segunda-feira, 21 de abril de 2014

I Samuel 22:1-23 - A morte dos sacerdotes de Nobe

Estamos aqui na Parte III: - Saul e Davi: a ascensão de Davi e a queda de Saul – 16:1 a II Sm 1:27 - foi dividida em três grandes seções: A. O sucesso e as dificuldades de Davi a serviço de Saul – 16:1 – 18:30 – já vista. B. A ajuda que Davi recebe quando foge de Saul – 19:1 – 22:5 – encerraremos agora. C. A inocência de Davi e a culpa de Saul – 22:6 a II Sm 1-27 – veremos também agora, a partir do vs 6.
B. A ajuda que Davi recebe quando foge de Saul – 19:1 – 22:5 - continuação.
Como já dissemos, tinha começado  uma nova fase na vida de Davi pela qual ele se sairá muito bem, embora tivesse alguns problemas, devido a alguns deslizes que lhe custarão muito caro, mas em tudo o mais viverá e triunfará, certamente sofrerá grandes perseguições e rejeição, mas o Senhor estará com ele sempre.
Esta subparte “B” foi dividida em sete seções, conforme proposta da BEG: 1. A fuga inicial de Davi – 19:1-10 – já vista. 2. Davi é ajudado por Mical – 19:11 – 17 – já vista. 3. Davi é ajudado por Samuel – 19: 18 – 24 – já vista. 4. Davi é ajudado por Jônatas – 20:1-42 – já vista. 5. Davi é ajudado por Aimeleque – 21:1-9 – já vista. 6. Davi é ajudado por Aquis – 21:10-15 – já vista. 7. Davi é ajudado pelo rei de Moabe e por Gade – 22:1-5 – encerraremos agora.
7. Davi é ajudado pelo rei de Moabe e por Gade – 22:1-5.
A caverna de Adulão – significa refúgio – era um local que ficava a um pouco mais de 25km ao sudoeste de Jerusalém, na metade do caminho entre Gate e Hebron.
Foi ali onde toda a sua família foi encontra-lo, porque estavam com medo de Saul que até contra sua própria família tinha se investido – vs 20:33, quando Saul lançou sua lança tentando feri a Jônatas.
Todos estão ajudando Davi, mas porque Deus era com ele, apesar dele.
O rei de Moabe recepciona toda a família de seu pai e ainda dá acolhida aos 400 homens que estavam com ele que não tinham tido muita sorte por ai, no reinado de Saul. Era ali aquele lugar considerado seguro.
Vemos aqui a preocupação de Davi com toda a sua família e o seu espírito de liderança já se despontando cada vez mais e dando esperanças àqueles que estava por ai, perdidos e desocupados.
O profeta Gade, homem de Deus, se apresenta para Davi e orienta ele divinamente para que ele saia daquele lugar seguro e se dirija para Judá. Davi era da tribo de Judá e ali ele teria também acolhida contra Saul.
C. A inocência de Davi e a culpa de Saul – 22:6 a II Sm 1-27.
Entraremos, agora, na terceira e última subparte, da terceira parte, de cinco partes no total, de nossa divisão proposta que está envolvendo todo o primeiro livro de Samuel até o fim e mais ainda o primeiro capítulo do segundo livro de Samuel.
Com uma série de episódios comparativos, o escritor demonstra que Deus exaltou Davi porque ele era inocente e julgou Saul por causa de sua culpa. Esses capítulos demonstrarão a inocência de Davi e a culpa de Saul.
Dividiremos, como vimos fazendo em três seções: 1. A inocência de Davi e a culpa de Saul para com os outros israelitas – 22:6 – 23:6. 2. A inocência de Davi e a culpa de Saul de um para com o outro – 23:7 – 26:25. 3. A inocência de Davi e a culpa de Saul para com os filisteus – 27:1 – II Sm 1:27.
1. A inocência de Davi e a culpa de Saul para com os outros israelitas – 22:6 – 23:6.
Neste triste episódio da morte dos sacerdotes de Nobe, veremos comparativamente o escritor de I Samuel comparar Davi que protegeu Queila em oposição com Saul que fez a carnificina junto com os sacerdotes de Nobe.
A maneira de se tratar os outros israelitas estaria ali exposta entre um homem de Deus e um insano. Entre um da tribo de Judá e outro da tribo de Benjamim.
No primeiro versículo do capítulo 21 de I Samuel tínhamos visto que Davi foi a Nobe, lugar próximo a Jerusalém, a procura de Aimeleque ou Aís, sumo sacerdote, bisneto de Eli e filho de Aitube.
Davi estava fugindo de Saul que o perseguia injustamente e por temor ao Senhor não o enfrentava. Quem lhe deu a dica de que deveria fugir porque o rei Saul tinha determinado em seu coração feri-lo de morte foi seu amigo Jonatas, filho do rei Saul.
