mataste.
                        I Sm 24:19 Porque, quem há que, encontrando o seu inimigo,
                                   o deixaria ir por bom caminho?
            O SENHOR, pois, te pague com bem, por isso que hoje me fizeste.
            I Sm 24:20 Agora, pois, eis que bem sei que certamente hás de reinar,
                        e que o reino de Israel há de ser firme na tua mão.
            I Sm 24:21 Portanto agora jura-me pelo SENHOR
                        que não desarraigarás a minha descendência depois de mim,
                                   nem desfarás o meu nome da casa de meu pai.
                        I Sm 24:22 Então jurou Davi a Saul.
            E foi Saul para a sua casa;
                        porém Davi e os seus homens subiram ao lugar forte.

As juras foram feitas diante do Senhor e cada um tomou o seu rumo normal. Ainda Saul voltará a perseguir Davi mais uma vez e mais outra. No entanto, Deus continuará protegendo e dando livramento para Davi que vai se firmando cada vez mais como uma liderança de que o povo tanto precisava.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 50 dias para a Copa, sem álcool nos estádios.... também faltam 468 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.