Então ao chegar em Nobe, mente ao sumo sacerdote quando disse que o rei Saul lhe tinha dado uma ordem específica. Consegue alimentar-se com o pão sagrado, os pães da proposição que eram renovados aos sábados e em número de 12, dos quais serviam somente os sacerdotes (Ex 25:30; Lv 24:5-9).
Aimeleque tranquiliza Davi dizendo que poderiam comer dos pães se não se tivessem chegado a mulheres. Também Davi tomou da espada de Golias que estava ali guardada como memorial no santuário.
O vs 7 nos revela que estava ali detido, talvez por causa de lepra (Lv 14:4, 11, 21) Doegue que significa tímido que seria posteriormente o carrasco de Nobe, pois a mentira de Davi iria custar a vida desses sacerdotes de Nobe (I Sm 22:18-19 e ) executados não pela guarda real que se recusou a cometer este crime, mas pelas mãos do Idumeu, Doegue.
A degola foi tão grande que não pouparam nem animais, nem crianças, nem mulheres. Flávio Josefo diz que eram ao todo 385 pessoas, sendo 85 sacerdotes e 300 familiares! Que barbaridade! Que crueldade! Que diferença entre o Saul quando ungido rei de Israel e agora rejeitado pelo Senhor.
Foi nesse tempo e por ocasião deste triste episódio que Davi compôs o Salmo 52:
1.         <<Masquil de Davi para o músico-mor, quando Doegue, o edomeu, o anunciou a Saul, e lhe disse: Davi veio à casa de Abimeleque>> Por que te glorias na malícia, ó homem poderoso? Pois a bondade de Deus permanece continuamente.
2.         A tua língua intenta o mal, como uma navalha amolada, traçando enganos.
3.         Tu amas mais o mal do que o bem, e a mentira mais do que o falar a retidão. (Selá.)
4.         Amas todas as palavras devoradoras, ó língua fraudulenta.
5.         Também Deus te destruirá para sempre; arrebatar-te-á e arrancar-te-á da tua habitação, e desarraigar-te-á da terra dos viventes. (Selá.)
6.         E os justos o verão, e temerão: e se rirão dele, dizendo:
7.         Eis aqui o homem que não pôs em Deus a sua fortaleza, antes confiou na abundância das suas riquezas, e se fortaleceu na sua maldade.
8.         Mas eu sou como a oliveira verde na casa de Deus; confio na misericórdia de Deus para sempre, eternamente.
9.         Para sempre te louvarei, porque tu o fizeste, e esperarei no teu nome, porque é bom diante de teus santos.
Davi deve ter ficado muito triste e abatido com toda essa catástrofe que ocorreu da qual ele teve parte indiretamente. Há situações que enfrentamos em nossas vidas que nos fogem ao controle e que podem trazer sobre nós grandes e terríveis consequências. O que poderia Davi ter feito? Por que mentiu? Por que se comportou daquela maneira estranha tanto diante do filho de Aitube e diante dos sacerdotes e também diante de Aquis, rei de Gate?
I Sm 22:1 Então Davi se retirou dali, e escapou para a caverna de Adulão;
            e ouviram-no seus irmãos e toda a casa de seu pai,
                        e desceram ali para ter com ele.
            I Sm 22:2 E ajuntou-se a ele todo o homem que se achava em aperto,
                        e todo o homem endividado, e todo o homem de espírito
                                   desgostoso, e ele se fez capitão deles;
                                               e eram com ele uns quatrocentos homens.
            I Sm 22:3 E foi Davi dali a Mizpá dos moabitas,
                        e disse ao rei dos moabitas:
                        Deixa estar meu pai e minha mãe convosco, até que saiba o
                                   que Deus há de fazer de mim.
                        I Sm 22:4 E trouxe-os perante o rei dos moabitas,
                                   e ficaram com ele todos os dias que Davi
                                               esteve no lugar forte.
            I Sm 22:5 Porém o profeta Gade disse a Davi:
                        Não fiques naquele lugar forte; vai, e entra na terra de Judá.
                                    Então Davi saiu, e foi para o bosque de Herete.
I Sm 22:6 E ouviu Saul que já se sabia de Davi e dos homens
            que estavam com ele; e estava Saul em Gibeá,
                        debaixo de um arvoredo, em Ramá, e tinha na mão
                                   a sua lança, e todos os seus criados estavam com ele.
I Sm 22:7 Então disse Saul a todos os seus criados que estavam com ele:
            Ouvi, peço-vos, filhos de Benjamim, dar-vos-á também o filho de Jessé,
                        a todos vós, terras e vinhas, e far-vos-á a todos capitães de
                                   milhares e capitães de centenas,
            I Sm 22:8 Para que todos vós tenhais conspirado contra mim,
                        e ninguém há que me dê aviso de que meu filho
                                   tem feito aliança com o filho de Jessé,
                        e nenhum dentre vós há que se doa de mim, e mo participe,
                                   pois meu filho tem contra mim sublevado a meu servo,
                                               para me armar ciladas, como se vê neste dia?
            I Sm 22:9 Então respondeu Doegue, o edomeu, que também estava com
                        os criados de Saul, e disse:
                        Vi o filho de Jessé chegar a Nobe, a Aimeleque,
                                   filho de Aitube,
                        I Sm 22:10 O qual consultou por ele ao SENHOR,
                                   e lhe deu mantimento, e lhe deu também a espada de
                                               Golias, o filisteu.
            I Sm 22:11 Então o rei mandou chamar a Aimeleque, sacerdote,
                        filho de Aitube, e a toda a casa de seu pai,
                                   os sacerdotes que estavam em Nobe;
                                               e todos eles vieram ao rei.
I Sm 22:12 E disse Saul:
            Ouve, peço-te, filho de Aitube.
E ele disse:
            Eis-me aqui, senhor meu.
I Sm 22:13 Então lhe disse Saul:
            Por que conspirastes contra mim, tu e o filho de Jessé?
                        Pois deste-lhe pão e espada, e consultaste por ele a Deus,
                        para que se levantasse contra mim a armar-me ciladas,
                                   como se vê neste dia?
I Sm 22:14 E respondeu Aimeleque ao rei e disse:
            E quem, entre todos os teus criados, há tão fiel como Davi,
                        o genro do rei, pronto na sua obediência,
                                   e honrado na tua casa?
            I Sm 22:15 Comecei, porventura, hoje a consultar por ele a Deus?
                        Longe de mim tal! Não impute o rei coisa nenhuma
                                   a seu servo, nem a toda a casa de meu pai,
                        pois o teu servo não soube nada de tudo isso,
                                   nem muito nem pouco.
I Sm 22:16 Porém o rei disse:
            Aimeleque, morrerás certamente, tu e toda a casa de teu pai,
I Sm 22:17 E disse o rei aos da sua guarda que estavam com ele:
            Virai-vos, e matai os sacerdotes do SENHOR,
                        porque também a sua mão é com Davi,
                                   e porque souberam que fugiu e não mo fizeram saber.
            Porém os criados do rei não quiseram estender as suas mãos
                        para arremeter contra os sacerdotes do SENHOR.
I Sm 22:18 Então disse o rei a Doegue:
            Vira-te, e arremete contra os sacerdotes.
            Então se virou Doegue, o edomeu, e arremeteu contra os sacerdotes,
                        e matou naquele dia oitenta e cinco homens que vestiam
                                   éfode de linho.
            I Sm 22:19 Também a Nobe, cidade destes sacerdotes,
                        passou a fio de espada, desde o homem até à mulher,
                                   desde os meninos até aos de peito, e até os bois,
                                               jumentos e ovelhas passou a fio de espada.
            I Sm 22:20 Porém escapou um dos filhos de Aimeleque,
                        filho de Aitube, cujo nome era Abiatar,
                                   o qual fugiu para Davi.
            I Sm 22:21 E Abiatar anunciou a Davi que Saul tinha matado
                        os sacerdotes do SENHOR.
I Sm 22:22 Então Davi disse a Abiatar:
            Bem sabia eu naquele dia que, estando ali Doegue, o edomeu,
                        não deixaria de o denunciar a Saul;
                        eu dei ocasião contra todas as almas da casa de teu pai.
            I Sm 22:23 Fica comigo, não temas, porque quem procurar a minha
                        morte também procurará a tua, pois estarás salvo comigo.
Quanto a Saul, este ia de mal a pior e a cada dia ia ajuntando as terríveis consequências que logo desabariam sobre a sua cabeça e de todos os seus familiares e seguidores.
De um homem escolhido por Deus para uma grande obra, de um homem humilde e aparentemente interessado no povo, ao subir, o poder subiu em sua cabeça e ele acabou perdendo ela.
p.s.: link da imagem original:
Contagem regressiva: Faltam 52 dias para a Copa, sem álcool nos estádios.... também faltam 470 dias para 04/08/2015, quando eu irei concluir a Segmentação de toda a Bíblia.

A Deus toda glória! p/ Daniel Deusdetehttp://www.jamaisdesista.com.br
...

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade para tecer seus comentários.
No entanto, lembre-se de juntar Cl 3:17 com 1 Co 10:31 :
devemos tudo fazer para a glória de Deus e em nome de Jesus! Deus o abençoe.